Casamento Arranjado p2

Um conto erótico de Trevor
Categoria: Homossexual
Data: 21/07/2021 04:55:46

chorei tanto que me perdi em meus pensamentos e entrei em sono profundo, acordei no outro dia e fui direto tomar um banho de banheira, a banheira de meu quarto também é hidromassagem mas eu só queria agua quente quando terminou de encher entrei na banheira e fiquei ali pensando em tudo, ouvi alguém abrir a porta do meu quarto e entrar, bateram na porta do meu banheiro

eu- oque é?

Fiona- olá Thomas

eu- oque você quer?

Fiona- vim ver como você está.. a noite de ontem foi muito turbulenta para todos nós

eu- acho melhor você esperar eu terminar meu banho para me incomodar inclusive porque a espuma logo vai acabar

Fiona- não tem nada ai que eu já não tenha visto..

eu- nunca me viu pelado Fiona..

Fiona- eu sinto muito por isso de verdade Thomas

eu- com certeza sente

Fiona- seu pai vai vir para o almoço e a tarde teremos visitas

eu- tá..

Fiona- eu escolhi uma roupa para você acho que vai ficar lindo com ela

ela saiu e eu segui meu banho, fiquei ali quase 1 hora e então sai, me sequei e fui me vestir, coloquei a roupa que minha mãe havia visto para mim, não porque gostei mas porque estava com preguiça de procurar algo, era uma calça azul forte de alfaiataria, meias pretas, sapatos marrons, uma camisa branca e um suéter cinza claro, terminei de me arrumar desci, os dois estavam me esperando já na mesa, cheguei e me sentei e me servi e comecei a comer

Daniel- então Thomas já teve bastante tempo para pensar

eu- eu já disse que tá bem aceito essa porcaria mas não quero seja lá quem for esse cara perto de mim

Fiona- tudo bem, aceitamos isso e você pode se divorciar depois de 1 anos ou antes disso se quiser

eu- mas é oque pretendo

Daniel- e quando esse casamento falso acabar você será mais rico do que é agora

Fiona- a tarde seus futuros sogros e o seu futuro noivo irão vir aqui para tomarmos chá e para vocês se conhecerem

Daniel- tenha modos e respeite tanto eles quanto seu noivo ele também está sendo forçado

Fiona- ninguém está fazendo favores Thomas é tudo negócios

eu- tudo bem, eu já disse que aceito

seguimos comendo sem dizer mais nada, só se ouvia os garfos batendo nos pratos, após o jantar fiquei na sala de jogos jogando play até q hora que chegou as tais visitas

Fiona- Vamos Thomas está na hora as visitas chegaram

eu- tá..

levantei e fui com minha mãe até o hall de entrada, meu pai estava lá nos esperando quando cheguei ele deu uma arrumada em minha roupa disse que estava todo desarrumado, o mordomo abriu a porta e a outra família entrou, um homem velho mas conservado e grisalho, uma mulher ruiva velha mas bem conservada e um homem lindo parecia o Shawn Mendes só que mais alto e com os olhos verdes eu fiquei encantado com aquele homem, ele estava de terno azul oque o deixava lindo, cumprimentei os país dele que se chamavam David e Alicia o nome do cara era Tyler (mas se lê Tailer), fomos para uma sala tomar chá, eu tomei café pois não gosto muito de chá, pessoal conversando e eu ali só observando tentando manter a calma e tomando café pois estavam falando sobre casamento e planos de negócios, Tyler concordava com tudo, estava mais que na cara que ele era um inútil pau mandado, eu já estava perdendo a calma pois estavam planejando a minha vida com aquele cara como se oque eu quisesse não importasse, antes de eu explodir e mandar todos pra puta que pariu eu juntei o pouco de calma que havia em meu corpo

eu- com licença todas eu vou ao banheiro, não me demoro kk

sai dali com sorriso forçado, quando sai daquela sala desfiz aquele sorriso que chegou a doer meu rosto, fui correndo até uma sala de estar que fica no segundo andar, a sala preferida do meu pai, entrei peguei uma garrafa de vodca e comecei a tomar no gargalo, peguei um copo e comecei a misturar uísque e vodca para tomar, por favor não pensem que ou alcoólatra mas aguentar aquelas pessoas naquela sala só bêbado mesmo, a forma como estavam planejando tudo era muito brega, estava ali enchendo o copo e tomando de guti guti mas alguém bateu na porta e a abriu eu me assustei na hora mas graças a Deus era Judi a governanta ela é muito minha amiga

Judi- por Deus Thomas a essa hora?!

eu- desculpe Judi mas eu too surtando estão me deixando louco

Judi- toma isso.

ela me jogou uma bala de menta

Judi- vai disfarçar o cheiro

eu- obrigado

ela saiu e eu segui bebendo mas pouco tempo e senti alguém me observando olhei para trás e lá estava Tyler parado me olhando e quando me virei ele fez uma cara de surpresa me olhando eu estava com aquela garrafa e copo na mão, quando engoli a bebida que tinha na boca ele olhou para os lados

eu- oque foi?!

Tyler- seus pais acharam estranha sua demora e eu me ofereci para procura-lo e infelizmente eu o encontrei.. é um pouco estranho esse banheiro..

eu- bom eu fui no banheiro e resolvi passar aqui para tomar um copo

Tyler- percebi

ele disse isso e saiu eu terminei de tomar minha bebida e coloquei a bala na boca de menta na boca e fui aonde os outros estavam

Daniel- finalmente apareceu meu filho

Alicia- eu adorei o jardim é tão lindo e verde

Fiona- obrigado eu tenho muito orgulho dele, planto sempre que posso pois adoro me sentar ali com um livro e uma bela xícara de chá

Daniel- vamos mostrar o jardim para eles querida

David- e vamos deixar o Thomas e o Tyler conversarem a sós para se conhecerem melhor

Alicia- aposto que tem inúmeras coisas em comum

Fiona- Thomas é um garoto muito inteligente inclusive ele me trouxe espécies de flores e plantas exóticas do Brasil acredito que ficará impressionada

eles saíram e ficamos a sós, ele estava sentado em uma poltrona e eu numa cadeira perto da janela, ele acendeu um cigarro e ficou em silêncio

eu- será que pode apagar essa coisa cancerígena aqui é proibido fumar

ele apagou e jogou na lixeira

Tyler- e o álcool é bom por acaso ?

eu fiquei em silêncio, me servi um pouco de café e fiquei sentado mexendo em meu celular, liguei a câmera traseira e vi que ele ficava me olhando mas desviava o olhar quando eu olhava para ele

eu- perdeu alguma coisa?

Tyler- mal educado...

eu- pau mandado

Tyler- não sou pau mandado garoto, eu sou educado diferente de você pelo visto, eu não contei a ninguém que você fugiu daqui para beber e é isso que recebo

eu- quer oque um cartão de agradecimento ?

Tyler- aonde eu fui me meter.. vamos ser casados em pouco tempo acho melhor nós encontrarmos uma forma de nos darmos bem

eu- é só me deixar quieto no meu canto sozinho que vai ser ótimo

Tyler- eu lamento mas se será meu companheiro vai precisa ser educado comigo

eu- cara vamos fazer um acordo, finge que eu não existo e tá ótimo

Tyler- tudo bem

ficamos em silêncio, mas não dava para fingir que ele não existia, era um homem muito lindo e alto muito alto

eu- qual a sua altura?

Tyler- tenho 1,90 de altura

eu- legal

Tyler- e você?

eu- 1,72

Tyler- kkk baixinho kkk

eu apenas fiquei sério e em silêncio, ficamos sem trocar uma palavra apenas mexendo em nosso celulares por um tempo, mas quando ouvimos nossos pais vindo desligamos os celulares antes deles entrarem, eles entraram e conversaram mais um pouco, eu apenas concordava com oque diziam, mesmo sendo besteiras, no fim da tarde foram embora, eu fui fazer um lanche e meus pais vieram comer e ficavam falando bem deles e do Tyler como se eu quisesse ouvir

Kelsen- desculpe senhores e senhora mas há uma ligação

Daniel- pode passar para mim

ele entregou o telefone para meu pai

Fiona- Kelsen pode me trazer um suco

Kelsen- sim senhora

ela saiu, meu pai ficou falando no telefone

Daniel- jantar essa noite ?

ele se virou para mim e eu fiz sinal de não

Daniel- Thomas aceitou ele está ansioso... tudo bem.. obrigado boa tarde

desligou e olhou para mim

Fiona- então?

Daniel- os pais do Tyler fizeram uma reserva para vocês dois jantarem essa noite no Alain Ducasse

Fiona- restaurante mas bem conceituado do país

eu- eu disse que não vou

Daniel- Thomas pare você precisa ceder algumas vezes

Fiona- Tyler é lindo quem sabe você não acaba gostando dele

eu- de um playboy pau mandado ? acho difícil, mas tudo bem eu vou..

Daniel- ás 20:00 ele vem te buscar

segui comendo e meus pais desistiram de me forçar a gostar do Tyler afinal eles me conhecem o bastante para saber que eu aceitar ir nesse jantar já é uma vitória, subi para meu quarto pensei em ligar para meus amigos e contar que iria me casar mas senti um pouco de vergonha afinal eu iria me casar por negócios que dariam lucro basicamente me vendendo, resolvi esperar um pouco antes de contar, fiquei na sala de TV vendo filmes até que deu 19:00 e fui tomar um banho, depois do banho me penteei e fui me vestir coloquei um terno slim de alfaiataria azul escuro com colete, uma camisa preta com gravata azul e sapatos pretos, realmente eu estava um gato kkk fiquei esperando ele chegar, não me arrumei porque iria sair com ele mas porque gosto de andar bem vestido, ele chegou entrou na minha casa e cumprimentou meus pais, ele estava lindo estava em um terno preto sem gravata mas bem lindo e elegante não podia negar isso, fomos para o carro dele era uma Cadillac Escalade preta ele tinha motorista então sentamos atrás um ao lado do outro, o caminho todo ficamos em silêncio sem trocar nem meia palavra ou olhares, eu estava mexendo em meu celular e ele no dele, quando chegamos no restaurante fomos até a recepção e nos levaram até nossa mesa, que graças a Deus estava em uma área privativa longe das outras mesas ninguém poderia ouvir nossa conversa se conversássemos, fizemos nossos pedidos e ficamos em silêncio, eu estava distraído mexendo em meu celular quando ele o tirou rapidamente das minhas mãos

eu- oque tá fazendo?!

Tyler- estamos aqui porque vamos nos casar em pouco tempo, vamos conversar e nos conhecer porque para mim você é um completo estranho

eu- eu prefiro ficar mexendo no meu celular do que estar aqui

Tyler- e acha que eu queria estar aqui? eu estava feliz aproveitando minha vida nos EUA e minha mãe e meu pai me mandaram vir pra cá e no lugar de um abraço e de um estava com saudade filho eu recebi você vai se casar, acha que eu estou feliz com isso?

eu- acha que eu me importo com isso? lamento se seus pais não te amam

Tyler- meus pais sempre me amaram e me deram de tudo por isso aceitei isso sem questionar é minha forma de agradecer e também todos vamos ganhar muito com isso

eu- claro

Tyler- minha vida era boa acabei de me formar numa boa universidade nos EUA mas fiquei lá aproveitando minha vida por um tempo lá antes de voltar

eu- olha eu estou sem a menor paciência pra isso, não quero perder a pouca paciência que me resta ouvindo a sua historinha medíocre de playboy

Tyler- não tem historinha medíocre nem nada e...

eu o interrompi

eu- não tem? vamos recapitular você acabou de se formar em uma boa universidade nos EUA é rico e bem nascido frequentava festas incríveis onde só ia jovens da alta sociedade os quais você chamava de amigos e provavelmente você é bissexual então pegava todas as meninas lindas e todos os meninos lindos que davam em cima de você em outras palavras estava no auge de sua vida de solteiro estou errado?

ele ficou quieto me olhando sério

eu- pra você ver.. agora entrega meu celular pra eu continuar fingindo que você não existe e que eu não vou casar com um playboyzinho comum

Tyler- você é muito chato

eu- mas eu não quero ser divertido

Tyler- porque? quer fazer esse casamento falso ser um inferno para nós? porque é isso que você vai fazer se continuar assim

eu- eu não queria nem esse casamento mas eu sou menor e tenho que obedecer aquelas porcarias que eu chamo de pais, e também porque eu vou ganhar muito com isso

Tyler- eu também não queria isso, eu queria continuar aproveitando minha vida de solteiro não ficar de babá

eu- e eu queria não ser forçado a casar com um playboyzinho comum meia boca oque eu queria era ficar livre pra eu poder seguir viajando mundo ficando com homens de verdade lindos e sarados com pegada

Tyler- nunca me viu sem roupa e nunca me beijou

eu- acha que vai mudar alguma coisa? você não faz meu tipo

Tyler- não too dizendo que faço seu tipo só too dizendo que eu tenho corpo em forma e tenho pegada e que você pode gostar

eu- acho melhor me entregar meu celular e acabar com essa conversa

Tyler- que tal mudarmos de assunto e seguirmos conversando?

eu- não sei você é bonitinho mas é comum sem conteúdo

Tyler- nossa você adora rebaixar os outros até quando tentam ser legais com você, enquanto você está sendo egoísta querendo fazer tudo ficar ruim eu estou tentando fazer tudo ficar legal e ser menos ruim para nós dois

eu- tá bem então Tyler Robinson vou fingir que não estou odiando tudo isso

Tyler- obrigado ... bem vamos começar do inicio prazer eu sou Tyler Robinson

ele estendeu a mão pra mim eu pensei em fingir que aquilo não estava acontecendo mas resolvi ir na onda e segurei a mão dele

eu- o prazer é todo seu, eu sou Thomas Müller

ele me olhou com uma cara séria

Tyler- não tem graça..

eu- tem sim kk

Tyler- bom.. me diga como foi sua vida até agora?

eu- era boa mas virou uma porcaria e agora tá horrível e a sua?

Tyler- está boa relativamente, mas fale sobre você

eu- desde que eu me lembro eu tenho ficado em internatos pelo mundo e nas férias de verão e de inverno eu viajo pelo mundo

Tyler- em internatos ? porque ? você era problemático ?

eu- não.. meus pais nunca gostaram de mim eu tinha um irmão mais velho e uma irmã mais nova eles morreram enquanto eu estava em um internato no Brasil, meus pais amavam eles demais e acharam que eu em casa poderia substituir mas não podia e isso destruiu a família

Tyler- nossa.. eu sinto muito por você, por isso que você é tão frio ?

eu- não, eu era feliz eu amo minha vida quando não estou em casa, graças a esses internatos eu aprendi muito e fiz muitos amigos pelo mundo

Tyler- mas não era solitário?

eu- no começo era mas quando aceitei que a minha família me odiava ficou mais fácil e com o tempo aprendi a ser feliz sozinho

Tyler- eu acho que cometeria suicídio se meus pais me odiassem

eu- eles estão te obrigando a casar com um estranho que amor é esse?

Tyler- eles sempre me amaram e esse casamento vai beneficiar a todos no ramo econômico, depois podemos nos separar e você segue sua vida

eu- e você a sua

Tyler- é verdade que você é brasileiro?

eu- sim, sou nascido no Brasil como meu pai mas minha mãe é inglesa

Tyler- que legal eu sou holandês nascido nos Países Baixos

eu- percebi pela altura

Tyler- e você já foi ao Brasil sem ser no internato?

eu- já sim, viajei por 2 meses lá

Tyler- nunca estive na américa do sul mas parece ser legal lá

eu- sinto falta do clima lá adorava pegar uma cor na praia

Tyler- quem sabe um dia você volte pra lá

eu- mas eu vou voltar pra lá depois de me separar

Tyler- nossa isso é muito romântico.. você não quer planejar seu casamento nem saber dele mas já tem planos para depois do divorcio kkkk

eu- eu estou levanto esse casamento na esportiva não estou levando a sério

Tyler- legal mas precisamos agir como casal em publico

eu- eu sei disso querido

Tyler- amanhã a tarde vamos com nossos pais escolher local e tudo mais, a noite haverá um baile beneficente com um leilão e nós vamos

eu- eu não vou

Tyler- Thomas precisa ir pelas aparências e vamos combinar uma história

eu- a gente se conhece a tempos nos apaixonamos e casamos simples

Tyler- Thomas precisa levar a sério eu quero que as pessoas tenham uma impressão de que meu noivo me ama

trouxeram a comida nós comemos e seguimos conversando sobre como faríamos tudo, Tyler era de certa forma atencioso mas era só por negócios então eu nem conto isso como qualidade e também ele queria que parecesse publicamente que somos um casal apaixonado acho que ele tinha mais vergonha do que dos amigos pensarem que ele estivesse se casando por dinheiro, trouxeram as sobremesas e ele me convenceu a trocar os status das minhas redes sociais de solteiro para noivo igual a ele, também postou uma foto comigo e me marcou, eu sabia que quando chegasse em casa teria que pegar o celular e responder aos meus amigos sobre tudo, a noite acabou e ele me levou para casa quando cheguei meus pais estavam na sala de TV eu fui direto para meu quarto tomar um longo banho de banheira, e estava certo meus amigos me enviaram milhares de mensagens para saber como eu estava noivo e sem contar para eles, eu fiz um texto falando que conhecia o Tyler a muito tempo e que meus pais apoiaram o nosso noivado e eu amigos aceitaram essa desculpa, acredito que eles talvez suspeitassem de algo mas não quiseram se manifestar sobre o assunto, após meu banho fiquei deitado em cima da ama vendo uma série, alguém bate na porta e entra, era minha mãe de camisola e roupão ela estava com uma caixa nas mãos

Fiona- Thomas..

eu- sim?

Fiona- tudo bem?..

eu- sim

Fiona- eu.. eu vi a foto com Tyler.. e achei lindos juntos

eu- obrigado

Fiona- toma isso era do seu avô acredito que ele ficaria feliz de saber que é seu agora

eu abri a caixa e tinha um relógio, uma corrente, uma pulseira e um anel

Fiona- é prata, ouro e tem diamantes, safiras e esmeraldas e embaixo tem os documentos de autenticação e que eu transferi para seu nome a posse

eu- nossa isso é lindo...

a corrente tinha uma pequena plaquinha com o brasão da família

Fiona- a corrente é de família e o resto seu avô encomendou exclusivamente para ele mas só usou uma vez

eu- obrigado

Fiona- tudo é um meio para um fim Thomas não fique triste

ela disse isso bagunçou meu cabelo e saiu do quarto, eu experimentei aquelas joias fiquei lindo com elas e as guardei no cofre do meu quarto, segui olhando filmes e então peguei no sono, acordei no outro dia e fui tomar um banho, depois do banho fui me vestir coloquei um terno slim de alfaiataria da cor cinza com uma camisa preta e um sapato preto não coloquei gravata mas coloquei a corrente que tinha no conjunto que minha mãe me deu ontem a noite, desci para tomar café e meus pais estavam comendo já

Daniel- soube que vai em um baile essa noite

eu- sim Tyler insistiu

Daniel- isso é ótimo soube que vai haver um leilão lá você tem dinheiro?

eu- acho que sim na minha conta

Fiona- vou reabastecer sua conta se bem que você nunca gasta oque colocamos na sua conta

Daniel- compre coisas lindas naquele leilão mais tarde

Fiona- então nos encontramos ás 15:00 no escritório da organizadora para decidirmos tudo sobre o casamento

Daniel- sim, não se atrasem

ele disse isso e saiu eu e minha mãe ficamos tomando café em silêncio


Este conto recebeu 9 estrelas.
Incentive trevo a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Hum, interessante, vamos ver como vai se desenrolar tudo isso

0 0

O CONTO AINDA CONTINUA MEIO CONFUSO. MAS VEREMOS... NÃO ENTENDO PORQUE THOMAS TEM QUE SE CASAR OBRIGADO SE NA VERDADE NÃO QUER FAZER ISSO.

0 0


mulher evangélica sendo comida a força por 2negros super bem dotadosexo primoPatro com tesao molesta empregada dormindo,xvideosfilme completo eurotico a preta cracudacontos eroticos crentevideos de mulheres baixa sendo arregacada por homem branco penes grande cabeça de gugumeloWww,sexo,com,negoes,bigdotados,em,quadrinhos,com,brtirano cabaço da menina no mato gritano de dorbeduíno conto gaymenage masculino contosxvidio puta lizinha mininhaaa cabasso fodedoraeu vou estrupa minha conhadacontos erotico chantagiei e depilei minha sogracontos eroticos menor de idadePorno gratis xvideos rola grosso no cu celado no bairrofodido pelo mendigo roludo contos gaytrazano buceta inchada no buraco do prazer ponodoido contoos eroticos deincesto eu so tinha sete anos e minha pepeca ficou toda rasgada ele nao perdooucontos eróticos a esposa e os velhos da Senzalafui brincar com meu cao e fui enrrabada contoBaixar pono descabaço 18 anoscontos eroticos fode Frouxoconto erotico bebadacontos eroticos a anerd capitulo 1loirinho conto gayvidio caseiro brasileiro rapais cheio de tesao pega sua cunhada resem casada so de calsinha na cosinha e mete a pikContos eroticos marido de pinto pequeno chama amigo roludo para esposa certinhacontos eróticos de loirinha dp interracialgaroto enfia o controle remoto no cu após brigar con o irmão. xvideos. com contos eróticos minha esposa benzido pelo pai de santoxxvideos coroas morenas peladinha deitada de brussowww xvidios gay avatajadocontos eroticos malv comendo as interesseiraxisvido tia sobria fodi co tiuTia bebada porno gratisContos eroticos com sogra bucetuda que foi arrombada pelo genro piricudocurradaxvideocachorro botou ate o nopro no cu da mulherquero os melhores contos eróticos de enteadas brigonas com fotoscomendo a cunhada com permissão da esposa contos eroticostransa de Roberto gabirobaconto erotico huntergirls71marcelo strause aguilarchantagiu a irmã e gosa dentroXVídeos priquito bem bonito eu sou um Marciano eu quero vermaes rabuda deu pro filhos e amigos de fio contosminha filhinha na punheta contosdp analsarando na novinha nxvideoseuconfessomadrastapatriciane transando gostosaContos eróticos de incesto soníferocoroa Dalvinha engolindo pica grandemalandro pediu pra passar a pica na buceta da novinha cada vez ele ia forçando foi metendo bem devagar até entrar tudocontos eroticos conhado bebado abandona esposabuceta rruivacontos gay iniciadores de boys inocentes fotos gratisxvideo cm.coroas gostosa traindo o naridoquero ler conto erótico f****** com a noracontos arrebentei com o cu virgem da minha primavídeos demulheres e fiado o dedono prigito ponodoidorelatos eroticos gay padresa dona vai ser com seu cachorrosexwww.negao metie na velha porno.comcontos eroticos primo billabong28conto erotico dei para um estranho na casa de swingquero baixar pornô novinha sentada no sofá completando campainhasexo contos aiai ta doendo papai meu cuzinho tira nugostosas com traseiro largo de biquinesgoogle.com papai me comeu quando eu era pequenaredtube fatbrasilvideos de noviga peladaminha irma deixou um bigodinho na xana so pra fuder comigoquadrinho eroticoela goista de rola no café da manha inseistocasa dos contos gaysacanadas vidios fodasgravei escondido dizendo vou gozar aimulher amarrada e sendo torturada pica do dotadonegaotio tira vingidade denovinho dormindohomem comendo o noiado de bruço e mulher olhandotransa de Roberto gabirobaquiz da a bucetinha com 10 aninhos pra mim com 51 anos meti com vontade contosestupro esposa contos eroticosConto erotico esposa foi n massagostaconto erotico titia camisinha engravidarvideos de homem pecando na puçeta de a coroaConto erotico mulher recatada liberndo a puta reprimidaContos vi que a bucetinha da minha nora tava inchada. Nao resisti meti meu pau na buceta dela ela gritava muitoas moleca tavam se pegando xvideosxxxvideosporno no teto ou na pissinaconto sexo macho demora gozar gozada fartacomendo a mulher do chacareiroconto mae manda filinho fuder irmazinha pequenaVer contos eroticos de pai comendo a buceta virger da filhavideos de praticantes de lactofiliacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgenovia mastubano com o pigelo de fora e gritano de tezaocontos eroticos malv comendo as interesseira