Sexo Anal: Incomum e Delicioso (Verídico)

Um conto erótico de Thayza
Categoria: Heterossexual
Data: 07/12/2008 02:22:52
Última revisão: 29/12/2008 11:57:53
Assuntos: Heterossexual, Anal

Já tenho alguns contos publicados aqui e apenas um deles é um relato pessoal e verídico, mas decidi voltar para dividir com vocês uma experiência que muitas mulheres ainda não ousam vivenciar por puro medo e desinformação. Estou falando daquela famosa tara entre os homens, que deixa as mulheres atormentadas: Sexo Anal. Não é correto tapar o sol com a peneira: anal dói, sim, mas somente enquanto a mulher está tensa, ou seja, enquanto ela achar que vai doer, dói mesmo. Depois, quando a excitação vai ganhando terreno, de duas uma: ou a dor simplesmente desaparece, ou o tesão cresce de tal forma que a dor passa a ser apenas um mero detalhe sem importância.

Pois bem, vamos à minha experiência...

Ontem à noite, como sempre faço depois de mais um dia cansativo de dona de casa, tomei um banho e fui deitar. Meu marido ainda estava acordado, então quando encostei a cabeça no travesseiro, ele começou a desabafar, falar dos problemas, das contas, do nosso filho pequeno que está ficando difícil de se lidar... Virei-me de costas para ele e empinei o bumbum, dizendo: Ai, meu bumbum tá coçando... (risos) Ele então passou as unhas suavemente, me deixou arrepiadinha. Depois de um tempinho, soltou essa: Não quer que eu coce com outra coisa não? De repente, lembrei-me da ultima vez que fizemos por trás... Tinha sido uma delícia... Mas já faziam meses, tantos que nem lembrava quantos em exato!

Sem pensar, respondi: Pode, você quer? Ele, talvez pensando que eu brincava, indagou: Quero sim. Você deixa? Vamos lá, falei baixinho. Ele levantou, foi ao guarda-roupa e pegou o gel lubrificante. Voltou para a cama, espalhou no pau dele e depois em mim. Aquele geladinho me deu arrepios, mas ao mesmo tempo me fez retrair o buraquinho. Então ele colocou a pica gostosa na entradinha e ficou fazendo um vai e vem delicado, nesse momento pensei no tamanho do negócio, 18 centimetros... Era muita coisa pra entrar num lugarzinho tão apertadinho. Mas eu já tinha feito aquilo várias vezes, não era novidade. Era só relaxar e gozar.

Meu marido passou a se mover com mais firmeza, empurrando um pouco mais em mim. Então senti um calor gostoso lá atrás, fui relaxando, me excitando, e de repente aquela vara foi ganhando terreno dentro do meu cuzinho, e quanto mais ele colocava mais eu queria que ele colocasse. Passei a gemer, e enterrei o rosto no travesseiro pra gemer mais alto sem ser ouvida, afinal já passava de meia noite. Sentia uma dorzinha insignificante diante do prazer que me dominava. Ele chegou a boca pertinho do meu ouvido e disse: Não é por causa desse momento não, mas quero que saiba que eu gosto de você, por isso lutei pra te ter de volta e reconstruir nossa família. Segurei sua mão e respondi que também gostava dele. Pedi para me deitar de bruços e ele veio por cima, voltando a meter na minha bundinha. Mas achou a posição cansativa e eu, dolorida. Voltamos a deitar de lado e dessa vez ele encaixou o corpo no meu, me agarrando pela cintura e metendo com mais vigor. Eu gemia loucamente, a cara metida no travesseiro, feliz por proporcionar prazer a ele. Eu sabia que ele estava adorando, e isso me deixava mais e mais excitada, me sentia mulher, uma mulher capaz de deixar meu homem satisfeito por completo. Esse é o grande tempero do sexo anal: deixar seu corpo à disposição da pessoa amada, para que ela satisfaça seus desejos mais íntimos com você, para que vocês criem esse laço profundo de intimidade e cumplicidade. Você tem tudo que o seu amor quer. Você tem tudo que o seu amor precisa.

Então meu marido se descontrolou nos movimentos e gozou gostoso. Senti seu gozo jorrar, e sorri de satisfação. Ele estava ofegante, o coração descompassado, sentia seu hálito morno na minha nuca. Ele não teve forças pra se mexer, ficou parado, curtindo a sensação, esperando o corpo criar um mínimo de ãnimo pra se levantar, antes que acontecesse um acidente com os lençóis e a colcha da cama. Lentamente, foi retirando sua vara do meu rabinho castigado e molhado. Isso aqui acaba com as minhas forças, ele disse e eu ri. Nos limpamos e, agora totalmente exaustos, finalmente fomos dormir. Contentes.

Espero que tenham gostado deste meu relato pessoal, talvez seja meio sem graça, sem nenhum evento extraordinário, mas todo ser humano comum sabe que a maioria das nossas relações sexuais acontecem assim, no aconchego do nosso lar, na privacidade do nosso quarto. O que realmente faz o sexo ser inesquecível é o fato de estarmos com aquela pessoa especial, em quem confiamos, e esses temperos dos quais lançamos mão: sexo oral, anal, uma nova posição ou uma lingerie nova.

Meu recado para as mulheres é: se vocês têm vontade de experimentar o sexo por trás, mas não têm coragem, comecem devagar, peçam ao seu parceiro pra explorar com um dedo, coberto de lubrificante, e quando estiverem mais seguras, soltem-se. Respeitando seus limites, vocês vão criar uma nova arma de sedução que vai deixar seus homens ainda mais apaixonados.

E para os homens: Nada de cobranças! Comecem fazendo muitos carinhos, dando umas indiretas, falando baixinho no ouvido, quem sabe até negociando: ela deixa você colocar nem que seja a cabecinha, e em troca você faz aquela sessão de sexo oral que ela tanto pede. E quando chegar lá, muita calma nessa hora: vai devagarinho, despertando o tesão dela aos poucos. Afinal de contas, devagar se vai longe!!!

Beijos para todos vocês.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Thayza a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
02/06/2017 16:50:21
Adorei queria comer ela também manda uma foto mail eu adoro fofinha.....
31/05/2017 17:48:58
Não
29/03/2013 08:51:17
Nada como uma boa sessão de sexo para colocar os problemas em perspectiva!
07/04/2011 10:35:28
Recebi o email que esse delicioso conto tinha recebido mais um voto! E acabei lendo-o novamente! Pois como vocês já sabem, sou alucinado por um cu! Quando vejo uma garota de bunda bonita e sensual, fico louco de vontade de enraba-la! Meu pau é grande sim, não é "sonho de consumo" rsrs, são praticamente 22cm, bem grosso com um cabeção, posso dizer que meu pau, é a oitava maravilha do mundo! Só que quando vou enrabar uma garota, por mais cuidado que tomo, bem lubrificado com gel, eu rompo as prégas do cuzinho dela, elas chegam a gritar, mas depois, quando começa o vai e vem, elas chegam a gozar, da mesma forma que quando eu comi um garotão bonito, corpo bonito,pernas bunda, liso sem pelos, ele gritou quando passou a cabeça, mas depois, vi o pau dele esporrando sem ele tocar, ele gozou com meu pau no cu! E ele não era viado de forma alguma! É que eu sei comquistar, modéstia parte, sou bonito, sensual,pauzudo e tarado! rsrsrsrs
06/04/2011 22:00:27
Muito excitante!
20/01/2011 00:49:13
recebi por e-mail, ref a esse conto, acabei relendo, tinha-me até se esquecido dele! Pela narrativa, parece ser verídico mesmo! Cofesso que também sou louco por um cú! No começo, eu também punha a garota de quatro, e puchava ela com tudo, e acabava arrebentando o cuzinho dela! Hoje sou mais delicado nessa modalidade, só que por meu pau ser grande e grosso, e com um cabeção, mesmo eu enterrando ele devagarzinho, quando chega no anelzinho, as prégas se rompem mesmo! A proveito a oportunidade para contar também um caso verídico mesmo, a pouco tempo, eu comi o cú de um amigo e colega de trabaçho, um garotão de 18 anos, muito bonito, corpo denadador, belas pernas bem torneadas e uma bunda linda! Aguardem, oportunamente vou relatar como aconteceu o fato, ele não é viado de forma alguma! Mas eu enrabei ele e gostoso! Aguardem! Só de relatar essa chamada, fico de pau duro! abraços
19/01/2011 14:44:23
Deixar fazer atrás é isso aí... O seu homem fica satisfeito por completo e você se sente feliz e competente, no seu ato serviente. Quem gosta, não deve deixar de ler algum dos meus contos... =-)
17/08/2010 13:18:59
Isso mesmo professora, alguns precisam mesmo de aulas, parabens. 10 com tesão.
23/03/2010 10:52:08
Reli novamente esse conto hoje, to de páu duro! Mas eu também sou louco por um cuzinho! A Nice tem rasão, você tem que ser delicado!, Eu estou aprendendo a ser, poi, antes, quando a garota num motel, ficava de quatro (minha posição favorita pra comer um cú), eu puchava com tudo, chegue a rasgar o cuzinho de uma garota coitada. Agora eu me controlo, e vou com carinho, mesmo assim, sempre acabo arrebentando as prégas, poi meu páu,além de muito grande, (22,5 X 8 tem um cabeção!, ele não consegue passar sem arrebentar as prégas! por mais cuidado que eu tenha. Se for na buceta, se eu der estocadas fortes, chego a machucar o útero delas! Apesar de elas (até eles!) adorarem meu páu!
17/03/2010 10:57:26
Eu sou louco por um cuzinho, eu como o cu da minha mulher direto! E ela gosta, chega a gozar com um páu no cu! O meu é grande, 22,5 X 8! As mulheres ficam loucas com meu páu, uso sempre calças muito justas, pois tenho um corpo bonito, 1,80 de altura e sou muito bonito também, sou acediado até por homéns! Uma ocasião num supermercado, um cara casado, junto com a mulher, que distraida escolhia tomates, vei do meu lado e disse: "Eu estive observando o volume que você tem, é tudo isso? Fiquei sem saber o que dizer!
25/07/2009 15:08:23
vc tem razão até hoje eu tento tira o selinho da minha namorada ja tentei varias veses só que ela sempre desiste quando ta quase entrando, mas depois que eu mostrar esse conto pra ela conserteza ela vai querer... rsrsrs... NOTA 10 pra vc adoreii.. bjoooo
29/05/2009 13:59:48
Incrível! Adorei! Felicidade pra vcs!
07/04/2009 23:44:53
10, pela honestidade.
05/03/2009 00:21:02
Muito bom , quem sabe comer um cuzinho com carinho no começo , depois pode colocar com força que é uma delícia , já senti dores chatas , mas depois que acostuma , me deixo ser literalmente empalada numa rola , eu simplesmente adoro sexo anal , leiam minhas histórias que vão ver , e me digam oque acharam , Beijos , Martha
14/02/2009 19:19:05
oie__que bom que gostou do "quer sexo e risada 3, fico feliz__entaummm, li o seu conto e vc tem razão, nem tudo eh como dizem, cheio de fogos de artificio, lua dourada, lugares paradisiacos__eh no quarto mesmo, no sofa etc... em casa mesmo.__parabens pelo conto__bjao__espero que continue dando uma olhadinha nos meus textos, tenho uns de zuação e outros reais.__se um dia puder vamos trocar cartas a mao!__curitiba pr= cepbairro= jardim botanico rua= sao januario 77__teh mais
20/01/2009 23:35:34
muito bom conto, gostei.
08/01/2009 09:17:12
Mandou bem querida: A mulher tem tudo que o homem quer. Se as mulheres se desencanassem e tivessem essa preocupação de servir inteiramente o homem na cama, o cara não larga. E se larga, uma hora quer voltar. Os casais tem de se curtir mais. Eu criei um ditado que diz: O sexo aproxima as pessoas, depois, as pessoas se afastam do sexo.
04/01/2009 10:25:29
Adorei.. Leia os meus contos também Na Casa dos Contos e em meu blog: casaispoint.blogspot.com. Beijo e espero por você.
03/01/2009 22:51:43
IHHH...BOM MEU
03/01/2009 15:50:54
Parabéns. Até os comentários elevaram a categoria. Eu vejo o sexo como o que há de mais sagrado e sublime. Fico escandalizada com o vocabulário que alguns dos usuários utilizam para referir-se a ele.


dedada nuonibuassestir vidio porno na festacontos eiroticos leilaporndando a bucetinha para o senhorzinho da mercearia contos eroticosConto erotico perdi a virgindade com minha amiga lesbicaabaicha vidio porno menina de deis ano sendo abusada pelo paimenina com raiva a rola nao emdurece senhor ditao velho pirocudocontos filha no barco c amiguinhaJackson viu a irmã dormindo de shortinho não resistiucontos corno manso ineditocontos eróticos no coloporno muher decotecinco moleques arrombaram minha noivacontos meu genro tesudoxvido molhe faz morido trasa com ela e a amegraContos erotico gozando dentro tendo aidsmulher transando com homem quando ele se enrosca dela no ônibusComo devo uza vazelina navagina para lubrifica?video belmiro o caseiro caralhudocomendo a pretinha que tiha ido mija contos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombarambuceta fididacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos eróticosdominada e submissaConto gay - "fodido por um tritão"pitbull enfuandi forte na buceta da vadiacontoerotico eu namorada mae e tioroludas veudas xvideoFilme de xvideo alisando e enpurrandirma dormindo e irmao tranca aporta e aproveita dela e mete o paugozando dentro da garota de programaa.mulher vai ate ver que.estava.na.porta.era.o amigo dela.e.deu.a.boceta para.eleleporno tirei o pau veio bosta bizarrovideo encinandOo pula de cabeça nu riufilho dotado pegando a mãe novinha de geito e comendo a buceta lizinha e apertadinha delaContos erotico sou loira e dei o cusogra da cu p genro p nao engravida deledepois que fiquei viúva me liberei contomeu marido batendo punheta wando eu transo xvideosNovinha da cuzinho no enlevadoconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancocontos gay luiz virando mulherzinha na cadeiamulher levanta a calcinha e molha a buceta de cerveja para o homem chupafudi com meus alunos contos eroticospopolzuda de fil sental dando pro negão com uma de40centimetrocontos eroticos despedida de solteiratabu em familia pai e filha se amando loucamente incesto panterasdei viagra p meu vo olha no que deufotos de gordas gostosas de cho tinhos amostran do abocetacontos eroticos meninas de oito anos transando com cachorro com calcinha preta de lacinhos rosamotorista da madame contos eróticosquero ver metendo na mulher essas porcarias transandoconto erotico olhando vizinha bucetuda do buracofasse%20x%20pornobichinhas com peitinhos de mulherconto marido comeu meu cumulher correu de dentro do motel escrito com a mão na barriga com negão machucou o útero delacomedo a tia de xortiu xvideoginecologista me masturbou gostoso contosxvideos lavei.de porra a boca fs novinhacontoeróticoas vigenscontos eiroticos leilapornContos eróticos gay quatro guri arrombaram meu cumeu corninho, fotossexoanual com Negrão bem dotadoconto incesto abusada no centro de macumbanovinha gritano gostozo paicontos gays virei mulherzinha da familiabbw coroa muita rabuda se exibindo totalmente pelada de sutiã sinta largacontos eiroticos leilaporncontos eróticos de namorados