Me viram punhetando no ônibus

Um conto erótico de Erick Joakill
Categoria: Homossexual
Data: 09/08/2017 22:21:51

Hoje eu saí de casa pra malhar com muito tesão. Coloquei o short de academia sem cueca e fui pegar o ônibus. Antes de chegar ao ponto, vi meu pau marcado no short pelo vento. Tive vontade de deixar ele ficar duro logo ali, mas também foi gostoso resistir. Então ele ficou meia bomba, grande e balançando enquanto eu andava.

Enquanto esperava o ônibus, fiquei olhando para dentro dos carros que passavam. Muitos motoristas gostosos - eu só queria que um deles parasse e dissesse “entra”. Alguns olhavam pra mim. Eu sou alto e atlético, uso barba e tenho um rosto legal. Chamo atenção onde chego e meu pau, do jeito que estava, também.

Finalmente meu ônibus chegou e aquele tesão do caralho não passava de jeito nenhum. Olhei para o motorista, para os passageiros, todos os homens que eu tinha vontade de foder. Estava tão louco que até os feios eu queria. Mas foram os que estavam sentados lá no fundo do ônibus que me deixaram mais louco ainda: um adolescente desses de ensino médio, que já tem a musculatura toda desenvolvida, corpo de homem e cara de moleque e o outro era um desses marginais, de boné escondendo-nos olhos, lábios grossos e sérios e uma rola bem grande fazendo volume na bermuda estampada.

O estudante estava na penúltima cadeira à esquerda, olhando pela janela. O marginal estava diretamente do outro lado, todo largado. Eu me sentei atrás do marginal, o sangue fervendo de adrenalina. Eu não podia perder essa oportunidade. Meu pau já estava totalmente duro e pulsando. Comecei a acaricia-lo desde a base até a cabeça, apertando o saco com a outra mão.

Eu não conseguia parar de olhar para aqueles dois gostosos. Eles ali, perto de mim, e eu tão excitado. Antes que o ônibus fizesse a primeira parada, eu coloquei meu pau pra fora. Ele estava muito mais duro que antes, as veias estavam inchadas e a cabeça estava enorme. Às vezes o estudante olhava para o lado direito, eu não sabia se ele podia me ver. Mas se ele levantasse, veria com certeza. O marginal, se me visse, acho que iria tentar me bater, sei lá. Não sei se queria ser descoberto, mas estava amando a tensão.

O ônibus fez uma curva e o estudante olhou para o lado, dessa vez girou muito o pescoço. Eu tenho certeza de que agora ele viu. Por reflexo, coloquei o pau por baixo da camisa, que ficou babada na hora! Meu pau baba muito, ainda mais quando tô com tesão assim!

Será que ele ia olhar uma segunda vez? O marginal continuava na dele, tranquilo e praticamente imóvel.

Mais uma curva foi a oportunidade que o estudante parecia estar esperando pra olhar de novo. Dessa vez ele me viu olhando pra ele. Ele passou uns dois segundos olhando pra mim, depois para o meu pau. Levantei a camisa: o pau estava lá, reto, apontando para cima, a cabeça babada encostando na barriga, meus pelos abaixo do umbigo todos já molhados. O estudante desviou o olhar rapidamente. Ficou meio travado olhando para frente, perplexo. Será que se admirou pelo tamanho do meu pau? Ele ficou bastante inquieto, sem saber se levantava e mudava de lugar ou fingia que aquilo não era nada pra ele.

Eu já estava batendo uma, gostando de ser observado. Toda vez que alguém pedia parada e descia do ônibus, era possível me ver. Mas as pessoas nem olhavam - ao contrário do estudante, que não estava acreditando. Ele estava com a cara muito seria, de que achava um absurdo, que estava odiando aquilo, mas não parava de olhar. Ele olhava para o marginalzinho também, esperando alguma reação, mas nada da parte dele.

Quando o estudante finalmente se levantou e eu sachei que fosse fazer alguma coisa, ele simplesmente pediu parada e ficou olhando para mim. Antes de ele descer do ônibus, eu tive o prazer de ver que ele também estava de pau duro.

Pra mim isso foi o que faltava: meu pau já estava doendo, de tão duro, e totalmente lubrificado. Quando eu vi o pau daquele boy duro, para o lado, marcado na calça jeans, eu não aguentei a onda de prazer que me estremeceu todo e tive que gozar!

O esperma veio com força de dentro do meu pau, grosso e quente, e saiu num jato só, que sujou as costas da cadeira do marginal na minha frente, e foi descendo lentamente. E o resto desceu pela minha mão, encharcando meus dedos e short.

Quando eu estava lá todo gozado procurando em que me limpar, com o pau ainda duro, o moleque na minha frente se levantou. Ele ia descer uma parada depois do estudante, achei.

Ele virou pra mim antes de descer e me viu naquela situação antes de eu poder fazer qualquer coisa. Então fiquei um pouco nervoso, mas ainda estava gostando da sensação. Senti vontade de ter segurado o gozo, porque agora sim seria a hora perfeita.

Ele olhou para o meu pau por um instante. O boné cobria seu olhar e eu não sabia o que ele podia estar pensando. Então ele ao mesmo tempo deu uma mexida no pau dele e fez um gesto de gangue com a outra mão, mostrou a língua e fez que sim com a cabeça. Então desceu do ônibus e eu continuei pra casa.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive madworldmag.blogspot.com a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
29/11/2019 15:57:59
já bati uma no busão mas não tive coragem de gozar
11/08/2017 02:12:22
Perfect❤
10/08/2017 09:44:30
Deliciosa sua narrativa. Gosto de voyeurismo. Entre em contato para trocarmos umas figurinhas sobre narrativas:
10/08/2017 09:34:19
Deliciosa sua narrativa. Gosto de voyerismo. Entre em contato para trocarmos umas figurinhas sobre narrativas:
10/08/2017 07:43:01
Que foda
10/08/2017 06:14:33
Nossa é tão bom quando estamos com tesão em lugares publico....


video porno cansei de ser cornoXVídeos amador caseiros n******** gordinhas loucurinhaeu e minha mãe e minha irmã moramos sozinhos eu tenho 22 anos de idade minha irmã ela tem 18 anos de idade eu tirei a virgindade da buceta e a virgindade do cu dela minha mãe ela sabe que eu fodo minha irmã eu tava com a minha mãe sozinho em casa minha mãe disse pra mim filho eu quero fuder com você ela me levou pro seu quarto eu fudi sua buceta e seu cu conto eróticsexo ela nao quis da so acariciarver gostosas que presisou rasgar o seu chortinho de putinha para dar a bucetavideo pprno gta ida sr mastutbando com pepinocasada loiracontos eroticos corno manso tatuagemporno zoo contos em quadradinhos dupla penetracao insestolevando pica do istrudor auto escola contopotria nuonibosContos eróticos procurando aventura no clube de campovídeo pornô menina branquinha não se Intimida com tamanho do pau no GalegãoXsvideos dotado nu na punheta novinha com agua na bocaentrei no quarto errado e me fudi contos de incestoxvidio gainhaminha esposa quer engravidar de um negro iiitravesti nao da pro pausudo arego xvidiocontos eroticos aluguelenfregando o pau duro na bunda dentro do onibus cheiocasa dor contos erotica corno manso fingi dormirSomente contos reais de marido chorando e ecitado que chega em casa e pega esposa trepandoContos eroticos elacareca peladacontos erotico de puta querendo rolavídeo pornô vizinha pernagrossa e setura finaxdios fudendo a irman tirrei o beib dol di vagarinhoSubrinhadabucetacreampie significadocasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetacontos eroticos guriconto porno paixao escandalosaxvideos cunhadinha nao resistiu amassagemcontos eroticos aluguelprofessora safadinhagozada nu cu qe iscorreuVidio novos noviha perdeno ucabasuo hippie me comeu contomulher evangélica sendo comida a força por 2negros super bem dotadoenpregada safada acedia filho do patrão e coloca sua filha para participar do sexo xvideocontos de corno mansoxvideo historias de sexo de mulheris jantanoscontos eroticos privateConto Meu Pequeno ,Meu Amor 1Temp. completa casadoscontosxvideos tarado olhando a enpregada so de calcinhabucetas beiçudas de sograporno cazeiro com novinhs do zp so cu pretonabuceta vcaguentar amoreu chego do meu colégio tenho 18 anos e estou louca para transar com meu tio e meu tio tá com a piroca dura e parado para responder agora e vou deixar ele gozar no meio da minha Rachinhaadorei a enconxada que ele medeu erotico aldicontos amigo tarado aposta game fui viado sexoXvideos gay enfiando abobrinha cabeçuda no cuxvideo encanador entregado velha cobradorcontos eroticos esguichadeirameucusinhocontoscomendo bucetinhas das novimha tarafinhacontos eroticos raquel e filhascontos gay afeminadosxvideo porno erotico esposa traino o marido ela dano o cuzinho americanaContos eroticos de homes da rola grande e grosa que tem tezao em cu de outros homesbensiçãoconto erótico gay fui comido no internatoxvidio mulher peidado na bokaincesto filho fudeu buceta mao de pois que pai viajo contos eroticosimpatia para virar corno mansoxmamae gostosa tarada po novinhoeu quero ver o cara tirando pirou nas pernas da mulher com short bem curtinho aparecendo a bundaxvideos cumendo a bucetinha apertada e peluda da enteada e ela chora de tao apertada que erTenho 18 Anos E Gosto Do Inteado Da Minha Tia o que faço?conto erotico de incesto estorei as praga do cuzinho da minha maecomendo a gostoza demadrgada escondido da namoradacontos eiroticos leilaporndpvaginal