Minha primeira enrabada

Um conto erótico de Carol
Categoria: Heterossexual
Data: 25/05/2004 08:36:48
Assuntos: Heterossexual

Meu nome é Carol e o que vou contar aconteceu a mais de 20 anos atrás, naquela época eu era noiva (vamos chamá-lo de Otávio) e fomos passar uns dias na casa de uma tia dele no interior do Paraná.

Chegando lá fomos muitos bem recebidos pela tia dele e pelo tio e com o tempo conheci toda sua família.

Depois de uns dias a tia de Otávio adoeceu e tivemos que levá-la para um hospital onde ela ficou internada, o tio de Otávio ficou com ela.

Na noite seguinte Otávio se propôs a ficar no hospital com a tia, e o tio veio para casa, era um senhor muito agradável de uns 56 ou 57 anos. Chegou pelo começo da noite, eu tinha preparado um jantar e depois ficamos na sala conversando. Lá pelas tantas ele me falou que eu estaria tendo um bom partido casando com Otávio, que era um rapaz direito e de muita boa vontade. Que ele não puxaria nada nem os tios nem o pai dele. Aquilo me aguçou a curiosidade e quis saber o que ele quis disser. Ele meio sem jeito quis mudar de assunto, mas insisti. Ele me contou que antigamente era normal os rapazes se iniciarem com putas na zona, mas que Otávio se iniciará comigo, que era moça direita e que não faria ele ficar sempre procurando as putas depois de casado como o resto dos homens da família. Eu não acreditei e perguntei se ele também fazia isso, ele disse que fez muito, mas que agora, não mais não dava mais no coro como antigamente e que era jogar dinheiro fora. Na hora até ri, mas depois fiquei séria, quis saber se a sua esposa sabia e ele disse que sim, pois na família as mulheres pareciam não gostar muito de trepar. Como quis saber e ele me disse que as mulheres, a dele e o resto só trepava para ter filhos, por isso ele tinha quatro homens e uma menina. E que ela sempre reclamara que doía muito. Estranhei e quis saber porque, ele disse que tinha um membro um pouco grande como todos os homens da família. Aí eu estranhei, pois de Otávio era normal, nada de muito avantajado e nem de pequeno. Ele disse que nos bons tempos que ele chegava a ter 25 cm. Aí eu disse que era brincadeira dele e ele meio encabulado novamente quis mudar de assunto, mas eu insisti, agora estava realmente curiosa ele por várias vezes tentou fugir do assunto, mas eu estava além de curiosa, um pouco excitada. Depois de muito insistir ele contou tudo, foram mais umas duas horas de história da família, e eu fiquei excitada mesmo com elas.

O tio de Otávio parece ter percebido e se encheu de coragem e disse que se eu não acreditava nele que ele podia mostrar, deu no ponto, então quis ver. Ele levantou e tirou um membro flácido para fora da calça, mesmo mole pareceu-me de bom tamanho, mas não acreditei que aquilo se chega a 25 cm, no máximo a 20 cm lhe disse. Minha resposta pareceu ofender o velho tio, que começo a se masturbar, na tentativa de levantar o falecido. Depois de um tempo vi que não daria em nada, então me aproximei e sentei-me na mesinha na frente dele e peguei no bicho mole e comecei a masturbá-lo, mas nada.

Nisso o velho já mais à vontade disse que seu desse uma chupadinha quem sabe, ai não acreditei, disse para ele que se aquela coisa ficasse em pé eu dava o cu para ele. E comecei a chupar a benga mole. A coisa começou a crescer na minha boca e que delicia ficou como ele disse que ficaria, enorme. Foi demais chupei com gosto, lambia a cabeça, chupava e chupava sem parar. De repente ele tirou o pau da minha boca e falou que promessa era divida, ai de mim, nunca tinha dado o rabo e seria iniciada logo por uma tora.

Mas fazer o que promessa é promessa. Tirei a calça e a calcinha e fiquei de quatro no sofá apoiada no encosto, ele pelo menos parecia saber o que ia fazer, ficou um tempão lambendo e massageando meu rabo, até que não agüentando mais pedi para ser enrabada. Ele colocou a cabeçona vermelha na entradinha e foi empurrando com muito jeito, logo ela entrou e eu senti bastante dor, que depois foi se transformando em prazer. Logo estava com toda aquela tora enfiada no rabo, e ele socando sem dó, eu gemia e rebolava, fala para ele comer a vontade, dizia se estava gostando, que para mim estava divino. E ele só socando sem dizer nada. As vezes ele quase tirava tudo, então começa a enfiar levemente, me levando as nuvens. Depois de um tempo ele gozou enchendo meu rabo de porra quente e abundante.

Ele saiu de mim, já meio mole e foi para o quarto dele sem dizer nada, eu dei um tempo, depois fui ao banheiro me lavar. Estava ardida e feliz. Dei muito para ele e para outros tios de Otávio a partir daí, mas são outras histórias, que talvez eu conte um dia.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
jorge
09/09/2005 18:01:18
com certeza gostaria de comer vc pq e dificil achar alguma gata q aguente tenho um pau de 27 x 8.5
Bruno
27/05/2005 12:06:54
Vc nunca tinha dado o cuzinho antes?????
Felipe
26/05/2004 23:33:00
Nossa gatinha adoro enrabar putinhas como vc, sua xaninha deve ser muito saborosa. Queria ser seu priminho safado para te enfiar a pica toda semana na casa da titia
SKATISTA
25/05/2004 15:29:21
NOSSA SENHORA POR QUE VC NÃO FAZ ISSO COMIGO EU TENHO 23 CM DE PICA TE GARANTO QUE NÃO, IRA DAR CONTAR DE AGUENTAR ELA ENTRANDO EM SEU CUSINHO, SKATISTA


crente fudendo e narrando pro maridopara amoleser o coraçao duro do seu namoradoPONOXXXXVIDESFotos de surubas com comtoso qui faco pra demorar enjacularxvideo guete bei galaMulata toda certinha com uma bunda maravilhosa negao enfiou o pau todo nela.caminhoneiro peludo loiro no banheirovídeos virgens roçando a xota e esguichavam mae com tesao se masturba aoamamentar filho contos conto erotico com treinador velho coroaxvidio panteras.com/testedefudeludade casadascontos de sexo entre irmaoseu emcaixando o pinto do amante na minha irma gostozahome gozando cachara zoofeliapornoadoro ver minha esposa transando com negoes dotados masoquistasxnxxnega de calcinhaDEI PARA MEU FILHO NO SOFAconto erotico perfurando o cu da magrelafotos de mulher com pinto e buceta crudandoscontos mulher encoxada na borrachariaporno gey contos eroticos ferias c priminho novinhocoroagostosaGostosinhas Trocando Saliva continue videoporN itaitubensevideos porno a namorada trail ele e ele estrupou ela com forcaconi o cuzinho da minha filha magrela contoso ditao negao comeu minha esposaadorei da o cu para meu cinhado contosconto erótico aprendendo a dirigirdepoimento de descabaço bucetaMacho casado cheirando pezao de outro macho contosBuceta e c aadas pelo pau do papai negao. Conto erotico heterossexual.contos eroticos meu marido gosta de ir ao cinema porno para ve homens ecitados e me exibi em praias e escolher um para transa primeira vse com outrodemorou mas minha esposa aceitou e aproveitouxxx.video.com menino 18 anos afaser gemerprocurando várias fotos de menina da China de menor menina rasgando a vagina dela que sair sangue ela chora na Estrada da força e g****** uma mulhervídeo pornô tia da peruca da carinha de anjo dando o rabonovinha com sabonete batendo uma no chuveiropra um homemFiz minha sobrinha trair seu noivo no motel. Comigo comi seu cu conto eroticopornodoidosenhoravideos caseiro de mulher transando com homem magro no colchãocontos eiroticos leilapornconfesso chantagiei minha irmãzinha pra ela me masturbalevo muitas gosadas xvidiocontos eiroticos leilaporncontos eroticos neta libera o c pro vovpornô comendo a cunhada crioula do lado da esposa dormindoxisvido filha passando a maomulhe de saia curta esfregano ante fude emcoxano na cozia no xvidioporno gordinhas sinturadasvideos de novinhas perdendo o selinho e chorando na hora que o pau entra na bucetinha viagem delasa gostosa do rabao de shortinho enterrado deu mole pro novinho e ele nao perduolhomem fudendendo a vizinha e de repente sua mulher chegarNovinha gosando muitpcontos de sexo em noite chuvosa vídeo porno mulher casada motel Velho deixargozar dentroachei onde minha tia guarda suas calcinhas sujas contoscontos eiroticos leilaporncontos cuzinho arrombado joanafotoas de travetias bonitas vom caseto grandiContos eroticos , o sobrinho do meu maridocontos lukinhas22cmcarolzinhatrepanocontos eroticos esposa sodomizada bebada jucameninas de beydoll nuacontos eróticos xingando quando era enrabadacontos eroticos malv comendo as interesseiragostosa gordinhas tirando cabeçaler contos eroticos menageConto porno apanhei de chinelo na bundaincesto:mae amamentando filha adulta contosreaiscontoseroticos/nicoleavelin/autoraconto erotico amante só queria as pregasadorei picao do papai na minha bucetinhaContos eroticos garotinha curiosaContos zoofilia postados em abril d 2017conto erotico de maes esfregado suas sadalia de salto no pal dofilho para ele goza nelascontos eroticos papai e mamae me fez mulhermaconha mãe contos eróticoscorto eroticosminha esposa gosta de trasa com vaqueromarido desejo puta corno manso pezinhoxnxx sogro aliza a nora por baixo da mezaFamílias nudistas sem tabus todos pelados nas praias e também em casa. Casa dos contos.eu confesso puta quer casa cornodei pro técnico pornofotos decasadinhas boqueteiras do corninhoPorno irmao pega irma sainha e pueta comendo até ela desmaiar contos eróticoarrobadapoumponeo negao fode o cu do moreno porque ele tava cantando na piscinaContos eroticos gravida evangelicasexo sujo contovideo porno gosei dentro da bicetinha da minhaatrasdapornos de cornudos a serem enrrabadosdoce nanda contos eroticospornô queridinho da titia