Minha ex chefe, uma crente do cu quente

Um conto erótico de PaulloXX
Categoria: Heterossexual
Data: 07/01/2015 09:21:47

Meu nome é Paulo(ficticio) tenho 31 anos, sou moreno, altura média, peso normal e um dote de 20 cm que surpreende a mulherada pela maneira como ele fica pulsando quando estou excitado rs.

Trabalho com tecnologia desde que me formei há mais ou menos 10 anos e a história que vou relatar aconteceu no meu penúltimo emprego.

Entrei numa empresa de consultoria após uma bateria de entrevistas para trabalhar com plantões em uma equipe pequena, eramos 8 durante os dias corridos e 3 ou 4 nos dias de plantão.Sendo a maioria da equipe formada por homens era comum que as conversas sempre acabassem ficando focadas nas aventuras passadas e atuais da rapaziada para conseguir se dar bem com a mulherada.

Mas tinhamos uma chefe, que vou chamar de Rita, que sempre ficava alerta nos nossos papos com a desculpa que a chefia poderia não gostar do tom das nossas conversas, mas na verdade ela morria de vontade de participar daqueles momentos.

Rita era morena clara, baixinha, na época 30 anos, com uma bunda grande, seios médios, de rosto não era feia nem bonita, mas era evangélica dessas igrejas mais modernas, cujo público alvo são os jovens e portanto não exigiam de seus fiéis que eles usassem as vestimentas tradicionais(saias longas para mulheres e ternos para os homens) e nem cobrava comportamento exemplar fora da igreja, ou seja, era uma igreja mais progressista.

Num dia de plantão Rita foi escalada para nos monitorar/ajudar com algumas coisas, estava vestida com uma blusinha bem agarrada e uma saia um pouco acima do joelho.Os plantões eram corridos até a hora do almoço, mas depois das 3 da tarde era comum diminuir muito o serviço, e nesse dia um colega de trabalho começou a falar de uma festa que ele iria e que segundo ele teria uma mulherada disposta a pegação.

De inicio Rita pareceu se incomodar um pouco com a conversa da galera que ia pra tal festa, mas depois vi que não era incomodo, mas vontade de ser convidada para essa festa, algo que meu colega não fez acredito que por ela ser um pouco mais velha que ele, que estava na faixa dos 20 anos.

Esse mesmo colega depois, navegando pela internet achou um teste com várias perguntas sacanas, mas voltadas para brincadeira mesmo e começou a perguntar para os presentes várias delas aleatoriamente.

Rita aceitou na boa a brincadeira e veio se sentar do meu lado, já que as mesas eram dispostas em linhas e ela ficaria longe do colega que estava perguntando. As perguntas iam de coisas bobas como qual o maior número de pessoas que já beijou numa balada até o que você jamais faria: beber esperma ou lamber um anus? , essa ultima pergunta foi direcionada a mim e respondi que jamais beberia porra, nessa hora Rita olhou pra mim surpresa e disse: Peraí você lamberia um cu? , olhei pra ela que estava um pouco vermelha e disse calmamente que sim, dependendo do tesão e da vontade da minha parceira faria sem hesitar.Nessa hora Rita soltou um leve suspiro e se ajeitou na cadeira e disse Pois eu seria muito mais beber porra, apesar de nunca ter feito isso nem com meu ex-marido.

O jeito que ela falou não convenceu ninguém e aproveitando o embalo resolvi jogar um verde e perguntei: Mas e anal você fazia? ela ficou muda por um instante e deu um sorriso de canto de lábio e respondeu Ai gente, vocês tão indo um pouco longe com essa brincadeira.

Todos riram e acabamos com a brincadeira pois não haviam mais perguntas, Rita se virou para seu monitor e por um momento fiquei imaginando ela cavalgando no meu cacete, essa imagem fez meu pau endurecer na hora e quando fui me ajeitar na cadeira notei que Rita olhava na direção do meu penis. Resolvi jogar com ela e fingi que estava me espriguiçando e dessa forma levantei minha cintura e minha ereção ficou mais evidente pra ela, quando voltei a posição normal percebi que Rita tentou disfarçar da melhor maneira possível mas deixou escapar um eita coisa boa bem baixinho, olhei pra ela e rapidamente ela me deu uma piscada.

Aproveitei pra chamar ela no chat e perguntei direto: O que vc achou bom? , ela respondeu Essa espriguiçada que vc deu. Vi algo que gosto..Empolgado perguntei na sequencia: E o que foi? ela olhou pra mim e moveu sua cadeira pra mais perto da minha e fingindo olhar meu monitor pegou no meu pau por cima da calça, com a outra mão apontou na tela disfarçando e disse isso aqui.

Fiquei surpreso com a atitude dela e quando ela voltou pra tela dela mandei outra mensagem perguntando: Que horas vc sai?, a resposta foi A mesma hora que vc, as 22. Quer carona? perguntei, ela respondeu Sim.

Bom nem preciso dizer que as 22 horas pareciam que não iam chegar nunca e assim que o pessoal começou a sair Rita veio até mim e falou que ia ao banheiro como o resto do pessoal já tinha ido esperei ela sair de lá e tive uma surpresa. Rita estava maquiada e com uma expressão de tesão e apenas falou Tomara que essa carona seja bem demorada. e sorriu.

Fomos pra garagem e entramos no carro, assim que ela sentou no banco do carona dei um beijo nela bem gostoso e ela movimentava a lingua devagar o que me deixou com muito tesão, novamente ela pegou no meu pau e deu uma gemidinha, pra no ficar pra tras busquei sua xaninha por dentro da saia e me surpreendi ao ver que ela estava sem calcinha e extremamente molhada.

Liguei o carro e fui direto pra um motel próximo, ao entrar no quarto já fui tirando a saia dela e masturbando seu grelinho, Rita apertava meu pau por cima da calça e buscava minha boca pra beijar.Tirei o cinto e abaixei minha cueca Rita olhou e ficou maravilhada com meu caralho e falou Nossa adorei esse seu cacetão, quero chupar todinho. . De uma vez ela se ajoelhou e começou a me chupar tentando engolir tudo, aproveitava quando ela tirava o cacete da boca e batia com ele de leve na cara dela o que a deixava louca de tesão.

Pedi pra ela pra irmos pra cama e falei que queria fazer um 69 com ela, Rita só se virou e lambi sua bucetinha carnuda delicadamente, ela não demorou a gemer e gozar na minha boca, mesmo assim contiunuei a chupa-la e ela a me chupar.

Depois de fazer Rita gozar novamente na minha boca, resolvi fode-la.Peguei uma camisinha e vagarosamente fiz meu pau entrar nela, a xaninha era apertada e quente e Rita confessou que estava há mais de 6 meses sem transar só gozando na siririca ou com seu vibrador que segundo ela era bem menor que meu pau.

Rita pedia que metesse mais forte e assim fiz e depois de bombar bastante no papai e mamãe falei pra ela ficar de 4.Assim comecei a socar a bucetinha dela com mais força e mais rápido, aproveitando também para abrir sua bundinha e adimirar seu cuzinho. Era bem pequeno e parecia que ela nunca havia dado mas assim que meti um dedinho molhado nele, senti Rita estremecer e sua buceta apertar meu caralho fortemente, aí nem eu pude mais resistir e dei uma bela gozada.

Fomos tomar banho e ela disse que a resposta pra pergunta que fiz anteriormente se ela dava o cuzinho era sim, mas que o marido dela não era muito chegado por achar que era sujo e pecado.

Eu apenas disse a ela que se ele estivesse com tesão pra fazer ali na hora era só falar, ela me deu outro beijo e foi chupar meu pau no chuveiro, quando viu que eu estava com bastante tesão se levantou e disse Pra comer meu rabinho tem que me pegar primeiro e saiu do banheiro direto pra cama.

Fui atrás dela e cheguei encoxando com meu pau duro, joguei ela de bruços na cama e já preparei outra camisinha, mas antes precisava lubrificar aquele orificio.Então cai de boca no rabo dela e lambi as preguinhas de seu cuzinho com calma e me deliciando.Rita gemia loucamente e praticamete me ordenou:Mete porra!.

Foi bem dificil a cabeça do meu passar a resistencia inicial do cuzinho de Rita, tive que por ela de frango assado para ter mais facilidade, mas assim que entrou Rita fez seu cuzinho engolir meu pau vagarosamente gemendo com muito tesão a cada cm que entrava.

Com o cacete já todo dentro Rita quis cavalgar meu pau, era lindo ver aquele rabo guloso subindo e descendo na minha rola e assim fomos metendo até eu pedir pra ela ficar de 4 e novamente fazer ela gozar.

Estava com muita vontade de gozar quando ela pediu:Goza na minha boca pauzudo gostoso.

Tirei a camisinha e despejei toda minha carga na boca e rosto daquela putinha safada.

Rita deixou meu pau limpo e meu saco vazio e ela disse que sempre que pudessemos deviamos repetir.Concordei e enquanto trabalhamos juntos tivemos outras transas gostosas algumas vezes até dentro da empresa, mas sempre mantendo a discrição.

Numa proxima oportunidade vou relatar como foi nossa foda de despedida, pois ela mudou de setor e eu de emprego e nunca mais tivemos a chance de nos encontrar pra gozar gostoso.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive PaulloXX a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
07/01/2015 10:07:49
Ficou 10 cara, quem me dera uma chefe dessa! Avalia os meus contos e comenta...


baixa xvideo coroa venhia nao gueto pica dmtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1porno interesesexual homens da chapeletao do pênis enchodo arrombando cuxvideos estralando no socaprofessora é lenaxvideosnovinhas delicia purasexocontos eiroticos leilaporncomtos eroticos comi mulher na frete da sograx videoz zofiliacontos gay fe feminizaçao forçadanovinha com sabonete batendo uma no chuveiropra um homemmenina chupando o pau do namorado da melhor amiga em quanto a amiga ta entertidacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgexvideos gpstosa dando pro entregafoVer garotos com 16 cm de picaconto erotico tio metelãoflagrei minha irma traindo seu namorado e chantagiei elacontos eiroticos leilapornvideo homen fodento cachorraporno gratis cicinha e betoflaguei meu irmao comendo minha mae e entrei na festaler contos eroticos menageamor sexo sem penetrarchupando buseta labefo pasda mso bocspornodoidolucianaSEXO AMADOR DE VADADA DANDO POR NEGAO VIDIOsexo gay mao amigacontos eroticos encoxadas em salvador 2018sou casada, fui dar banho no nosso labrador, vi seu pau durocontos eroticos de santo andrecasa dos co.tos eroticos de casadas .o cabeleleiroXVídeos em família resolveu acampar na Serra Sedecomi meu irmãox video acampamentomisteriocontos eroticos esposa sem calsinha na baladagarota nao guenta da r u cu i chora pornosexo com maria mulambo fodatira A roupa vou te estrupar no pornoso gravidas nasiriricas pornodoidofudeno guei de saiacontos eiroticos leilapornConto minha vizinha me falou que o marido não endurece maiscomo comer a empregadaBrasileiras lesbicas trazando gostozo com lesbi r-x asmulher gostosa marombada toda forte foi xingar o homem esse homem estuprou ela fez ela bater uma p******xvideo mulher casada do brasil arcoda loca por pica mulher branquinha r***** com a b***** grande espelhinho pretinhocontos eiroticos leilapornXvidio brasileiro patroa de caucinha dando para ogarotoConto minha tia gordona uma bucetona peluda e tetuda carentemenino enbebada menina pra come ela no colegio xnxxxOvelho fazedosexovídeos porno braseiro putona brasileira lavado ropa no cintal e fude com seu cunhado bem dotadoforsei minha madrasta a fuder panterascontos eiroticos leilaporncasa dos contos eroticos evangelica casada programaeu conto sou casada brincando com meu cunhado e ele me passou a varacontos herotico eu tem fichens por cu peidoincesto com meu vô contosXVídeos só voz tapeando e as netas bem novinhaa madastra nao aguenta o casetao do intiado no cuxinho pede arego sexoenfiou o nariz no cu da pưta com a buceta gozadavídeo pornô da negra olho torto sentando na pica e virando os olhos com tesãoprica cavaladando um chupao na sua amiga a forsa lisbico pornotitia safada gozando esquirt contosmamando na gravidabuseta.ibumbumdei por meu vizinhovídeos demulheres e fiado o dedono prigito ponodoidoconfesso chantagiei minha irmãzinha pra ela me masturbaconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhocontos eiroticos leilaporn