Comendo a manicure - O despertar de um desejo

Um conto erótico de Marcos Santos
Categoria: Heterossexual
Data: 18/07/2019 06:49:54

Olá, meu nome é Marcos, tenho 45 anos e esse caso aconteceu no ano de 2016, quando tinha 42 anos. Havia perdido meu emprego e junto com mais um amigo, decidimos abrir um escritório para prestação de serviços de projetos, e para isso locamos uma sala comercial em uma sobre loja, onde haviam mais 4 salas além da nossa.

Uns dois meses depois, uma dessas salas veio a ser locada por uma manicure e depiladora que vou chamar de Li . Uma morena bonita, de 33 anos (fiquei sabendo depois), casada e com três filhos. No início via a movimentação para montagem do espaço e cumprimentava tanto ela, quanto o marido que ajudava na montagem da sala.

Terminada a montagem, ela iniciou os trabalhos, e dificilmente nos víamos pelo fato de que nós trabalhavamos com a sala fechada constantemente, com exceção dos sábados, dia em que tirava para dar uma geral na sala e também na escadaria, pois não havia ninguém para realizar esse serviço, e foi numa dessas faxinas que a Li me perguntou se não queria ajuda nas escadas, afinal era uma área em comum a nós.

Foi a partir daí que começamos a conversar e criar uma certa intimidade, mas tudo com muito respeito, até que ela me pediu auxílio para fixar uma prateleira para seus esmaltes. Eu tinha as ferramentas e fui ajudá-la na maior boa vontade, mas daí algo a mais começou a rolar, uma atração que a tempos não sentia, pois já estava com minha esposa a mais de dez anos e nunca havia saído com outra mulher nesse período, e percebi que ela também sentir-se atraída por mim.

Nesse dia trocamos uns olhares e uns sorrisos e não passou disso, mas nossas conversas começaram a ser mais frequentes, até que um dia, fiquei até mais tarde no escritório em função de um projeto que tinha que entregar, e ao sair ela também estava se preparando com a sala dela aberta e se preparando para ir embora também. Fui até a sala para dar um tchau e ela me pediu para aguardar um pouco e lhe fazer companhia pois também havia ficado até mais tarde e estava com medo de ficar sozinha, pois aquela altura, por volta de umas 22:00, já não havia ninguém além de nós no prédio.

Entrei, me sentei em uma cadeira próximo a porta e começamos a conversar sobre amenidades enquanto ela arrumava suas coisas apressadamente. Foi impossível não ficar reparando no corpo daquela mulher maravilhosa...ela vestia um shortinho jeans que ressaltada aquela bunda volumosa, que ficará a ir e vir, me deixando excitado e de garganta seca, e numa dessas indas e vindas foi que ela se virou de repente e me pegou no flagra, de olho naquela bunda deliciosa, fiquei sem graça mas ela deu uma risadinha sacana e naquele momento percebi que algo mais ia rolar.

Meu pau já estava duríssimo, marcando a calça e nesse ela me chamou para ir embora, me levantei e percebeu minha excitação e eu não resisti ao cheiro de tesão que estava no ar...puxei ela pelo braço, colei minha boca na dela e ela correspondeu prontamente. Fomos tomados por um fogo ardente e então a virei de costas, encostei ela na parede, arranquei sua bermuda, coloquei meu pau para fora, puxei sua calcinha de lado e cravei naquela bucetinha que estava pingando.

Ela deu um gemido como quem diz era isso que eu queria e travando sua cintura com as mãos, comecei um vai e vem lento, mas com estocadas profundas. A mulher enlouqueceu e se entregou sem medo, empinando aquela bunda, me deixando alucinado.

Comecei a alternar a frequência das estocadas, as vezes cadenciava, as vezes a fodia feito um animal e ficamos assim por uns vinte ou trinta minutos. Depois a deitei sobre um assento almofadado que servia de espera das suas clientes, a deitei de costas, colocando suas pernas sobre meus ombros e como esse assento não possuía encosto, consegui abrir as pernas e ficar com os pés no chão...a posição perfeita.

Mais uma vez cravei a pica naquela buceta quente e sedenta, e segurando ela pela cintura, pude aumentar a potência das estocadas, de forma que nossos corpos se colidiam sem dó nem piedade e após uns dez minutos assim, ela anunciou um orgasmo que até então eu nunca tinha visto, a mulher entrou em transe, o corpo dela se contorcia ao mesmo tempo que ela dava gemidos desconexos, mas, o mais impressionante foi a quantidade de líquido que aquela buceta soltou, coisa que eu só tinha visto em filmes pornôs...simplesmente ela ensopou o estofado e aquilo me deu mais tesão ainda. Dei um tempo para ela respirar e se recompor, lhe fiz uma carícia beijando suavemente seu corpo inteiro, começando pelo pescoço e depois a penetrei novamente, agora a pegando de quatro, sempre travando ela pela cintura e dando bombadas bem marcadas.

Fomos assim por uns vinte minutos até que ela gozou novamente. Eu estava todo suado, mas não parava.

Acho que ela ficou meio assustada e me perguntou se eu não gozava. Disse que tinha o gozo retardado e que era normal ficar por mais de uma hora num ritmo intenso, sem ejacular, principalmente após a vasequitomia, tanto que nesse dia não consegui chegar aos finalmente devido ao horário que já estava avançado... já se aproximava da meia noite e com certeza nossos parceiros iriam questionar.

Nos vestimos, fomos embora e tive que terminar o serviço com minha esposa, numa esporrada intensa que veio em golpes.

No dia seguinte, ao chegar para trabalhar, a manicure fez questão de me ver e já me recebeu com um olhar sacana, deixando claro que queria continuar corneando o marido, e foi o que aconteceu por um bom tempo e rendeu alguns acontecimentos que vou relatar nos contos seguintes.


Este conto recebeu 12 estrelas.
Incentive Casal_Macris a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/01/2020 07:44:20
Mais um conto delicioso, querido. O fato de abrir um escritório para negócios acabou rendendo outra boa oportunidade, ao conhecer essa manicure. Certeza de boas transas com a vizinha de prédio. Rs. Agradeço tuas palavras amigas no comentário. Dou nota dez e 3 estrelas para este. Beijocas.
05/01/2020 10:08:41
Da hora este conto também, Marcos. Se trampar é meio ruim, no teu caso, está sendo um prazer ir pro escritório todo dia. Com uma vizinha gostosa dessas e tarada assim, meo, é só mandar ver. Certíssimo vc em guardar o gozo para a esposa, assim não levanta suspeitas. Rsrsrs. Brigadão pela leitura do meu. Tem outro em que peguei uma casada grávida. Valeu!
29/09/2019 18:04:33
Excelente conto este. Novo ambiente de trabalho, novas amizades. As mudanças na vida sempre trazem também novas tentações. Como foi com essa vizinha manicure. Rs. O que mais gostei foi saber da transa por uma hora, sem ejaculação. Tempo mais que necessário para qualquer uma conseguir vários orgasmos. Parabéns. Venha ler as histórias desta libertina. Beijos da Vanessa.
10/09/2019 18:13:52
Cara, ótimo este também. Acho que temos faixa etária parecida. As casadas preferem sair com amantes casados, talvez porque a necessidade de sigilo e discrição é idêntica. Isso foi um dos fatores que facilitou essa transa gostosa com a Li, além dos outras que devem ter acontecido. Foi bem excitante ler este. E a Cris, tem experimentado outros também? No meu caso, já aconteceu umas cinco vezes e narrei todas aqui. Abs.
08/09/2019 13:45:12
Delicia este conto, Marcos. Oportunidades para uma boa transa acontece quando menos se espera. Como com uma vizinha de loja, que desconfio, se atrasou para fechar exatamente para abrir essa brecha. Rs. Muito agradecida pelas leituras e comentários nos meus. Beijos.
21/08/2019 15:03:47
Muito show este também, Marcos. Quando acontece a química é assim mesmo, uma transa intensa. Ainda mais com parceiro que demora para chegar ao gozo. É o sonho de consumo de toda mulher. Essa Li vai dar mais do que fazer unhas em sua salinha. Rs. Muito agradecida pela leitura do meu. Bjs, Val.
06/08/2019 07:51:06
Muito bom este também, Marcos! Tendo essa manicure como vizinha, o que não vai faltar são transas deliciosas iguais a narrada aqui. Gostei do conto, erótico e sexy. Parabéns. Obrigada pela visita. Leia também como foi meu primeiro anal com um primo. Beijos e volte sempre.
06/08/2019 06:58:17
Dizem que apressadinho come cru. No teu caso, com ejaculação retardada, pode até ganhar o cu. Gostei do conto, Marcos. Muito excitante e eu no lugar dessa manicure, iria querer todos os dias. Isso porque meu marido tem ejaculação precoce e em poucos minutos chega lá, me deixando na mão. Me visite e leia como um amigo do meu marido gozou rapidinho. Rs. Bjs.
18/07/2019 21:53:05
Excelente
18/07/2019 13:58:30
Puta que pario fique com um baita tesão. ...aguardando a continuação
18/07/2019 13:31:07
Ótimo conto.
18/07/2019 12:12:14
Ótimo conto cara estarei esperando pelo seu próximo relato


comendo o cuzinho impinado da conhadatirando o cabaço da mornaxvideo casero so no cu de entiada bunda grandeconto erotico escravacontos eroticos scatx vidio de menina de menor de sortinhokero ver mulher kevandi maozada na bucetacontos chupando a buceta da Janaraesposa descaderada pelo negãoSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaSobrinha QUERNDO GRAVIDAR DO TITIOPorno texta Mijonas assustadasefiou a pica todinha no geysinho sem camisinha ele gostoutadinha dela.... dormindo e seu tio fudendo elacontos eiroticos leilaporndormiu na casa do amigogay contos eróticopornô amador conto erótico de mãe divorciadaporno gozando na bouca da filinha que dormiaConto erotico enganocontos de afilhada cavalona com padrinho coroa de pauzaocontos bdsmcontos: consegui convencer minha esposa ao culckoldingEsfregada calcinhaxvideovídeo porno mulher casada motel Velho deixargozar dentrosogragosadaxvideos com gringa gie nao paga alugueuesposa trai o esposo na fantasia c mulato de 1:90a tia zoofilia pegada no caocontos eroticos diaristaMULHERCASADA TANTO O CUZINHOFILHOapanhar de chinelo pai conto conto porno paixao escandalosaxx vedeos enpregada dando pro prataoConto erotico gay traficante funkvirgens+perdendo+o+cabacao+da+buceta+e+do+cu++virgensContos eroticos de viados maduros que foram deflorados na marracontos erotico de puta dando da a buceta pro mendigoboa foda nos adoramos nos amarfoeder novonhas saia xoramcomjj ninha irma todinha pornocontos eroticos evangelicoscomendo a bucetinha da lucinha e o cuzinho da ritinha contos eroticoscontos fui tomar banho com meu irmao gemeo e acabei chupando elecontoerotico eu namorada mae e tiofudedo com roupa de dormimpai bate na filha e fode sua buçetinhhamae vagabunda 360 grausContos o vizinho pintudo machucou meu cuzelador fudendo coroa no aptcontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos eróticos eu e papai pelados em casacontos eróticos mulher dividindo o marido com gayprima safada fode com primo ai mãe pega osdoespauzudo passando a vara no meninocontos eiroticos leilaporntravesti da rola super grande dando o cu e gorsandofotos meninas gostosas enclinao exibidas gostosaaSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhanovos contos eroticos escritos sinto tesão em amamentarfamilia sacana tufosnovinha com sabonete batendo uma no chuveiropra um homemcontos cnn gay soquei no cuzinho de dois garotos no sinalwilma dos flintstones trepandoxvideosdificil pra vc lukapirnogozaxvideos eustaquio e murielfotos da rolona do senhor jorjao negaocontos eróticos na fazenda com maeCunhado embebedo a peituda e meteu nela meu conto erótico da Fiat Fiat toro vai comer elaconto erotico chamei afilhadamim pediu emprego e dei a buceta contos eroticosirmão gemeos loirinhos emos gay fazendo sacanagemxvideo gala gemido e puxao de cabelo