De vida loca a putinha obediente 5

Um conto erótico de Fernando
Categoria: Homossexual
Data: 29/07/2017 01:33:47
Nota 9.57

Continuação

Eu estava apavorado e aquele capanga desgraçado ainda dizia pra mim isso é pra voce aprender que putinha não pode ficar bravinha. Quando Bruno chegou me agarrou e gritou comigo EU TE MANDEI TOMAR BANHO, NÃO BATER PUNHETA. Ai ele me arrastou pra o chuveiro e depois de limpar a porra daquele desgraçado, ele tirou o cinto da calça dele e começou a rimpar a minha bunda. Gritava de dor e dizia que eu não estava batendo punheta. Ele nem ligou depois abriu minha bunda e me comeu enquanto os outros homens riam. Ele gozou tanto que a porra dele escorreu pelas minhas pernas e os outros ja estavam na fila para me comer. Eles so faziam limpar a porra de seu antecessor e ja estavam me comendo. Eu fiquei paralizado de tanta raiva e humilhação. O ultimo a me comer foi o que me colocou naquela situação, o que gozou no meu pinto e chamou Bruno. Depois dele me comer ele enfiou uma ducha no meu cu pra limpar a porra e saiu um pouco de sangue tambem. Pra bagunçar comigo ele disse a princesa ta menstruada é?

Depois daquele banho horrivel, Bruno me obrigou a colocar a sonda e a gaiola peniana. Samara me ajudou a me vestir, vesti uma calcinha fio dental azul, e uma roupa de empregada e tomei mais hormonio. Chorei muito e perguntei a Samara o que ele faria comigo agora. Ela respondeu: Primeiro tu vai virar a empregada putinha dele enquanto os hormonios te tornam bem feminina, depois ele vai te por silicone nos peitos e na bunda e te mandar pra um dos puteiros dele.

Fiquei desesperado, depois de me arrumar Samara me ensinou e me ajudou a preparar a janta de Bruno e de mais uns amigos que nos aguardavam. A roupa de empregada era estremamente curta, na hora de servi los os amigos de Bruno me agarravam e passavam a mão na minha bunda e diziam que depois do jantar eu seria a sobremesa. Fiquei apavorado pedi para Samara me ajudar a fugir mas ela me disse que não havia como escapar e que daqui para frente minha vida iria de mau a pior. Depois da janta nos mau tiramos os pratos que eles usaram e eles ja vieram ME pegando, eram 5 homenzarrões pra detonar meu cuzinho, ja Samara foi logo no colo de Bruno ja que ela era so dele. Um me botou pra cavalgar no pinto dele mas depois outro subiu em cima de mim e tambem ja foi metendo e ainda veio outro por tras e os outros dois enfiaram suas picas na minha boca, havia 3 picas no meu cu e 2 na minha boca. Foi um inferno, doia muito o meu rabo e eu nem conseguia respirar direito com o peso do monstro que tava em cima de mim. Como não conseguia gritar apenas lagrimava de desespero. Quanto finalmente eles gozam, minhas pregas estão arrebentadas. Bruno para zombar de mim, vem diz o que ta sentindo, eu digo que meu cu ta ardendo em brasa. Então ele vem com uma pica de gelo enorme e enfia no meu cu. A dor é horrivel sinto aquilo gelando por dentro de mim. Bruno manda eu me vestir (com o gelo em forma de pica ainda no meu cu) e ir com Samara lavar louça, tenho dificuldades para ficar de pe e para andar. Na cozinha, Samara me explica que o gelo vai deixar meu cu apertadinho de novo rapidamente. Depois de lavar louça vou dormir em uma caixa de papelão (que ja é melhor que a gaiola) com o gelo derretendo no meu cuzinho. Acordo com Bruno me chamando e me dizendo para eu acordar para eu ir numa clinica para colocar os silicones. Me desespero digo que não quero colocar silicone, começo a gritar e a me esperniar mas ele me agarra e da uma surra de cinto na bunda (que humilhação para um homem). Depois ele me põe num carro e me leva para a clinica, no caminho eu choro e imploro para ele não fazer isso comigo. Ele manda eu ficar quieta senão eu iria apanhar mais e ele tambem iria mandar tirar o meu pinto. Mesmo com medo e desesperado me controlo pois não queria perder meu penis. Quando eles colocam os silicones e eu acordo e me vejo no espelho começo a chorar desesperadamente, sentia uma agonia enorme preso num corpo que eu não queria. Fico internada 2 meses naquela clinica, queria sair dali mas sentia que minha vida estava acabada. Dia apos dia ficava mais feminina e meu penis cada vez menor e atrofiado. Durante esses 2 meses tentei ficar sem comer (e me matar inanisão)mas no final eu cedia e acabava comendo o que me davam e mesmo me injetavam soro, eu não podia reagir pois ficava amarrado o tempo todo. Bruno vinha todos os dias soltava meu penis para mostrar para mim e ficar roçando o penis dele em cima do meu para mostrar a sua superioridade.

Ao final dos 2 meses, Bruno foi la me soltar e disse Hoje é seu grande dia. E tirou da clinica e me levou ate um dos puteiros dele. La ele me entregou para Amanda que era a cafetina de la. Eu fui para um quarto onde estavam as outras travestis (todas ex-criminosas ou inimigas de Bruno) nosso quarto era horrivel sujo e mal ventilado, so havia um banheiro, Amanda e os segurança eram horriveis com a gente, ja as outras putas (mulheres de verdade) eram muito bem tratadas.

Continua


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive Leonardo 02 a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
23/06/2018 08:37:57
Nossa que pesadelo esse cara tá vivendo, coitado
01/09/2017 18:29:25
Meio angustiante... mas ainda aguardando a continuação... muito bom. 10!
01/08/2017 22:02:24
AMANDOOOO, CONTINUA. NAO DESISTA. NAO PARA VIADOOOOOO
01/08/2017 15:07:34
Otimo
29/07/2017 19:32:49
pesado e diferente, mas curioso
29/07/2017 15:44:53
top demais
29/07/2017 11:47:47
Hmmmm! Não suma!
29/07/2017 01:35:09
Desculpem a demora gente não se esqueçam de votarem e comentarem


porno. filio vou. xoramulher meteno com o rapas vnamorada gostosamulher danto o cu pra um homecom o ppu mais grante do mintochupano ateta dela ela fodendo com tesaomãe da minha mulher me mostranndo o pentelho me provocandocontos eroticos Sentando no colo do papai de fio dental ain papai quero da pra vcFiz sexo com meu profeasminha mulher fodemdo com e olhando para mim com cara de safada gemendo gritando e chamando dizendo ta bom corno corninho ta vendo tua mulher semdo comida fudidacontos eroticos safados de professoras madurasgravida com a buceta gosmentacontos eroticos encurraladofilhos afuder e agosar na vagina das maes rabudas xvidios compunhetabr.vai lamulequinhos punetandocontos de homens que gostam de chupar peitossexo contos eroticos corno e esposa levo rola preta donegrosexo surpresa rapaz ch3ga pra conserta a pia e rola chupada na xota hafodendo pornodoido a menina de ancas e cintura finaContos eroticos comeram o bundao das gordas crentesporno de joelvemna chacara o cazeiro comeu minha mulher e minha filha conto eroticocontos eróticos ônibusestrupo de vuneravel pornocontos eroticos de lua de melconto eurotico academia com o menino bundudoanal brasileiro. uncesto irmao. comendo. ocu da irma. ela dizendo .que doi muitodona sia cazarao xvideisXxxvideo pai com filha novinha ele n resiste e mete piça nelamorena dando uma gozada grande de vua cala pra simaconto erótico paciente lactantedormino de vistido gostosoContos gay me iludiu e me comeuiniciou programa travesti cuzinhowww.sexo tia ver o sobrinho batendo poilheta e da para ele.com.brabaixar vídeos de sexo na noite de núpciasincesto verdadeiro tabuporno socorro meu genro fode malelacareca contos eroticos de mullheres carecasWww.bundudinhanovinha.comXxvideosVizinha gostosa de shortinhocasada coroa video fotocorno secretovídeo Black negro pirocundoscontos real esposa no banheiro masculinopono conta erotica de estrupando o tio geyconto nora chupando bucetad sografiui porno gozada dentro sequiso roti so buceta grandequero ver filme pornô com mulher morena de 20 anos dando o cu de bruço fechacemtou xvideo. caserío puxou pro ladofotos de mulher lefa e que aquenta fuder com pic grande da cabeca grossa e a mulher peituda e deramando leitenovinha da loja um e noventa e nove mostrando a bucetacontos incesto mae gts THeo eTonnyimplorei para ser cornocontos eróticos Esposa e uma proposta indecente novinha no primeiro anal estranhando o c****** bem dotadosnovinha com sabonete batendo uma no chuveiropra um homemdwu sonifero pra comer a netinhacontos de crossdresser forçadovizinho punheteiroxporno novinhas fugimdo de roludos brutochupei meu paifoto de uma buceta nasendo os cabelos quando depila de estojoconto erótico isentoContos de mulheres que foran estrupadas e se apaixonaranPapai vio eu de sainha sem calsinha fes eu senta en seu colo pal fora da bermuda semtei gostei dei ate meu cu po meu pai contosporno mexeu quadril na piroca do magrelocontos eiroticos leilaporncontos eroticos malv comendo as interesseiracunhada mamou gistososiririca em horas inoportunasxvideos cazero.chuponas. coroa. sebosacontos eroticos feminizaçao do garotinho maevidios de homes levam amigos para tranzarem com as esposas