Tia vagabunda!!!

Um conto erótico de Tesudo _ SP
Categoria: Heterossexual
Data: 04/04/2005 08:08:30
Assuntos: Heterossexual, Tia

Tenho mais de 30 anos, altura média e peso médio também...

Sou casado com uma magrelinha gostosíssima que me satisfaz plenamente, mas o que vou contar é o verdadeiro início da minha vida sexual.

Tinha 16 anos, já era um rapaz formado, tinha mais ou menos o mesmo corpo que tenho hoje, e minha família estava numa fase muito difícil de dinheiro, como consequência disso tive que trabalhar com um tio, irmão da minha mãe, proprietário de uma fabriquinha, num bairro distante de onde eu morava, eu morava próximo do Jaguaré e tive que trabalhar em São Mateus, tive que sair da zona oeste de São Paulo pra passar a viver no extremo leste...

E como seria trabalhoso pra mim, durante o período escolar tinha que morar na casa deles mesmo...

De início até achei o serviço legalzinho e ainda dava pra faturar uma grana, pessoal da fábrica era muito legal, só que várias vezes por semana eles se juntavam pra beber e, liderados pelo meu tio, bebiam até altas horas, de vez em quando eu voltava da escola e ele ainda não havia chegado, depois, quando chegava, geralmente o casal ia dar uma trepadinha e eu sempre ouvia, aquilo mexia bastante comigo e minha tia era uma mulher bem interessante, magrinha, baixinha, bundudinha e com um rosto bem bonito e acabou virando minha inspiração pra minhas punhetas, só conseguia descarregar meu tesão com as trepadas semanais furrecas que dava com uma namoradinha que tinha perto da minha casa no Jaguaré!!!!

Numa época de férias escolares, deixei o pessoal tomando as cachaças habituais e fui pra casa.

Tomei meu banho, coloquei meu short e fui assistir TV junto com minha tia...

Aquele dia a tia tava muito gostosa, já não conseguia disfarçar minha cara de tarado quando a via, ela tava com uma camiseta branca, sem sutiã, shortinho branco apertadinho, com uma marca de tanguinha bem minúscula... E estava particularmente interrogativa naquele dia, queria saber se eu tinha arrumado uma namorada por ali, como eu fazia pra “me virar”, etc.

Respondi monossilabicamente e timidamente de cabeça baixa a todas as perguntas, eu era um cara bastante tímido mesmo e a possibilidade de trair minha namoradinha do Jaguaré era quase improvável...

Quando ela me disse:

– Mas que menino bobinho... Fidelidade é besteira.

Tomei um susto, levantei os olhos e tomei outro susto...

Ela estava sentava no sofá, com as pernas dobradas e com os braços em volta das pernas... A bucetinha ficava dividindo o short em dois...

Aquela visão mais me excitou que assustou e, ainda não acreditando, disse:

– O tio não ia gostar de ouvir isso sobre fidelidade não...

Ela retrucou:

– Você acha que é fácil aguentar aquele bafo de onça todo dia? Sinto que tô perdendo tempo.... Você não me acha bonita?

De imediato respondi:

– Claro que acho...

Nisso ela trouxe o sofá mais pra perto de mim, ficou quase à minha frente tampando a visão da TV e sentou-se na mesma posição que estava.... E continuou com suas perguntas... Nem lembro direito o que ela falava, não enxergava mais nada que não fosse aquela rachinha na minha casa...

Não resisti e dirigi minha mão pro meio das pernas dela, ela não titubeou e me beijou a boca, agarrou meu pau, massageava, mordia meus lábios e ia tirando meu short devagarinho...

Me refiz do susto em que me encontrava e passei a boliná-la também, tirei-lhe a camiseta e mamei naqueles peitinhos, dei mordidas na barriguinha, arranquei o short, que teimava em descer junto com a tanguinha, mas consegui tirar somente o shortinho, afastei-a um pouco, peguei-a pela mão, a fiz girar devagarinho e a vi só com aquela tanguinha branca minúscula, o que só fazia realçar toda aquela gostosura...

Comecei a lambê-la todinha, dos peitos até a virilha, cheirei a bucetinha por cima da tanguinha, virei-a de costas e lambi toda aquela bundinha linda, afastei a calcinha de lado e babei toda a bunda da mulher, dei várias linguadas na buceta e quando me preparava pra enfiar o pau naquela bucetinha ela me pediu pra esperar...

Deitou-me de costas na cama e começou a me lamber boca, os lábios, parou bastante no meu peito, lambia e mordiscava cada um dos meus bicos, e desceu até o pau....

Que boquete!!!! A mulher engolia o pau quase inteiro, lambias as bolas, colocava-as na boca e ficava me punhetando...

Já não tava quase aguentando mais, quando pedi para penetrá-la...

Ela deitou-se, eu encaixei meu pau na entrada da buceta e empurrei devagar e comecei a entrar e sair, tentei enfiar-lhe um dedo no cuzinho, mas ela não deixou, aquilo seria algo completamente novo pra mim, nunca tivera esses desejos com minha namoradinha, sussurrei-lhe no ouvindo pedindo pra deixar, mas não adiantou, então comecei a estocar com mais força e, não sei se por causa das punhetas, fiquei naquilo um tempão, mudamos de posição mais duas vezes, quando ela ficou de costas pra mim e depois de quatro, que foi quando consegui gozar....

Conversamos bastante depois e ela me disse que já havia notado meus olhares e disse que ficava o tempo todo me seduzindo e que tinha bastante dúvidas se conseguiria trair o marido comigo, mas que conseguiu e que gostara...

A noite, depois da chegada do meu tio, eu já ouvia seu ronco do meu quarto, quando a porta abriu e minha tiazinha gostosa apareceu só de tanguinha, dessa vez azul clarinha, deitou-se ao meu lado, nos tratamos como namorados, dessa vez fui bem mais lento e enfie a língua no seu cuzinho, ela só gemia...

Quando fomos trepar, depois de muito dizer que não a machucaria, finalmente conseguir enfiar na bucetinha dela com o dedo todo enfiado no cuzinho, quando, ela de quatro, eu tentei trocar de buraco, ela não deixou, me fiz de ofendido e, apesar de todo o tesão que a situação me dava, não recoloquei o pau em lugar nenhum e disse pra ela que eu era bem experiente em anal (Mentira!!! Nunca houvera feito!!!!!), que não a machucaria, que só achava que uma relação era completa se tivesse anal, mas mesmo assim ela não deixou...

Na sexta feira, eu iria, no dia seguinte, à minha casa e iria ver minha namorada, naquele dia a porta do quartinho se abriu de novo, refizemos quase todo o nosso ritual de trepadas, só que, dessa vez quando ela ficou de quatro, ela me entregou uma embalagem de óleo de bebê, direcionou meu pau pro cuzinho e só disse um:

– Vai devagar.. Se me machucar, tira...

Comecei a enfiar a língua naquele cuzinho, lambuzei meu pau com aquele óleo, encostei o pau na entrada, mas ela reclamou que doía...

Então mudou de posição, pôs um travesseiro embaixo da barriga, arrebitou bem a bundinha me convidando pra penetração, lambuzei o pau de novo e encostei na entradinha, meu pau estava duro como nunca, dei um empurrão e a cabeça entrou, fiz questão de dar uma olhadinha e empurrei mais, ela gemeu alguma coisa, perguntei se podia continuar e ela autorizou, então empurrei o resto, olhei de novo e tava com o pau inteiramente dentro do cu dela, só aquilo já me deu um tesão desgraçado.

Então comecei as enfiadinhas e tiradinhas curtas, depois mais profundas, até começar a bater com força a virilha na bunda dela, meu pau doía um pouco, mas o cu já tava mais receptivo, fiquei alternando esses movimentos uns vinte minutos, às vezes rápido, às vezes devagar, às vezes tirava quase tudo, às vezes enfiava tudo, até que não me aguentei e quase gritando, e correndo o risco de acordar meu tio, gozei tudo o que podia dentro daquele cu....

Isso não me saí da memória nunca mais, o ar de felicidade que a mulher, completamente suada, mostrava me deixou maravilhado...

Naquela madrugada mesmo, nem sei quantas vezes ainda comi o cu dela, só lembro que gozei mais uma vez no fundinho dele...

Algum tempo depois fiz anal com minha namorada, mas não conseguia deixar de pensar na minha tia, com quem eu fiz muito mais gostoso e muitas outras vezes mais.

Acho que acabei dando bandeira, pois sempre que terminava o expediente, eu já não ficava um minuto a mais sequer com o pessoal da fábrica e ia sempre, pelo menos, namorar com minha amada tia, como consequência disso, penso, meu tio uma vez chegou em casa mais cedo e me pegou encoxando a mulher dele, a reação dele foi reclamar, só que a mulher o levou para conversar reservadamente e, não sei o que ela fez, que meu tio não reclamou tanto mais, só me mandou de volta pra casa...

Não via mais a minha tia com frequência e só consegui repetir as trepadas com ela só mais uma vez, na minha casa mesmo, uma vez que eles vieram nos visitar e meu tio caiu bêbado...

contato :


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
06/03/2009 22:43:34
esse conto parece ser real
Marcos
04/05/2005 18:52:23
cara a minha foi mais o menos assim mais so que ela engravidou e eu me ferrei
corvo
09/04/2005 10:36:55
oh duim os contos tudo é seu vai cassa O CHODÓ DA SUA MÃE
corva
09/04/2005 10:36:00
oh duim os contos tudo é seu vai cassa O CHODÓ DA SUA MÃE
Duim
04/04/2005 22:01:07
Esse conto é meu...


porno de lingua dençendo a guelaCleide a recatada contos eroticosxvideos tia e tio draza io sobrio onhaCasa dos contos um amor incondicional parte IV por Bielporno medico da nestesia pra mulher e ela dorm e ele faz oqie qyiser com elaCONTOS DE SEXO INCEST IRMÃO BAJULANDO IRMAZINHAeu quero ver só as novinha bem gostosinha de shortinho curtinho mostrando a polpa da bunda viajando no ônibus e os novinho passando a mãoconto 25cm.de pica no cu da mamaeneta safada faz boquete embaixo da mesa de jantarCONTO EROTICO: MINHA TIA TURBINADAdeitei de conchinha com minha mae peitudacontos de casadas dando uma rapidinha com outros no carnavalvaretao gg goza dentro novinhomulheres dando a b***** nas posições do mais Lambada pau entrando com muita forçamulher ficou brava kid bengala arebetou vizinho dela xvidio novinha chupa uma jeba por R$10,00cunhada sai.do.banheiro so.de.tualha mostrando a poupa da bunda e da para o cunhadoporno com coroa nafajinacontoerotico namorada e mae putas do tio jorgecontos eroticos familia amorosacontos d mulheres evangelicas q adoram fio dental e brinquedos eróticos ao ir a igrejaconto gay realcontos eiroticos leilapornXVídeos dando o c****** apertadinho evitando a raivagozando e arfando de prazer no cu xvideos contos eroticos.virei viadinho no consolo da titiafoto de mule gozanokidebengala jorrandoporradentroConto/patroa e empregada na cama amandogravando bebada arredanda a calcinha pro lado e tacando a picasogra peituda, esposa de resguardo ( contos ).sexo deixando mae com bunda doendo contomulher gosandose soltano na cama Contos eroticos mae fazendo fisting vaginal na filha com plug analconto cu colo a onibusconto erotico chupa vadia vou esfolar esse cuzinho sou seu dono puyaeu quero ver sexo cetonas gostosona de lindas roupassexo no onibus com filha contos pornocomedor de mulher alheia nu apanhacontos eroticos meninas quinze ano transando com cachorro com calcinha preta com lancinhos vermelholevando gozadas de fio dental amarelo zoofiliaconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhocorno manso fetichecontos eroticos de julia e marcossogra na cama dormindo com camiseta do superman e genro no sexoencoxando para todos os ladosshortes colado tatuape xvideowwwxvideo mae presa de baixo da mesaPGAxvideocontos eróticos novinho punheteros Parabéns felicidadescontos eiroticos leilapornfu lanbida pelo cachorro contos eroticos vidros prno insetos fodendo mae emprensada coroas do sapsapXVídeos saias corinhos novas mamandofotos do castiel o anojo de sobrenatural nu roludo porno serena ali ta doendocomi a minha prima de onze anoscontos eangelica enlouqueceu com linguadaSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaConto erótico chupa bucetaporno jovem virjem cm os paicontos eiroticos leilapornmullle endurecendo unha pica para tranzatia gostosa nova se masturbado para provocá o sóbriocoroas gostam de ficar peladas e meladas de margarina no cu e na buseta todafilme casal insurportavel pornodoidovídeos porno de bonecas de prático gigantesgozada facialmeu padrasto me comeu e minha mãe participouvelho pauzudo machuca a casada a forcacontor eroticon sexo erma mae conhadacontos eroticos safados de professoras madurashetero dormindovídeos grátis novinhas akita gritando de dor ao ser penetradaconto erotico huntergirls71advogada bem casada rabuda em viagem de trabalho é seduzida e fode gostosoimagens e videos de coroas tesudas metidas no sexo kente ate esporrar fora e mostrando a cona inchada com labios longosxnxx.com um zeque em minha camarelatos íncestos tio e sobrinha dormindo nucoroa chupando o c****** do Midinhoporno gabsinhacontos eroticos malv comendo as interesseiraler contos eroticos menageele e meu bad boy e eu sou dele parte 10 casa dos contos dossexo pregando no fagarxvidios outros puraiquadradinho eróctico a filha do vizinhovideo de cunhoda tranzando com o cunhadowwww.xviso. .como disoxvidiocomendo ocu da sogra incestoAs Panteras o padrasto irmaos maemamae nao suporta rola do amante na bucetaContos de meninas novinhas que liberaram o cuzinho pro namorado da sua mãe mas não aguentaram a rolapunheta primoscontos eroticos minha filhinha meu amor minha vida cnnmulheres na rua com a sainha curtinha tirando a calcinha de dentro da bunda tirando com a Malu babyVÍDEOS DOS SEXOS NOVÍNHAS.xxvideo encostada maliciosaconheci a menina arranca a roupa dela fica pelada fazendo sexoconto erotico ter um orgasmo tocando siririca