confissões de uma depravada

Um conto erótico de bucetuda sedenta
Categoria: Heterossexual
Data: 18/02/2015 21:59:11

Confissões de uma depravada

Me chamo Ana, uma mulher sem nada de excepcional aparente, tímida, recatada, nada desejável. Iniciei minha vida sexual muito cedo, sempre tive a sexualidade aflorada. Muito curiosa vira e mexe ficava escondida vendo meus pais transarem e em seguida ficava brincando com meu clitóris até que uma sensação de puro êxtase me tomava por completo. Hoje sei que isso era meu orgasmo e que cada vez tinha necessidade de fazer isso mais vezes, e, mais vezes...

Tinha uns cinco ou seis anos nessa época.

Iniciou-se uma reforma na nossa casa e ficamos na casa de minha avó vizinho da nossa meu cunhado que era pedreiro era quem estava à frente do serviço. Ele era um homem bem másculo de uns trinta anos, alto magro muito gostoso e safado vivia chifrando minha irmã. Mal sabia eu que estava prestes a ser a próxima a gaiar minha irmãzinha (nojenta e insuportável). Num domingo ele e outros amigos foram fazer um mutirão para terminar logo a reforma e como sempre nesses mutirões os trabalhadores bebem bastante e quando encerram o dia ai o bebedeira aumenta, já era a tardinha e havia uma porta de comunicação entre as casas e eu estava no quintal brincando quando ouvir meu cunhado me chamar eu inocentemente fui até onde ele me chamava toda minha família estava na frente de casa conversando como sempre faziam toda tarde.

Levantei, e fui até meu cunhado que estava meio bêbado ele então me suspendeu entre os braços que fiquei totalmente vulnerável e me tascou um beijo de língua, eu não sabia o q fazer ele só pedia pra mim colocar minha língua pra fora e ele chupava com vontade. Depois de um bom tempo me colocou no chão e então ele me abraçou me pedindo segredo só quando eu balbuciei umas palavras concordando, foi q ele se aproximou mais e comecei sentir algo grande puro parecendo uma tora de madeira sobre mim. Ele então pegou minha mão e colocou em cima, tomei um susto pois aquilo começava de mexer e cada vez mais duro.

Uma onda incrível de energia tomou meu corpinho franzino e totalmente destemida pedi pra ver o que era aquilo sem hesitar ele tirou um pau colossal de dentro da bermuda fiquei de olhos arregalados diante de algo totalmente desconhecido pra mim, era lindo grande, rígido uma cabeça enorme roxa muito apetitosa tanto que comecei a salivar. Ele me fez segurar e começou movimentar minha mão para cima e para baixo e eu estava totalmente embriagada com tudo aquilo. Foi então que ouvimos um barulho e rapidamente sai dali e voltei a brincar no quintal.

Foi assim que tive meu primeiro contado com um homem, um macho de verdade. Depois desse episódio sempre que ele me encontrava dava um jeito de me acariciar e eu também, viramos dois safados mesmos, cada vez mais eu me tocava pensando nele e descobrir que quando pensava nele em pouco tempo eu me contorcia toda nos meus dedos. Ele começou a me tocar meu clitóris e era muito gostoso sempre escorria um líquido nas minhas pernas. Mas delicioso mesmo foi o dia que ele começou beijar minha barriga e foi descendo até que chegou em meu sexo e ali concentrou sugadas magnificas que me fez dá um gemido sufocado e medroso.

Uma puta prematura era isso que melhor me descrevia, em poucos meses ele se separou da minha irmã e tudo ficou complicado famílias brigadas e eu louca pra ser tocada por ele. Um dia já na minha casa estava numa casinha que tinha nos fundos onde brincava e lá comecei me tocar tirei a calcinha deitei no chão foi quando meu cachorrinho entrou e foi cheirar meu sexo e começou lamber eu parei de tocar e me entreguei a língua do meu cachorro. Sempre que não tinha ninguém por perto eu esfregava minha bucetinha no focinho de Mickey, (esse era o nome do meu cachorro).

Em um dia de chuva estava eu e meu outro cunhado esperando minha irmã do meio e minha mãe voltar das compras. Ele estava na porta olhando a rua e eu tomada pela safadeza fui olhar com eu era bem menor tinha uns sete ou oito anos me coloquei entre ele e a porta e comecei roçar minha bunda nele. No início ele recuou mais eu o acompanhava descaradamente como se nada tivesse acontecendo então ele começou a me pressionar também e mordiscar minha orelha, foi quando um gemido escapou entre meus dentes e ele me agarrou e me jogou no sofá e deitou sobre mim.

Lembrei de quando espiava meus pais então abrir as pernas pra receber ele entre elas. Ele pressionava com força sentia ele pulsando sobre minha calcinha. Ele me beijava com devoção me chamando de putinha gostosa então ele disse: “é melhor parar ou não respondo por mim”. Eu sorrir e fui por meu quarto feliz por ter mais um macho pra mim bolinar. Foi então que mataram meu ex cunhado e minha outra irmã acabou se separando também pois era casa com irmão dele. Eu sei você não entendeu né vou explicar: minhas duas irmãs mais velhas casaram com dois irmãos. Isso mesmo eram irmãos acho que por isso tinha paus tão parecidos. Assim acabaram minhas safadezas com meus cunhados fomos morar em outra cidade pois a mãe de meus cunhados acusou meu tio de tê-lo matado. E eu fiquei só com meu cachorro.

Passei longos anos me tocando cada vez mais era preciso me masturbar mais vezes até que chegou um vizinho novo na rua onde morávamos. Minha mãe conhecia a vizinha desde a infância e não demorou muito pra uma viver na casa da outra. Eu já tinha uns doze anos, meu corpo muito desenvolvidos acho que devido a tanto estímulos na infância. Meu vizinho me comia com os olhos infelizmente era só com os olhos kkkkk.

Ele gostava muito de conversar comigo sempre que minha mãe e a mulher dele saiam pra fazer caminhada ele vinha até minha porta e ficávamos conversando até que um dia ele colocou o braço para dentro da porta e começou me alisar e eu como uma boa putinha deixei.

Adorava quando ele me tocava e falava palavras sujas ao meu ouvido. Pena que ele tinha medo de me penetrar e ficava só no dedo mesmo. Comecei namorar com os meninos da escola sempre deixava eles passar dos limites na esperança que um deles tirasse minha virgindade mais nada acontecia todos tinha medo e respeito pelo meu pai e meu tio. Apesar de meu pai ser separado de minha mãe sempre foi muito presente e toda cidade sabia do dengo que ele me dava.

Tinha vários ficantes, fiquei pelada pra quase todos deixava eles me dedarem me chuparem, mais eu não eu não chupava só masturbava eles, foi então que conheci Glebson, o mais safado de todos que já tinha ficado sempre que estávamos juntos acabava com a calcinha no chão e o pau dele roçando meu clitóris. Aos quatorze anos finalmente fui desvirginada por ele e então respirava sexo matava aula sempre pra ir dar pra ele não existia amor era apenas desejo, ele me apresentou um amigo marcamos um encontro e então tive meu segundo homem e a partir daí já tinha mais experiência assistia vídeos, via revistas e sempre me aprimorava pra dar mais e mais prazer e ter também.

Conheci minha escova, nossa que companheira adorável ela estava comigo todas as noites na cama me masturbava como cabo dela com louca gozava piedosamente. Foi então que conheci o amor e com ele fiz anal e oral a primeira vez transávamos sempre ele tinha um pau delicioso, grande cheios de veias duro como eu adorava. Mais meus pais proibiram o namoro pois ele era o que chamamos de sem futuro. Sem trabalho, sem estudo e tinha fama de desvirginar todas as meninas que namorava. E para meu pais era virgem. Aliais sou virgem até hoje.

Me encontrava as escondias e transava onde dava em construções, becos escuros, no mato, em fim era tudo muito gostoso e proibido o que me excitava ainda mais. Mais cada vez era mais difícil de nos encontrar então passei a me entregar a quem aparecia, não aquentava de desejo minha buceta ensopava direto meu dedos e a escova não era bastante. Teve uma vez que transei com dois no mesmo dia na mesma cama só que um de cada vez. Um ficou na sala vigiando e depois tocaram de lugar e foi a tarde toda assim.

O tempo me distanciou mais dele então fiquei só. Comecei sair com homens casados eles são ótimos meus preferidos, discretos gostosos e sabem como dar prazer a uma vadia como eu. Junto com casado veio os coroas e em fim. Tenho uma buceta carnuda com grelo saliente é preciso ser muito macho pra me satisfazer adoro sexo selvagem e se pudesse dava todo dia seja pra quem for adoro me exibir por isso uso tanto a webcam faço loucuras na câmera pra os homens que conheço. Sempre estou pronta é só me procurar... E terá você...


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive toda sua a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
09/09/2020 00:58:41
Adorei
08/09/2020 09:30:47
Que ninfomaníaca deliciosa, sorte de todos os homens que passaram a vara em você! Se quiser contato,
07/09/2020 21:37:49
Quero te comer tbm 😋, me manda seu ZAP
07/09/2020 19:36:38
Adorei
07/09/2020 16:07:19
Alguma amiga se quiser me chamar
07/09/2020 16:06:31
Me add
07/09/2020 16:06:18
Ii Adoraria conhecer e saber mais sobre vc me add no
24/07/2019 08:13:49
Mim manda o teu zap
21/01/2019 11:01:02
Adorei seu conto gostaria de conhecer voce melhor.
18/01/2019 15:00:22
Doideira deliciosa, safada desde pequena... Amei sua história. Com certeza 10.
23/03/2018 15:05:22
adorei seu conto, adoraria conversar com você, entre em contato comigo - nota 10
27/12/2016 18:41:12
Queria muito encontrar um(s) cara(s) realmente pauzudo(s) para deixar a minha putinha depravada assim. ela sonha com um dotadão e imagino quando achar um vai se submeter pelo gosto da rola sempre.
27/12/2016 18:39:36
A mulher dos meus sonhos!!!
13/06/2016 09:51:20
Que delícia de conto!! Me apaixonei quando vc falou que tem uma buceta carnuda com grelo saliente queria ver como ela é??
05/06/2016 01:44:35
Que conto delicioso vc e muito gostosa queria muito fuder com vc gata
05/06/2016 01:43:34
Que conto delicioso
13/03/2016 17:14:36
Ana Vc é maravilhosa em
01/03/2016 09:30:02
Aninha adorei seu conto já tenho 51 anos casado a trinta e muito safado adoro ninfetas ousadas e você tem potencial tenho um cão pastor alemão ainda virgem seria uma loucura eu vc junto só pra gosar se você mora em são Paulo capital e é louquinha para fazer besteiras que adoro entre em contato vou fazer vcs vira uma cachorra no cio e uma verdadeira putativa do prazer gostaria de ser seu vizinho bjs gosei muito Lindsay
29/02/2016 11:40:16
Parabéns linda Ana nota dez
29/02/2016 01:48:33
Realmente TODA SUA vc e muito deliciosa


Meu irmao tirou minha virgindade da minha buceta no motel conto erotico de incesto de irma virgem e irmao no motelDonaflorindametendoler contos reais acontecido esse ano de 2017 de maridos que de tanto insistir viraram cornos mansinhoshoejobconto casada novinha e comida pelo traficante pausudo a forcameu namorado roubou a calcinha da minha mae conto eroticoencoxada mau cobertacontos eroticos 32cmcomendo a irmã moeda meu irmão gostoso ela geme na vara XVídeoscontos eroticos academiaxnxx loira manda arraca as pregas do cu com forçacontos eróticos no trabalhovidio porno garotas de camizolinha pernas abertanovilhos e velho gay atrasando deu o cuzinho pela primeira vez e pede poe devagar porque ta doendoAs panteras tia viuva na picina seduz. subrinhocontos eiroticos leilapornvideocurtomagrinha e roludopauzaoo gozannndo muitoxvideo encasa c ezibindoesposa de mente fertil pornovídeo caseiro pornô mulher no macacão com passando a mão na buceta dela gordabuceta contosConto gay - "pede rola"XVídeosirmão vee irmã dormindo com a calcinha aparecendo e não resistimaior cu domundo ecoxa ebunda pornoxvideo mulatasnoracontoseroticoscomesposaconto erótico paciente lactantemenina e padrasto no sofa ela aproveita da bebedeira dele e tranza gostosoirmao comendo irmao enguanto dormia porno gai xvideos 10contos de crossdresser forçadooletania ela vendo sua boca esplodi de porra xxvideocontos eróticos menina de 25 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinho vermelhoEu quero assistir um vídeo pornô gozando dentro da buceta da sua mãe dormindo seu filha de uma égua sou filha da puta eu quero gozar dentro da sua mãe só desgraça onde o caralho gozando dentro da buceta da sua mãe sou filha da putamotoqueiro gay passivo contovídeos de novinha com rostinho bei dengozonergão da rola de jeque comendo velhaeu, minha namorada, mae e tio contoeroticoBusetas tubinadaspornodoido ninfetas pornodoido entrada c SR DE BGODEmotorista de onibus que molhou a buceta de tanto prazer em dirigircontos eroticos papai e mamae me fez mulherxviseos velhos flagados estrupandoxvideo beijando a cuhnadaxisvideo casero gemida mas gostosacontos eroticos minha primeira siriricaContos Eróticos Skatistasou casada mais quem mim fode gostoso e patinhocontos eroticos cachorroconto eróticos comendoa mulher doamigo a forçaCala a boca poies estava com sim quando me falou da lanferircasada sendo enrabada no forro conto eroticoesposa putinhacontos eroticos, dou cu pra meu filholiberalina puta vídeo proibidoescrava dando cu na srnzalacamera no quarto bundudo experimentando picaconto erotico com o senhor ditaoconto do incesto brazileiro pastor com crenteswattpad enteado gay adora chupar a rola do padrasto musculosoxvideos contosicestoconto erotico flagrei meu irmao comendo mamaeconto eurotico academia com o menino bundudoContos estorei a buceta da crentinha da igreja cozei dentro dela e acabei engravidando elamae e fiha no swing contoaquilo foi rasgando meu cuzinho contos eroticosvideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiafui encoxada pelo meu genro e n resisti meu marido liberavideos violentos de homens estrupando mulher a forsapornocontos eroticos tia dando pra sobrinho de menorgostsona dando o cu pro negao roludo egritandoContos eroticos de travesti pauzudo estuprando meninosmulher tarada por cavalo cavalo Thor ela de quatroshot apertado rola grossa se destacacontos eróticos eu novinha fui comiida por meu paizoofiliaengatoucontos eróticos de garotas f****** com padrastocontos eroticos dei o cu pela primeira ves para salvar o casamento parte doischantagiei a colega de trabalho e comi ela casa dos contosconto casada pinto itu cornominha prima contoporno conto e roti padatrossiricutico na ganha ganha também XVídeos