Eu, meu marido e meu colega de trabalho

Um conto erótico de Fantasias
Categoria: Heterossexual
Data: 11/09/2020 11:04:33
Última revisão: 11/09/2020 11:27:56

Mais um dia da semana e a rotina de trabalho...

Levantei, tomei banho, marido já tinha saído para trabalhar.

Vesti um jeans justo, camisa social, salto e uma maquiagem básica, mas com batom vermelho. Hoje resolvi ir com um rabo de cavalo.

Ao chegar no prédio do trabalho, me direciono a fila do elevador.

O pessoal entrando, elevador enchendo e acabei encostando a bundinha sem querer no meu colega de trabalho. Ninguém percebeu devido a lotação do elevador. Acabei, nesse tumulto, pressionando involuntariamente a bunda mais ainda nele. Senti um fungada próximo a minha nuca, com um “nossa” que somente eu ouvi.

Descemos no andar e fomos cada um para nossas mesas. A mesa dele é de frente para a minha, mas a uma certa distância.

Notei naquela manhã que ele me olhava mais seguidamente e de forma diferente. Eu estava gostando dessa sensação. Num momento dei um sorriso discreto e retoquei o meu batom olhando para ele de forma que não fosse percebida pelos demais colegas do local. Neste momento os olhos dele brilharam. Numa outra olhada que tivemos, ele me piscou o olho e levantou. Pude ver um volume na calça dele e foi isso que ele fez questão de eu olhasse.

Dado um tempo, levantei e fui na copa pegar um café. Para a minha surpresa ele apareceu em seguida e estávamos sozinhos. Quando ele chegou, eu já estava de saída da copa. No que ele me olhou nos olhos eu levei a mão, pegando no pau dele por cima da calça e disse: “oi”, saindo da copa no mesmo instante. Minha colega esteve na copa e quando voltou para a mesa dela, próxima a minha, comentou que ele estava estranho hoje. Estava na copa sentado e parecia não querer sair de lá. Com certeza se excitou e não queria que fosse visto por isso.

O restante da manhã, foi de muitos olhares e demonstrações de excitação no ar, entre nós dois.

Na confraternização de final do ano passado da empresa, meu esposo conheceu ele e a esposa dele. Meu marido, achou o casal bem bacana e percebeu uns olhares dele em mim. Eu e meu marido, de vez em quando fantasiamos e ele insistia que eu tivesse outro homem. A horas viemos falando disso e num dia, durante a transa ele me pediu para eu chamar ele de outro nome. Acabei, sem me dar conta, falando o nome deste meu colega. Meu marido, nada comentou, mas sentiu que numa hora dessas iria tomar um chifre e seria com ele.

Neste dia, no escritório eu senti e estava com vontade que algo acontecesse.

Meu marido sempre me liga por volta do meio dia para saber como estou.

Neste dia eu estava cheia de trabalho para entregar e ficaria ao meio dia para fazer isso. O pessoal começou a sair para o almoço e meu colega nem sinal de querei ir com os demais.

Todos saíram e ficamos cada um em suas mesas. Meu telefone toca e atendo meu marido. Ele viu com quem eu estava na linha e me olhava falando com ele.

- Oi, amor. Tudo bem e vc?

= Como está o dia?

- Bastante trabalho e vc?

= Por aqui tudo tranquilo. Não foi almoçar?

- Hoje não, tenho muitas coisas a fazer.

= Trabalho para entregar?

- E acho que outras coisas tb.

= O que mais?

- Amor...preciso te contar uma coisa...

= Fala, meu bem...

- Tu vais tomar um chifre hoje...

= Como assim???

- Estou sozinha com meu colega aqui e hoje aconteceram algumas coisas que não tem como fugir de hoje

= O da festa?

- Exatamente

Ele estava ouvindo tudo da mesa dele e se levantou. Pude ver que estava excitado e ele começou a passar a mão nele. Eu no telefone, ele começou a se aproximar lentamente da minha mesa, se certificando que estávamos realmente sozinhos no escritório.

= Mas não tem ninguém mais aí?

- Estamos sozinhos e ele está vindo em minha direção.

= Não desligue, por favor.

Ele estava vindo, abrindo a calça e ficou em pé na minha frente, comigo sentada.

= Amor...amor...alô...

- Estou aqui, meu bem. Ele está segurando meu rabo de cavalo e fazendo eu esfregar o rosto no pau dele por cima da cueca

= Está duro?

- Sim, meu bem. Agora estou dando uns beijinhos nele. Na cabecinha, na base e nas bolas. Tem cheiro bom, meu amor

= Baixa a cueca dele, amor

- Amor, deixa eu colocar no viva voz, para liberar as mãos. Coloquei, está me ouvindo bem?

= Sim, meu bem

- Estou baixando amor.. Putz, que pau lindo.

= É como vc imaginava?

- Sim, amor. Cabeçudinho, grosso e depiladinho

= Aproveita então, meu amor

- Posso?, meu bem

= Vai amor, bota a boca, te delicia. Engole vai...

Meu colega nada falava. Apenas ouvia nossa conversa e conforme ouvia, eu olhava o pau dele pulsar cada vez mais.

- Nossa, amor. É bem gostoso. Cheiroso e tem gosto bom.

= Já colocou todo na boca?

- Não. Estou só lambendo o pau todo e as bolas. E linguando a babinha da cabecinha...

= Aproveita aí, eu sabia que isso ia acontecer. Eu vi como ele te olhava na festa e estava aguardando o momento que iria acontecer algo, seria questão de tempo...

- Agora sim, meu bem...abocanhando ele

= Isso amor, chupa gostoso ele. Não vai ter como ele não gostar dessa sua boquinha.

- Muito bom, meu bem. Adorando este pau aqui

= Ele está gostando? Não ouço a voz dele

- Estou chupando e olhando nos olhos dele e ele parece estar satisfeito sim, meu bem

....

= Amor, amor...?

- Uau...

= Que foi?

- Não conseguia falar pq ele estava fodendo a minha boca, amor. Puxando meu cabelo. Acertei em vir com o rabo de cavalo.

= Amor, faça aqueles teus movimentos com a língua

- Estou fazendo exatamente agora, meu bem

= Vc faz de um jeito isso que enlouquece qualquer um

- Tô sentindo que ele vai gozar, meu bem

= Isso... enche a boquinha dela de porra...

- Uau...nossa....

= Bom?

- Me encheu a boquinha, meu bem

= Não deixa escorrer, meu bem, Mostra a porra na boca para ele, faz tipo um bochecho e engole olhando para ele.

- Ok, fazendo meu bem. Engoli tudo

= Deixa o pau dele limpo né?

- Claro que vou deixar. Comentário desnecessário.

= Tá bom, meu bem. Vou desligar.

Ao deixar o pau limpinho ele começou a vestir a cueca e calça, retornando a mesa dele, sem me dar muita atenção, além de estar quase na hora do pessoal começar a retornar. Eu refiz, meu rabo de cavalo, retoquei o batom e continuei a fazer meu trabalho para que o pessoal retornasse e não notasse nada. Durante a tarde, trocamos alguns olhares. Nada de palavras e aguardei, como todo o santo dia, meu marido ir me buscar.

No final do expediente, desci com meu colega e meu marido já estava me esperando. Ele me deu um beijo gostoso e cumprimentou meu colega como se nada tivesse acontecido. Percebi um aperto de mão mais demorado que o normal e ainda bateram papo normalmente. Nos despedimos e fomos para casa. No caminho, meu marido disse que ficou com muito tesão durante nossa ligação e disse que se segurou para não bater uma punheta. Ao chegarmos em casa, assim que larguei a bolsa na mesa ele me fez ajoelhar na frente dele e vi a calça dele estourando. Abri para tirar o pau para fora e ele me segurou pelos cabelos, não me deixando chupar. Começou a bater uma punheta e eu ali, olhando nos olhos dele. Não demorou muito para me deixar a cara toda gozada, numa gozada muito farta. Dizendo que era o resultado do tesão que fiz ele sentir. Eu disse que queria ter chupado e ele disse que amanhã me deixaria chupar.

No outro dia, fui trabalhar e melhorei um pouco o visual. Não tinha idéia de como seria o dia depois do que aconteceu com meu colega. Ele me tratou como se nada tivesse acontecido e se eu pudesse, repetiria tudo do dia anterior. Meio dia ele saiu com o pessoal e eu acabei indo com as gurias para comer algo. Meu marido me ligou. Tivemos uma conversa trivial e ele disse que estava ansioso pelo boquete de hoje a noite.

Ele me buscou no final do dia e ao chegarmos em casa, tomamos um banho juntinhos e com muitas carícias. O banho foi prolongado e saímos direto para a cama. Ele bem sentado no meio da cama, me deixou de quatro para chupar ele.

= Tá gostoso, amor

- Tá sim, meu bem

= Queria que fosse o dele?

Com essa fala, levei a mão na buceta para me tocar. Ao lado da cama, temos uma gaveta com acessórios. Ele se espichou e me alcançou um dos vibradores. Acionei e não parava de chupar ele.

= Isso, meu amor. Me chupa pensando nele

Eu nada falava e estava ali, chupando meu marido e pensando no meu colega. Escuto um barulho na casa. Levanto a cabeça e meu marido me pega na cabeça com as duas mão, não me deixando tirar seu pau da boca. Eu desconfiava o que poderia ser e forcei mais o vibrador, quase gozando. Não demorou muito para sentir um pau me penetrando a buceta por trás. Nessa hora senti o meu corpo vibrar de alívio, fechando os olhos com o pau na boca. Era ele, meu colega. Ontem no aperto de mão deles, meu marido entregou uma cópia da chave e um bilhete com nosso endereço e horário. Eu nunca tinha estado com dois homens ante.

Chupei com mais gosto ainda enquanto era fodida por trás. Estava prestes a gozar, parando de chupar meu marido e curtindo este espetacular orgasmo olhando na cara do meu marido. Senti o corpo amolecer, ainda por ser comida por este meu colega. Foi só depois desta gozada que virei a cabeça para olhar ele dar um sorriso de satisfeita em agradecimento. Meu marido esperou um pouco e me fez cavalgar no pau dele. Queria me comer com a buceta cheia de porra do outro. Eu quase não sentia o pau dele me penetrando mas ele estava nas nuvens com isso, tendo o maior prazer do mundo, tanto que começou a gemer forte e me dando mais porra ainda na bucetinha. Estávamos no extremo de sensações e ele me deitou de barriga para cima na cama, vindo me chupar a buceta com a porra deles. Meu colega estava sentado na beira da cama assistindo a isso e o pau dele já dava sinal de vida novamente com a cena. Meu marido me chupou, engoliu, se lambuzou e me beijou para finalizar. Um beijo melecado de porra ainda quente. Disse que precisava de uma ducha e fomos os 3 para o banheiro. Nunca tinha tomado banho com dois homens e a sensação é maravilhosa. Beijava um, depois o outro e sentia as mãos deles me percorrendo o corpo. O box não era grande e estávamos tudo meio juntos. Numa hora fizeram revezamento de dedadas na minha bucetinha e era bem gostoso aquilo. Também me ajoelhei e revezei os cacetes na minha boca, mas ali estava incômodo devido o espaço. Resolvemos sair para que eu fizesse isso melhor.

Voltamos para o quarto e aí sim, me ajoelhei mais confortável para chupá-los. Que sensação de submissão gostosa. Tentei colocar os dois na boca ao mesmo tempo, no começo não consegui, mas acabei conseguindo as duas cabeças pelo menos.

= Vamos foder mais?, meu amor

Fiz sinal de positivo com a cabeça, louca para tomar mais pau. Meu marido me fez deitar de bunda para cima na cama e caiu de boca na minha bucetinha. Começaram a se revezar chupando ela e meu colega estendia a língua até meu cuzinho. Eu gostava dessa sensação e meu marido olhava a isso atento. Para não ficar atrás ele começou a lamber minha bunda tb e cada um deles tinha uma intensidade diferente com a língua. Enquanto me chupavam, também me enfiavam os dedos na buceta. Eu já estava louca para ser penetrada por eles. Meu colega tomou a iniciativa. Deitou na cama e me fez cavalgar nele de costas. Meu marido ficou em pé, me dando o pau para chupar. Sentia a minha bunda ser apertada e meu marido me tocava os seios. Eu totalmente entregue aos meus dois homens. Eu sentia que eles se comunicavam com olhares e feições. Acabei gozando sentada na vara do meu colega. Estava com o corpo mole e saí de cima dele, me deitando na cama. Meu colega, ainda de pau duríssimo, começou a abrir de leve minha bunda e a me linguar o cu. Meu marido, calmamente, pegou o gel na gaveta, colocou na mão e me passou no anel. Pronto, estava prestes a ser enrabada. Meu colega abria minha bundinha e meu marido lambuzava ela, levemente forçando o dedo no meu buraquinho. Em seguida sinto o pau do meu colega na portinha. Meu marido abria minha bundinha para ele entrar e aos poucos foi acontecendo. Achei que fosse me doer muito, mas não foi tanto assim, eu estava com a bunda bem receptiva para tomar pau. Meu marido me fazia carinhos no corpo e rosto enquanto eu estava sendo fodida na bunda. Ele olhava a minha carinha de satisfação naquele momento. Meus olhares a ele eram de agradecimento por estar me proporcionando aquele momento. Me colega me fodia forte. Meu corpo era estocado, tamanha vontade que ele estava. Em alguns momentos ele parava e, era eu que movia a bunda engolindo aquele pau inteiro. Quando ele tirava por completo eu sentia até o ar ventilado meu cu por dentro de tão alargado que estava. Meu marido via que eu não conseguia tirar o sorriso do rosto com aquilo tudo. Ele me alisava e batia uma punheta. Também estava satisfeito em estar vendo minha satisfação.

Meu colega aumentou a intensidade das estocadas até que senti um jato dentro da bunda. Ele tirou o pau de dentro e continuou gozando no meu reguinho até a última gota. Meu marido tocava nas minhas nádegas com aquela porra toda. Meu colega saiu e meu marido ficava roçando o pau entre minha bunda na porra dele, intercalando com uma punheta e gemendo forte. Começo a sentir jatos do meu marido na minha bunda, costas e até nos meus cabelos, tamanha excitação dele. Estávamos os três exaustos e satisfeitos com este encontro.

Houve uma janta do trabalho com meus colegas, esposos e esposas. Ao falarmos com meu colega e esposa, meu marido comentou que tinha um grupo de amigos que sempre assistiam o futebol nas quartas e convidou meu colega para ir junto. Ele topou e a esposa dele achou legal que ele fosse tb. Ou seja, todas as quartas, meu colega vai lá para casa e temos uma noite maravilhosa nos três. No momento é o meu comedor fixo.


Este conto recebeu 32 estrelas.
Incentive Fantasias gerais a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/09/2020 13:50:10
Querido!!!... Sua avaliação no meu conto me deixou muito feliz. Li este e putz, viajei no tesão com esse teu caso. Um colega de trabalho todo taradinho e o marido mais ainda. RsrSrs... Dez pra você com todas estrelinhas... Beijaaauuummm*-*
12/09/2020 13:31:51
Delicioso! Fiquei muito excitada! Enquanto tiver futebol às quarta-feiras, tua vida sexual vai ser uma festa só. Marido e colega de trabalho à disposição para te proporcionar todos orgasmos. Conto10 com todas estrelas, preciso falar mais? Obrigada pela visita. Um beijo!
12/09/2020 13:20:14
Meu lindo, gostei do seu conto. Com vários detalhes, me dando a impressão de estar no local assistindo tudo com esse colega e o maridão. Bem narrado e muito excitante. Nota máxima pra ti com 3 estrelas... Aproveito para agradecer a visita no meu relato. Parabéns, continue escrevendo. Beijinhos...
12/09/2020 08:03:31
Nossa que delicia de conto
12/09/2020 03:15:26
Muito bom. Mulheres chame no whats para novas amizades ONZE, NOVE, SEIS, UM, TRES, OITO, TRES , TRÊS , QUATRO, OITO beijos nas ppks garotas..
11/09/2020 16:27:25
Adorei
11/09/2020 15:39:03
Delicia
11/09/2020 14:52:12
Que delícia de conto 😋 Chama no email
11/09/2020 13:11:38
Delícia de conto! Parabéns Quando der, da uma passada para ler os meus! Abraço!
11/09/2020 12:35:53
Amei o conto e gostaria de saber mais sobre sua esposa. E queria receber fotos dela. Meu e-mail é


hetero perdendo as pregas contoFilme de porno sobrinho cumendo a suaFernanda,vasconcello,zap,xvideos/texto/2017021168video porno doido gratis casal convida amiga p churrascofodendo pornodoido mulher alta de ancascliente fica de p******* e depiladora Bate uma p****** contos eróticosdois viadinhos e uma mulher contos eroticoscomendo a elaine no cantteito de obras xvdeosxvideos viu mae dormindo de boca aberta e fico doidinhoconto sexo por crackMeu cão ralf me comeu contogordinha com a sua bucetona peidona conto erotico huntergirls71cibele bucetonaPodolatria contos madrasta malvadacontoseroticocarenteporno no android; esposa da o cu pra vários e jprra pela bucetaforrodais safadacontos ineditos de sexo entre primas primos e tiastendo prazer filhinha youngcontos eroticos malv comendo as interesseiracontos eroticos depois da balada em osasco 11/2016foto d morena dano o cuzinhoNegao esculachando com moleque gostosoxvideo gordinha peito duro pena arbetaComtoseroticos cegredocontos eróticos Minha esposa era uma mulher morena cor de jambo de cabelos lisos, tinha peitos grandes naturais, coxas grossas, quadril largo e cintura fina. mulher matematica com pau no cu e pedindo mais pornocontos eroticos estupreidei a buceta pro meu filho com consentimento do seu paiquero assistir videos chupando a buceta deliociosamenteesfregando so na portinha deixando ela toda mijadinha xvidionamorada foi desgraçada por outro xnxxputinha. estigou o priminhoInfiando o pau na menina de deis anos no xvidioesposa contesao napica do filhocontos.porno gay um.namoro americano cap 29coletânea de gozada dentro da buceta pausado nocontos eiroticos leilapornContosveridicos contados por novinhasvizinho punheteiroDorinha morena branquinha e as ruivacontos mulher encoxada na borrachariavideosxxx minha esposa comportadaatrevida gozando com o cunhadoMinha namorada ficou gostosa e.virou puta.Sou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhacontos eróticos de namoradostarado roludo foi ajeitar a pia da vizinha novinha e se é citou com elacontos janara e sophia chundo minha picanovinha de biquine fazedo sexo de ladinho colado bem devagarinho no cuzinhocachorro engatado homen eteropau.em.bumda.nulher.anatadaa honra da nossa casa contos erótico contos boquete pagamento01H00PORNOFotos novinlhaa dormindo e sendol abusadaamo meu irmão conto eroticobicos de tetas estranhas.xvideoscontos de incesto sograconto erotico gay velho pirocudo maltratou o cu do viado choraotia chupa o pau do sobrinho de baixo da mesa ponodoidobussetas cuspindo porranao aguentei dei pro meu sobrinho na cama dele contosintiada esbugalha o olhos com pau grande no cu sexoconto erotico me vestindo de garotinhadoce nanda parte IV contos eroticoscontos eroticosMinha mãe e meu irmão adotivo -apica tatoda no cu da brasileira e ela pedi maiscasa dos contos gayimagem de prima novinha e pequena mostrando o priquitinho para o seu primo novinhocontos eróticos filhinha novinha gostosa delirando no colo do papainovilhas brasileiras da boca de quem chupa pica docontos como meu amigo comeu minha esposavidio eline falando seu nome eem qunto fode vidio pornotransei com meu sobrinho e ele gozou denteocontos gays/categoria/enviados gays-arrombei o cuzinho de meu filhinho veadinhocontos eiroticos leilapornContos eroticos esposa madura junto com casal novinho dando caronacontos da tifanyPoliciallindo tarado fudedorcasadinha novinha dando abusetinha xxvideoCoroas d chortinhos curtinhos tataradaler conto erotio descabaçando irma peludahomem empurra na vara na jumenta até gozarConto de incesto de ferias com meu pai na prai de nudismox videos.com mulher incorporada com pomba gira transando#tio ruxvideos contosicestoporno comel a sogra emxerida