Contos Interraciais volume 7 - Traindo o maridinho com um negão

Um conto erótico de Narrador
Categoria: Heterossexual
Data: 01/08/2011 01:01:38
Última revisão: 06/08/2011 00:25:21

Meu marido é um chato, vive implicando com minhas amigas e com minha família. Ele odeia viado, negro, e crente, como ele fala. Acontece que uma das minhas melhores amigas é uma negra. E ele odeia ela.

Vive falando merda, sobre ela, que fica em silêncio quando escuta, pois ele faz questão de falar para ela ouvir. Isso foi me deixando chateada, e acabei falando pra ele que ela bem que podeira acabar denunciando ele por racismo. Ele ficou furioso comigo, falou que eu preferia as amigas do que ele, aquelas besteiras todas.

Fiquei um tempo sem ver minha amiga, até que meu marido foi viajar por uma semana a trabalho, então fui na casa dela, e fiquei até tarde conversando. Como não tinha mais ônibus aquela hora, o irmão dela, um negão sarado me levou em casa.

Quando chegamos ele entrou um pouco, para conversarmos. Acontece que esse negro foi meu namorado no tempo de escola, e ainda tinhamos um certo tesão um no outro, pois nunca fomos para a cama. Conversando, ele acabou falando:

- Quem diria que aquela branquelinha magrela ia virar esse loirão, hem?

- É.. lembra que na época só você que eu namorei? Os outros caras até tiravam sarro de você, que eu sei.

- É... mas se eu pudesse, namorava você de novo...agora que tá gostosa.

A olhada que ele me deu, acendeu alguma coisa dentro de mim. Afinal por que é que eu não tinha dado uma com ele?

Passei a mão no rosto dele, e fiquei pensando no tempo que tinha perdido.

- Se eu pudesse voltar atrás, talvez não tivesse casado com o Jair.

Ele me beijou a boca, e eu correspondi. Estava com tesão. Lembrar que o homem que era dono daquela sala odiava negros, e que tinha um negão com a mulher dele alí se beijando, era demais.

Levei ele pro quarto, e deitamos nos beijando. Aos poucos fomos tirando a roupa, e ele meteu o dedo na minha buceta. Ele molhava o dedo na minha boca, e metia na buceta. Empurrei a cabeça dele para baixo, e ele entendeu que eu queria lingua. Chupou gostoso.

Quando eu estava para gozar, pedi para ele:

- Mete, mete agora que eu gozo.

Ele deitou em cima de mim, num papai-mamãe gostoso. Abraçava forte, e me beija orelha, pescoço e boca. Eu gozei como fazia tempo que não gozava. depois disso, ele foi até a suas calças e pegou uma camisinha na carteira.

- Anda com isso na carteira? Parece muleque...

- Quando é que se sabe se vou precisar?

O pau dele tinha dado uma amolecida, e ele punhetou de pé ao lado da cama. - Não vou gozar sem camisinha, se não pode dar zica.

Eu fui até ele, e dei uma lambida na cabeça do pau, depois passei a chupar as bolas e o pau preto dele. Ele punhetou tanto e gostou tanto da chupada que acabou gozando. Quando ele gemeu forte, afastei a cara mas respingou um pouco no meu braço e no meu peito.

- Porra, gozei. - reclamou ele.

- Temos a noite toda, negão.

Tomamos um banho, e nos deitamos. dormimos até umas cinco da manhã. Eu acordei ele punhetando seu pau e beijando seus mamilos. Dei uma bela chupada no seu pau e coloquei a camisinha.

- Agora, pode goza dentro a vontade, safadão.

Sentei no pau dele, subi e desci, beijei sua boca, e ele me chupou os peitos. Eu gozei, mas continuei subindo e descendo até que ele gozasse. A camisinha saiu toda melada.

- Vem, vamos tomar banho e tomar um café. - falei.

Ele ficou para almoçar comigo, e conversávamos sobre o tempo de escola, ele acabou colocando um assunto de sexo anal na conversa. Saquei a intenção dele, e falei:

- Quer comer meu cú, né? Continua o mesmo safado.

- Você sabe, nós perdemos anos da nossa vida, então temos que recuperar o que perdemos.

O argumento era furado, mas eu gostava de sexo anal mesmo, então deixei o clima correr solto. A tarde foi passando, e quando caiu a noite, trancamos a casa e fomos pro quarto.

- Já pensou se seu marido chega agora?

- Nem fala uma coisa dessa, o cara é grosso.

- Olha o que é grosso aqui, olha.

Ele levou minha mão até a piroca preta por cima da cueca. Ele tinha ido comprar mais camisinha enquanto eu fazia o almoço, e pegou uma. E chupava aquele pauzão preto delicioso, enquanto ele abria a camisinha e colocava no cacete.

Ele molhou o dedo e levou no meu cú, tirava e colocava, até que relaxei bastante.

Fiquei de quatro e me abri toda. Ele meteu devagar, eu tirava quando doía, e colocava de volta devagar. Logo estava metendo com um pouco mais de velocidade. Acariciava minha buceta com a mão enquanto fudia meu rabo.

Meu marido quando metia no meu cú, sempre machucava, mas ele metia mais devagar, isso talvez tenha feito eu chegar ao meu primeiro orgasmo anal de verdade. As pernas bambearam e minha buceta escorria nas mãos dele. Acabei caindo desfalecida. Ele tirou a camisinha que usou no cú, e colocou outra. Me deito de ladinho, e meteu na minha buceta. Eu já nem sentia mais nada de tanto que tinha gozado. Virei o pescoço para trás e ele me beijava a boca. Naquela posição com ele deitado por trás metendo na buceta, foi gostoso demais.

Mudei e deitei de costas para baixo, e ele deitou em diagonal, ficando com as mãos livres. Uma puxava minha perna e a outra brincava com meu grelo, enquanto ele fudia.

Segurei o estrado da cama, e gozei de novo, com uns gritinhos, pois não me segurei. Ele continuou metendo mais e mais, até que gozou com um gemido baixo.

Minha amiga ligou, e tive de falar pra ela que o irmão tinha passado a noite lá em casa. Demos uma desculpa que o carro tinha dado defeito, e que ele tinha dormido no outro quarto e chamou o mecânico no outro dia. Falamos que o cara levou o dia inteiro para arrumar. Se ela acreditou ou não, eu não posso dar certeza.

Mas daquele dia em diante, todas as vezes que meu marido falava merda para ela, ela dava um sorriso estranho quando encarava ele.

Pensei que talvez ela soubesse que eu tinha colocado chifres em meu marido brabão com o irmão dela. Um negrão fudendo a mulher do babaca.

Eu, claro fico quieta, e de vez em quando, encontro com meu ex-namorado negro, que só agora passou a me fuder.


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive lostzulu a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/12/2011 22:37:14
Muito bom seu conto e realmente faltou ele gozar na sua buceta pro corno babaca chupar sem saber
24/08/2011 14:49:14
este conto ta muito sem sal mulher nenhuma csada vai levar homens pra casa correndo riscos de ser fragadas pelo marido aindamas ficar na casa dela dois dias issso ta cheirando a lorotas
21/08/2011 23:45:42
Esse teu marido tem é que levar chifre mesmo... Se quiser um Ricardão mulato, eis-me aqui: Beijos, Conan
01/08/2011 08:15:12
Delicia, falta leite na bucetinha...pro corno chupar...


contos a punheteira do papaierma perde cadaco com o irmao pausudo no xnxx.comconto gay ele se revoltou e tomou todasconto lavador de carro pauzudopraticando scat desde pequena contoscontos erot os y icsexo com mae vadia potuguesa fuder com filhoFotos de gostozinha braquinha nua caio no zapconto erotico velho taradocontos soniferocontos eroticos casada aguenta 27cm do cacete do vizinho novinhobrutamontes caio parte 15 pornoquero baixar pornô novinha chamando o pai de mensagem massagemcontos de sexo no carro com um cara aiii metiii maisvanessa traindo com irmao do corno douglas spus mas lindu buctaoXvideo irmãoo tarado comedo irmã gostosa de chorta azu durmido.novinha dano para o sogro o cu e leva gosadavideo porno amor virei corno que deliciaempregadinha contonovınha metendo agaxada na rolacontos comi o cu da minha madrinhacontos eroticos fui depilar minha patro q estava com a buceta e o cu peludo com fio dental atolada no cuxvidiosexopornoquero ver um filme pornô a mãe transando com filho e a mãe forçando para transar com ele pedindo para o fiscal na b***** dela que ela tá lindahistorias eroticas d virgem sangrando ao ser descabacadaFOTOS CONTOS DE SEXO DE UM JARDINEIRO PIROCUDO COM SENHORAS CASADASxvideos.meninas.sedo.esto.padas.afosacontos eiroticos leilapornmostrei meu sobrinho contosmulher e obrigada a ser penetrada por gancho pornodoidoconto erotico gay playboy e o plebeuórfão e madrasta contos heroticosXvideos avó curva-se e neto enrraba-aesposa novinhacoroa pelada toda melada de margarinacontos eroticos a crente do grupo de senhorascontos de seco com meu tio aiii gostoso metiiividio de porno tia acordado subrinho pra da pra ele de ladinho senhor ditao velho pirocudocontos de sexo depilada na praiacachorro pisudo fudendo mulher no matoSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhabucetaesperienteconto erotico huntergirls71Busetinha lizinhapadrasto sodomitacontos eroticos proibidosvovô taradaporsexosxvideo pequei porque nao vigieicontos veridicos com enteadassarrando a bundinha da minha filinhaasustou quando viu um pau grissoo gayAiiii tipo mais devagar mh Bucetinha virgem contos eróticoContos eroticos irma crenti çafada de perna aberta provocando o irmaovideos pornos de mulheres gravidas com sua buceta peluda dando pra varios homens pisudosmRcela viaDo pistoludo fudendo o cu da mulher do cornocontos eroticos na igrejaquando o pau do cara entrou em mim eu quase demaiei de tanta tesão meu msrido tambem vidiocome.mininha sogra.fininha xvidiosexvidio irmao com irmancontos eroticos menina bobinhaas cunhanda dodo pro cunhandohomem brincando de fazer barrulho de moto e enfia o dedo no cu da mulhercontos eroticos.virei viadinho do barbeiroporno do padre fudeno casada comfusaxvideo porno erotico esposa traino o marido ela dano o cuzinho americanacontos eroticos meu negao dormiu em casavideo porno gosei dentro da bicetinha da minhaatrasdaporno tia lambeu sobrinho gozo ela engasgou tomou td contos eróticos inocentexvidio.com puchei a casinha delaXvidio coroa gostoza da ponovinho fala potuguesconto erótico depiladora travestiporno forçado tiofudendo a forçasexo gai urso parrudos chegou de viagem e foi dar uma foda xvideoscontoerotico eu namorada mae e tioler contos eroticos menageMeus amigos me foderam bebada contosneta sentindo opau du avo duroforssou a entiada a chupar xvidios