PRIMO MAIS VELHO DO AMIGO (2)

Um conto erótico de Dan_emin
Categoria: Homossexual
Data: 29/05/2016 10:32:02
Nota 9.90

Pra quem não leu, recomendo ler o primeiro conto.

... Fui embora da casa de Lucas aquele dia me sentindo completo como nunca pela primeira vez na vida. Foi contra vontade que me despedi dele no portão. Cheguei em casa e já estava querendo voltar de novo pra ficar com ele...era minha primeira “paixonite” pelo que me lembrava.

Passei o resto do dia aéreo lembrando de cada detalhe da nossa transa e rindo feliz. Quando fui dormir já estava torcendo pra noite passar logo pra poder ir ver ele de novo no outro dia.

Bati no portão da casa do Lucas e até me surpreendi por ver que o Diego que abriu. Tentei disfarçar a decepção e fui entrando como sempre pra casa do Diego. Ficamos lá como sempre e eu esperando o Lucas chegar como sempre fazia, mas ele não apareceu

- O Lucas não tá aí? – eu perguntei pro Diego tentando parecer desinteressado

- Tá não, saiu cedo não sei pra onde.

Lucas não apareceu mais o resto do dia e, por uma série de adventos, só fui conseguir encontrar ele uma semana depois. Encontramos na casa de Diego como sempre, mas não conseguia esquivar do Diego nem um minuto pra ficar a sós com ele...e o Lucas também parecia não se esforçar nada para isso.

Quando fui embora me abaixei perto dele e falei para ir no terreiro. Fiquei lá esperando próximo a casa dele para o Diego não ver que eu ainda não tinha ido embora.

- O que houve Lucas, você tá estranho depois de tudo que aconteceu

- Qual é Dan? Estou te tratando como sempre..você não achou que ia mudar alguma coisa né?

- Não, não imaginei nada – falei aquilo me controlando..ainda meio embargado e ele voltou andando para casa do Diego

Saí andando rápido querendo ir o mais longe possível dali e acabei trombando no pai do Lucas que tinha acabado de sair de casa. Pedi desculpas e fiquei preocupado imaginando se ele tivesse ouvido alguma coisa

- Tá tudo bem, Dan?

- Tá sim Sr Alexandre

- Para de Sr que não sou tão velho, pode me chamar de Alex

- Blz, Alex – eu falei esboçando um sorriso – agora tenho q ir pra casa...tenho que arrumar algumas coisas antes da minha mãe chegar do serviço.

Fui embora e passei o resto do dia pensando em como tinha sido idiota esperando alguma coisa do Lucas. No final, ele tinha feito comigo igualzinho o Diego falou que ele fazia com todos. A minha irritação durou até o dia seguinte quando não agüentando mais ficar longe dele acabei indo de novo para conversar melhor e ver como ficaríamos...queria muito sentir ele de novo.

Bati no portão e ninguém abriu, foi então que reparei que o portão estava só encostado e fui entrando. A casa do Diego parecia estar vazia, voltei-me então para casa do Lucas e vi uma cena que acabou de me derrubar de vez.

Lucas estava com a pica atolada num garoto meio afeminado do bairro. O carinha gemia choroso, adorando ser possuído pelo machinho da mesma forma que ele tinha feito comigo uma semana atrás.

Eu fiquei congelado na posição assistindo aquela cena até voltar pra realidade e ver que tinha que sair logo dali, quando abri o portão acabei e fui sair acabei trombando de novo com o Sr. Alex, que estava chegando.

- Ei, calma Dan...o que houve – ele falou me segurando pelos ombros

Como não respondi nada ele olhou em direção a casa dele e pareceu entender tudo

- Acho que já sei...vamos vou te levar em casa, você não pode ir embora sozinho assim

Fomos pra minha casa...eu sem consegui falar nada...não consegui nem recusar a oferta dele. Entrei e fiquei agradecido por minha mãe não estar em casa, seria péssimo ter que disfarçar alguma coisa.

Sentei em um sofá ainda sem olhar direito pro sr Alex e ele sentou no sofá de frente o meu.

- Eu já imagino o que aconteceu, Dan...eu sei o que meu filho faz e não recrimino, afinal não devo me meter nas experiências dele...olha, eu não acho certo ele ter tratado você assim, mas você não deve se abater por isso

- É...acho que confundi tudo...ele só queria tirar minha virgindade e agora eu não tenho mais o que atrai esses caras

- Que isso, você continua atraente como sempre....é coisa de garoto que ainda não sabe o que quer...tem muitos outros caras por ai...você não deve se sentir menos por isso

- Mas eu continuo querendo o Lucas, acho que estou apaixonado..ou estava agora não sei de mais nada

- Isso é porque você só teve experiência com ele...mas quando você experimentar outros homens vai ver que isso que está passando agora não é nada demais e você está supervalorizando ele – Sr Alex falou aquilo e começou a acariciar a rola por cima da calça. Será que era loucura minha ou ele estava se insinuando pra mim

- Sr Alex... – eu comecei a falar, mas ele me interrompeu lenvantando e vindo sentar junto do meu lado e foi impossível não notar que já havia um volume crescendo.

- Eu já falei pra me chamar de Alex...

- Tá bom, Alex...eu agradeço a companhia, mas...- ele de novo interrompeu levando um dedo até meus lábios indicando pra eu não falar mais nada

- A melhor forma de você esquecer o Lucas é provando outro homem...aí você vai ver que você está só engrandecendo demais essa situação toda...

Eu não sabia o que responder... Alex me olhava bem diretamente, uma mão já acariciando meu braço que tremia e agora pela primeira vez eu começava a reparar nele com atenção.

Alex tinha um corpo e pele bem parecida com Lucas, só que mais desenvolvido e ao contrario do filho parecia ter pelos pelo corpo todo. Era alto, peito largo, braços e pernas grandes naturalmente musculosos, pelos aparecendo pela gola da camisa, boca carnuda e os olhos brilhando pra mim.

Confesso que por estar me sentindo até alguns minutos atrás o cara mais insignificante do mundo depois de ser desprezado pelo Lucas, ter aquele homem extremamente sensual e experiente me querendo me fez sentir mais calmo e leve novamente.

Diante da minha total perplexidade pelo que estava acontecendo Alex aproveitou e veio pra cima de mim me dando um beijo suave, parecia que estava tudo passando em câmera lenta. A barba dele por fazer, o corpo bem mais desenvolvido e as mãos alisando e puxando meu corpo pra mais perto do dele me fizeram esquecer de tudo.

Pouco a pouco ele foi reclinando o corpo sobre o meu, e eu fiquei ali embaixo dele no sofá num beijo ardente, sentindo o corpo dele pesando sobre o meu.

Ficamos naquele sarro e quando vi já estava com a mão por baixo da camisa dele sentindo o peito peludo e musculoso dele... fui descendo minha mão pela barriga até pegar no volume por cima da calça.

Alex me puxou pra sentar no colo dele...levantou minha camisa tirando pela minha cabeça e começou a lamber meus mamilos...o volume do pau dele pressionando minha bunda..me causando arrepios e gemidos.

- Quero sentir seu peito peludo no meu – eu falei cheio de tesão doido pra experimentar aquela nova sensação

Ele riu tirando a camisa e me puxando pra um abraço, a língua procurando meu pescoço orelha.

- Deixa eu ser seu macho, deixa gostosinho – ele falou aquilo susurrando no meu ouvido e senti meu cuzinho contrair de tesão.

- ahh sim...quero ser todo seu Alex

Ele então me colocou deitado no sofá e aproveitou para acabar de tirar minha roupa me deixando peladinho. Ele ficou me olhando cheio de tesão enquanto tirava sua roupa também e falava o quanto eu era gostoso.

Quando ele tirou a cueca meu tesão duplicou. O pau dele era ainda mais gostoso que o do Lucas, cercado por pentelhos bem aparados e um saco volumoso certamente cheio de leite. Nessa hora que percebi o quanto eu queria sentir de novo o gosto de uma rola... me sentei no sofá e sem falar mais nada peguei a rola dele com uma mão e coloquei tudo que consegui na boca, mamando com muita vontade.

Alex soltava gemidos baixos enquanto segurava de leve meu cabelo. Ele então colocou um dos pés no sofá facilitando mais meu acesso pro seu saco pesado. Atendi ao recado e comecei a lamber e sugar as bolas arrancando gemidos grossos dele.

- Isso, que boquinha...assim vai...lambe, sente cheiro do meu saco – ele falava batendo uma punheta com o pau sobre meu rosto enquanto eu estava com o rosto no seu saco cheirando, lambendo e sugando as bolas – agora mama mais vem – e ele socou de novo o pauzão na minha boca dessa vez bombando como se estivesse comendo ela até me fazer engasgar

Ele, então, tirou o pau da minha boca e já me virou de bruços meio abrupto, me dando um tapa na bunda que me fez dar uma contraída e já foi abrindo minha bundinha com as duas mãos e caindo de língua no meu cuzinho.

A barba dele arranhando me deixada louco e logo eu estava gemendo com aquele macho atrás de mim, linguando meu cuzinho, dando tapas e falando pra eu piscar pra ele... logo vieram um, dois, trÊs dedos alargando meu cuzinho

- Aperta meus dedos com o cuzinho, vai gostoso- ele falou aquilo com trÊs dedos atolados dentro de mim me dando um tapa na bunda.

Senti ele pincelando o pauzão no meu cuzinho, mas fiquei assustado. O pau dele era maior ainda que o Lucas não conseguiria dar assim sem nada.

- Ai Alex, tem que por um lubrificante...não vou dar conta

- Onde é o banheiro? – ele perguntou e quando indiquei saiu e voltou em seguida com um gel de cabelo na mão. Ele parecia estar doido pra entrar logo no meu cuzinho. Untou bem meu cuzinho de gel e espalhou pelo pau dele se posicionando de novo sobre mim.

Senti a cabeçona pressionando e tentei relaxar o máximo...queria muito sentir ele dentro de mim. A preparação que ele fez antes ajudou bastante e logo sentir a cabeça rompendo meu anelzinho acompanhado por um gemido de tesao de Alex

- Ahhh...que delicia de cuzinho...aperta minha rola vai – ele falou aquilo dando um tapinha na minha bunda com a cabeça da rola enfiada no meu cuzinho

Senti Alex empurrando a rola toda pra dentro do meu cuzinho até que o saco encostou no meu. Meu cuzinho parecia estar esticado ao máximo, mas agüentei tudo sem reclamar estava muito bom sentir aquele macho todo pra mim.

- Tá tudo dentro de você agora, gostosinho...sente – ele falava aquilo forçando pra entrar mais ainda em mim

Alex começou a bombar bem devagarzinho no meu cuzinho me arrancando gemidos e foi bombando cada vez mais forte... por fim suas coxas já estavam fazendo barulho batendo contra minha bunda. Ele me pressionava contra o sofá apoiando seu peso nas minhas costas.

Estava muito gostoso o pau dele entrando fundo no meu cuzinho naquela posição, mas eu queria ter uma visão dele melhor me pegando. Falei isso pra ele que saiu de mim e foi me puxando até uma parede onde tinha um espelho de corpo inteiro. Alex colocou um puff em frente e mandou ficar de quatro com as mãos apoidadas na parede ao lado do espelho...

Acho que nesse dia que percebi o quanto gosto de me assistir sendo comido. Ver aquele homem grande e peludo atrás de mim, batendo punheta no seu pauzão olhando cheio de desejo pro meu cuzinho estava me deixando louco. Ele ficou um tempo só admirando meu cuzinho recém arrombado, abria, cuspia, enfiava dois dedos nele, me dava tapas na bundinha falando que meu cuzinho era gostoso.

Alex, então, se posicionou atrás de mim e socou o pau de novo de uma vez, me arrancando um gemido de dor e prazer. Agora que meu cuzinho já estava alargado ele socou o pau bombando forte, até forçando meu corpo pra frente...para me segurar ele ficou me segurando pelos ombros enquanto sua rola entrava e saía de mim fazendo barulho.

Perdi-me olhando o corpo de Alex atrás do meu pelo espelho. O contraste me enchia de tesão, eu ainda com o corpo todo liso, pele branca até delicada e ele com o corpo já de homem bem desenvolvido, pelos descendo pelo peito, barriga...o pau dele agora oculto dentro da minha bundinha enquanto as coxas viris apareciam em torno da minha bundinha se chocando contra ela com força a cada bombada...

Subi de novo o olhar até encontrar os olhos dele que estavam fixos me observando.

- Você é muito gostoso – foi tudo que consegui dizer

Ele então puxou meu tronco e virou meu rosto pra trás me beijando gostoso sem tirar o pau do meu cuzinho, o peito dele esfregando nas minhas costas.

Ele então me forçou pra abaixar as costas novamente e empinar a bundinha. Continuou bombando no meu cuzinho dando tapas de vez em quando e parando falando para que eu rebolasse no pau dele e fizesse o trabalho um pouco indo e vindo no pauzão dele. O tempo todo ficávamos nos olhando e nem precisamos falar muito pra saber o quanto um desejava o outro e o quanto estava gostoso.

Eu já não estava agüentando de tesão e comecei a bater uma punheta com Alex engatado em mim. Comecei a gemer mais e Alex percebeu que eu estava pra gozar

Ele então me pegou no colo e voltou para o sofá, me colocando sentado de costas pra ele sobre seu pauzão...o peito dele nas minhas costas... agora parecia que eu sentia corpo dele todo roçando atrás do meu.

Alex continuava a se movimentar dentro de mim, raspando sua barba nas minhas costas e pescoço, as mãos me alisando, apertando minha bundinha, me ajudando a subir e descer no pau dele. Alex gemia também denunciando que o gozo se aproximava.

Era muito estímulo para mim, não agüentei e comecei a gemer mais alto sentindo os primeiros espasmos de um gozo forte que me fez até perder a força nas pernas caindo no colo de Alex, que se movimentou mais um pouco dentro de mim atingindo o clímax com um gemido gutural e enchendo meu cuzinho de leite.

Não tinha nem forças pra sair do colo de Alex. Ficamos naquela posição mais uns dois minutos, Alex alisando meu corpo e me dando beijinhos sem dizer nada, mas eu sabia que com esse gesto ele estava agradecendo pelo prazer proporcionado.

Ele então me tirou de cima com carinho desencaixando o pau de dentro de mim e me colocando deitado de frente no seu colo. Ele acariciava meu rosto me olhando e então se abaixou para me dar um beijo carinhoso... estava muito gostoso ficar ali nos braços dele.

- Eu quero você pra mim, Dan...sempre – Alex falou me olhando bem nos olhos – Quero te dar muito prazer e ter também com você.

- Eu também gostei muito, espero fazermos mais – falei isso e um tom de voz deixou transparecer o que estava pensando...será que ele vai fazer o mesmo que Lucas?

- É lógico que vamos... vou ser seu professor de sexo.. – ele falou aquilo rindo- vamos ser amigos e parceiros de foda...você quer?

- Quero... quero aprender tudo com você...

Alex riu satisfeito e ficamos ali no sofá mais uns minutos. Tomamos banho juntos e eu fiz um lanche pra nós. Depois ele teve que ir embora porque minha mãe não demoraria muito a chegar.

Quando ele foi embora fiquei pensando em como eu tinha começado o dia e como estava me sentindo agora. Realmente, Alex tinha razão...eu estava engrandecendo demais a situação com Lucas. Minha relação com Alex essa tarde abriu pra mim uma nova idéia que ainda não cogitava: o sexo como fonte de prazer não necessariamente ligado a um romance, mas a uma cumplicidade e confiança entre duas pessoas.

Era isso que eu queria de agora pra frente e não via a hora de começar a aprender tudo que ele tinha pra me ensinar.


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive Dan_emin a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
24/04/2020 11:45:03
Massa
25/11/2018 00:50:51
showwwww
05/11/2018 08:39:21
muito bom
10/09/2018 20:03:08
CONTA O QUE MAIS ACONTECEU!! 10
06/05/2017 19:41:04
O PAI SABE DAS ARTIMANHAS DO FILHO. SERÁ QUE O FILHO FAZ O QUE O PAI ENSINOU? SE LUCAS É ASSIMÉ PORQUE O PAI ENSINOU. ENTÃO ALEX VAI FAZER IGUAL E VAI T DECEPCIONAR TB. VAI T USAR E DESCARTAR.
29/05/2016 15:58:09
Quero continuação!
29/05/2016 15:25:10
Show de bola!
29/05/2016 13:53:44
Olha, está bom sim, mas eu não gostei dessa parte não. Pra mim, estragou a primeira parte. Achei a outra tão lindinha...
29/05/2016 12:46:01
Conta mais...
29/05/2016 11:42:41
Conta mais...
29/05/2016 11:32:50
Showww

Online porn video at mobile phone


abaixa video porno no xvideo magrinho cumendo a mae do seu amigowww.xvedeo so gozadaia mais gotosafotos de bundas bonziadas nuasxvidio.novinhas do cuzinho apertado resebendo pika cabesudacorno amarrado venu sua mulhe estrupada pono doidoseduzida por um estranho contos pornomulherese vulcão doida pra meter com um taradaoxxvideomae deita sem calcinha na cama com o filho e ele come sua bucetapaguei mas gozei gostoso na filha evangelica da empregada minha contoscontos de podolatria chuléCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro autor eduardocontos eróticos de esposinha putinha fazendo dp com vibrador interracialcontos eiroticos leilaporncontos eroticos comi a bundinha da menininha do balenivinhas bebê tambem da cu vidiofilme porno no iotube com mae e filia transando junto gratisGulosa xsvidioxvideo homem esperimentamdo mamar o pau de outroContos eróticos gay comi meu tiocontos confiei que era so a cabecinha analvideotiafodenoRelato enrabada por um cavalo bem dotado zoofiliagostosa dançando fak pelada se es fretado uma na outra fudenoNuas mamar maeputascontos eroticos estuprada pelo gariotoza dadarebolando com a bundinha bem sensual Zinha só de calcinha rebolando rebolando bem devagarzinhoXVídeos homem machucando mulher com uma pinçacontos eiroticos leilapornfilha puta aretando o pai saia curta sem calcinha/texto/201109691os videos de sexo os lolitos da picaocontos eróticos de incesto mamae muito carente dengosacuiadia de xortiu d dormi d regataenteada madura mamou rola do padrasto contosxxvideos vídeos porno doido entre cunhadasogra gg chama cheiro para sexo anal pedro da filhavidios oque casadas safadas fasem de gostoso de supresa pro maridocontos eiroticos leilapornconto esposa com sobrinhoBaixa grátis pornô zoofi!ia.comconto erotico a patroa parte ll lesbicaxvdio so navinhazoofilia homem fode potra recém nascidacontos de cornos com tio velho pauzudo e comedor super canalha rxvideos de tia chupano o pau do subrinho sem eli sabecontos gay novinho e belmiro continuacaoEncoxada no riquinho no onibusxvideo gorda cheio de calombo afilme porno.gay transado.com o padastro.com a mae dormindo mundo bichaxvideo pai italiano comendo o cuzinho da sua filhinha italianinha escondidonegro favelado em zdconto de incesto mae mulata de babydollconto eu sou um putinho do titiocontos eroticos feita de cadela pelo pai a forçadopou a mãe c. eroticosaiti porno japobeiscoroâs xvideòs boquetes çasadasporno doido homem com cacete duro basta encostalaTia rita coroa gozandocheguei de surpreza e tomei banho com a titia safadaMinha esposa quer um menino pra fudela casadoscontostiara do cu ta doendo pornofudendo a ledinha relatosContoseroticos minha esposa e seu vibradorMarido faz minete na Esposa até se virporno comendo em dois e explodindo cu ea buceta da novinha atéh ela cagarhomem come baitola com paudurocontos virgem amassosnovinha deixando esperma escorer da boceta debrucoxxx vídeo Pai percebe qui sua filha ta virando mulher e sente vontade de comer -youtube -site:youtube.comminha nascendo os peitinho com ponta roliça e mostrando XVídeosContos Erotico Fui morar com minha irmã meu cunhado me comeuconto gay "respeitar teu macho"se eu tava afim de cozinha da minha cunhada mais nova aos berros XVídeosxsvideo caronasminha esposa tomando porra e me beijando pornodoidoContos erticos de gang bang gang bang com os pauzudos no ponto do onibusxupado o cu da maexvideo arrombando o cuzinho preto nao pagou o aluguel levou rola no cuconto gay Jorge O afilhado do meu pai do pinto grossosexo fortepai rasgando filha negaoconto erotico huntergirls71