Inaugurei com gosto o cuzinho da vizinha gordinha

Um conto erótico de Pedro Cachorro
Categoria: Heterossexual
Data: 10/08/2010 17:15:57
Última revisão: 10/08/2010 17:19:08
Nota 9.50

Bem na minha rua mora uma moça chamada Sheila, uma moça já com seus 28 anos, Sheila é uma gordinha charmosa, daquelas que proporcionam uma certa curiosidade até para quem não curte.

Sheila é morena clarinha com os cabelos um pouco curto que bate acima do pescoço, olhos castanhos claro e pernas bem torneadas, como já disse, uma gordinha sexy e de rosto ela é bem bonita, uma boquinha que quem não provou, tem curiosidade em provar.

Bem deixe-me apresentar, me chamo Pedro, sou branco, tenho 23 anos, corpo malhado mas que não chega a ser de forma bombada, não sou um homem de estrutura alta, mas que não deixo ultimamente de trazer olhares para minha forma física e de rosto me considero bonito e a sorte nos últimos tempos anda me mostrando que tô agradando.

Bom o fato que narro se passou no inicio de 2009 quando ainda tinha 21 anos e na época Sheila 27 anos.

Sheila como disse é uma moça que mora aqui na rua onde eu moro perto da minha casa e a considero vizinha apesar de não morar do lado de minha casa, apesar de ser mais velha ela é uma moça que se dar bem com todos na rua e não tem do que reclamar dessa simpatia de mulher.

Sheila frequentava algumas festas que tinha em minha casa, mas no fim de 2008 sheila vinha com mais freqüência em minha casa para conversar com minha mãe mas sempre com minha mãe em casa, e após o ano novo que viramos para 2009 eu passei a ter mais assuntos com ela, conversávamos bastante, e como foram se passando os dias, eu às vezes quando chegava do trabalho, ia para o portão de Sheila para batermos um papo sem mais e nem menos interesse e daí chegamos até sair nas noites, íamos com mais amigos tomar umas cervejas de vez em quando, e as vezes o assunto da gente puxava pro sexo, coisa de papo de amigos quando estão em roda.

Me lembro muito bem, teve uma sexta feira que por sinal a primeira do mês de fevereiro e eu cheguei do trabalho e ela tava em seu portão me chamou para sairmos e darmos um role pêra tomarmos um chope, fui em casa tomei um banho e fiquei bem arrumadinho já que íamos com uns colegas.

Saí arrumado e fui até seu portão para espera-lá e quando a encontrei Sheila tava de vestido preto, uma delicia de gordinha com brilho na boca, ela me falou que as outras duas meninas e o nosso amigo não iriam, pois nosso amigo trabalharia e a outras sairiam com seus namorados.

O fato é que como sou funcionário público muitas vezes não trabalho no sábado assim como Sheila também é, saímos e fomos para o bar próximo de nossa casa e demos risadas sobre nossa profissão, trocamos idéias sobre os planos pro carnaval na boa, mas o efeito da cerveja deu uma libido em nós que já começamos a falar sobre sexo, sheila me disse com um pouco de vergonha que não fazia sexo há seis meses desde que tinha terminado o seu namoro, ríamos descontraído e eu tinha falado que desde que tínhamos iniciados o ano eu ainda não tinha feito sexo, e sobre algumas preferências ela me falava que adora um sexo oral tanto fazer como receber, coisa que também confessei pra ela adorar no sexo, até que começamos a falar de sexo anal, sheila me falou que nunca tinha feito e eu perguntei porque ainda não tinha feito se era por medo da dor, coisa que ela me surpreendeu com sua resposta:

- Não, poxa eu até que tinha muita vontade de fazer, mas o meu ex não curtia falava que era coisa de puta de zona sempre que eu jogava um verde no assunto.

Caralho eu ouvia e o meu pau por baixo da mesa tava em forma de estaca e emendei na pergunta:

- Ué você tinha, não tem mais esse desejo de realizar essa vontade?

- Até tenho mas não encontrei ainda essa pessoa que curta isso comigo.

Diante disso não tinha mais como negar meu desejo naquela gordinha e falei que seria um prazer pra mim realizar essa vontade, aí foi que sheila me desconcertou falando:

- Ai para com isso, você é meu amigo Pedro, assim você me deixa sem graça e além do mais você é muito novinho.

Sheila falava com um misto de graça e eu ouvi aquilo desconcertado, e que mania que as mulheres tem de acharem que sexo atrapalha na amizade, mas mantive o meu desejo de pé, ficamos só mais um pouco no bar e resolvemos ir embora já que não tínhamos nossos outros colegas, fomos sem tocar no assunto de ficarmos, chegando em nossa rua Sheila falou para pegarmos mais três cervejas no bar que tem perto de nossa casa para ficarmos conversando em sua varanda.

Levamos as cervejas e ficamos na varanda conforme o convite, ficamos na boa, foi quando o seu irmão mais velho do que ela, falou que iria pra noitada e saiu, pronto como a cerveja fazia efeito num lance que Sheila foi abrir a outra na cozinha cheguei por trás a abraçando e falando que fiquei com muito desejo nela, Sheila mandava eu parar mas quando eu dei um beijinho em seu pescoço ela abriu um sorrisinho sacana e falou:

- Quer dizer que você tá com desejo em mim né mocinho?

Não respondi apenas demonstrei o meu desejo com carícias, mas Sheila parou por aí e fui no banheiro, só que aí escutei a porta sendo trancada e quando saí ela me sorriu pra mim e foi pegar seu copo de cerveja, e como eu entendi o recado novamente a encoxei, desta vez Sheila se virou e beijou a minha boca, nossa que beijo gostoso, eu beijava Sheila e roçava a minha rola em sua bunda, Sheila se virou de frente e me conduzindo e aí a coisa esquentou mesmo, fomos para o sofá, Sheila sentou no meu colo e comecei a beijar seus peitos por cima do vestido, arranquei aqueles peitos grandinhos mas Sheila apesar de ser gordinha não tinha os peitos caídos, mas sim bem durinhos, o que me dava muito tesão.

Caí de boca em suas tetas de bicos amarronzados com Sheila gemendo e pedindo para eu mamar mais, eu mamava e alisava a sua bunda por baixo do vestido, Sheila não reclamava só gemia, pois sabia que seu tabu de sexo acabaria naquela noite comigo.

Passei a mamar com muito mais desejo em suas mamas e de vez em quando dava umas mordidinhas devagar só pra matar Sheila de tesão.

Sheila se acabava e já sentia suas mãos na minha pica, arranquei minha bermuda ficando só de cueca, Sheila não perdeu muito tempo e colocou a mão sentindo todo o tesão que eu sentia, ela colocou minha estaca para fora da cueca e começou a punhetar meu cacete com vontade.

Olhando aquela cara de safada que Sheila tem, quis provar o sabor de sua mamada e implorei:

- Chupa vai, cai de boca que to morrendo de tesão em você Sheila, cai de boca cai.

Sheila ouviu o que pedia e me fez uma cara de vagabunda e caiu de boca me matando de tesão, nossa que delicia de boca aquela gordinha tem, Sheila me chupava deslizando a boca e as vezes passando a linguinha por toda minha piroca, antes de eu gozar Sheila me pediu que a chupasse, sentei Sheila no sofá e tirei a sua calcinha com a boca e dei de cara com uma xota bem beiçudinha, os lábios inchadinhos e comecei a matar o tesão da gordinha que pedia para mim não parar:

- Ai me chupa gostoso seu safadinho, não para que ta muito bom.

Eu chupava dando algumas passadas de língua no seu cuzinho virgem e deixava bem babado a sua xana para a minha penetração, falei que queria comê-la e ela ficou preocupada, mas logo quando puxei uma camisinha da minha carteira, vi no seu rosto uma emoção que não sei explicar e ela muito empolgada ficou de frango assado no sofá e me disse:

- Vem me come vai, mete essa pica na minha boceta.

Encaixei a piroca e fui botando com cuidado, pelo tempinho que ela tava sem meter, mas depois Sheila mesmo pedia mais e mais rola:

- Me come vai, mata a minha vontade de rola gostoso.

Falava e pedia pau com vontade e fiz com gosto, coloquei Sheila de quatro e meti a rola em sua xota por mais de vinte minutos e Sheila deu uma gozada, ficando um pouco mole.

Eu ainda não tinha gozado e comecei a dar trabalho pra Sheila, mamei ela deitada no chão, deixando ela acesa novamente, chupei bastante o seu cuzinho, comecei a brincar com meu dedo nele, Sheila tava adorando a brincadeira e percebendo isso sorri para ela e disse:

- Hoje você vai realizar a sua fantasia.

- É mesmo gostoso?, tô contando com isso.

A safada feliz argumentava, o cu de Sheila tava todo babado por mim, mas sabia que minha pica não entraria num buraco virgem assim tão fácil e sugeri a Sheila algum tipo de creme para ficar mais escorregadio, Sheila com muita vontade foi no seu quarto e me trouxe um creme de cabelo.

Lambuzei o anel de Sheila e quando senti que tinha chegado a hora, mandei que ficasse de quatro, no que logo como uma puta Sheila se posicionou a espera da agulhada.

Encaixei na rosquinha de Sheila e fui sentindo uma dificuldade, mas aos poucos como o efeito relaxador da cerveja e com muita vontade que Sheila tinha de tomar no rabo a minha pica foi deslizando, até que a cabeça passou e Sheila soltou um profundo gemido, mas como o meu trabalho ali era inaugurar aquele rabo, fui até o final encostando as bolas naquele bundão. Esperei um pouco para que Sheila se acostumasse mas logo logo, a safada que tanto queria levar no rabo começou a rebolar a bundinha, deixei sua rosca se acostumar e aí sim eu comecei com meus movimentos, empurrei com jeito para que Sheila não sentisse muita dor.

Após ficar um pouco comendo ela de quatro, Sheila me pediu para sentar na pica, ela veio por cima e como o cu tava acostumadinho ela encostou o cu na rola e veio soltando a bundinha na pica, Sheila se deliciava e eu curtia muito o cuzinho da gordinha que deixava de ser virgem em minhas mãos, mãos não, em minha pica.

Coloquei Sheila num papai e mamãe e soquei em seu rabinho e passando algum tempinho e já sentindo preste a gozar, Sheila me pediu que a pegasse de quatro novamente para gozarmos juntinhos.

Sheila se agarrou no sofá e pediu:

- Me come, bota com gosto no meu cuzinho, bota safado.

Empurrei como a safada queria e comecei a urrar de prazer:

- Ai que cu gostoso você tem Sheila, quero sentir você gozando nessa piroca sua safada.

Não demorou muito e comecei a gozar dentro daquela bundinha gostosa deixando minha camisinha bem lotada de porra, e Sheila logo após se masturbando, gozou bastante.

Após nosso prazer ficamos estirados no chão da sala de Sheila, estávamos bastante felizes, porque não só Sheila se realizou como eu também por ter descabaçado sua bundinha gordinha, por sinal uma delícia.

Ficamos conversando por umas meia hora enquanto tomávamos a cerveja que restou e antes de eu ir pra minha casa, Sheila me pagou um caprichado boquete que com um imenso prazer gozei tudinho em sua boca e a safada fez questão de não desperdiçar nadinha, tomou tudinho como uma criança faminta de leite.

Fui embora tomei um banho e na minha cama pensei feliz no que havia acabado de acontecer, tinha inaugurado o cuzinho da gordinha e como disse no inicio que quem ainda não provou sheila deve ter uma curiosidade em provar, porque daquele dia em diante nunca mais deixei de querer de foder uma deliciosa gordinha.

Fodi Sheila por seis meses, até que ela veio a namorar um colega meu, rapaz gente boa que espero com certeza estar cuidando bem daquela bunda que descabacei.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive pedrocastronauta a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
06/08/2016 10:14:48
delicia de contos, sou tarado por gordinhas, estou ate namorando uma que ama da o cuzinho pra mim, caso tenha alguma gordinha interessada aqui em teresina entre em contato comigo no email
20/11/2014 14:49:36
muito bom
28/01/2013 12:03:25
BLOG com fotos de GORDINHAS amadoras, 100% free são mais de 5.000 fotos no acervo é punheta que não acaba mais! Pra você que gosta de gordinha não deixe de acessar!! Comentem no BLOG para que eu possa publicar mais! />
24/02/2012 11:08:36
Muito bom o conto, adoro mulheres gordinhas, são as melhores na cama!!!
14/11/2010 01:05:49
PEDIA MAIS ROLA. CU BABADO. DEIXOU A ROSCA SE ACOTUMAR. IAUGUROU A BUNDA DA VIZINHA E AINDA VEM UMA ALCIE QUE JÁ FOI GORDINHA. ROTEIRO BOM, MAS, PELO CONTETXO DA OBRA, NOTA 8.
26/10/2010 10:41:34
Fui gordinha na minha adolecência, hoje, sou malhadinha e feliz! Mas, os homens também gostam das gordinhas. Eu fazia sucesso, inclusive com a bunda, todos elegiavam, mas prefiro como está hoje, redondinha, empinada, esculpida, durinha. Ótima narração querido. Lembrou-me uma transa semelhante, com um vizinho, só que ele não soube meter e doeu muito, pedi pra tirar e ele gozou num boquete que fiz. Fiquei muito dolorida... Mas, parabéns por ter comido a Sheila direito. Gosto de homem assim!
11/08/2010 20:08:21
Isso que é amizade de verdade,rsrs MUITO BOM!
11/08/2010 09:56:21
Como homem adoro uma mulher gordinha, adoro aproveitar tudo o que ela tem para dar, normalmente são uma fonte de prazer sem fim. A entrega das mulheres gordas é sempre maior.


contos eroticos casada safada padre taradocontos erotico gay corno participandopornotiagostosasporno violento da ruiva doiz homemcontoerotico.com/ irma8www.com.xvudeo page mulhe dançano antes de darAE cristal de futibol Amador de Cristalinachupa minha bucetaroludo cumrdo a gostasanafes que ia meter de vagar mais enfiou a pomba na buceta dela na porada que ela gritouNovinha rabetao transando com cara calsadocheirando a cueca do paiConto erotico a esposa gostosa recatada velho taradominha esposa me fez de puta contoPetreky pornContos irronicos fodendo a minha namoradocontos erotico eu masturbei nosso cavalo na chacaracão mete ate o talo na bucetinha de uma virgem q fica grudado na buceta dela e ela tenta tirarvidio do porno doido de lesbisca chupando a bucetavda outra ate ficar sem folegovidioporno/fodanaconstrucaoO que e doidopornbundudasconto eroticoXvidiocomendo a novinha sem.ao menos tirar o chorte dela Fui descabaçada por um pirocudo e ele ainda gozou dentro da minha bucetinhagordinha novinha nua torturada escravizada opai comer a filha gotinha vigeensContos pornos-mamae deu um selinho no meu paucomjj ninha irma todinha pornocontoseroticoputasfilme porno home nergro sorca vara na imtiadaapertei fazer filme pornô calça entrar no rio mulher pretinhaXvideos shortinhos desfiadinhosver as novinhas rebolando as bundas de fio dentauela dizia que era crente mas me mostrou seu fio dental e fez um boqueteConto erotico vizinha carente peituda amamentandovídeo pornô máximo eletrizante que arrombavidioporno casa sensacaocontos eróticos minhas amiguinhas de infanciaWwwx vidios .con tirano tiranocabaso da vigercontos eroticos rubia e beto .minha irma porno fotos com movimentosx vidios completo mae patendo uma puenda por filhocontos eróticos com fotos esposas estupradas submissasNovinha da vagejadaconto de garotos novos comendo nuviapeguei no pau do meu amigocontos erotico minha sobrinha suadinhaComendo a subrinha vigemwww.xvideos novinhas dando um emprevisto pra fodernovinha.prvoca avo q ta limpano a pisina e fode com elegoistosa nuonibubonezinho da bucetinha bem pequenininhapelos nasbucetasxmulher magra casada de baby doll em casa querendo dar para outra pessoa XVídeomulher convence seu marido a fazer swingerConto de zofilia de cachorro gosando dentro de mulheres e inundada a bucetinha de porra ? conto erotico de incesto estorei as praga do cuzinho da minha maemulhe tabalado da abudasexo fiocado paicontos eiroticos leilapornas novinhas de corretivos e g****** muito no ânuscontos gays/categoria/enviados gays-arrombei o cuzinho de meu filhinho veadinhomarido 23cm contomuher tento fujir mais negao roludo enpuro tudovovô taradaporsexoschuppana a xana da negaporno negue pintao comend buctmulher com aparelho nos dentes atrapalha mulher chupar um cacetminhavo rebolo gistoso xvideosporno fui deitarmais minhamadrastameu vizinho esfolava minha bucetinhaminha esposa na praiamae deita com filho ela nao resiste transaele goza na bucetazóoflia net.comencoxei lidar evangélicaobrigacao mulher tira roupa e abre as pernas conto eroticocontos eróticos chifrevideo macjo goza na teta da mulher e corno lambetem muito casal que que quer gozados obedeçam e depois eles acabam se entendendocontos eroticos minha noiva cavala quer transar com tres machos picudoscolc mao buceta obesa pornoContos eroticos mae fazendo fisting vaginal na filha com plug analfilme pornô pai comendo a filha e a mãe olhando batendo atiribacrioula perdendo a virgindade de bruçomulheres acordano so de mini chortr e calcinhafilme porno basileiro acunha ridaso avo na siririca cam esc brcontos eroticos de putas e putosMulheres na siririca dentro do carro e morador de rua olhando no pornodoidoconto eróticos climaxmeto cazeiro pra ajeitar pau tortocontos eiroticos leilaporn