A babá do meu irmão também cuida de mim

Um conto erótico de Gabriel
Categoria: Heterossexual
Data: 16/11/2013 18:01:31

Me chamo Gabriel. Tenho 17 anos. Faço academia a alguns anos, não sou bombado, mas sou bem forte, chamo bastante atenção das garotas, tenho olhos claros, cabelo preto curto e sou bem branquinho, nunca fui do tipo pegador. Minha mãe é dona de uma loja, então fica a maior parte do tempo fora, sai de manhã e só volta no final de tarde. Tenho um irmão de 3 anos, Caique, que fica das 1 da tarde ás 4:30 na escola e Fernanda. Fernanda é uma moreninha gostosa que começou a cuidar do meu irmão a uns 3 meses, enquanto meu irmão fica na escola, ela cuida da casa. Ela deve ter uns 18 anos, mas tem carinha de 16, um corpo escultural, olhos claros lindos e um jeitinho inocente que me fez ficar apaixonado.

Cheguei da escola 1 hora, Ninguém estava em casa, provavelmente Fernanda voltaria daqui uns 30 minutos pra arrumar a casa. Eu gostava da sua companhia, gostava muito mesmo. Antes dela olhar meu irmão, vivia sozinho a tarde toda, era bom ter alguém para jogar conversa fora, mas ela não ligava muito pra mim, as vezes me parecia até que ela ficava envergonhada de falar comigo.

Tomei um banho, vesti uma calça de moletom cinza e continuei sem camisa, estava bem confortável. Fui pra sala assistir qualquer coisa na teve, estava morto de tédio.

-Oi. -Disse com uma voz tímida. Fernanda avia acabado de chegar, ela usava uma calça legging clara, deixando a calcinha a mostra e uma blusa regata curtinha.

-Oi Fernanda! -Dei um sorriso, o que fez ela corar. -Senta aqui pra assistir TV comigo.

-Outra hora, vou arrumar a cozinha agora. -ela colocou algumas sacolas da mesinha e foi pra cozinha.

Nunca entendi o problema que ela tinha comigo. Sempre me perguntei se um fazia papel de babaca na frente dela. Mesmo assim, sempre que tentava puxar assunto, ou convida-la para fazer qualquer tipo de coisa, até mesmo sentar pra assistir tv, ela me dava alguma desculpa, isso acabava com meu dia! Queria poder conhecer ela melhor, ela parecia ser uma garota bacana, mas sou azarento demais nessas coisas.

Já estava cansado de ser desprezado. Segui ela até a cozinha.

-Você tem medo de mim ou eu sou muito babaca mesmo? -Ela se virou assutada, provavelmente achando que eu pirei.

-O que? -Então ela começou a se irritar. -Eu só não quero perder meu emprego, entende? Eu tô aqui pra cuidar do seu irmão e eu não posso correr o risco de gostar de você! Você é um garoto perfeito, eu tenho certeza de que eu me apai... -Ela percebeu o que estava falando. -Desculpa... E..Eu não quis disser isso, juro!

Levei um tempo para processar tudo o que ela disse. O que isso significa? Ela pode sentir alguma coisa por mim ou ela já sente? Seja o que for, gostei de ouvir isso. Cheguei mais perto dela, ela ficou ainda mais vermelha.

-Ok, mas não me despreza assim, por favor. Só queria... Te conhecer melhor, de verdade, quero muito. Você não vai ser demitida só por ser legal comigo. -Dei um meio sorriso, com cara de pidão, estava torcendo para dar certo. -Pode ser?

Ela hesitou um pouco, mas acabou concordando. Estava feliz por sabor o motivo dela ficar tão sem graça perto de mim, era por que ela queria estar perto de mim. Convidei Fernanda para assistir um filme comigo, no meu quarto. A principio ela não gostou muito da ideia, mas acabou concordando.

Coloquei o filme. Ela estava sentada na cama, com o travesseiro em cima das pernas. A blusinha que estava usando era super decotada e os cabelos longos e escuros caiam até a cintura. Me sentei tirei uma mecha de cabelo do seu rosto.

-Você é linda sabia? -Tirei o travesseiro do seu colo alisei sua perna com uma das mãos.

- Obr...Obrigada. -Ela estava morrendo de vergonha. Os biquinhos dos seus peitos ficaram duros. -Você... Também é.

Agarrei seu cintura e a puxei pra mais perto. Fernanda ficou sem reação, estava tentando protestar, mas algo não deixou.

-É uma pena ter uma gostosa do meu lado, -me inclinei e sussurrei no seu ouvido. -e perder tempo assistindo filme.

Ela se virou e sentou no meu colo. Me assustei. Para uma garota tímida, ela estava bem determinada do que estava fazendo. Me deu um sorrisinho safado e me beijou. O beijo começou carinho, e o tesão foi crescendo cada vem mais. Meu pau estava super duro. Ela esfregava em cima do meu colo, passando a bucetinha do meu pau por cima do pano.

-Então, não vamos perder tempo assistindo filme. -Ela disse com uma voz de inocente, me deixando ainda mais exitado. -Acho melhor eu cuidar um pouquinho de você.

Ela me deitou na cama e foi descendo, beijando meu pescoço e depois barriga. Empurrou apenas um um pouco minha calça e me lambeu, me arrepie e meu pau pulsou na calça.

Ela então começou a soltar o cordão da calça de moletom, bem devagar, só para me provocar. Quando terminou me deu um risinho malicioso e tirou minha calça. Ela passava a linguá por cima da cueca e meu pau pulsava a cada lambida.

-Vem cá gata! -Me levantei e peguei ela no colo. -Agora me deixa cuidar de você.

Joguei Fernanda na cama, ela soltou gemido e me observou com uma cara maliciosa .

-O que você quer fazer comigo, heim? -Ela colocou o dedo na boca e abriu as pernas. -Pode me judiar!

Me ajoelhei na sua frente e tirei sua calça. Em seguida sua blusa e abri o sutiã. Me deitei em cima dela e comecei a beija-lá com muita tesão enquanto esfregava meu pau daquela buceta deliciosa. Ela gemia e me aranhava a cada esfregar. Beijei seu pescoço e comecei a dar a atenção merecida aqueles peitos perfeitos, lambia e chupava de leve, ela se masturbava com uma das mãos e acariciava meu cabelo com a outra. Lambi sua barriga e cheguei na sua bucetinha deliciosa. Puxei a calcinha um pouco para o lado, ela estava molhada de mais! Lambi a parte interna da coxa e sua virilha, ela já estava quase implorando, quando decidi para com a tortura. Enfiava a linguá na sua buceta e lambia clitóris, chupava de leve e enfiava o dedo enquanto fazia, ela gemia e me fazia pedidos.

Me ajoelhei e tirei sua calcinha. Abaixei minha cueca e tirei meu pau, que já latejava. Deitei em cima dela, me apoiando no cotovelo e com uma das mãos comecei a esfregar a cabeça do meu pau naquela rachinha ensopada.

-Começa devagar. -Sua voz estava tomada pelo tesão. -Faz tempo que faço, está apertadinha.

Forcei meu pau, ela gemeu e passou as pernas pela minha cintura e me forçou para ir mais fundo. Comecei metendo devagar. Sentia sua bucetinha apertada pressionando meu pau. Ela gemia e me beijava. Comecei a meter cada vez mais rápido e mais forte, os gemidos se transformaram quase em gritos de tesão. Então meti bem forte e fundo, quase avia gozado. A peguei pela cintura e coloquei Fernanda em cima de mim. Eu iria continuar metendo, mas ela começou a cavalgar no meu pau, movendo rápido a cintura, fazendo meu pau então bem fundo naquela buceta deliciosa. Não aguentava mais. Comecei a gemer, segurei sua cintura bem forte.

-Isso Gostoso! -Ela continuava a meter. -Goza na minha bucetinha! Me enche com a sua porra!

Gozei. Fiz exatamente o que ela me pediu. Fernanada se abaixou e me beijou carinhosamente. Bagunçou meus cabelos e me deu um beijo na bochecha.

-Vou buscar seu irmão. -Se levantou e vestiu as roupas rapidamente. Me deu mais um beijo na bochecha e saiu fechando a porta.

Continuei deitado na cama pesando naquela transa perfeita, e a impressão de que eu avia esquecido alguma coisa tomou conta de mim, me esforcei um pouco e consegui lembrar... DROGA, ESQUECI DA CAMISINHA!

...


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive BubuAzevedo a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
08/05/2014 14:55:37
Muito manmjado mesmo... tão tímida e tão assanhada... já na primeira...
06/04/2014 22:18:28
17/11/2013 22:28:05
Mano, bom conto, mas não é seu primeiro. O lance da baba é meio manjado, corrija uns lances na escrita. Desenvolva o texto, ficará bem melhor.
17/11/2013 19:44:20
Achei seu conto muito bom e adoraria poder ser tratado tbm pela babá do seu irmão e se possível gosar no cuzinho dela.


contospono de insetossafada fode com mefingo q bate na portapapai da pica grossa tirou meu cabacinho e eu gozei gostosocolo no cu comfoça e choroutaubateana xvideosxvideos predeiro comen patroanovinha aguentar pau mostro kid bengala esfola bucetinha novinha xvidio zoolofia xvidioconto erótico vó e seu netinhonovinho de curitiba gosando na cara no xisvidiocontos de podolatria scarpinpornoirado.com / casada gritou na rola monstromasturbação anal masculinavovo sonda a neta no banheiro e fode sua buceta a forca sem ela querer pornocontos eroticos dei o cu pro negaomãe bem velha tropa do com filho sexo incesto contos vídeos todos novoscontos eroticos aluguelcomendo o primo a foçaxvideosdei o cu e a buceta pro meu primo e me arrependifiume porno minha cunhada e crenti eqe traza comigoSo mete movimha na pica duraconto erotico enteada safada assediando"mulher que eu amo" casadoscontos.com.brContos deele examinaram minha xxoxtaminha vizinha puta contocontos eiroticos leilapornincesto com meu vô contoseu nunca eu tinha fundido o cu virgem da minha esposa eu fundendo sua buceta ela gozo ela ficou de quatro eu comecei a fuder sua buceta ela gozo eu meti minha língua no seu cu virgem ela ficou excitada ela disse pra mim eu quero dar meu cu virgem pra você conto eróticofotos de bucetas do faisaocontos eroticos proibidos menininhacontos eróticos engravideiboquete bengala cabeçudo no buracoa vida de um mauricinho apaixonadoputa no hoteldo bucetao loca de tesaocontos gay pai e filhovideos longo/penis monstro negros gosando dentro do cu do viadinho branquinhoo gay mundo bichacontos aiiiii hum aiaiacasa dos contos meu cachorro comeu minha maeAs Panteras pornô padrasto fode enteadqeconto erótico assim nasce uma travesticontos eiroticos leilapornpai picudo comendo filha em Belémxnxxx ,com porno com homem velho fazendo norvinha chupa picaporno.padrasto.esculacha.panteras.xxcunhdo leva mulher do irmao pra viajar de moto conto eroticoconto dei a brexinhaConto porno apanhei de cinto na bundanovia comesando a nasce pelo na buceta etocando siririca pela primeira vezXVídeos mama brusquetameu avô estorou meu cabacinhocontos eroticos seminaristaContos meu amigo borrou a cueca delexvideos porno travesti batendo punheta com uma serpente enfiada no cupauzudo arregaçou meu cu contos eroticoscrente safada contoscabecudo guspinno porraxvidio confio no amigobolinei empe a faxineiraxxvvideos cavala branca consolopai pausudo fudeno o cusinho da filhacomo virei cornobaixar xvideos page roludo viu a irma dormindo de mini saia e nao resistilxvidegostoshopxvodeospai xega do servico cansado e ve sua filha dormino e fode ela pornoxvidiomulheres do olho puxadovideo encinandOo pula de cabeça nu riuO jenro na ponheta na tencao de sogra e chama de gostosa xnxx.comNovosfiumepornovidio caseiro brasileiro rapais cheio de tesao pega sua cunhada resem casada so de calsinha na cosinha e mete a pikperdendo as prega saindo bosta caseiroyoutubebucetad