A noviça bebeu esperma do padre

Um conto erótico de maluco
Categoria: Heterossexual
Data: 03/08/2007 08:19:18
Assuntos: Heterossexual

A noviça, futura irmã Angêlica, rezava com toda devoção e com toda sua alma, ajoelhada diante da imagem da Virgem Santa Dolores, desejava apartar de sua mente aquilo que a perturbava, porém quanto mais fervor em sua oração, com um tanto maior empenho sua mente recordava da imagem do Padre Joaquim, o homem mais lindo que havia visto em sua vida, alto, moreno, cabelos ligeiramente grisalhos e ondulados, olhos verdes.

Estava transtornada sem saber porque desde o primeiro momento em que o viu no convento o idolatrava, sua distinta figura, vestia-se com elegância seu traje negro.

Queria de uma vez por todas isentar de seu cêrebro a recordação daquela noite quando se encontrava dormindo e um sonho se apossou de seu ser, sonhava que estava nua a seu lado, suas pernas escassamente chegavam a metade da pantorrilha do padre, que comno ela, tinha também unidas e pegadas as suas, seu forte torax pegado a sua costa, oom a cabeça sobre a almofada junto a sua, descansando seu pescoço junto aquele forte braço masculino, entretanto sua mão acariciava suas formosas cúpulas de seda notando como os bicos de seus minúsculos seios se enrijedeciam.

A forte mão esquerda do sacerdote buscou o sexo daquela frágil e inocente noviça fazendo-a gemer, quase gritar separando os pequenos lábios de sua vulva e acariciar seu rígido botãozinho do amor, seu tremendo falo, grande e grosso como seu pequeno antebraço se deslizou entre suas pernas em seu refugio natural, obrigando-a a abrir-se para receber tamanha ferramenta, se estremeceu de prazer ao sentir-se ultrapassada em sua pureza, girou sua boca e o beijou, um beijo delicioso, era tão doce sua lingua que de imediato sentiu as primeiras contrações de sua vagina e chegado a seu primeiro orgasmo quando notou o néctar brotar de sua vagina e umedecer aquela carne dura e grossa que a penetrava, permaneceu imóvel, desejava saciar-se, desejava gozar outra vez...e mais uma...e mais uma...e gozou, um orgasmo intenso, muito mais intenso e prolongado que da primeira vez, foi tão prolongado seu climax que havia acabado de experimentar pela primeira vez um múltiplo orgasmo, ele a acompanhou inundando aquela pequena cova com inesgotáveis jatos de seu cálido esperma banhando seu juvenil útero.

Com um movimento ríspido irmã Angêlica despertou, assustada, coração disparado, temerosa, olhou a seu redor e aqpenas o que viu foi sua companheira de quarto dormindo calmamente, tudo não passou de um lindo sonho, mas ainda sentia aquele êxtase, levantou a enorme bata em que dormia e tocou sua calcinha, estava um pouco úmida, ficou confusa, pois não entendia aquilo, era uma experiência nova em sua vida adolescente, foi até o banheiro e tocou sua bucetinha, estava melada com um liquido que grudava em seus dedos, lavou-a pois aquele mel havia molhado também suas coxas.

Voltou a cama pensativa ao analisar o pecado que havia cometido, se sonhou é porque em seu intimo desejava aquilo, e isso jamais poderia acontecer para quem tem a castidade como voto cristão, teria que se confessar para tirar de seu corpo aquele deslize e o pior, teria que ser com ele, Padre Joaquim que era o confessor do convento e teria que explicar-se com ele, só em pensar naquilo seu rosto ruborizou-se de vergonha e tardou muito a voltar a dormir.

A noviça Angêlica se ajoelhou nervosa diante da grade do confessionário, seu corpo e sua voz tremiam, não se atreveu a levantar os olhos para mirar a seu confessor e resolveu se pronunciar:

***Ave Maria purissima!!!

---Sem pecado concebida...Diga minha filha...é pecado de pensamento, palavra ou obra??

Irmã Angêlica ficou calada, o Padre perguntou outra vezO que te passa filha minha???

***É pecado ...padre...de pensamento!!!

---Quantos anos tem Angêlica???

***Quinze...Padre Joaquim!!!

---Seu pecado é carnal...minha filha???Sussurrou com voz suave.

***Não...Padre!!!

---E que pecado de pensamento teve???

De novo Angêlica ficou calada...

---Não tenhas mêdo, Angêlica, Deus nosso senhor sabe de tudo o que se passa em seu coração!!!

***Então não tenho que explicar-me ao senhor???

---Sim, filha minha, tens que explicar-me para que eu possa impor a ti uma penitência e absorver-te, por isso tenho que saber qual seu pecado de pensamento!!!

***Veja, Padre Joaquim...eu sonhei que......!!!

---Segue filha minha, diga-me o que sonhaste???

***Sonhei com o senhor...Padre Joaquim!!!

---Comigo!!!Sonhaste comigo ...minha filha???

***Sim...com o senhor!!!

---O que sonhaste...Angêlica???

Criou coragem e falou:

***Que faziamos amor...Padre!!!

---Sonhaste que faziamos amor...verdade filha???

***Sim padre...foi isso!!!exclamou aliviada por ter finalmente desabafado.

---Eu lhe molestei, Angêlica???

***Não padre...ao contrário!!!

---Ah!! Então você gostou???

Sem nenhum sentimento de culpa, exclamou:

***Sim padre Joaquim...muito!!!

---Queres contar para mim...tem certeza que era eu????

***Oh, sim padre, muito claramente!!!

A grade do confessionário se abriu e o sacerdote e a noviça se miraram em silêncio

ela abaixou os olhos sufocada e pestanejou quando ele lhe perguntou...

---Você recorda se era como este???

Ela olhou e viu o grande membro do Padre Joaquim, rigido, cabeça grossa e uma grande veia inferior gorda pelo sangue que a irrigava desde a ponta até a raiz, mirou surpreendida e fascinada.

***Sim padre...é ele mesmo!!!

---Você tocou nele???

***Sim padre...o toquei!!!

---Para que tu tocaste nele...filha!!!

***Para meter em....!!! se deteve com vergonha.

---Meter onde ...Angêlica???

***Em minha coisinha...padre!!!

---Em tua bucetinha...é isso???

***Sim padre!!!

Angêlica sentiu aquele enorme nervo apontar em seu rosto, o sacerdote sussurrou de novo.

---Pega nele como em seu sonho!!!

***Mas isso não é pecado da obra...padre???murmurou levantando os olhos a seu confessor.

---Não filha minha, te peço que o agarres como naquela noite para comprovar se houve intervenção do demônio!!!

***Ah!!! exclamou levando a mão timidamente e tentado abraçar aquele grande pênis com sua pequena mão sem conseguir circunda-lo, porém recordava o sonho, a grande dimensão do caralho sacerdotal que tanto gosto havia lhe proporcionado.

É ele mesmo- pensou sem solta-lo, sua calcinha assim como naquela noite começou a ficar úmida pelos fluidos que saiam de sua grutinha virgem, entretanto continuou segurando aquele gigantesco pau com a mão e esperando as instruções do Padre.

Ela percebeu que aquilo pulsava em sua mão como se estivesse viva e apertou com mais força para que não lhe escapasse da mão, se repetiu as palpitações daquele membro e de novo apertou sentindo sua bucetinha cada vez mais molhada e excitada.

---Coloque em sua boca...querida Angêlica!!!

***Porque tenho que fazer isso padre???

---Faça o que te digo Agêlica!!!Ordenou...

Angêlica ardia de desejo, meteu em sua boca quase desencaixando suas mandíbulas, as mãos do sacerdote acariciavam sua cabeça fazendo com que sua pica entrasse até a metade em seua boca.

Suas mãos ajudavam a ritmar as entradas e saidas várias vezes, até que outra vez ouve-se a voz do padre sussurrando.

---Não se assuste querida...hooooooooooooooo!!!!hooooooooooo!!!Urrava silenciosamente o padre.

---Engole tudo...engole tudoooooooo....Hoooooooooooooo!!!!

O primeiro jato brotou violento explodindo em sua garganta quase a afogando, porém engoliu com ânsia, e engoliu o segundo...o terceiro..até conseguir esvaziar os testiculos de seu confessor, novamente ouve-se o sussurro do padre.

---Engole tudinho querida!!!

Ficou com a boca entalada na cabeçona daquele monstro até sair as últimas gôtas de sêmen enquanto o padre se estremeceia agarrado a cabeça da noviça.

Logo se sentou de novo, fechou a grade do confessionário e sussurrou com um suspiro.

---Reza seis padrenossos e dez avemarias como penitância...eu te absolvo em nome do pai...do filho...e do espitio santo...amém...vai em paz minha filha, esta perdoada.

Angêlica prostou-se na capela e começou a cumprir sua penitência arrotando a pôrra do padre que se alojou em seu estômago.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive kaly a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
03/08/2007 08:46:02
Gostei, nao e nenhum conto afrodisiaco, mas muito bem escrito e com uma boa dose de humor.


contos eiroticos leilaporncontos eroticos fode Frouxorevistinha em quadrinho de filho estrupando sua mae no banhoveterinario nao aguenta e fode porca no cio com porra dentroassistir vídeo pornô anal de sogra com genro gravado em Ribeirão preto d*********xvideos porno travesti batendo punheta com uma serpente enfiada no cuxvideo comedu cu de coroasrelato erotico mae dormímdoxvideo firmozarelatos casadoscontos american taleSexo com aprima no casamento da minha maexvideocontos eroticos despedida de solteiraporno com mãe e filha bucetudas de guaianazesnovinha engole pau do paulaonovinha pergutou se podia guspir a porracontos eroticos dopada e chantajiadaprofessora safada falando putaria pro donzelovideo pornotio acomda sobrinha co rola detro da bucetinhadago do r**** gostosa de short curtocontos incesto lesbico mae enssina seu filhinho a bate punhetafui comer e fui comidocunhado comendo sua cunhada gostosa de calcinha fio-dental e bigodinho da periquitafudendo esposa e a mae delacontopernas aberta sem calginha xvideodmagrela ficou encavalada na pica do negsoporno nuhers sen leniteconto erotico negao dominador e a madamecontos eróticos: meu senhorio recebendo aluguelcontos eiroticos leilapornhomem da rolona família inteira numa razão mulhervideo porno botei meu pau ate as bolas na boca da tiamarcelo strause aguilarnotando pica no cu arrombado gay de japonesxv-qratis-eu-comendoaminha-namoradaVer bubuta chinesa novinhascontos pornôs echarpe vermelhagozada facialtirado cabaso.xnnvidio tirando cabaso.xnvidio.quero baixar pornô novinha sentada no sofá completando campainhaconto erotico minha mulher de short no onibus gozaram nas coxa delacontos eiroticos leilaporntia da buceta modeladas fudendoconto erotico novinha caseiro negroxvideo oadrato olha etiada domino i depois comi elaMulher.firgem.perdemdo.ocapasocontos dormindo com meu filho acordei espetada pornôenganei minha irmã para ela chupar meu pau até a mãe chegarmarido chupa abuceta da mulher depos de amando emchei ela de porramulher bebada em teyvaela e nossapara foder contosmãe vê filho pelado dotado fica louca e fode com ele pornô iradogosando no rabo da madura e deixa o cacete dentro ate sae toda porrasexo fiocado painovinha panhando o cachorrinho pra lammber sua bucetinhamassageando.peitinho.com.toalha.xvidoVectra no pau de borracha bem grande na buceta no pau de borracha na bucetaconto erotico sou casada e fui chantageada pelo meu patrao q me comeutia rabudababá da nuvem passageira filme pornôContos eroticosComo transar com cachorro domestico cao de casacontoseroticominha esposa, trepou com um casal de negrossogra brasileira contará no genrovídeos pornô de mulheres fazendo sexo com máquinas postiçaxvideos levei pro matadouroxvideos negueo dotado comendo bebadasvesti calcinha contos gaysxxvibeo fudeno tatinhachantagiei minha comadre contoscazal devassocontos de incetos e orgias entre irmaos nudismo piscina em casacontos eiroticos leilaporncontos eróticos sogras Grávidas Encoxada Casada com d cord mansa da So putinha chupando rolas de 16centimetroxvideosdifícil Pra Vc lukacontos eróticos de meninos novinhos sendo dopados e estrupadosXvidio tigrinhade chorte atolado boquete amador xvideos online mae engoli ou cospi fidelidade conto gay realsogra gostosa seduziu jenrro e chorou com vara no cubaixar v caseiro so de morenas da b grandes queimadinhas com marca de biquines de quatro gozando e escorendo p bt com pica toda no cumeu marido me chupava enquanto outro me gosava vidioquero ver aqueliqui nuavidio socro depila a buceta da nora no banheiroconto relatando como nao resisti ao pausud e fez sexocheirando cueca