MEU ESPOSO ENTREGOU-ME A SEU AMIGO.

Um conto erótico de Taniflowers
Categoria: Grupal
Data: 27/07/2005 06:50:07
Nota -
Assuntos: Grupal

Satisfazendo um sonho (Versão da esposa)

Conheci meu esposo aos 18 anos, sou uma morena clara, com um corpo, modéstia a parte de dar inveja a muitas mocinhas, acho que herança de minha mãe, e um tesão que basta meu esposo acariciar-me um pouquinho que sinto-me pegar fogo,casei com este homem aos 19, ele é o máximo pois o amo muito e tudo o que sei sobre sexo ele ensinou-me, sempre dizendo-me que eu tinha direito a ter todos os prazeres da vida sem ser obrigada a nada e que no sexo tudo vale, após 16 anos de casada entendi o que ele queria dizer com isto, ele costuma ler revistas eróticas seguidamente e por suas conversas eu deduzia que ele sonhava em ver-me transando com outro homem, mas eu jamais teria coragem para traí-lo mesmo porque acho que ele não é merecedor, pois somos antes de mais nada amigos.

Bem vamos aos fatos, certa noite após sairmos de um compromisso que eu tinha esperava-me no carro ele e um amigo nosso um jovem então com 24 anos, que veio do interior do R.S. vinha seguidamente em nossa casa ajudando meu esposo em tudo, jogavam um baralho, ficando amicíssimos, sua educação para comigo fez com que depositasse muita confiança nele. Após andarmos um pouco meu esposo tomava outros rumos mas, não dei bola pois estávamos acostumados a passear por vários lugares, inclusive com este amigo junto, quando percebi meu marido estava entrando em um motel, surpresa não tive palavras, só na garagem é que tive palavras para dizer vocês são loucos. No quarto ainda comentei isto vai estragar uma amizade que é muito bonita, nosso amigo ficou quieto e meu esposo respondeu que nada disso aconteceria. Nosso amigo mesmo encabulado quis beijar-me, virei o rosto e aceitei seu abraço.

Nervosa fui tomar, banho deixando para tirar a roupa no banheiro, sentia-me tímida e com vergonha na frente de outro homem, quando estava em baixo do chuveiro vejo entrar nosso amigo com um corpo de dar inveja a muito halterofilista, achei realmente seu corpo bonito e muito másculo, seus braços o dobro de grossura de um homem normal, envergonhada olhei somente para seu torax sem coragem de olhar para sua cintura,ele foi entrando embaixo d'água, beijando-me na boca , acariciando meus seios e meu pescoço, senti junto com a água morna seus dedos grossos a acariciar minha buceta, uma mão passeava por minha bunda, encostou o caralho na porta de minha buceta, ficou esfregando devagar sem penetrar-me, o tesão consumia-me, como sou muito fogosa, o calor de meu corpo estava a mil, eu já ansiava por ele penetrar-me, mas ele não tinha pressa e parecia não estar nem aí para meu tesão; beijou minha boca várias vezes, eu ainda tímida na correspondia como num beijo em meu esposo, moramos em Porto Alegre no R.S. este nosso amigo veio de outra cidade, e como todo o interiorano parecia de uma paciência inesgotável; saímos debaixo do chuveiro e ele carinhosamente enxugou-me, levando-me para a cama, continuou a beijar-me toda sentia os bicos de meus seios tão duros que chegavam a doer, a buceta queimava, ele demorou mais uns quinze minutos arretando-me, ergueu minhas pernas para o alto deixando minha buceta exposta, esfregava a cabeça de seu pau na porta de minha bucetinha, nu lapso de razão ainda pensei vou ser de outro homem, meus pensamentos logo foram embora ao sentir meu esposo levemente acariciar meus cabelos, ele estava vendo outro homem em cima de mim e apoiando, de repente num golpe certeiro ele enterrou-me todo o seu caralho, acho que de uns 17 cm, começou um vaivém rápido, me cravou incessantemente seu cacete por uns bons 20 minutos, mexia com uma força juvenil, rebolava seu corpanzil, eu de olhos fechados apreciava intensamente o sabor da foda, sentia seus ovos nas minhas nádegas, senti ele encher-me com seu esperma, uma quantidade enorme, como participávamos de sua vida sabia que ele não tinha mulher há um bom tempo, nunca usei camisinha e meu esposo sem eu saber havia conversado com ele sobre saúde, achei que ele fosse parar, mas jovem que era continuou a socar-me com aquela energia que quase chegava a ser violenta, o seu carinho, os beijos em meu corpo só faziam acender o fogo, e minha buceta em brasa, ele enterrou por mais tempo que a primeira vez e gozou pela segunda vez, eu nem sei quantas vezes gozei, senti-me inundada novamente, sua porra era farta, estava acostumada a transar com meu esposo no inicio de nossa vida e sabia que depois da primeira sua seiva diminui bastante, gozei novamente com ele parado por uns minutos dentro de mim, balançava-se vagarosamente, esperava seu pau amolecer, agora sim ele daria um tempo pois sentia-me realizada, ele beijava-me carinhosamente, acariciava-me, lambia-me toda, meus seios eram sugados, mas seu pau nada de amolecer dentro de mim, que calor, nos movimentos intensos da foda havíamos retirado o lençol, meu marido assistia a tudo, senti que novamente ele bombeava com força, pela terceira vez ele estava me comendo sem tirar de dentro entreguei-me de corpo e alma aquele macho que me fazia mulher.

Ele bombeou por mais de meia hora e eu a gozar inúmeras vezes, senti ele gozando novamente, aos urros, nunca havia visto um homem urrar ao gozar, sentia-me agora alagada, a quantidade de seu suco não diminuiu, para meu descanso e prazer ele deu um tempo, não deixou eu sair da cama, meu esposo e ele acariciaram-me delicadamente ele nem parecia aquele homem de fala rude do campo. Depois de muito ser acariciada, o que me pareceu uma forma de agradecimento sem palavras, levantei-me e fui ao banho, aquela água morna revigorava-me, ele entrou no chuveiro, começou novamente a acariciar-me e o tesão voltou, nunca havia visto um homem com tanto fôlego, pois até então tinha sido somente de meu esposo, já havíamos transado por quatro ou cinco vezes em uma noite mas nunca tão seguidamente assim.Virou-me de costas e enterrou seu caralho que me parecia agora mais duro e começou a bombear com uma força incrível, as paredes de minha vagina estavam em brasa, tirava até a cabeça e enfiava tudo outra vez, sentia-me nas nuvens, a respiração forte, gozei, ele continuava o vai e vem dentro de mim violentamente, demorou mais de meia hora e gozou novamente aos urros e eu gozando junto e gemendo, confesso que quase desfaleci, sentia-me toda mole, a sorte que a água ajudava-me, deixei aquela quantidade enorme de porra escorrer.Voltamos para a cama e ele em tom de brincadeira disse a meu esposo ela quase desmaiou e sorriu, um sorriso meigo, continuava de pau duro, meu esposo sugeriu que eu fosse por cima dele cavalgando-o, quando vi meu esposo tentava enfiar seu caralho duro em meu cuzinho, ajeitei-me e deixei meu querido enterrar seus 15 cm em meu rabinho, o fogo a consumir-me ouve uma sincronização de movimentos, aquele vai e vem na frente e atrás estava me deixando louca, gozamos os três juntos eu gemi alto como nunca havia gemido em minha vida, suava e delirava de prazer sentia-me a mais feliz das mulheres meu esposo saiu de dentro de mim, mas nosso amigo não amoleceu seu pau, eu cansada espichei minhas pernas e comecei a rebolar e apertar minhas pernas fazendo aquele garanhão gozar e urrar em meus ouvidos eu também queria sentir que podia ser a vencedora derrotando um verdadeiro macho.

Deitamos os três, descansamos e depois de um tempo meu marido virou-me de frente para ele, nosso amigo abraçava-me pelas costas, então senti seu caralho duro a cutucar meu cuzinho, com muito carinho vagarosamente ele enterrou tudo dentro de mim, meu homem acariciava meu grelo, sentia meu cuzinho em fogo, o homem bombeava com força em minha bundinha, fazia em meu cuzinho o mesmo que fez na frente, retirava deixando a cabeça e enterrava com força, comecei a sair de órbita depois de uns vinte minutos gozei soltando agora urros de prazer, vendo que eu havia gozado ele parou com o pau extremamente duro dentro de mim, eu arfava de prazer incontido, meu marido continuava devagar a acariciar meu grelo, nosso amigo começou a bombear devagar dentro de mim, vi meu tesão voltar novamente,estava adorando dar o cuzinho por duas vezes seguidas; a adrenalina havia subido sem condições de controlá-la, dava para meu esposo uma vez e fazia-o tirar pois depois do prazer a um certo desconforto; dessa vez o tesão veio dobrado e eu jogava minha bundinha para traz querendo que seu corpo adentrasse para dentro de mim, tamanho era o fogo que me consumia, eu jogava minha bunda para taz querendo senti-lo cada vez mais fundo em meu corpo, ele bombeou por mais uns 30 minutos, quando ele começou a urrar comecei a gemer alto e gozamos juntos, fui aos céus e retornei a terra somente depois de uns cinco minutos, quanto prazer estavam me dando aqueles dois homens, meu esposo com muito carinho e aquele garanhão com sua virilidade, insaciável e extremamente carinhoso em nenhum momento judiava-me. Este amigo, ficou conosco por uns dois anos, se foi para junto dos seus familiares, deixou muita saudades, tenho certeza que meu esposo quer outro sócio, vou ficar no aguardo de um outro companheiro e amigo, na escolha meu querido sabe do tipo de homem que me fará sentir grandes prazeres. Nunca aceitarei quem meu esposo arrumar se for homem com compromisso, não quero ser solução de problemas conjugais e nem motivo de desunião.

Se você for, de arredores de POA-RS , livre entre em contato conosco, envie sua foto principalmente de rosto, alguém que seja simples e carinhoso, pelo e-mail esse possível fone que meu esposo entrará em contato. Eu aceitarei quem ele escolher para ser nosso novo amigo. Um beijo a todos vocês queridos leitores, e um forte agradecimento aos promotores deste site por a oportunidade de poder contar-lhes minha história. O sonho de ver-me com outro é de meu esposo, e eu por seu consentimento nos tornamos muito mais cúmplices e amigos.


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
eu
04/08/2005 02:46:04
uero foder vc na frente do maridao corno sua puta vaganbunda colocar meus 20 cm de pica no seu cuzinho
Gustaf
29/07/2005 22:52:07
Tambem sou de POA e adoraria participar de suas fantasias
beto
29/07/2005 09:00:03
quero vc em cima de meu pau e seu amrido filmando tudo
Realísta
28/07/2005 09:56:37
Não há motivos para comentar todos conhecem os contos e a reputação da TANIFLOWERS como sempre nota DEZ mil
Gil
27/07/2005 12:21:01
A propósito sou solteirissimo.
Gil
27/07/2005 12:20:07
Que ótimo conto, posso ser seu amigo, vou enviar foto e telefone.
kasal Flowers
27/07/2005 09:53:32
Adoramos sua história, que esposo em, sabe fazer voce feliz, e a sorte da potencia do amigo, estes sim são homens não os meia foda que tem por aí chei de garganta. Parabéns.

Online porn video at mobile phone


comendo o cuzinho rosinha da mamae contos veridicossó bucetinha novinha na ommmmmconto porno ordenhar tetacontos eroticos insesto no onibus filha no colocontos casal pau inchandogozando no sandalha cunhada pornodoidaocontos porno scat lesbicoeu não sabia que o amigo solteiro tinha um pauzao do meu marido eu queria fuder com ele eu marquei um encontro com ele eu fui me encontrar com ele eu entrei dentro do seu carro eu disse pra ele me levar pro motel ele me levou pro motel eu e ele dentro do quarto eu dei um abraço nele eu dei um beijo na boca dele eu tirei minha roupa eu deitei na cama ele chupou meu peito ele disse pra mim sua buceta raspadinha e linda ele começou a chupar minha buceta eu gozei na boca dele eu peguei no seu pau eu disse pra ele você tem um pauzao maior e mais grosso que o pau do meu marido eu chupei seu pau ele começou a fuder minha buceta eu gemia no seu pauzao ele fundendo minha buceta eu gozei eu disse pra ele fode meu cu bem devagar conto eróticoconto erotico chupa vadia vou esfolar esse cuzinho sou seu dono puyamilsinho saindo da buceta x vidiosvirgem relatos de zoofiliameu cu fico largo contos gaycontos eróticos mãe rabuda que não usa calcinha dirigindo e alisando a buceta lisinhavaga em Tambaba mulher chupando rolao vizinho do meu amigo Autor drricontos eroticos meu cachorrinhoContos eroticos sapatao machaoContos erôticos de garotas que foram abusadas no trêmcontos eróticos de esposinha branquinha fazendo Dp interracial com vibradorMulhe cazada nau reziste tramza com u mecanicocontos eiroticos leilapornxvideos irmao fragando sua irma deitada pelafa de cochinha e come cu delaXxxvideo pornodoido mulher levantando a saia pra transa encanadorXVídeos sobrinho comendo assistir Superboycontos eroticos o padre taradocontos fiz tesoura bem gostoso com maninha caçulacontos eiroticos leilaporncontos zoo dalmata.meu machobelmiro xvideoscontos de incesto dei pro meu sobrinhocontoerotico eu namorada mae e tiocontos eróticos de homens peões de obras fazendo sexo com outros homenschupando a bucetinha a força e mordendo muito tarado do canavialconto porno cunhada ivoneteporno a moleirona contos eróticos eu e papai pelados em casaXVídeos a comadre de vestido bem curtinho com a boca fica do lado de fora no ônibuscontos eroticos marcos e juliafotode,negao,forsando,o,amigo,chupar,seu,picao,aforsajebas veiudasencochadas na multidaocontos eroticos dei oedra a um noiada pra fuder xvideo comeu a obesa pra sartisgazer ele novinho de curitiba gosando na cara no xisvidioBarbie dizendo tô nem aí tô afim de olhar a polpa da bunda na polpa Barbie de serfilho chupando a mae com gemecaoTranzando com as velilhas tetudas debicos grandeporno secretaria aser estupprada no escritorio e gozada dentro da vagina sem ela querercontos eroticos eu fui estuprada crente geme muitoConto erotico gorda estrupocontos eróticos comendo a mamãe aiiii uiiiiponoxvideo pingelo mermelhochuapadas entre elasler cantos erotico d gei novinhocontos etoticos privatebunduna chiya tirando shortinho xvideoasoga faga rero condo afilha xvideconto erotico me vestindo de garotinhacontospornozoofiliaantunesfagner entre homenscontos eroticos tia dando pra sobrinho de menorpornodoidao mae ensinado entiada a fudeconto gay o meu sonho de consumomulher tarada por cavalo cavalo Thor ela de quatrochupador de buceta as meninas do colégio (Conto Erótico)pornordoido iniciante em punhetascontos de incesto filho arma um sequestro pra mae rabudanao resistiu ao corpo lindo da cunhada cinquentona gostosaXVídeosporno Malícia pareiconto casada pinto itu cornodei o cu fiquei arrombada contosquero ve comto erotico de mulher qui foi estrupada bem novinha ainda bebe virgem do beusoconto erotico um desconhecido tirou o meu cabaco na vespera do meu cassmentoContos eroticos eu e minha amiga viramos putinhas desde pequeninhaeu quero ver as fotos da morena que dançava o Créu ela nua pelada porque sabendo que eras no site que ela ficou feio uma foto de pornô homem para a gente ver aquiconto erotico com gravidez de reprodutor de aluguel