O Brilho do Seu Olhar 13

Um conto erótico de FT
Categoria: Homossexual
Data: 29/03/2014 13:17:00
Assuntos: Homossexual, Gay

Chegamos a escola e estava praticamente vazia.

O Tadeu foi pra turma dele e o Gui e eu ficamos conversando na quadra.

As aulas passaram rápidas e quando estávamos saindo pra almoçar tenho a desagradável surpresa de ver o Breno, sim o Breninho, se aproximar.

O Guilherme me olhou e fez uma cara de não sei o que ele ta fazendo aqui.

- Por que você não retornou minhas ligações? Não respondeu meus SMs’s?

- Porque você acha Breno?

- Eu já te pedi desculpa. Eu te amo.

- Ama o caralho! Você ama os presentes que eu te dava, os restaurantes que eu te levava...

- Eu viria de São Paulo até esse fim de mundo só por isso? Eu te amo, aquilo foi um erro. O Vinicius me seduziu.

- Breno, eu te conheço! Eu sei muito bem que você não é frágil, nem seduzível. Se você ficou com ele aquele dia alguma coisa você queria. Você é calculista.

Eu não falei nada, apenas observei. Acho que o Breno não tinha percebido minha presença até dado momento da discussão.

- Quem é você? Ele perguntou com voz debochada, bem do estilo do Felix.

- O meu namorado!

Eu olhei assustado pro Guilherme.

- Nossa! Isso é seu novo namorado? Por isso você não quer mais ficar comigo?

- Eu não sou abrigado a ouvir isso. Da licença! Eu disse e saí.

- Eu já vou, ta, meu amor!?

Eu apenas sorri e fui a encontro do Lipe e da Lua que conversavam no portão.

- Quem é aquele?

- Lembra do Breninho que eu te falei?

- Caraca! O que ele veio fazer aqui?

- Quem é Breninho? Pergunta o Lipe.

Eu expliquei tudo a eles e observei as investidas do Breno que tentou diversas vezes beijar o Guilherme, passar a mão na cintura dele e coisas do tipo que deixam qualquer ciumento se mordendo.

- Vamos embora?

- Você quer mesmo deixar seu namorado com essa bichinha? Perguntou o Lipe.

- Se eu ficar mais um pouco aqui acho que vôo no pescoço dele.

- Então vamos!

Nós três fomos pra casa e no caminho o carro do Guilherme parou perto da gente.

- Entra!

Eu me despedi dos dois e entrei no carro.

- Desculpa, Thalles! Eu não sabia que ele ia vim hoje e muito menos que ele iria na escola.

- A culpa não é sua.

- Por isso que eu te amo! A gente ainda vai almoçar?

Eu sorri.

- Vamos!

O resto do dia foi legal. Eu estava gostando de ter um namorado, de sair com meu namorado.

Os dias se passaram, o Gui e eu brigamos muitas vezes e algumas delas por causa do Breno, que estava morando na casa dele. Sim! Meu namorado estava morando com o ex namorado dele. A explicação está no fato de o Breno ser filho de grandes amigos do diretor e ter dito vim fazer um curso, assim tendo que ficar em algum lugar.

- Para! Eu já falei que você fica mais sexy ainda fazendo isso. Disse o Gui ao me ver morder o canto do meu lábio inferior, que era uma mania.

- Eu não consigo!

- Desse jeito eu vou ter que te agarrar aqui mesmo.

Nós estávamos na praia. Era domingo a tarde e estava muito quente.

- Vamos entrar na água?

- Não, obrigado!

- Vamos!

- Eu não sei nadar, esqueceu?

- Eu te ensino.

- Aqui no meio de todo mundo? Não vou pagar esse mico.

- Então vamos lá em casa. Eu te ensino na piscina.

- Com o Breno lá? Nem pensar.

- Ele nem deve ta em casa. Deve estar com algum macho pelas esquinas.

- Não! Eu vou pra casa. Disse levantando.

- Eu te levo!

A gente foi pra minha casa, tomamos banho (separados, hein!) e ficamos no meu quarto estudando pra prova de matemática de segunda.

- Esse contém e esse está contido?

- Não, Guilherme! É ao contrario. Esse está contido e esse contém.

- Matemática é complicado! Pra que tantos sinais? Interseção?

- Pra que eu não sei, mas deve servir pra alguma coisa.

- Thalles! Chamou meu pai batendo na porta.

- Oi! Disse ao abri-la.

- Sua avó ta aí! Ela veio jantar com a gente.

- Ta! Já vou descer.

- To esperando!

- Bom, vamos? Eu perguntei ao Gui depois que meu pai saiu.

- Vamos! Tenho que ir pra casa. Meu pai ta maluco por causa da feira multidisciplinar de sábado.

- Ta bom!

Nós descemos, o Gui cumprimentou toda minha família e foi embora.

O resto da noite foi legal, minha avó é muito legal.

De manhã, como todos os dias o Guilherme foi me buscar e nós fomos a escola.

Fizemos a prova na terceira aula e o professor liberou a gente da quarta, mas teríamos a quinta então ficamos na escola.

- Vamos na pizzaria sábado depois da feira? Perguntou a Lua.

- Não posso! Tenho compromisso!

- Você não faz nada da vida, Thalles! Que tipo de compromisso você tem?

- Aquele tipo de compromisso... Minha avó foi lá em casa ontem.

- Ah, entendi!

- Mas eu não! De novo isso? Você sai e não me fala pra onde. Disse o Gui.

- Não é nada demais!

- Então fala o que é!

- É coisa minha!

- Ta com muito segredinho, hein!

Sim! Eu tinha um segredo. Não era uma coisa cabeluda, mas eu não sabia se o Gui ia aceitar.

Eu sou umbandista e como vocês devem saber minha religião é vista com maus olhos pelo povo. Pelo simples fato de a associarem com satanismo e coisas do tipo.

Só quem sabia era a Lua e o Lipe que também é da Umbanda, só o Lipe a Lua não.

- Não é nada demais! Depois eu te conto.

Nas quinta e sexta aula só ensaiamos uma das apresentações do sábado.

Eu fui pra casa com a Lua e o Lipe. O Gui iria direto pra casa, pois seus irmãos estavam lá.

Na terça eu conheci os irmãos do Guilherme. Eram três. Todos homens, um mais lindo que o outro, mas nenhum tanto quanto o meu Guilherme.

O Fabio de 20, o Gabriel de 19 e o Sávio de 15. Eles eram divertidos e brincavam demais entre si. Eu fui tratado bem por eles e confesso que adorei a tarde que passamos juntos.

Na quarta eles foram embora e enfim chegou o sábado da feira multidisciplinar.

Minha turma chegaria na escola as oito da manhã e até as seis da tarde teríamos sete apresentações.

Duas peças, uma de musica, uma sala temática, uma peça com fantoches, dançamos salsa e fizemos um “restaurante africano”.

Foi um dia perfeito...

Quando estava tirando a maquiagem da ultima apresentação onde (acreditem) eu fui uma boneca, o Gui me chamou.

- Fala!

Ele se aproximou e disse no meu ouvido.

- Te espero no carro! Se prepara que essa noite vai ser inesquecível.

- Desculpa, mas eu não posso! Eu te falei que ia sair hoje. Disse baixo.

- Serio isso?

- Eu te falei eu tenho compromisso.

- Isso ta com cara de namoro, hein, boneca! Diz o Daniel, um colega de classe batendo no ombro do Guilherme. Eu ignorei e o Gui fez o mesmo.

- E o que é essa coisa tão importante? Pelo menos um sábado por mês você me troca.

- Coisa minha. Você vai saber uma hora, mas não agora

- Esse suspense todo ta me chateando já. Sou uma pessoa curiosa, droga!

- Depois a gente se fala. Isso aqui ta começando a encher.

Eu terminei de tirar a maquiagem e fui até o carro do Guilherme que estava com a cara de raiva mais fofa do mundo.

- Para com isso! Você sabe que o que eu mais gosto de fazer é ficar com você, né?!

- Pelo menos me conta o que vai fazer.

- Não sei se você ta pronto pra saber e nem se eu to pronto pra contar.

- Entra no carro e vamos antes que eu me irrite mais.

Ele me deixou em casa e não disse nada só me beijou, nem um tchauDicas do Dia:/>

/>

/>


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive FélixTedesco a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
29/03/2014 16:42:05
Otimo!
29/03/2014 15:26:33
é tirando tal religião o conto é bacana :)
29/03/2014 13:29:51
amei


uma garota virgem contratou um garoto d progama pra quebra seu cabasoVidio de irma menor fudendoVidio de menor fudendo irmacomeram minha buceta no carnavalcontoerotico eu namorada mae e tioJackson viu a irmã dormindo de shortinho não resistiuVidio pornô de gay de pratao fazendo sexo com a impregnados até ele goz contos erotico de puta querendo rolareymer ,eroticoler contos eróticos de nudismo 2018conto porno apaixonado pelo meu primo brutamontescontos eroticos a bunda da minha esposaContos Eroticos submissãocontos eroticos geme porranovimha perde o cabosncomend9a novinha gosrosa no matinhoporno magrınha com dotadoMathz - CASA DOS CONTOS EROTICOScontos eiroticos leilapornporno muler de roupa transparente mostando a calcinhaxvsou evagelica e nao tive em casa e procurei fora contos eroticoporno magrınha com dotadoconto esposa peida pau comedornovinhas levando tapa na butinhatenho tesão em jogador suado sexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaodoce nanda contos eroticosarreando a calcinha pro clacudo gozarencoxou a mae na camaxvidiomarisaXVídeos mulheres de baby doll calcinha quando a pele já mostrando para os visitantesirmao comendo irmao enguanto dormia porno gai xvideos 10foto.de garotas tomando sol de costas de biquinis deitadasde cabelos castanhosxvideos novinha sentando em palzao de 59cmeu einha esposa com dois amigos.no motelvedeo de dois homem mostro fazendo sexo com mulher que judia bate fodedodecabaçando a enteada dormindo xvideospohneta pornomulheres da bunda grande dando cu de bruço pro kid bengalaconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretofiume porno garoto senti tezao pela crentinhanovinha de sainha jeans espremendo e Goliasdescabasano a novinha xvideo para baixaporno homens com fitas adesivas na bocaBrasileira recatada dando o cu de vestidinho é gemendo me fode calcinha vermelhaxevideo mulher dormido e rola entrandoum abraço para os punheteiro e um beijo pra quem leu erradoconto erotico crente casada carente fica deslumbrada com tamanho rola de outropitiu comendo o priquito da mulhervideos desabafos cacetudos con vontade de gozar se mostra can cacete muinto duroCármen e a patroa contos eróticosSacaniha reboado nos pauzaoconto gay diemersonxvideoscomedo atia.comsexo oral 2016 nos mamilos bicudos das mulatasConto aerotico menina virgem perfendo virginidadr no pau do professor dotadofilho deseja sua mãe pelada dormindo para poder comer ela com a b***** toda arreganhada e melecada de tanto gozarconto erotico gay dei sonifero pro meu filhinho e comi eleconto erotico vizinha me pediu q eu cuidasse da sua filhabrincando de namorar contos gayscontos peidoto cagando nessa pica gozandoconto erotico meu afilhado tem a rola preta enormenovinha coxuda engolindo o cassete todo e alizando o cassete com carinhoporno grats novinha beijando e sendo encochada con permiçao do cornoxvideosdifícil Pra Vc lukarelato meu prazer analThaiana xvideos sabiacontos eróticos encesto mae de 35 anos fodendo com seu jovem filho e gozando muitover videos de novinhas gostozas fudendo gostozo con seu ermao mais velhocontos eroticos minha amiga travestris abuso de mim bebadaNei+sei+como+cabeu+aquele+pinto+na+mia+buceta+conto+eroticoputa no hoteldo bucetao loca de tesaoMiller tair marido com ladrão em casa phornofilha a reda causilha e pai empura rolaconto de avó que tranzou com o netoa.mulher vai ate ver que.estava.na.porta.era.o amigo dela.e.deu.a.boceta para.eleleoq a bliblia adiverte sobre sexso analnegão socando a rola no c* da neguinha fazendo ela arregala o olhoeu juro que meu sogro me fudeuconto de eu novinha dri meu cu apertado para um cavalo de pica grande sexo com minha esposa e mais outro homem quais as dicas para convencê-la?corno no swingcontos eroticos padrinho tarado w afilhada novinhatravestis peitudas e dotadas rasga cu da mulheres dos peitos gigantesbonecas enchendo o cu da mariconaconto erotico transei com o irmao do meu esposocontos eiroticos leilaporncontos eroticos casadinha inexperiente seduzida/texto/201601591eu e minha mãe fudemos com o pedreiro e seu ajudante dotado pega novihna e fas ela chorar mad aguentacunhadinha dando de shortinho bem curtinho São Paulo com a cunhada Patrícia de mim gostosinhocontos eroticos.fui tomar banho com meu ermaozinho e nao rezisti ao ver seu tiquinho dupadrasto e intendenda gostosoquero ver filme pornô de mulher com a buceta da Bruna dirigindo porraxvideo garoto trazado com agpxvideo ensinando boiarviadinho fui tomar sorvete contos eroticos