Amigo do meu pai: Parte 1

Um conto erótico de Lucas
Categoria: Gay
Data: 17/02/2021 09:12:17
Última revisão: 20/02/2021 15:25:07
Assuntos: Boquete, Anal, Punheta, dotado, Gay

Oi eu sou o Lucas, vou contar a história da minha primeira experiência com um homem mais velho. Provavelmente vou dividir em seis partes, espero que vocês gostem e continuem lendo...

Primeiro vou explicar o contexto de como era minha vida pras vocês entenderem.

Na época do conto eu tinha acabado de completar 18 anos e estava terminando o colégio e fazia um curso de computação ( anos 2000 era moda), esse curso era de sábado no fim da tarde e era no centro da minha cidade.

Eu sou branco, 1,73cm, magro, de cabelos e olhos castanhos castanhos e por conta das aulas de ballet eu tinha um corpo bem bonito.

Minha mãe sempre me apoiou muito na dança, mas meu pai tinha suas ressalvas, tinha medo de não dar certo e eu ficar desempregado. Por conta disso me obrigou a fazer esse curso.

Meu pai sempre foi um homem calado e sério, mas tinha seus amigos que uma vez ou outra se reuniam pra churrascos ou futebol.

Nunca participei ativamente dessas coisas, pois claramente não me encaixava, ficava na piscina nadando durante os churrascos ou só assistia junto da minha mãe as partidas de futebol.

Porém tinha um amigo do meu pai o Leandro, era mais novo que o resto dos homens. Tinha entrado na empresa a pouco tempo e por morar perto do meu pai ia sempre de carona a partir de um ponto.

Como moramos em SP, é comum até quem tem carro ir de carona pra não ter tanto trânsito e claro o famoso rodízio né.

Enfim, ele era bem mais alto q eu, fortinho, de cabelos preto bem escuro e olhos cor de mel, tinha um sorriso bobo como de alguém que sempre está rindo de uma piada. Ele mexia com todos os meus sentidos, eu não tinha tido muitos casos até aquele momento (só com o meu vizinho rsrs), então ficava sonhando com ele me agarrando e eu passando a mão naquele peito cabeludo.

Ele era diferente dos outros amigos do meu pai e sempre puxava assunto comigo, quando íamos com eles na carona e em silêncio notava que ele me olhava diferente, como se soubesse de tudo o que eu desejava.

Nesses churrascos da empresa eu sempre dava um jeito de ir me trocar no mesmo momento que ele pra poder ver alguma coisa e meus amigos o pacote prometia. Mesmo mole era grande e grosso e ele tinha o que eu mais gostava: pelos!

Era pelo no peito, no saco, no suvaco, nas pernas... Eu ficava louco, pois por conta do ballet eu raspava tudo e minha genética é bem fraca pra isso, até hoje tenho problemas com minha barba que não cresce regular. Ele se trocava na minha frente sem nenhum pudor, como o resto dos homens ali. Então eu não tinha esperança de nada, todos eram héteros e era costume fazer isso. Por isso era um desculpa perfeita pra ficar vendo eles pelados kkkk.

Num dos dias em que eu estava saindo do curso, já era umas 19h da noite e já tinha escurecido, caminhava em direção ao ponto do ônibus pra depois ir de metrô pra minha casa.

Quando passa um carro branco e buzina pra mim, olho pra dentro e vejo o Leandro sorrindo pra mim:

-Lucas,o que você está fazendo aqui?

-Sai do meu curso agora, estou indo pra casa!

- Sobe aí que te levo pra lá, estou indo embora também!

Eu timidamente abro a porta e entro dentro do carro!

Ficamos em silêncio por mais ou menos um minuto até ele perguntar que curso eu estava fazendo!

Respondi que era de informática e que meu pai que tinha me obrigado:

-Mas porque ele te obrigou? Teu lance não é no ballet?

-Sim, mas ele tem medo de não dar certo e quer um plano B.

Ele me olhou nos olhos e falou:

- Você não entende agora mas seu pai tá certo em fazer você ter um segundo plano. Só devia ser em algo que você goste.

Eu falei:

-Mas o que eu gosto é o ballet! Não sei porque ele não me apoia mais vendo minhas apresentações.

Ele concordou com a cabeça e falou:

- Mudando de assunto, como que está a vida? Tem namorado muito?

Eu meio sem graça falo que estou solteiro e que não tenho tempo pra namorar com todos os estudos.

- Mas nem uns beijinhos? Você é tão bonito, deve ter alguma garota que você goste...

Fez um silêncio e ele completou:

Ou garoto...

Eu quase morri do coração, imagina se ele suspeitasse de algo e contasse pro meu pai.

- Me conta aí, pode ficar tranquilo eu não conto pro seu pai!

Eu sem graça, mas já catando qual era a dele e falei:

- Tá bom! Eu não tô beijando ninguém, mas sempre tem aquele vizinho ou amigo que mata a vontade né.

Olhei pra ele e percebi que ele começou a ajeitar o pau na calça, abrindo mais as pernas e apertando pra cima. Eu olhando aquilo de canto de olho, já tava maluco querendo abocanhar esse pau.

Ele fala:

-Sem bem como é! Eu sempre tenho uns amigos pra aliviar a tensão, pena que faz um tempo que tô na seca.

Eu falei:

- Isso é ruim né! Chega doer as vezes!

E dei uma risada...

Ele apertando o pau e falou:

-Quando tô sozinho no carro, abro o zíper e fico batendo uma até chegar em casa. O tesão de alguém ver é tão grande que sempre gozo no caminho.

Eu fico em silêncio e concordo. Ele continua:

- Eu bem tava assim até uns minutos atrás antes de te encontrar.

Eu já fico gelado e ao mesmo tempo morrendo de tesão. Ele olha pra mim e fala:

- Olha é tipo assim que faço!

E abriu a braguilha e coloca o pau pra fora e com uma mão no volante e a outra no seu imenso pau.

Era de uns 20cm bem grosso com a cabeça grande e rosa. No sinal ele para o carro e ajeita seu pau e tira pra fora seu saco, nesse momento quase morri, era tão grande e com duas bolas grandes largas.

Eu pergunto:

-Quer uma ajuda? É sempre bom as duas mãos no volante.

Ele então pega minha mão e coloca em cima do seu membro!

Eu lentamente vou puxando pra cima e pra baixo seu membro. Com cuidado vou deslizando pra mais perto dele e dou um beijo em seu pescoço, logo descendo minha cabeça pra chupar cada pedacinho do seu pau...

Enquanto chupo vou ouvindo um gemido grosso e baixo e com a voz tremida ele me puxa pra cima de me dá um beijo rápido na boca e fala:

Quero te comer aqui!

Continua...


Este conto recebeu 47 estrelas.
Incentive Riquers23 a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
18/02/2021 21:53:04
Narrativa cheia de tesão... Conte-nos mais.
17/02/2021 18:05:49
UAUUUU. MUITO RÁPIDO E ATIRADO ESSE AMIGO DO SEU PAI. RSSSSSSSSSSSSSSSS MAS TÁ GOSTOSO LER. CONTINUE.
17/02/2021 15:17:24
Bem escrito e detalhado! Rs...
17/02/2021 14:33:05
Tesão
17/02/2021 10:07:09
era peludo ou não era o pau? agora pode responder com certeza, tá sem cueca.


contos eiroticos leilapornVÍDEOS DOS SEXOS NOVÍNHAS.Contos eroticos ladroes roubao e fodem mulher na frente do maridoXVídeos pastora mulher numa aposta de sinucade menino 18 anos vídeo de sexo de menina de 18 anos favor urgente na boca o cara dormir à tarde vídeo de sexo de 18 anos por favor eu filme pornô de 18 anos e muita safadezaVisinhas taradas ousadas rekatos eriticos recentespeladas passando margarina uma na outrocorno frouxofode violento o cu da vo gorda humilhandopornordoido iniciante em punhetastirei virgindade da nossa empregada contodoce nanda parte cinco contos eroticosvarias gosadas na buceta xpornodoidonovinha de baby doll tremendo para fogãochantageei e comi minha avo contoconto de filha bando de biquine e acabou dando a bucetaSou mulher casada meu compadre me fodeusogra e nora conto lesbicoconto porno provoquei meu filhox vídeos porno eu e minha mãe fomos tomar banho e fiquei esitadoandrew arlindo dellavoglio casa dos contosporno os pelinhos ralinhos da netinhameu marido sai cerdo pra trabalhar e meu conhodo me comeuesposa do tio de leg contosde zei pica pal xisvidomenino roludomeu amigo ele me levou pro seu quarto pra eu fuder sua esposa na sua frente eu comecei a chupar sua buceta raspadinha ela gozo na minha boca ela chupou meu pau eu comecei a fuder sua buceta ela gozo ela ficou de quatro eu comecei a fuder seu cu meu amigo ele começou a chupar meu pau ele ficou de quatro ele disse pra mim pra eu fuder seu cu virgem conto eróticocontos eroticos i picantes di meninas virgesvania varetao de cu forabusetinha piquinhaflaguei cheirando minha calçinhaWww.osflagas.com.br/fotodetia contos eroticos encurraladocontoseroticos/comadre rabudamamando o peitinhoduro dafilhanegao caralho descomunal comendo cu loira cinquetonasexo vaginal rola soltando guichadas de poraContos de podolatria 2017sexo anal violento montros comtosconto erotico machucou o cu da casadinhacadelas gozando no pau contopadrasto sodomitahomem fudendo oltro homem enprensando na parede fudendo pornovide pono pai fendo afila tomando bainoxv inacreditavel as novinhas baby trasandona hora da tranza sinto um liquido querendo sair da minha vagina,entao gozeiContos chupando a buceta da janara casadasexo porno fui no meu ginecologista ao abri a perna ele me chupou todinha deliciagosando dentro da buceta d egua d raçameu padastro me comeuporno na favela dos hortifrutiMandei foto da minha buceta pro cunhado do meu maridocontos eroticos cheirar calcinhaNego en acao fudeno virje xvContos eróticos flaguei o pastor arrombando minha linda noiva santinhaconto erótico meu bebezinhopunheta no carroporno pasto convinando irmao a nao fude irmacontos podolatriacontos eróticos de enteadas zangadasevangélica Sáfadinha mostrando a bucetadei o cu pro meu irmao contosnegao roludo aregassando o cu da travestis de 20 anos nno motel pornodoidoContos eroticos fui estuprado por travestispoi no meu cu tioimagens de amiga gostosa so de sutian e causinha no quarto nxnnContos eroticos minha esposa na praia de nudismoentregei uma pizza e mepagou com boquetecontos eiroticos leilaporncontos eroticos malv comendo as interesseira