Se eu sou gay? Sou. - Capitulo Final

Um conto erótico de nem fudendo
Categoria: Homossexual
Data: 03/09/2017 20:15:23
Última revisão: 03/09/2017 20:37:21

Capitulo XXXIV

Por que eu bebo senhor, eu já devia ter aprendido, não lembro como cheguei em casa, mas lembro que fui abusado a noite toda, meu rabo tava ardido pra caralho.

Tinha imagens que iam e vinham na minha cabeça.

- Edu tu sabe que tá abusando de mim, eu to bêbado. – comecei a rir, todo bêbado é faceiro, pelo menos eu -

- Sei sim, quis fazer isso a noite toda, tu e o Igor me torturaram, eu tava louco pra te pegar e dizer pra ele que tu era só meu, não tô nem ai em abusar de ti, reclama amanhã, eu preciso de ti Caco –

Ele tava com meu pau na boca eu só conseguia fechar os olhos e deixar ele fazer o que quiser comigo, ele abriu minhas pernas e começou a chupar meu rabo, arrepiei todo, eu amo tudo que ele faz, ele aprendeu a conhecer cada centímetro do meu corpo. Ficou me mordendo eu ia ficar roxo amanhã e ia ficar muito feliz, só senti quando ele entrou dentro de mim, o pau dele era grande meu rabo nunca acostumava com ele. O Edu começou a socar com força, como eu gosto, como só ele sabe fazer, me deixou de lado e começou a me beijar enquanto batia uma pra mim, eu fiquei gemendo grudado no peito dele, estávamos suando, tava quente pra caralho.

Lembro de gozar muito, e ele me abraçando até meu coração acalmar.

- Agora pode dormir Caco eu cuido de ti, vou cuidar sempre. Te amo. – Ele me abraçou, eu dormi, sabe a sensação de estar em casa. –

Essas lembranças estavam me deixando de pau duro, senti que alguém se arrastava em cima de mim

- Bom dia Caco, dormiu bem? – era o Edu brincando com o meu pau, ele já tava arrumado, que horas ele tinha acordado? –

- Dormi sim, mas acho que me fizeram mal durante a noite Edu, meu rabo tá todo dolorido sabe o que aconteceu?

- Não, deve ter sido teu amiguinho, o Igor. – ele ficou me olhando tava sério -

- Não, com certeza eu saberia se fosse ele, nunca esqueceri.....- ele me beijou, e e deu um tapa na minha bunda, doeu viu. –

- Não continua, eu não quero saber, de agora em diante só vai saber de mim, essa bunda é minha, vem vamos pro banho que os meninos já estão na cozinha, só não encontrei o Fernando e o Igor – ele ficou me olhando. –

- Então meu plano deu certo! – ele começou a rir –

- Tu sabe que tu não presta não é? – ele ficou me beijando -

- Sei sim e tu me ama por isso. - Fiquei passando a mão nos cabelos dele, ele tinha deixado crescer, sabia que eu gostava -

- Também te amo por isso Caco, essa é só uma parte tua, e eu amo todas. – Hoimmm, que amor, ele merece um prêmio pela declaração a essa hora da manhã. -

- Tá bem ganhou, vamos pro banho, tu vai ganhar um boquete por isso.

Ele saiu correndo e tirando a roupa pelo caminho chegou no banho primeiro que eu. Acho que ele tava com pressa. Não sei por que?? Me arrastei até o banheiro, o que a gente não faz por um homem, comecei a rir.

Quando descemos o seu Alberto tava conversando com os meninos na mesa, o Paulo e o Victor me olharam apavorados, dona Inês corria de um lado para o outro.

- Oi meninos, bom dia seu Alberto, Dona Inês. – o Victor me olhava pedindo socorro, ainda mais que ele era todo fitness, todo regradinho, acho que ali não tinha alface pela manhã. -

- Acostumem-se meninos dona Inês acha que moram várias famílias nessa casa – começamos a rir –

- Mas Caco, como eu vou saber o que todo mundo gosta no café? Então resolvi fazer um pouquinho de cada coisa –

Gente quando ela diz um pouquinho, era um pouquinho o suficiente para alimentar uma manada de elefantes em desespero –

Começamos a tomar café, seu Alberto tava louco pra mostrar a fazenda pra eles,

- Cadê o outro menino, ainda não acordou? – deu um silencio na mesa, começamos a rir todos ao mesmo tempo. –

- Não dona Inês, o Igor tava muito bêbado e dormiu nos meninos, eles devem chegar daqui a pouco. - ela ficou me olhando não tinha entendido nada. Como eu ia dizer pra ela, que a noite do Igor deve ter sido muito boa. –

Tá bem, pausa para explicação...

Depois de torturarmos o Edu, notei que o Igor e o Fernando estavam conversando muito, pedi pro Edu controlar a bebida dos meninos, sabe como é deixar alegre mas não completamente bêbados, não queria nenhum dos dois sem noção, e vomitando, só levemente alegrinhos.

Vi que o Fernando entrou na casa fui atrás, o Edu ficou só no meu bico.

Esperei o Fernando sair do banheiro.

- Fer, preciso de um favor teu.

- Claro Caco o que tá pegando? – o Fernando era realmente um cara muito bonito, grande e muito gostoso. No final se tudo der certo, eu ia fazer um bem pra todo mundo. -

- É que o Edu tá com ciúmes do Igor, sabe como é, eu vou embora daqui a pouco, tu pode levar o Igor pra fazenda depois, leva ele pra conhecer a cidade, sabe como é, ele deve estar deslocado só tem casais aqui.

- Sei como é sim, ver vocês todos juntos não é legal pra auto estima da gente. – fiquei olhando pra ele –

- Tá tudo bem? – ele ficou me olhando, tava triste -

- Agora tá, mas olhar pra vocês me faz ver o que eu perdi por burrice, o Carlos tem razão em continuar a vida dele, eu perdi a chance, e quero que ele seja muito feliz ele merece, mas e eu?

- Sabe Caco, aprendi muito com tudo isso, fiquei aqui do lado do Edu sei o quanto ele sofreu sem tu estar aqui do lado dele, e eu quero isso pra mim, quero esse amor, esse sentimento, eu nunca tive isso com uma mulher, é claro que eu procurava no lugar errado, e o meu maior erro foi ter medo, se eu tiver uma chance de ser feliz, nunca mais vou ter medo, vou agarrar essa chance com todas as forças. – ele tava tão tristinho, a vida não tinha sido boa com ele, mas acho que agora ele entendeu. -

Hummm, tá bem eu sou uma pessoa maravilhosa, chance saindo.

- Fer quem sabe o que a vida nos prepara? Vai ver, isso vai acontecer quando menos tu esperar, mas cuida do Igor por mim tá, ele é um cara incrível, tu vai ver. – ele ficou me olhando -

Se ele tivesse sóbrio saberia que eu tava aprontando, mas o Fernando tinha um probleminha no cérebro, eu tinha certeza disso. Ele sempre precisava um tempo a mais pra entender as coisas, mas se eu conhecia o Igor acho que o

Fernando ia aprender rapidinho e ia ser no tranco, aliás será que o Fernando já tinha dado o rabo pra alguém, se não, sei lá, amanhã não ia caminhar, mas isso também não era problema meu, claro eu tava armando tudo mas o resultado final era por conta deles.

Para bicha, fim da explicação, volta pro café tá todo mundo olhando.

- Daqui a pouco eles chegam pedi pro Fernando buscar eles.

O Caco só me olhou de canto de olho, sabia o que eu tava aprontando.

O churrasco tava quase pronto.

- Caco é sempre assim eles saem de uma refeição pra outra, a dona Inês ainda não parou de nos dar comida?? – O Paulo tava me olhando, abraçado com o Victor, era um casal encantador. -

- Que horas vocês acordaram?

- Acho que umas 9:00hs?

- Bem, perderam o café da manhã, geralmente é as 06:00.

Eles ficaram me olhando apavorados.

Vimos o carro do Fernando se aproximando, saíram o Luis e o Marcio, e logo atrás o Igor, ele tava dirigindo, quando me viu ficou sorrindo e o Fernando veio atrás, de cabeça baixa, tava vermelho. Ok pela cara do Igor eu acho que tinha dado tudo certo.

Apresentei os meninos pra dona Inês e seu Alberto.

Sentamos todos em volta da churrasqueira, notei que o Fernando sentou de lado, comecei a rir, os guris acharam que eu tava louco, só o Igor tava entendendo com certeza. O Edu só me olhava e balançava a cabeça.

- Fernando tu pode pegar mais carvão pra nós, tu sabe onde tem. – isso seu Alberto o brigado pela ajuda, precisava conversar com o Fernando tava me corroendo de curiosidade. -

- Claro seu Alberto tô indo. – quando ele saiu fui atrás –

- Então Fernando como tá?

Ele se virou assustou, ficou vermelho na hora.

- Oi Caco, tô....bem, tô bem. – ele não conseguia me olhar, tava envergonhado. –

- Tá bem mesmo? precisa de algo? – eu já tava rindo pro dentro –

- Caco não fica tirando sarro da cara dele, tadinho. – era o Igor que já vinha rindo, deu um beijo no Fernando, e claro isso tinha ajudado muito o Fernando a ficar menos envergonhado. –

- O que tu fez Igor?

- Nada de mais, quer dizer, bem ele não me falou que não tinha muita experiência em, bem ... tu sabe. - O Igor não conseguia explicar direito, começamos a rir, é claro que ele comeu o Fernando isso eu sabia, só não sabia como o

Fernando tava, por isso eu fiquei preocupado. -

- Mas tu machucou ele? – eu tava me dobrando de tanto que ria -

- Não Caco, tu sabe que não faço isso sei o estrago que eu poso fazer em alguém que bem, não tem muita experiência,

mas ele não falou nada, ai eu só vi quando já era tarde demais. – no caso nenhuma experiência né. -

Não conseguia parar de rir.

- Igor, ninguém tá preparado pra isso que tu tem no meio das pernas. – A cara do Fernando dava pena gente, ele só olhava pra baixo. -

- Mas depois que ele explicou eu fiz tudo direitinho, ele não reclamou mais, acho que gostou muito, hoje pela manhã aindaGente olha só..... eu tô aqui ainda viu. – O Fernando não sabia onde se esconder. -

Começamos a rir,

- Vem comigo Fernando, tenho algo que vai te ajudar. – peguei ele pela mão e subi. -

Subi com ele e dei uma pomadinha que tenho para essas ocasiões.

Quando voltei pra turma, o Edu e o Igor estavam rindo, acho que agora tudo estava bem, eu amava todos e cada um daqueles que estavam ali.

O Cadinho passava de colo em colo, que criança querida, não estranhava ninguém, o Luís já tava na volta, parecia uma mãe galinha, não largava o menino, disse que ele tinha que mudar a alimentação, que era pra levar ele no consultório na semana. Aquela vaca não tava cuidando do menino, mas isso eu ia resolver, ia mesmo.

O Edu só me olhava de longe tava conversando com o Igor, o Fernando chegou e foi pro lado do Igor que colocou aquele bração em cima dele. O Fernando tava com vergonha sim, mas tava com um sorriso tão lindo.

Tinha tanto amor ali na minha volta, que senti meu coração se encher de alegria.

Sei que ainda tinham muitas coisas a serem resolvidas, mas ver meus amigos felizes já era meio caminho andado pra mim.

O Edu veio andando em minha direção, ele não tirava os olhos dos meus. Me abraçou e ficou do meu lado.

O Edu era o meu amor, não adiantava tentar fugir disso.

_____________________________________________________

Foi aqui que tudo começou não foi?

Quando acordei a lareira estava apagada, nenhum sinal do Edu, eu tinha que levantar, mas meu cérebro realmente não tava a fim, o Edu tinha acabado comigo, ele tava realmente em plena atividade de novo, não me deu sossego a noite toda, tá bom eu não podia reclamar mesmo né bichas.

Levantei ´peguei minha roupa que estava esparramada no chão, e sai pra rua, eu sabia onde encontrar ele, ele adorava ficar olhando o mar, ele tava sentado no chão com o Cadinho no colo, fiquei ali parado um tempo olhando ele, esse tempo todo fiquei pensando:

E se ele resolver me deixar novamente?

Agora eu via que isso já não tinha a menor importância pra mim, o Edu a cada dia que passava provava que era exatamente o homem que eu escolhi pra viver comigo, não importava que isso durasse um, dois, três, dez anos, o que me importava agora é estar com ele, eu tinha resolvido não ir para Londres mas ele ainda não sabia disso.

Ele falou que iria comigo, mas agora era hora de pensar no cadinho, tinha muita coisa acontecendo pra eu deixar o Edu agora, e eu nunca teria coragem de deixar eles sozinhos.

O Edu olhou pra trás, ele sempre sabia quando eu estava por perto,

- Caco, eu já ia te acordar, os meninos devem estar chegando.

Aproveitamos o feriado, o Edu queria reunir todo mundo na praia, era aniversario dele, dona Inês e seu Alberto estavam chegando também, ele resolveu fazer uma festa só para os amigos.

A casa estava pronta, ia ser um tumulto, mas eu estava tão feliz, realmente só faltaria o Carlos, mas ele ia ligar mais tarde pro Edu, andávamos falando pelo Skype, o Carlos estava adorando a nova vida, parecia outro menino.

Cheguei perto do Edu e peguei o Cadinho, eu não conseguia ver ele e não agarrar um pouco ele no colo, tava maior, e claramente mais saudável, o Luís tava sempre de olho nele, os guris estavam sendo um amor comigo todo fim de semana alguém estava na fazenda, eles diziam que era pra eu não sentir falta da cidade.

Eu tinha combinado com o Edu que caso a gente não fosse pra Londres nós teríamos que voltar no semestre que vem, até porque ele estava atrasado e tinha perdido um semestre inteiro, ele concordou rapidamente, claro era melhor voltar a estudar do que viajar, eu ia deixar ele sofrer mais um pouco.

Ficamos um tempo sentados ali curtindo o barulho do mar, quando virei pra trás, a dona Inês estava abanando.

- Edu teus pais chegaram vamos lá.

Claro foi um griteiro, com a Dona Inês não podia ser diferente, eles estavam vindo do meu apartamento, a dona Inês estava adorando ficar lá, já tinha usado até o Ofurô, a coisa mais querida. Não consigo imaginar a cena sem rir.

________________________________________

Os meninos chegaram todos juntos, foi uma correria, mala pra tudo que é canto, Apresentei o Kevin e o Cello pro Edu, não posso dizer que foi tudo tranquilo, o Edu ficou desconfortável perto do Cello, já o Thor não largava o Cello por nada, pareciam realmente pai e filho.

Mas tudo foi correndo bem, estávamos tomando cafezinho na cozinha, alguns meninos estavam no quarto desfazendo a mala.

- Edu podemos dar uma volta? – gelei na hora, o Cello tinha convidado o Edu pra sair. –

- Claro. – olhei pro Kevin que fez sinal para eu ter calma. –

Fiquei olhando pela parede de vidro os dois conversando na beira da praia, meu coração na mão, o Cello estava meio alterado fazia alguns gestos que eu não estava entendendo meu coração tava acelerado, o Edu ficou de cabeça baixa todo o tempo, o Kevin veio do meu lado e me abraçou.

- O que está acontecendo Kevin? –

- Calma Edu, o Cello só queria colocar tudo em pratos limpos pra não ficar nenhum tipo de ressentimento entre eles, mas não se preocupa, eu sei que o Cello foi importante na tua vida, e quero agradecer a oportunidade que a vida através de ti me deu de reencontrar ele e poder ser feliz novamente, o Cello me completa meu filho é apaixonado por ele.

Ficaram um longo tempo conversando na praia, finalmente o Edu abraçou o Cello e os dois vieram em direção a casa fiquei esperando eles na escada.

- Meninos??

O Cello veio e me deu um Celinho na boca como sempre fazemos. – ele me abraçou e falou no meu ouvido -

- Não se preocupa Caco, está tudo bem, nós só precisávamos conversar e deixar tudo esclarecido.

O Edu estava com os olhos vermelhos, fez sinal pra eu ir caminhar com ele, saímos andando ele me deu a mão.

- Edu tá tudo bem?

- Não caco, mas vai ficar, eu quero te pedir desculpas.

- Mas Edu eu??

- Só deixa eu falar um pouco tá bem, depois da conversa com o Cello eu realmente entendi o que eu fiz, e eu sinto tanto.

Ficamos um de frente pro outro.

- Ele me contou tudo que tu passou Caco, o quanto foi difícil pra ele ver tu sofrendo todos os dias, o quanto custou pra ele te consertar de novo.

O que foi que o Cello contou pra ele?

- Eu só pensei em mim, nos meus problemas, eu te fiz sofrer tanto, e eu só posso te pedir perdão, perdão por tudo, me desculpa por ser imaturo, por não ter sido o homem que tu merecia.

- Edu não precisa. – eu não queria lembrar de tudo aquilo, tava tudo bem agora. -

- Precisa sim, eu vou passar toda a minha vida cuidando de ti, quero que todo dia quando tu acordar tenha orgulho do homem que me tornei, do homem que eu vou ser pra ti.

- Caco se tu deixar, se tu quiser, nós iremos ser muito felizes acredita em mim. – ele segurou minha mão com força, eu já tava chorando -

- Não existe nada que eu não faria pra te fazer feliz, tu não tem ideia do quanto eu te amo, do quanto eu te quero do meu lado.

Ele me abraçou

- Não precisa me dizer nada Caco, vamos voltar pra casa, nossos amigos nos esperam, só quero te dizer mais uma coisa amor, eu faço questão que o Cello faça sempre parte da nossa vida, nunca conheci uma pessoa tão especial e que te ama tanto, eu sei agora que não preciso ter ciúme dele, sei que ele vai sempre estar do teu lado, te cuidando, e te ver bem é tudo que eu quero. – ele me beijou, eu tinha a certeza que tinha feito tudo certo. –

Lembra quando eu digo que tem alguém lá em cima que gosta de mim,

Muito Obrigado, obrigado por ter colocado o Edu na minha vida, obrigado por ter me dado a chance de ser feliz.

Estávamos todos sentado na grande sala, eu tava tão feliz, dona Inês e seu Alberto, Paulo e Victor, Kevin e Cello, Fernando e Igor, Luís e Marcio, todos os amigos ali festejando o aniversário do Edu, e claro o Cadinho e o Thor, foi uma longa estrada até aquele momento, não me arrependo de nada do que aconteceu, acho que se não fosse tudo que passamos não saberíamos dar valor a esse momento, só não sabia onde estava o Edu, ele estava no telefone e sumiu.

Estávamos todos em volta da lareira rindo.

- Finalmente essa casa está cheia, foi pra isso que ela foi construída.

- Pai!!! Como o senhor??? – Olhei pro Edu que tava do lado dele, sai correndo e abracei meu pai, fazia tanto tempo. -

- Ainda bem que sentiu saudades, já que Maomé não vai a montanha a montanha vai a Maomé.

- Como o senhor? Quem?? ...

- Bem tenho falado muito com meu genro, então ele me convidou e eu não pude recusar estar aqui nesse momento.

Meu pai nunca foi dado a demonstrações de carinho assim, mas pelo que vi estava adorando, foi apresentado a todos e ficou é claro, sentado do lado da dona Inês com o Cadinho nos braços.

- Brigado Edu, acho que no final tu me deu o maior presente – ficamos abraçados -

- Bem amigos, agora que estamos todos aqui reunidos, eu queria dizer o quanto estou agradecido por terem vindo comemorar comigo mais um ano, um ano diferente, o ano que vai mudar o resto da minha vida, se tudo der certo. – começamos todos a rir. –

- Conheci o homem da minha vida, e gente quero dizer que isso muda a vida de qualquer um, conhecer o Caco é como andar numa montanha russa a cada minuto da vida, e quem diria que ao entrar na faculdade eu iria conhecer a pessoa que ia mudar minha vida de pernas pro ar.

- Amar o Caco é como viver todos os dias uma vida nova, nada com ele é comum, nada com ele é igual, aprendi tanto com ele, mas aprendi principalmente o valor da amizade, quero agradecer a todos aqui, que de um jeito ou de outro cuidaram dele na minha ausência, cuidaram de mim quando precisei, mas principalmente dizer a todos vocês amigos e família, que se ele me der uma chance, e eu só preciso de uma, quero essa chance para mostrar a cada dia de nossas vidas que farei de tudo pra ver ele feliz.

Ele se ajoelhou na minha frente meu coração disparou.

- Caco aqui na frente de nossos familiares e amigos, quero pedir que tu seja meu para o resto de nossas vidas, quero te amar, e te fazer feliz todos os dias em que eu viver, quero acordar contigo, pois eu aprendi nesse tempo, que tudo só vale a pena se tu estiver do meu lado.

- Quer casar comigo?? – fiquei literalmente sem palavras, o Edu tava abaixado na minha frente com uma caixa de alianças na mão. -

- Edu tu sabe no que tá te metendo né? Tu sabe que nada mais vai ser normal e calmo na tua vida não é? – eu tava chorando -

- Sei Caco, tenho certeza do que eu quero. – Levantei ele, e nos beijamos. -

- Claro Edu, claro que eu quero.

Foi uma gritaria, não poderia ter sido diferente.

FIM???

______________________________________________

Thay que bom que curtiu a estoria espero que continue curtindo nas proximas, - grande beijo

Mih M - Claro amor que bom que ta curtindo, espero que me acompanhe nas proximas aventuras, bjs

Vi-nicius - Ainda bem que deu certo, ate a proxima aventura,,,,,,bjs querido

Ze carlos - Eu ia adorar, só um griteiro eu ia amar....bjao querido

Paulo#Paulinho - Brigadduuuu querido espero que goste da proxima bjao

Geomateus - rsrsrssr, ela nao merece o filho. bjs querido, espero que goste do proximo

SweetLuck - Bjao queri, que bom que gostou, espero que continue a ler os proximos grande bj

The Owl - Precisave ver eles juntos é muito engraçado kilos de musica e um mais doce que o outro. bjao

henrinovembro - Adoro uma fezta de casamento guri bjao (Caco)

Darla - Amo criancas e nunca vou entender a mão do cadinho. Bjks guria fica pro proxima estoria,

Regi1069 - Adoro juntaras pessoas que eu gosto. bjao querido ((Caco)

Hort - Londre fica pra depois, sempre teremos paris...bjao querido abraços (Caco)

Suara - Que amor queri, adoro teus comentarios, espero que goste da proxima estoria...bjks

Valterso - sou fina menino, vontade nao faltou viu, nao quero que chore mais, o Carlos ta noutra vibracao, ta muito feliz. bjs espero que goste da proxima estoria,,,,bjao

thalesenando - estou lendo e estou amando, adoro uma festa de casamento, espera a proxima estoria,,,bjao meninos

Greader - obrigadu querid espero que goste dos proximos bjs


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive de porto alegre a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
09/09/2017 10:06:31
O amor sempre vence!!
06/09/2017 09:56:45
PARABÉNS. MELHOR IMPOSSÍVEL
04/09/2017 19:20:07
Como assim capítulo final, desse jeito sem lubrificante? Cara Parabéns esse conto foi sensacional, você conseguiu me envolver na sua história, me fez ficar feliz, triste, com tesão kkk, e me emocionar também, isso é muito difícil de fazer então sinta-se com dever cumprido. Amei esse conto em todas as formas. Beijão até a próxima.
04/09/2017 19:12:17
Hahahaha cara que fofura! Pena que a maioria das estórias não terminam assim.
04/09/2017 10:22:09
Aiiinnnnn que capítulo LINDOOOOO! Eu tô chorando AAAAAAAAA
04/09/2017 10:16:24
Estou desmaiando de felicidade, que final lindo! Esse ano eu já li o melhor conto! Maravilhoso, nos dê a oportunidade de ler mais estórias de sua autoria! Abraços! 10
04/09/2017 07:57:42
História muito gostosa de ler, bem escrita e envolvente. Parabéns. Esperando por um próximo futuro conto hahaha
04/09/2017 01:38:20
04/09/2017 01:38:18
Final perfeito
04/09/2017 01:20:33
Mais que lindo, sensacional. Você escreveu tão bem que imaginei certinho eles juntos na lareira. Muito obrigada por esse conto maravilhoso, e gostaria que tivesse a segunda temporada. Foi tudo lindo até aqui. Um beijo meu amor, não esquece que quero te conhecer ❤Ps: Foi o melhor conto daqui.😙
04/09/2017 01:14:28
GRAÇAS AO BOM DEUS NÃO CHOREI NESSE CAPÍTULO. TUDO PERFEITO. TODO MUNDO FELIZ. TODO MUNDO SE ARRANNJANDO COM SEU PAR. MAS SINTO PELO CARLOS. FARIA GOSTO QUE FERNANDO FICASSE COM ELE DEPOIS DE TER PASSADO TUDO QUE PASSARAM JUNTOS. MAS, TUDO BEM.
03/09/2017 23:47:40
To chorando. Cara por favor faz uma segunda temporada ou uma história Nova tão boa e emocionante quanto essa. Por favor.nunca pare de escrever vc é um escritor maravilhoso.
03/09/2017 23:40:57
Foda.
03/09/2017 23:15:56
Meu querido, as palavras me são tomadas neste momento, meus olhos estão cheios de lagrimas, que narração perfeita. Muito obrigado. Amar e ser amado é uma honra dada a poucos. Ainda não fui amado como mereço e não amei como se merece, mais depois de ler tudo o que você escreveu eu afirmo que o amor é sublime, mais acima de tudo a amizade e o respeito também. Muito obrigado por nos brindar com este conto. Por favor não deixe de nos dar notícias. Um beijo e um abraço enorme em seu coração.... Até a próxima.
03/09/2017 22:56:05
OBRIGADUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU...
03/09/2017 22:31:37
Lindo! Amo vocês.
03/09/2017 22:09:33
Dez dez e dez 💕
03/09/2017 22:09:02
É sempre tão bom quando o amor vence. Quando as diferenças são superadas. É tão bom quando se tem alguém pra chamar de seu. Caco e Edu, é tão bom saber que a relação de vocês está ficando mais sólida. É tão bom saber que nutrem um sentimento recíproco e de muito respeito. Eu amei a história de vocês e torço muito por uma felicidade eterna!Obrigado por me presentear com essa narração maravilhosa Carlos. Vocês são mil!Sucesso sempre. Beijo no coração! (Ah, te escrevi, vê o e-mail!) ❤️
03/09/2017 21:56:57
Amei
G18
03/09/2017 21:55:10
Não! Pode ir parando aí! Como assim não vamos saber se o Caco vai ser recatada e do lar? Segunda temporada por favor ou um história nova e diva pra animar minha vida!!!!


video de porno .que nuher mão quanta que.cagaincesto encaixada no colo do pai perto da mamãexvideos de vigem chora descabasandocontos de tia lesbica com a sobrinhapubis depilado contosvovô abusando conto eróticoContos eroticos esposa madura ajudando menino de ruamulhe da buceta grade fudeno com cavalo videos porno com as bucetas mas aprrtada e q n quento kid bengalaComo era as bucetas no tempo da minha avócontoseroticocasadasconto erotico netinhaeu e minha irmã e minha mãe moramos sozinhos eu tenho 22 anos de idade minha irmã linda e gostosa ela tem 18 anos de idade eu tirei a virgindade da buceta e a virgindade do cu dela eu tava a noite fundendo minha irmã no meu quarto minha mãe ela entrou dentro do quarto ela me viu eu fundendo minha irmã minha mãe ela tirou sua roupa minha mãe disse pra mim pra eu fuder elas duas juntas conto eróticocontos eiroticos leilapornContos eroticos em presidiostia muito gostosa foi vê o sobrinho tomar banho e não aguento e fez sexo com ele que tem o pau renomefotos de adélia que postam suas bucetas no mensagensminha mulher é eu fomos enrabadoscontos eroticos rabuda enganadamulher com aparelho nos dentes atrapalha mulher chupar um cacethistorias eroticas d virgem sangrando ao ser descabacadacontos eroticos cheia de pentelhos horriveismulher chamou o vizinho para tirar goteiras e deu a buceta para eleenfiou no cu da coroa ela deu um urro x vidioContos eróticos- bem novinha é desvirginada e grita de dorx video quando mete no cu danovia ela grita ta bomCármen e a patroa contos eróticosbucitnhacontos eroticos em praia de trindade corno e engolidor de rola contoprica cavalaCamisinha atrapalha a tirar a virgindadeTransando com o pai ate esguichar de prazer em putaria brasileira videos curtos de incestocontos eiroticos leilapornincesto com meu vô contosler conto erotico de padre reaismarido realiza sonho da esposa ser fudida por uma fila de homems pauzudos e grososconto erotico gay na pescariaxxxvideo sai mestroaçaoas panteras filmes porno a cordano minha intiadaincesto tiacontos eiroticos leilapornconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorMulata toda certinha com uma bunda maravilhosa negao enfiou o pau todo nela.x vidio de pornó de 2viado dando cu pro otricontos eróticos dpconto sexo menina esconde-escondebritney bitch em anal 15 minutoconto erotico consolo, plug anal e segurando xixixvideo contos sexual espiando atras da portasobrinho legging belladona encoxando xvideos contostravestis negra brasileira dotada no motel ganha punheta tremendo muitowattpad contos incesto fui estrupada pelo padrastosexo velho etiadas vazoudando o cu no cine pornocontos-padre comendo a meninacontos eroticos academiayahoovideo porno de garotas virgens paraguaiasWww.trasa de cachorro com mhcontos eroticos fotos bi roludo fodendo cu boyzinhopastor alguma pausado comendo novinha apertadinhametemulhe com homeneu confesso minha esposa voltou toda arrombada e gozadavidios porno pai bi e filho brincaovideo porno tomando banho juntos novinha entalada com piroca toda ensaboadabotou a calçinha de lado e mostrou abuçetapapai adora chupar a minha buceta enquanto fode a nossa enpregadamenos viciada novinha molhada cracudos pornômulheres lesbicas emcostamdo a bicetinha gosamdo e gemendover videos d incestos baianinha gozano dentro da bucetafui dançar e fui fudida por um pauzudopauzudosdesaojosedoscamposconto gay contei pra ele que queria dar pra elecontos eroricos mendingo gay e garixvidio mocinhaeu, minha namorada, minha namorada e meu tioContos arrombada alunocontos gays de incestos.com- pai machão dominad come filhomenino passivinho gaycasa do contos eróticos casada gostosa magrinha com o vizinho coroapornô sogra puxa calcinha de lágrimasvídeos pornô brasileiros com mais novinha proibido sussurrando no escurinho comoimagens de pica de cavalo atolado em buceta de mulherescdzinhas contos reaisXVídeos dando em espera e gostosa queimadinha tirando a roupabucetinhatopescontos eroticos de incesto no coloconto erotico sobrinho novinho com tio e tiacontos eroticos engravidei minha noraTransando com o pai ate esguichar de prazer em putaria brasileira videos curtos de incestocolegial xupa negro. velho contos eroticosSir eu marido nao gosta de chupa seus seios Que fazer para ele chupalos conto de corno pirocudo come elacurradaxvideosogra dava nevosa com genro.pornoirado.pai t***** atola a rola no c* da colegial r*****novinha alemã da xana lisina abrindo a portagorila fêmia dando o cuidosa timida gemendo ao atingir orgamo