Engolindo a linguiça enorme do padeiro

Boa tarde,isso aconteceu em Novembro de 2015

Todas as vezes que eu ia até uma das cidades que ficam perto de uma das fazendas do meu pai,quase sempre eu vou a pé,carrego uma mala pequenininha com algumas roupas e algumas calcinhas,alguns corpetes,meias finas de cinta liga,levava isso,mas nunca levava coisas de comer,pois eu deixava para comprar na cidade,e toda vez que eu ia pra lá,ligava pra minha irmã e ela ia e ainda vai lá pra casa.

Eu vou sempre no pequeno mercado da cidade ou então na padaria,na hora que eu ia acertar as contas na padaria,assim que ouvia a minha voz,enquanto eu conversava com o dono de lá,o padeiro saia e ficava na porta,não dizia nada,só ficava parado,todo vestido de branco,no início eu não ligava,acertava as minhas contas e ia embora.

Sempre ele fazia isso,e como eu disse,eu não queria chamar atenção de ninguém lá,mas como eu tenho o rabo gigantesco,eu não consigo disfarçar,e eu sempre fui e vou lá com calça de moletom,e a minha roupa íntima ficava marcada na calça.Isso me incomoda bastante,as vezes me machuca também.

Certo dia,eu estava virado de costas achei que o padeiro já tinha entrado,eu não tinha visto ele na porta não,a minha roupa íntima,a minha calcinha estava enfiada no meu rabo,os dois lados,e como estava me incomodando eu dei aquele puxão,fez um barulho,no mesmo instante a calcinha tornou a enfiar no meu rabo e na hora que eu dei a virada lá estava o padeiro,dessa vez ele sorriu pra mim,deu um passo pra frente,para que eu visse-o de corpo inteiro,e ele com uma das mãos,deu uma puxada no pinto (não estava do lado de fora) , e um apertão.

Digo pra vocês,homem pra mim nunca é demais,eu então prestei atenção nele,passei a mão no meu cabelo comprido,ajeitando-o e olhei pra ele,com o rosto um pouco virado pra baixo,depois voltei o meu rosto pra cima,olhando diretamente nos olhos dele,fiz um sinal com o meu dedo indicador,pedindo pra ele vim atrás de mim,virei as costas e saí da padaria,fui andando devagar com a esperança dele vim atrás de mim.Imediatamente ele apareceu,eu avistei ele vindo,eu andei até virar uma esquina na rua da padaria,fiquei esperando e ele tornou a aparecer.

Eu disse pra ele que gostaria muito de encontrar com ele,explicando melhor,eu queria sair com ele.Ele disse que daria um jeito,pois naquela noite ele iria trabalhar,mas como ele queria muito sair comigo também,ele disse que conversaria com o dono da padaria e iria pedir pra colocar um outro padeiro no seu lugar.Eu passei o telefone da minha casa pra ele e disse pra ele que qualquer coisa que resolvesse era pra ele ligar pra mim.

Eu fui pra casa,esperei ele ligar pra mim,fiquei esperando,hora vai e hora vem,o telefone toca,eu fui atender correndo,atendi era minha mãe dizendo que já tinha chegado e que já estava na fazenda,eu conversei com ela dizendo que estava com saudades,ela disse o mesmo,tomei bença e ela desligou o telefone.

Eu queria muito a ligação dele,muito mesmo,até que o telefone tocou de novo,eu achei que era alguém lá da fazenda,mas eu me enganei era o próprio padeiro,eu fiquei muito feliz.Ele disse que o patrão era uma morrinha danada e que no final de semana ele iria trabalhar redobrado para cobrir a falta,pelo menos a gente iria se encontrar,combinamos de nos encontrar na esquina da rua da padaria.

Eu cheguei lá e ele já estava no carro esperando,os vidros do carro eram escuros.Eu entrei no carro,e antes dele tomar partida,ele colocou a piroca grande cheia de veia pra fora do short curto,ele estava de camiseta.

Ele é branquelo,loiro,é muito gostoso,eu tratei de pegar na pica dele,não chupei,fiquei apertando e fazendo massagem com as mãos.

O pinto dele era branquelo também,a cabeçona estava exposta,ele tem muito prepúcio,aí que pinto gostoso.

Fomos para um lugar mais isolado da minha cidade,fomos para o campo de futebol abandonado onde não vai ninguém e é coberto de mato,ele ficou virado de frente pra mim balançando aquela piroca branquela e grossa,eu estava ajoelhado e comecei a puxar os pêlos pubianos loiros dele com o meu lábio,comecei então a chupar aquela pica gostosa,aquela linguiça calabresa,quando eu comecei a chupar ele ajuntou o meu cabelo com as mãos e ficou segurando pra cima,agarrando o meu cabelo,eu deixei amolecer pra chupar mais e mais,chupei o saco dele,uma bola de cada vez,chupei aquele pinto e aquele saco até ficar todo melado de baba,saia uma baba transparente do pau dele,ele mandou eu limpar com a minha língua,mas eu fiz ao contrário,peguei a mão dele e entramos para o vestiário,eu deitei ele pelado em um dos bancos de madeira,e assentei no colo ele,eu esfreguei bastante o meu rabo no pinto dele,de costas pra ele,pra que ele pudesse ver o meu rabo enorme,depois eu fiquei pulando no pinto dele,e ele ficou vendo o meu rabo grande pular no pinto dele.

Ele arreganhou as minhas pernas,enquanto eu ficava de barriga pra cima,bateu uma boa punheta e gozou fora do meu rabo,ficou esfregando o pinto lá no meu cu e depois me comeu,de frango assado,ele me comeu com muita força,,eu sentia as bolas do saco dele encostando no meu cu,sentia os pelos dele encostando no meu rabo.

Nós dois estávamos gemendo muito,muito mesmo,eu gritava também,e quando eu gritava ele me chamava de RABUDA CAVALUDA,me chamava de VACA NO CIO e de ÉGUA.

Ele continuou metendo sem dó,até que ele deu três estocadas fortes,ele parava com o pinto atolado no meu rabo,ele tirava,enfiava de uma vez só e ficava com o pinto lá dentro,até que ele deu um berro forte e gozou no meu cu.

Ele lambeu todo o meu rabo enorme limpando toda porra,o meu cu estava arreganhado de tanto trepar.Ele deu uns tapinhas,mandou eu vestir e ele me levou pra minha casa de carro.


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive Feiticeira Cavalona G a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
18/05/2020 10:09:47
Delícia de conto Nota 10

Online porn video at mobile phone


contos eroticos meninas de quinze anos transando com cachorro com calcinha vermelha com lacinhos pretoMinha esposa disse pra minha sogra mae agora fica de quatro pro meu marido fuder seu cu virgem voce vai adorar conto eroticocontos eróticosdominada e submissaSexo Negao fudeno com 45 cetimetro rola a novinha caga na varagosano na buceta griloda da novinhalinda sainha mostrandi fundil da calcinhaagarrei o meu tio de 25 anos sem cueca e depois meteu no meu cu xvideocontos eroticos amamento dias e dias sem pararmenina orfanato cu conto contos eroticos com dean winchesterfilme de sexo com homens brancos super dotados e mulheres negras escravascontos porno scat lesbicoe já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadoraPeido d bao xxvideoscontos eiroticos leilapornmulher tarada morando sozinhaesposavadiacontoscontoseroticos.esposa qd se exita é puro tesão.sou puta e pratico zoofiliaContos eróticos-caçador de pau comprido e grosso me rasgousexo novos banho conhadas nuasdei pro entregador contosFilinha gostosinha fretando o pai xvideomeu cachorro lambe minha caucinha nas minnha coxasvideos novinha di saia porbaxo naruasadomasoquismo c arrombadas e peitos esmagadoscontoesposaprostitutabebado deixei minha filha ser abusada na minha frente parte 9 vontod eroticosconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancoPorno novinha pega rapaz na puetafavelenta xvideof***** pelos peões da obra contos eróticos gaysmúsica de Tierry E aí parceiro que como você é o meu desejo te chatear o seu prazer escravo dos seus beijos Ai como eu quero te agarrarcontos eroticos dei o cu pro negaoporno negao69filhagosando muito e tremendo as pernasC ok contos eroticos submissa fazendo um dp com o vizinhoPais pauzudo 27cm com filha contosMae e puta fudeu filio estoriapornodequatovidio disexe porno yotubecontos erotico com meu pai dotadoDonaflorindametendowww.pornodoido com brazileiras fininhas.comincesto pai bota filha no colo e ficar bolinando elaXVídeos a mulher tortura escrava até mexer a b*****mae fodermo com o filhodermatologistas safadasmulher chupando a rola da outra mulher as mulher que tem rola chupa rola cabimento e vigiandoExcitantes Contos Eroticos Contados Por Noivas pelos Seus Paes Padrinho Padre E Tioswww.neguin da chacara comeu gay conto eroticoanythingcontos de zoofila novinha gritando de dor na rola gigantescaminhas calcinhas conto eroticovideo porno eu nao aguetei ver minha irma novinga e gostosa dormindo so di calsinha eu comi o cu virgem dele gozei ladendroVoltei arrombada e cheia de porra mostrei para o cornoConfissão de uma obesa com tesãoxvideos gays hot boys porteiro comedo o morafohomem arretando novinha no bejoXxxvideos irmo de madrugada os pais tao dormindo dai ele vai no quarto da irma pra foder com elaCodornas tênis gemendo XVídeoscontos eroticos de amamentaçãodei o cuzinho meladinho contosGTA comendo na rua mostrando a bundinha calcinha vestidos aindadaniloprsvideo deputariavir minha sogra toda sex e acabei pequerando e fiz sexo com sograpornodoidoesposavadiaconto viadinho gosta de ser fudidonegao.dotado.empurou.na novinha ela se encolheu.de dor/texto/201702951menina tem cuzinho virgem.tirado cabaço pelo policial.roludo na blitessogras assanhadas e safadas pediu piroca grande e grossa,contos e relatos eroticosXXXXXVIDEO DESALSIcontos eroticos diaristacontos erotico de puta querendo rolacontos eroticos comi a sindicavedio caseiro minha conhadsa da pro cachorro. seosexx não adianta corre cunhada.menina fode com negro dismarcado.chingando e gritando e fala que vai gozar.xnxxo rasgador de cú de escravastransandp no presidio com a maimorena rabuda foi tomar engesao e se esfregou no medicoxvideos desfaço e pega a filhaContos gays o pau do meu coroa parecia uma bengala eu adorava elecontos eróticos com fotos de casadas que chegou em casa toda arrombadamaes trocada fraudas de suas bebes e chupando buceta deeela contos eroticos