O negão bem dotado me dominou completamente (verídico)

Um conto erótico de Jessica Gata Loira
Categoria: Heterossexual
Data: 08/02/2012 11:35:42
Última revisão: 11/02/2012 19:09:22
Nota 9.85

Oi, vou me apresentar aqui como Jess, tenho 20 anos, sou loira, branquinha (mas com marquinha sempre em dia, adoooroo praia), sem falsa modéstia sou bonita, e tenho um corpo muito bonito, que melhoro cada vez mais malhando bastante, meu ponto forte são minhas pernas, coxas grossas e meu bumbum grande e empinadinho, além do meu rosto muito bonito. Desde adolescente estou acostumada a chamar atenção dos homens, a receber cantadas e elogios, adoro me sentir desejada, uso roupas que valorizam meu corpo, adoro vestidos tubinho colados, adoro usar fio dental na praia, daqueles bem pequenos mesmo. Acho que sou meio exibicionista, sou viciada em atrair os olhares masculinos, adoro a sensação de me comerem com os olhos. Faço faculdade de direito e alguns trabalhos como recepcionista de eventos e modelo, me mantenho sempre linda, cabelão loiro pouco acima do bumbum, tratamentos estéticos, etc.

Gosto de ler os relatos eróticos, mas minha vida sexual sempre foi normal, namoro firme, nunca tinha acontecido nada de diferente, até o fim do ano passado. Estava fazendo um evento de motovelocidade, lançamento de uma equipe, e como de costume meu namorado ia passar pra me pegar no final, estava usando um dos meus vestidos tubinho bem colados e curtos, muito bem maquiada, quando eu fui liberada pra ir embora, liguei pro meu namorado, nem troquei de roupa pq eu ia com ele no carro, mas 15 min. depois ele me liga dizendo que tinham batido no carro dele e ele estava resolvendo o problema, ia demorar e falou pra eu pegar um taxi. Fui pra avenida e fiz sinal, parou um taxi, quando eu entrei no carro o taxista quase teve um treco, arregalou o maior olhão, também meu vestido era curto e quando eu fui entrar ele subiu e ele viu minhas coxas inteiras deve ter visto a minha calcinha (que era fio dental), escutei ele falando baixinho, "nossa que loira é essa", mas já estou acostumada com isso e nem liguei. Ele era um negão, bem negão mesmo, meio coroa, muito feio pro meus padrões, pegamos um engarrafamento e o trânsito parava as vezes, ele começou a puxar assunto e olhando pra trás, secando as minhas coxas que estavam quase todas de fora por causa do vestido curtinho. Ele falava coisas comuns, se apresentou como Jorge, perguntou meu nome, reclamava do trânsito e me secando o tempo todo, até que eu reparei que toda vez que ele olhava pra mim dava uma apertada no pau, reparei também que ele estava de pau duro já, pelo volume enorme que fazia na calça, era muito grande o volume não dava pra não reparar. Como eu adooorooo provocar tirei a minha bolsa do colo e botei no banco, assim ele podia ver um pouco a calcinha vermelha que eu tava usando, imaginei que ele ia me deixar em casa e ficar louco de tesão, se masturbando pensando em mim, eu estava enganada e pela primeira vez essa minha mania de provocar teve uma consequência séria...

Ele estava com o pau muito duro, forçando a calça, e toda hora ele pegava e ficava apertando, como o trânsito estava parado, ele ficava conversando comigo e me comendo com os olhos, tava até divertida a situação, mas uma hora ele me olhou e disse com uma cara de tarado:

- Fica difícil um homem se controlar perto de uma mulher tão linda e gostosa como vc sabia?

Eu respondi:

- brigada pelo elogio, mas eu tenho namorado.

- Homem de sorte nossa, um negão como eu nunca teria chance com uma princesa loira dessa né?

Eu respondi: Comigo não, sou fiel.

Ele: Que pena, olha eu vou entrar nessa rua pra sair desse trânsito tá?

Ele entrou numa rua e mudou o caminho que eu conhecia pra minha casa, aí eu questionei ele:

- Eu não conheço esse caminho.

Ele se virou, botou a mão na minha coxa e disse: Fica calma, relaxa.

Eu vi que ele tava mal intencionado, aí eu pedi pra ele parar que eu queria descer, ele parou numa ruazinha, que tava quase sem ninguém. Ele abriu a calça e tirou o pau pra fora, fiquei congelada, nunca tinha visto uma coisa tão enorme assim, era muito preto, grande e grosso, com uma cabeça enorme e redonda, parecia um cogumelo, ele disse:

- Seu namoradinho tem um desse?

Eu não respondi nada fiquei só olhando, completamente sem reação, ele disse:

- Duvido que vc ja viu um assim, pretão, cabeçudo, me dá sua mãozinha aqui...

Ele pegou a minha mão e puxou pro pau dele, eu tentei resistir mas não tinha forças, ele mandou:

- Segura ele loirinha, olha como tá latejando por sua causa, to com ele assim faz mais de 20 min., ele tá até doendo de tanto que eu apertei olhando pra vc sua gostosa...

Eu segurei e realmente o pau dele tava pulsando, era tão grosso que a minha mão não fechava, comecei a ficar excitada com a situação, mas ao mesmo tempo com medo, eu tremia toda, ele ficava mexendo a minha mão masturbando o pau dele, aí ele soltou e eu continuei fazendo, ele disse:

- Isso loirinha punheta o caralhão do negão... delícia vem cá...

Ele puxou a minha cabeça e empurrou na direção do pau dele, eu tava até meio tonta, nem sabia direito o que tava fazendo, ele tava dominando a situação como queria, levou minha boca no pau dele, eu senti um cheiro forte de sexo, mais forte do que o normal, o pau dele tava soltando aquele líquido melado, ele encostou minha boca na cabeçona, mas eu fechei, a cabeça tava toda melada com a excitação dele, ele esfregou o pau melado na minha cara, e bateu com ele no meu rosto, parecia um pedaço de pau duro, eu reclamei:

- Para moço, vc tá me machucando...

- Então abre a boca loirinha, senão eu vou bater com o pau na sua cara de novo

Ele me segurava forte pelo pescoço, tava me machucando já, eu parei de resistir e falei:

- Por favor me solta vc tá me machucando, eu faço o que vc quiser

- Então vem cá e chupa gata

Eu me abaixei e abri a boca, mas a cabeça era tão grande que não entrava toda na minha boca, senti o gosto do melado do pau dele, tava salgado e bem melado, falei:

- Eu não consigo botar na boca, é muito grande...

- Lambe então loirinha, dá beijinho na cabeçona do negão

Eu comecei a fazer bem gostoso, como se estivesse beijando na boca, só que na cabeça do pau dele, ele apertava o pau forte, cada vez que ele apertava saia mais melado, nunca vi tanto assim, já tava com a boca e o rosto todo melado, ele ficava esfregando o pau no meu rosto, dava umas batidinhas também, mas de leve, isso durou uns 5 min, eu já estava agora completamente entregue, muito excitada com a situação, mas queria que ele gozasse e me deixasse ir embora, pq eu tava com medo do que ele poderia fazer comigo. Nisso ele tira meu rosto e guarda o pau:

- Tá vindo gente ali, vamos sair daqui, vamos pra um lugar mais tranquilo.

-Que isso, eu quero ir pra casa, me deixa sair!

Nisso ele virou e botou a mão na minha bucetinha e disse:

- Tem certeza que quer sair? Fala sério, vc tá toda melada loirinha, aposto que adorou essa pirocona preta...

O casal que tava vindo passou, aí ele me virou de 4 no banco de trás, com a maior facilidade, ele era muito forte, levantou meu vestido, me deixou com o bumbum empinado, e ficou alucinado:

- Puta que pariu, que rabo é esse gata, que calcinha de puta que vc tá usando, caralho que mulher é essa, assim é sacanagem, vc podia ser panicat... Que marquinha de biquini de putinha que vc tem...

Ele afastou minha calcinha pro lado e meteu a cara na minha bunda, deu uma linguada no meu cuzinho e enfiou a língua na minha buceta que tava muito molhada mesmo, eu gemi alto, ele deu um tapa na minha bunda e virou pra frente, já ligando o carro e saindo:

- Vamos logo pra um motel!

Eu fiquei calada, na verdade agora eu queria muito, ainda tinha medo, mas o tesão falou mais alto. Chegamos no motel e ele pegou um quarto sem garagem, não entendi nada, ele estacionou na garagem comum do motel e disse:

- Vamos pro quarto de mãos dadas, quero ver a reação do povo vendo um negão feio que nem eu com uma panicat, hahaha!

Ele queria desfilar comigo, mostrar que tava me pegando, e era a segunda vez que ele falava esse negócio de panicat, na verdade ele tava satisfazendo a fantasia de sair com uma mulher que era inacessível pra ele. Quando entramos no corredor vinha um garçom, ele disse:

- Vem cá minha panicat!

Me agarrou, me deu um beijo e meteu as duas mãos na minha bunda, levantou meu vestido e de um tapinha, o garçom arregalou o olho com uma cara de espanto, o Jorge abaixou meu vestido e saiu me puxando, rindo. Eu me senti uma puta, um objeto na mão daquele negro feio, mas isso estranhamente me excitou mais ainda.

Entramos no quarto, ele sentou na cama, ligou o rádio e mandou:

- Quero um strip minha panicat, rebola pro seu negão.

Tirou o pauzão pra fora, tava meio mole, mas mesmo assim devia ser o dobro do meu namorado, tava tocando um pagodinho desses, eu rebolava de costas pra ele, subindo o vestido pra ele ver meu bumbum, muito sem graça, ele disse:

- Vc sai na rua vestida assim que nem uma puta e agora fica com vergonha? Rebola gostosa!

- Eu tava fazendo um evento, por isso to com esse vestido, não sou puta!

- Mas hoje vai ser a minha puta, vai virar puta do negão feio que vc ignora na rua, olha como vc já me deixou...

Ele pegou uma camisinha e botou com dificuldade, o pau tava duro já, ele mandou eu rebolar mais um pouco pra ele, e o pau ficau mais duro ainda, já tava apontando pro alto, enorme, ele me puxou e me mandou sentar no colo dele, mandou eu tirar o vestido e ficar só com a calcinha fio dental, encaixou o pau na minha bunda e mandou:

- Rebola gostosa, rebola de levinho nessa pica preta...

Eu rebolava, sentindo o pauzão dele roçando, na verdade eu já tava louca de vontade, ele afastou minha calcinha, botou a cabeçona na entrada da minha bucetinha e disse:

- Vc tá tão melada que já tá pronta pra receber esse cacetão, vem sentando nele loirinha...

Eu realmente estava muito molhada, mas mesmo assim foi difícil, era grosso demais, a cabeça era muito grande, mas eu tava louca pra sentir aquele mastro e fui descendo, gemendo muito, consegui e tive uma sensação muito louca, de dor e muito prazer ao mesmo tempo, ele mandou:

- Isso gostosa, agora vai mexendo devagar, puta merda que cena linda, vai ser foda pra segurar, que buceta apertada... Vai minha panicat rebola assim, hummm, tá gemendo que nem uma puta mesmo...

- Aaaiieee negão seu pau é grande demais

- Mas vc tá gostando né gostosa?

- Tô, aaaieeee, não soca forte assim tá doendo seu cavalo...

- Toma gostosa, toma rola preta...

Ele começou a socar, eu tava parada, sem ação, ele socando e o pau dele parecia ainda mais grosso, tava pulsando muito, eu perdi o controle e comecei a rebolar enquanto ele socava, comecei a ter o melhor orgasmo da minha vida, minhas pernas ficaram bambas, eu parei de rebolar e comecei a contrair a a buceta gozando sem parar com o pauzão todo dentro, não tinha força nem pra gemer, o orgasmo não acabava, tava sentindo que ia desmaiar, ele afalou

- Tá gozando né loirinha, vai minha panicat goza na piroca do negão...

Ele socou mais forte e rápido, eu comecei a chorar, soluçando e gemendo ao mesmo tempo, o orgasmo não parava,

aí ele me levantou, me jogou na cama, tirou a camisinha e me deu um banho de porra que eu nunca imaginei que fosse possível, uns 6 jatos fortes, eu tava deitada sem ação depois do orgasmo mais forte e demorado da minha vida, só recebendo os jatos quentes no meu corpo. Ele deitou do meu lado e disse:

- Nossa que gozada... Também né loira vc deixa qualquer um maluco... Tá tudo bem delícia?

Eu só fiz sinal que sim com a cabeça, não tinha forças pra falar, ele disse:

- Vou tomar um banho pro segundo tempo...

depois eu conto como foi a loucura do segundo tempo, rsrs...

Essa experiência mudou muito meu olhar sobre os homens, quem diria que um negão feio seria a melhor transa da minha vida, passei a olhar com mais interesse para homens que antes eu nem dava bola, principalmente os negros mais velhos, tipo o Jorge. Queria trocar experiências com outras pessoas, principalmente mulhereres que tiveram experiências parecidas, esses relatos me excitam muito. Deixem seus email ou msn nos comentários.

Bjs para todos!


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Jess Gata Loira a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/04/2014 15:11:10
JESSICA VC PICA DA GALÁXIA
30/01/2014 10:37:19
Que delicia de conto Jess... Tu é muito putinha e muito gostosa... Aguardo a continuação com o 2º tempo... safada. Entre em contato
04/02/2013 13:35:12
Estou muito curioso para saber como foi o segundo tempo. Conta .....
11/02/2012 20:01:33
Que tesão, minha linda. Bjs
11/02/2012 12:37:05
ADORAVEL E INTENSO, PRAZEROSO! FIQUEI EXTASIADO COM TODA DINÂMICA DO RELATO... PARABÉNS.
11/02/2012 04:02:50
Excelente! nota 10, me add no msn
09/02/2012 09:50:54
Legal seu conto,bem escrito.Continua a segunda parte,pois ao que parece vc já era meio putinha,agora está uma puta por completo....se vc está com seu namorado ainda,é pq vc virou mais uma dissimulada,entre tantas que tem por aí passando pela mesma situação que vc.
09/02/2012 04:19:18
OLA,QUERO FAZER AMIZADES COM GAROTAS DE QUALQUER IDADE ,,QUEM QUISER UMA AMIZADE ME ADD O EMAIL EO NOME DE UMA AMIGA ENTÃO NÃO ESTRANHEM É
08/02/2012 22:29:38
Muito bom,as garotas aprendem com os homens mais experientes e nunca mais querem outra coisa...Nota 10para você,linda. Aguardo o Segundo Tempo...
08/02/2012 20:17:12
Sou negão tambem se vc quiser te mostro o tamenho de minha ferramenta.
08/02/2012 17:24:33
hum! que delicia de conto,fiquei de pau duro aqui me add ai tesuda tenho certeza que vc vai adorar meu pau,nao sou negro mais tenho uma pica de 22cm
08/02/2012 15:23:09
te add no msn loirinha deliciosa
08/02/2012 15:01:23
Nossa Linda alucinante esse conto meu deixou doido de tezão, amei de paixão gozei gostoso pensando em vc, quer me add para trocarmos um papo legal experiências, vamos conversar meu msn é , bjos viu linda espero sua resposta.
08/02/2012 14:36:49
Gostei muito!!!
08/02/2012 12:14:06
NOSSA, MUITO BOM, PARABÉNS...


milf vovo contos dog ponovinha perdendo a virgindadenovia com muita tezao se esfergado no traviseirocontos eróticos fique se dedicando minha esposabuceta arreventadana chacara o cazeiro comeu minha mulher e minha filha conto eroticocontos eiroticos leilapornamarando a filha pra chupa buceta e mete a liga no buraco da buceta primeira vez que ela sente uma lingacontos eróticos gay 2017tia masturba sobrinho qe esta doentegostosa grava todos que fuderão ela entregador mais outrosxvideos eustaquio e murielso garorinha pelainha n nefilha casadinhaquer picocaFernanda,vasconcello,zap,xvideosX video novia cintura fina buda grande video cinqueta minutominha madrasts mim falou qr pica contodei o cu pela primeira vezconto erotico esposa de lycra .com pacotao partidoporno gay gosado na cueca passeiraeu qeuro vidio di sexocunete xxvideo garganta profundacontos eroticos de homem trepano emsauna gayXvidio incesto erotico mamae chinesa sedusindo filho pa sexoirma gravida fudendo com irmao1minuto xvideosisso viadinho filho da puta tem um cacetao bem pra vc tomar no cu gostosorubilane anal xnnnContos encoxei a pastoracontos eróticos esposa chega em casa com papel higiênico na calcinhaxvideos gay fui estuprado por que nao paguei as drogasconto gay contei pra ele que queria dar pra elenovinha so de minicasiamostrei de proposito a calcinha que vestia. conto gayContos garoto musculoso me arronbouas cunhanda dodo pro cunhandoeu quero o homem e a mulher fazendo sexo e daí o homem coloca guspe e daí daí vídeoContos me assustei com a quantidade de porra que meu padrasto despejou no cu da minha mãeChupadoras mãe e filhinho contoseroticospai cego a filhinha novinha aproveitouXvideos mae de santo fodendo no centro de macumbaporno pagando dívida com a mulher e a mae5 contocontos e fotos chupando pau do amigo eu fui a femeabai uma punheta olhando minha sobrinha na praianovinha fodi a pirolarevista private relatosconto porno provoquei meu filhotranza.de.maljeito.x.vidiomeninas virgens engatada varias vezes com caes na zoo contos eroticosgostoso chupar meu amigo na chuvaCorno contoencoxada na rabuda d xorti com o pau pa foraPorno veterinaria pega rapaz puetacontos eroticos mais lidoscontos menina chuponamirtes dando a buceta na igrejacontos fantasias anal pinto monstrocontos eroticos de gravidez de gemeas com gravidezxvideos de pai tirado aviji dade du cu finha novinha brasileiracontos eiroticos leilapornmassagem na prima mais velha conto fotoflime porno dois homen trasando com mulher furtapornoo cara comendo a boyzinha da academia dentro do ônibus de saia XVídeosquero ver novinha de calcinha transparente tristinha tirando a saiaempresario comedor de casadas cssa dos contos eroticossobrenatural nxvideoscorpao cross friksfui foder com o cara do pau enormi e min lasqei xvideos xxxxvídeo pornô a novinha tomando banho com gosma e sanguesarrano na porta da xoxota xvodiosxvideo coletania marido tampa o olho da esposa e chama o amigo pra beija lacontos eroticos.meu sogro me enrabou na barraca de campingContos gay comi o cu do cafetao