Brincadeira de criança

Um conto erótico de Telêmaco
Categoria: Homossexual
Data: 28/08/2012 15:39:54
Nota 10.00
Assuntos: Homossexual, Gay, Anal

Fui visitar minha mãe e passei a tarde no bairro onde cresci. É muito afastado do centro e por isso mudei de lá, mas sempre que posso visito minha mãezinha. Naquela tarde as crianças brincavam de pique-esconde. Meu sobrinho insistiu para eu brincar também, e, apesar dos meus 22 anos, estava lá correndo com a molecada. O vizinho Beto, que é um pouco mais velho que eu, também brincava acompanhando o irmão mais novo. Já anoitecia quando avisaram que era hora de parar. Era a última do dia. Corri e me escondi atrás de um muro num terreno baldio. Beto veio atrás de mim.

_Você se lembra quando a gente brincava?

_Claro. Nem me lembro quando começamos a brincar. Crescemos nos escondendo.

_Não, quando a gente brincava escondido nos tubos do córrego.

_Lembro sim.

E como poderia esquecer? Eu me escondi dentro do tubo de canalização (ainda não colocado, é claro). Beto veio atrás de mim e perguntou se eu queria brincar de outra coisa. Fiquei curioso e disse que sim. Ele fez eu me curvar e abaixou meu short. Passou bastante cuspe no meu cuzinho e meteu o pau. Não sabia o que estávamos fazendo, mas gostei muito. Seu pau era pequeno e não causou dor alguma, só uma sensação gostosa que me dava arrepios e fazia cócegas ao mesmo tempo. Passamos a brincar disso quase todos os dias. Crescemos juntos. Seu pau crescia e meu cu acompanhava. Aprendi a gozar só pelo cu e ele a segurar seu gozo para deixar eu gozar antes. Também aprendi a chupar seu pau e a engolir. Beto nunca disse a ninguém que me comia. Para todos, éramos amigos e mulherengos. Até arranjamos namoradas, mas depois de cada encontro, Beto me comia. Beto sempre levava as namoradas a sério, já as minhas eram só fachada pois meu tesão era o Beto, ou melhor, o pau do Beto. Quando completei 18 anos arranjei um emprego bom no Centro e logo em seguida mudei para perto do trabalho. Na época, Beto namorava firme uma garota da Igreja e logo depois casou com ela. Só não fui padrinho de casamento porque não frequentava aquela igreja.

_Nunca mais brinquei daquilo.

_E sua esposa?

_Só na frente, e agora que está grávida, nem na frente. E você?

_Tenho um amigo. A gente sempre transa.

_É seu namorado?

_Não. Só amigo mesmo.

_Tenho saudades daquela época.

_Tem saudades daquela época ou de me comer.

_Do seu cuzinho. Topa matar saudades?

_Não sei. Já já vou embora.

_Sempre fomos rapidinhos. Esqueceu?

_Tá bom.

Abaixei minha calça e curvei-me. Senti os dedos do Beto espalhando cuspe no meu rego. Logo em seguida veio seu pau forçando meu cuzinho. A última vez que dei para o Beto seu pau tinha uns 18 cm e era bem grosso. Não deu para olhar mas parecia mais grosso ainda. Entrou causando dor e desconforto, mas também muito tesão.

_Nossa, como você é apertadinho.

_Parece que seu pau cresceu.

_É você que desacostumou.

Beto socou a rola por uns cinco minutos. Eu olhava a rua, principalmente a meninada que corria para todos os lados a nossa procura. Fechei os olhos e gozei como só o Beto conseguia fazer. Logo em seguida senti o calor de sua porra jorrando dentro de mim. Arrumamos nossas roupas e levantamos para zoar com a meninada.

_Vocês não são de nada mesmo. Nem procuraram atrás do muro.

_É que é muito escuro aí, tio.

_E daí, tem medo do escuro?

Entrei na casa e despedi da minha mãe. Na saída encontrei Beto e sua esposa barriguda. Ainda somos amigos e toda vez que nos encontramos (uma ou duas vezes por anos) rola uma escapadinha, nem que seja de cinco minutos, para matar saudades.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Teteca20 a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
08/10/2012 19:53:22
Delicia!!! Parabéns
21/09/2012 23:38:49
Olá... Meu nome é Rubia e meu marido se chama Beto. Adoramos seu conto, nos deixou com muito tesão. Também publicamos um conto aqui. Se chama "A procura de um amante". Temos um blog com muitos assuntos e fotos relacionados a sexo e também com nossas aventuras sexuais. Visite... Com certeza irá gostar e ficar com muito tesão. O endereço é: rubiaebeto.comunidades.net


mostra ceu pruquito que. eu mostro meu pauele me chupouprimos flagrados fofemdo no porao da familhamenininha contos eroticosgarotinha na siririca no bicamcontos eróticos esposa adora contar que traiu o corno manso ciumentoConto erotico umaa muler muito ssafaadaviado faz chupeta em macho violenta enche a boca de pprtacomo tirar a virgindade com irmão irmão de verdade para te lembrar agora tanta saudadeXVídeos10 de pornô blog.br bunda grande virgemmau encostei a penis no cuzin dela ela ja se gozou todaconto erotico huntergirls71contos porno de meninas de 11 que gosta de leitecornolandia barbara costa bucetacontos de putaria sou puta do marido negro da minha cumadreeu e minha amiga fomos iniciada na zoofiliapornodoido cavalona de cinturinha fininhaporno. putaria hapos festa. novinhas do titio. abrilwww ponto come come fazendo sexo fazendo pornografia fazendo sexo vaginal sadia.com.br homem e homemcontos de sexo entre irmaosConto a faxineira de fio dental no quartochantagiei a freira contoxvidiop quem cavalgo melho mae o filhasapateira e chupando a rola do outro comendo o c*conto erotico gay viado submisso vira femea do negaocorno castidadecorno nao gosegui arancar cabaco da esposa porgue apica e piguena mais amigo coseguicasada taradacontos eiroticos leilapornlevantei a blusa dela e chupeifissurada em ser chupada na buceta contotrepando bem gostoso com a ginecologista mulhercontoscontos eroticos de feminizaçao parte 2xxvvidio brazeiro do gemidoxvideos.comi o'cuda maeflagrei a cunhada f****** Conto Chinêsmuitei em cima da minha espoza na cama vidio pornocontos eiroticos leilapornContos eroticos feminização em clinicafui enrabada por meu padrinho sem docunhadinha desistido no quarto da b******** XVídeoscontos eroticos gozou gostoso na vagina da cachorra pastora alemã no cioxvideos paacas.com.pezais pio putacontos eróticos meu padrasto e amigo dele me fizeram d puta e me humilharamporno virge mentiu ter ido pra escola pra mae acabou comendo sua irmasexo entre mae e filhoMIDINHOPORNOcontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos eroticos de jovem transando menstruadas com o professorincesto pai filha eroticos peludo bigode contoscunhado breja a cunhada no banho e fode elatexto de prima louca querendo pau na bucetinhaContos eroticos me vinguei da minha esposa e comi dois cuzinho finalfotos de mulheres camponesas dando o cu e gemendo muintofedelhos tesudosxvideosdificil pra vc lukacomedor de coroasporno levantado a saiao pauzao preto fortecontos eroticos filha e pai caminhoneiromulher engatada com cachorrocontos eroticos com mudinhaContos eroticos de mulheris que so goston de da o cu nao goston de abucetatia gemendo peituda vizinhametendo na amiga bebada sao luis Marãoler contos eroticos menageConto gay com o padrasto coxudotransendo cominha conhada dospeitaoContos eroticos irma crenti çafada de perna aberta provocando o irmaocontos de zoofilia com macaco bem dotadonovinha gretano de tanto goza com u paicontos eróticos famíliacontos meu vo massageava minha bucetinhagravida do tio contosComtos filha menor de idade semdo puta dos amigos do trabalho do paipegando a casada mal comida de surpresaxvideogrates pornor empregada com patraogaroto punheteiro macumbeiro xvideoBAIXA VIDEO PORNO APROFESSORA ELIZABETI DA ESCOLA NANDEJAvídeo pornô só gordona do bundão e peitão grandão arrastando no chão mulher preta e gordacontos eróticos de meninas de 25 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhoscontos eróticos meu padrasto e amigo dele me fizeram d puta e me humilharamgays nus muscle espartanos pelus xvideos