Meu Jeito Novo em Folha capt4

Um conto erótico de Fah
Categoria: Homossexual
Data: 05/05/2017 02:56:11

Ola. respondendo...

Valtersó:

veja bem, me alegro muito que o conto esteja te agradando, e mais uma vez peço desculpas pelos erros não é que eu seja um analfabeto simplesmente esqueço fácil de mais das coisas por isso que quando estou escrevendo eu vou soltando tudo de uma vez para não esquecer as ideias que tive ou as situações e depois de escrito vou revisar e corrigir o máximo que possível de erro, mas eu sempre tento melhorar mais a cada critica para poder passar algo de qualidade para vocês leitores.

Espero que continuem acompanhando e comentando abraços!

Antes....

Daniel- não muito só mesmo para distração- chegamos no bar bebemos uma quantidade relevante eu já estava começando a me soltar mais.

Agora....

Cayo - Daniel sua família sabe sobre sua opção sexual?

Daniel: sim, me apoiam eu não tenho que me esconder e mesmo que não aceitassem não iria me importar, por que eu já sou maior de idade e tenho como me sustentar e pagar minhas contas.

Cayo - sabe vou te confessar uma coisa que ninguém sabe, eu reprimi muito um desejo que tenho por achar errado, eu tenho na verdade eu sinto desejo por homens, mas nunca me deixei admirar um se quer ate uns dias a trás.

Daniel- então que dizer que você esta gostando de outro homem? – perdi minha chance então em – disse ele rindo

Cayo - gostar não, bom ainda não, mas me sinto muito atraído por ele só que não sei se quero ariscar e outra eu nunca si quer toquei em outro homem.

Daniel- Cayo eu te entendo, passei por isso na minha adolescência e isso é normal a diferença é que eu preferi viver isso do que ficar me alto punindo por isso, ta ficando tarde que tal irmos embora?

Cayo - não é uma ma ideia- pagamos a conta e saímos no caminho percebi que ele pegou uma rota totalmente diferente da que vai para minha casa- Daniel para onde estamos indo?

Daniel- ate minha casa quero que conheça ela e tem a Dani também ou você não quer ir la?

Cayo - não tudo bem vamos sim- fomos o caminho todo conversando sobre nossas vidas e coisas sem importância. Chegamos em seu apartamento quando entrei pude ver o quanto era bonito o lugar e logo Dani venho nos receber.

Daniel- acho que ela acabou sentindo sua falta também.

Cayo - oi Dani lembra de mim- falei pegando ela no colo- você é muito linda sabia- Daniel me servil um copo de Whisky, nos sentamos um de frente para o outro no sofá da sua sala- sabe Dani- eu nem pude terminar Daniel colou sua boca na minha com tanta voracidade que chegou a doer um pouco, no inicio tentei resistir mas logo me entreguei ao beijo, ele desceu beijando meu pescoço- Daniel isso não ta certo- falei quase como um sussurro fui calado de novo por outro beijo agora com mais desejo.

Daniel foi tirando minha camisa e beijando meu abdômen e eu me entreguei de vez ao desejo e ao tesão, ele chupou e mordeu leve mente cada um dos meus mamilos eu já estava duro feito rocha louco de tesão, ele desceu de novo beijando minha barriga desabotoou minha calça e a tirou junto com a minha cueca pegou no meu pau e engoliu de uma vez só e arrancando um gemido que mais parecia como um grito de liberdade meu penes tinha 19 cm e meio com veias salientes e um pouco grosso tamanho acessível, Daniel também se despiu ficando totalmente nu na minha frente ele tinha um corpo lindo todo malhado, seu penes era maior que o meu, acho que deveria ter de 18 a 20 cm.

Ele voltou a me beijar um beijo forte com pegada e eu pensava “nem si compara isso com o sexo com uma mulher onde tudo é mais calmo e menos bruto, isso era muito melhor”, Daniel me levou para seu quarto me jogou na cama e deu seu penes para chupar, fiz o mesmo que ele bom pelo menos tentei eu não consegui por tudo na boca, fizemos um 69 por bastante tempo estava quase gozando quando ele parou, pegou no criado mudo um tubo de lubrificante e uma camisinha nesta hora eu fiquei com um pouco de medo pois não sabia o que ele queria.

Daniel- senta no meio da cama, escorado na cabeceira Cayo- assim eu fiz Daniel me chupou mais um pouco depois colocou a camisinha em mim com a boca, meus Deus eu estava ficando louco com aquilo passou lubrificante em mim e nele si posicionou em cima de mim e foi sentando bem devagar, nossa era maravilhoso senti-lo na hora eu fiquei louco dei um tapa forte em sua bunda e o puxei para um beijo selvagem.Daniel ficou alguns segundo parado mas logo começou a cavalgar no meu penes.

Daniel- nossa que delicia Cayo que penes gostoso você tem.

Cayo - você gosta de me sentir é? Gosta do meu penes? Aproveita que ele é todo seu- disse isso e mordi em seu pescoço, na hora parece que ele ficou mais instigado do que estava pois aumentou as velocidade indo cada vez mais rápido, trocamos de posição passei a penetrá-lo com mais vontade e força de frango assado assim podia ver seu rosto, e passou a si masturbar não demorou muito ele gozou me deixando feito um louco com seu anus apertando meu penes.

Cayo - vou gozar Daniel não aguento mais, estou ficando louco- Daniel então saiu da posição em que estava e me chupou feito uma criança chupando uma chupeta, não aguentando mais gozei fartamente em sua boca ele prontamente engoliu todo me deixando limpo. Depois disso, fomos para o banheiro e tomamos banho deitamos na cama e ficamos trocando caricias.

Daniel- Cayo sei que é cedo e você nunca ficou com outro homem, mesmo assim vou te pedir, você aceita a namorar comigo- na hora não acreditei, mas depois fiquei na duvida se deveria ou não pois Daniel na me passava muita confiança, mas talvez ele poderia mudar certo?

Cayo - sim Daniel eu aceito ser seu namorado.

Um mês avia se passado e eu estava muito fez com o Daniel, mas más mal sabia eu que isso poderia me trazer alguns problemas familiares.

Paula- você o que- ouve um grande silencio- sebe que nosso pai vai querer matar você né.

Cayo - Irma não chega a tanto assim também né, e outra, já sou maior de idade e não dependo dele pra sobreviver mais não queria perder o meu relacionamento com ele, nossa mãe sei que vai levar numa boa ela não é tão mente fechada assim mais também sei que o susto vai ser grande.

Paula - Cayo sabe que pode contar comigo sempre né estarei sempre aqui sempre que precisar, mas espera um pouco mais para depois você falar, vê se é isso mesmo que você quer porque vai que você conta agora e logo no dia seguinte você já não esteja mais com ele daí você vai ter perdido a relação de pai e filho a toa entende.

Cayo - sim você tem razão, vai ser justamente isso que farei, obrigado Paula por estar comigo e por eu poder contar com seu apoio.

Paula- que isso mano somos irmãos e como irmãos devemos ficar sempre unidos.

Com isso dias, semanas e meses foram si passando e mais se comprovava que minha Irma realmente tinha razão, pois Daniel me decepcionava cada vez mais e eu estava perdidamente apaixonado por ele, algumas vezes peguei ele de conversinha fiada com outros rapazes bem jovens e ele sempre vinha com algumas desculpas esfarrapadas.

Cayo - Daniel, quero que você me prometa uma coisa- falei estávamos no meu quarto iniciando mais uma noite de aventura si é que me entende.

Daniel- o que você quiser Cayo- disse ele dando uma leve mordida no meu penes por cima da cueca.

Cayo - que você- não pude terminar pois ele engoliu meu penes me tirando do serio, nem lembrava mais o que queria falar. Por mais desconfiança e raiva que passava com ele nos nossos momentos ele era completamente apaixonante e sabia muito bem como me deixar louco.

Puxei ele pra cima de mim e nos beijamos loucamente, como se dependêssemos disso para sobreviver, fiz ele ficar na posição de 4 e comecei a lamber seu anus, ele gemia alto não aguentei mais e estoquei meu penes de uma vez só arrancando um urro de dor e prazer dele, isso me deixava louco, ficamos nesta posição ate eu gozar , depois de saciado ele deitou de barriga pra cima e Fiz um maravilhoso oral ate ele gozar na minha boca. Depois de um certo tempo trocando caricias pude concluir o que queria.

Cayo - Daniel me promete que nunca ira me machucar- pode parecer coisa de adolescente mas quando se ama acho que voltamos a ser aqueles garotos inconsequentes sabe.

Daniel- pode deixar Cayo.

PENSAMENTOS DE DANIEL.....

O sexo com o Cayo era maravilhoso mas para mim ainda não passava disso, ainda me divertia com outros por ai não quero me prender a ninguém ainda quero curtir mais,talvez eu tenha errado e telo pedido em namoro pois agora com esse pedido vejo que ele estava apaixonado por mim. Mas eu sou assim nunca pertenci a ninguém e não vai ser agora que isso vai mudar.

NARRADO POR CAYO......

Eu estava quase realizado, minha vida só melhorava minha clinica só aumentava já avia conseguido abrir uma filial e com muito trabalho e esforço da minha parte da minha amiga e agora confidente Carini conseguimos o titulo de a melhor clinica veterinária da região.

Carini- amigo você deveria terminar com esse Daniel, serio na boa ele não me passa confiança sem falar que não gosto dele.

Cayo - pois é Carini nem a mim, mas fazer o que se agora amo ele, sabe ele me deu a chave reserva do seu AP disse que era para mim poder ir lá quando quisesse, a sabe a novidade eu comprei uma cachorrinha para fazer companhia a mim quando eu estiver sozinho em casa.

Carini- que bom assim você não fica tão só em casa- me despedi da minha amiga e fui pra casa.

No caminho de casa tive a brilhantes ideia de passar na casa do Daniel sem avisar, avia comprado um corrente que tinha visto em uma joalheria e queria dar a ele estávamos preste a fazer 9 meses de namoro, cheguei em seu prédio e pedi para que o seu José porteiro do prédio não avisasse Daniel pois queria fazer uma surpresa a ele pois avia algumas semanas que ele tinha me dado a chave mas nunca a usei. Subi e abri a porta o interior do apartamento estava escuro mas assim que cheguei no meio da sala ouvi gemidos vindo do seu quarto, na mesma hora eu gelei e meu coração estava a ponto de sair do peito de tão acelerado que estava, isso não podia estar acontecendo comigo meu primeiro relacionamento que me entrego verdadeiramente me acontece isso.

Me sentei no sofá e por lá fiquei cerca de uma hora eu acho ate que os gemidos acabarão, continuei ali parado meio atônito não sabia o que fazer quando me dei conta já chorava compulsivamente, ouvi conversas e a porta do quarto ser aberta, como não avia acendido a luz do lugar eles ainda não avia notado minha presença no sofá da sua sala, Daniel passou por traz do sofá e acendeu a luz assim que me vil ficou pálido o garoto que estava com ele também si assustou.

Daniel- aaa... quanto.... tempo..... esta ai- ele falou pausadamente talvez por medo da minha reação.

Cayo - tempo suficiente pra saber que eu fui muito burro por ter pensado que poderíamos ter algo concreto, mas vejo que não passei de uma diversão.

Garoto- Daniel quem é este ai.

Cayo - CALA A BOCA GAROTO E SOME DAQUI AGORA MESMO, ANTES QUE EU PERCA O RESTO DE PACIÊNCIA QUE AINDA ME TEM E FAÇO DE VOCÊ ALVO DA MINHA RAIVA- ele me olhou de cima a baixo.

Garoto- quem você pensa que é pra gritar comigo assim- Daniel nada falava só assistia a nossa discussão, a vontade que estava era partir pra cima dos dois e matá-los.

Cayo - sou...-pensei um pouco- na verdade eu era namorado desse qualquer ai- o garoto mais nada falou simplesmente desapareceu.

Daniel- não vou permitir que você me ofenda dentro da minha casa.

Cayo - você não esta em condições de impor nada, não acredito que perdi 9 meses da minha vida com uma pessoa que não vale nada, você Daniel foi e sempre será a partir de agora a pior decepção da minha vida- me aproximei dele olhei bem para seu rosto fechei minha mão e com toda força que podia reunir desferi um soco em seu rosto fazendo com que ele caia sentado na poltrona que tinha atrás dele- você é um imprestável- sai arrasado estava destruído emocionalmente.

O que será que vem agora?

Cayo ira perdoá-lo ou cada um vai seguir seu rumo?

Ate o próximo capitulo.

Continua......


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Briih a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
05/05/2017 21:08:14
LEIA-SE PÊNIS ONDE SE LÊ PENES.
05/05/2017 21:07:17
VAMOS POR PARTES. PRIMEIRO PARA UM HETERO VC NEM PENSOU DUAS VEZES ANTES DE ACEITAR O PEDIDO DE NAMORO DO FDP DO DANIEL. SEGUNDO SUA FAMÍLIA NÃO PRECISA APROVAR OU NÃO SEUS RELACIONAMENTOS. TERCEIRO DECEPÇÕES VC TERIA SENDO HETERO OU NÃO. QUARTO VC FOI CALMO DEMAIS NO AP QUANDO FLAGROU SEU 'NAMORADO' COM OUTRO. DEVERIA TER SIM ENTRADO NO QUARTO COM UM BALDE DE ÁGUA FRIA OU FERVENDO. QUINTO NÃO PERDOO TRAIÇÕES DE JEITO NENHUM NEM MESMO APÓS A MORTE. SE HOUVER PERDÃO ENTÃO VIROU SEM VERGONHICE E MERECERÁ SER CORNEADO A VIDA TODA. VAI VIRAR MULHER DE MALANDRO. SEXTO O FILHO DA PUTA DO DANIEL SE NÃO QUERIA SE PRENDER NÃO DEVERIA PEDIR VC EM NAMORO. MUITO FILHO DA PUTA O DANIEL E MUITO BABACA IDIOTA VC.
05/05/2017 09:16:18
Legal, um "pouquito" mais de capricho revisando o texto. Mas o conto está bom.
05/05/2017 09:05:20
"penes" PENES! Meu Deus! Como alguém não sabe escrever essa palavra corretamente?! Ainda mais nesses site?!
Black Friday Casa dos Contos


contos erótico minha irmãzinha de babey dool anal icestoConto erotico patricinha transando com uma guardeXvideo novinhas cubavasfotos incetos do sexo com entiadas pau gigantes comendo novinhasFOTOS CONTOS DE SEXO DE UM JARDINEIRO PIROCUDO COM SENHORAS CASADASconto erótico sogra analPorno gratis xvideos esporou nas nadegas da esposa dormindowwwxideos retocarContos vendi meu cu pela internetContos eroticos irmas gulosas mamando no pauzao grosso do irmao e de mais cinco amigos pauzudos dele na piscina de casadeixei ele encoxar minha mulher videosfazedo gosozu ponuquero ver as novinhas do Nx trepando muito com seus cunhados brasileiromulher casada d********* dando a b***** e chupando o pau e g****** na boca com mendigorabetao bitelocontos erotico insperto escolacontos eroticos de incesto seduzir meu pai sentando so de calcinha no cologozano narruaconto porno felipe e guilherme amor em londres garoto hetero. Hetero na prisaovizinho olhando a vizinha afudetespiando sebastiana tomar banho contos eróticoscasa dos.contos eroticos irma bundeiraxxvideos mulatas sugadora de espermax vidio comtos eroticos flaguei mamãe ecasa dos contos "eu mudei por ela 11" marisminina. bricandu con celula. caio na neti de calcinhaesfregando no busao quando ela descuidou entrou na xana/texto/2013061836casada e chantasiada e por isso dar.novinha sendo arrobanda ate caber duas garafas na bucetas fotos e contoscontos chupador de bucetacontos eiroticos leilapornfilme porno "ligados pelo desejo"menina lavando roupa bem gostozinha pozisao gostozacontos romatincos gay pit boyporno vidios mulher vestida de mamae noeu engatada com cachorrointiadinha so vestidinho limpondo casa pornoporno vai fechar a janela fica prezarcontos eroticos feminizaçao do garotinho maepapai me tirou o cabaçofilha fica brava ao levar gosada dentroXvideos as filinhas lerinhavideos de sexo enchendo de porra esperma semem dentro da buceta jovem gozando dentroputa de 4 fudendo ganhado paimada na bundacasada traindo conto eroticominha mae se masturbandoMiller tair marido com ladrão em casa phornocontos na piscina,, mulher de corno chegando com biquíni transparente e corno viadoContos erotico pastora ungindo curelato incestto engravidei do meu paisafadinha de short jeans agasalhou pau do negao na bocacontos eroticos comi a coroa casadaquadrinho erotico carnaval noraContos eroticos elacareca peladabuceta da minha sograxvidioxvidio mulher negrame assustei quando vi o pau do negao mas mesmo assim dei meu cu hdeu minha esposa amigo de adolescencniaxvidio do mundobicha mocinho loirinho lindo masturbandonovoscontosdeincestoas novinha de fazendeiro que dá 10 as novinhas fazendo dele para pegar vídeos cabacinhamenina lavando roupa bem gostozinha pozisao gostozaquem quebrou meu cabaço foi meu paiTufos sacana carlinhos lambendo buceta da maecontos eroticos 60 anoscontos eroticos vi meu irmão pelado pela brecha da porta e fiquei esxitada e passei a provoca elenegao esplodino um cusimhoconto erotico pegador popular da escola heteroxxxxvedeo minha tia mi chama pra durmi mais elacasa dos contos eroticos com fotosnao adianta chorar vou rasgar sua bucetinhaXVídeos só com aquelas mulheres que transa naqueles banheiro que o cabo bota o pênis pelo buracoxvideos gay cu rasgadaiporno filho comendo a mrabuda dormindoIM01- ela so queria. aprender a amar conto erótico safado dando pirocudo vídeo xxvbSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinha/texto/201012191Piricada concentradacasa dos contos gaygozei na boca dela sem pedirgostoso chupar meu amigo na chuvaconto erotico huntergirls71cristina loirinha sem juizofotos de irmanzinhas mais novas provocando seus irmaos e levando pica dur