Eternos Apaixonados Cap.7

Um conto erótico de Gustavinho
Categoria: Homossexual
Data: 12/03/2017 19:36:16
Nota 10.00

Cap.7

TRILHA SONORA: Sinto - MESA

Ele olhou nos meus olhos, e sorriu.

-Eu estou falando sério ! Eu gosto de você ! – eu ouvi tudo aquilo como se fosse um sonho... Entretanto não demorou muito para o meu sonho se esvair... Eu comecei a estranhar, por algum motivo aquela reação... E no meio de toda aquela alegria, uma faísca de razão veio na minha mente. E eu acabei desconfiando daquela desculpa...

-Porquê você só está me dizendo isso agora ? Teve tanto tempo...

-Eu só percebi mesmo isso esses dias... Antes eu não entendia... Eu tinha medo de você dizer que não sente nada... Mas, quando aconteceu aquilo no quarto, eu percebi que tinha chance.

- Eu não sei porque mas não consigo me convencer – sim, aquilo sempre foi o que eu quis ouvir. Mas depois de tanto tempo dele falando que gostava daquele rapaz, e de ter visto ele daquela forma, eu não conseguia me convencer... – eu quero uma prova... Uma prova que você gosta mesmo de mim... – falei, me soltando dele, e começando a andar para longe dali.

Não nego, durante os segundos que me afastei dele, um impulso quase que incontrolável de voltar e acreditar piamente no que ele havia me dito tomou conta de mim. Entretanto eu me mantive firme... Eu realmente queria ter certeza do que ele sentia... Eu não queria estar com alguém que não gostasse realmente de mim. Por mais que eu gostasse muito daquela pessoa.

TEMPO DEPOIS

Passei algum tempo longe dele. Não foi muito tempo. Mas era o suficiente para que eu sentisse falta dele. Para que o meu corpo sentisse falta da voz dele... Eu era completamente apaixonado por aquele rapaz, agora tinha plena ciência disso.

-Você vai ficar até quando aí nesse quarto ? – minha mãe perguntava.

-Não sei... Uma hora eu levanto – falei, enquanto mudava o canal da TV com o controle remoto...

-Eu vou precisar sair ouviu bem ? – falou ela, enquanto eu apenas olhava para a TV – tem uma pessoa aqui que quer falar com você – imediatamente quando ela falou isso, atraiu a minha atenção e me fez olhar para a porta. E me surpreendi, quando vi ele entrando pela porta.

-Oi... Eric... – imediatamente quando ele entrou, me sentei na cama e olhei para ele, sem saber o que fazer.

-Ryan ?! Que surpresa... – falei eu, com um sorriso contido – o que você está fazendo aqui ? – vi minha mãe sair e fechar a porta em seguida.

-Vim aqui para conversar com você... – falou ele, se aproximando de mim e sentando-se na cama – estava olhando um álbum de fotografia antigo, que estava lá na minha casa...

Imediatamente ele me deu o álbum, e logo eu me lembrei do mesmo... A mãe dele vivia colocando fotos nossas ali. Abri a capa mais uma vez, como já havia feito diversas vezes. E não demorou muito para eu ver diversas fotos nossas. Algumas mais antigas, outras mais novas. Mas eu conseguia me lembrar perfeitamente de cada uma daquelas ocasiões que eu vivi ao lado dele.

-Você lembra desse ? – falou ele, apontando.

-Lembro... Foi numa vez que a gente foi no circo com a minha mãe... – falei, olhando pra ele.

-E desse aqui – naquela foto, nós já estávamos um pouco mais velhos. Já éramos adolescentes. Já andávamos sós. Tínhamos ido ao cinema, e tiramos a foto.

-Também lembro... Lembro até do filme... A gente riu pra caramba nesse dia...

-Pois é – falou ele, sorrindo... – sabe, esse tempo que eu fiquei longe de você, eu fiquei pensando, em tudo o que aconteceu... Em porquê eu acabei fazendo aquilo na minha casa, e porquê eu sinto tanto ciúme de você com outras pessoas...

-Ah é ?

-É... E eu acho que me enganei por muito tempo – falou ele, se pondo de pé para olhar a janela do quarto.

-Como assim ?

-Eu sempre julguei a relação que a gente tinha como uma amizade muito forte. E o que eu sentia por você como uma amizade que nunca poderia ser quebrada... – falou ele, interrompendo a fala – acho que eu tinha medo de assumir pra mim mesmo a verdade e depois não ser a mesma coisa que você sente por mim... – falou ele, virando-se novamente. Pude notar um sorriso contido no seu rosto – a verdade que eu sou apaixonado por você a muito tempo... Só não conseguia aceitar e lutar por essa paixão... Tinha medo... Medo de estragar tudo isso. Toda essa amizade bonita que a gente tem... A verdade é que eu não conseguiria viver 1 mês longe de você Eric... Você já faz parte da minha vida de uma forma que não tem mais retorno... – vi lágrimas no seu olhar naquela hora.

-Você está chorando ? – falei eu, me aproximando dele.

-Não é nada... – falou, limpando os olhos – é só emoção... Emoção de enfim estar conseguindo dizer isso pra você... – ele parou por mais alguns instantes e olhou para cima – eu nunca me apaixonei de verdade pelo Samuel... Eu simplesmente achava ele muito bonito e... Servia como uma forma de esconder o que eu sentia. De correr menos risco de sofrer.

Meu coração aquela altura já havia saído do corpo. O sentimento aflorava dentro de mim. Vê-lo ali, daquela forma, se declarando, retirava de mim qualquer barreira que eu poderia ter. Era humanamente impossível resistir...

-Você pediu uma prova – falou ele, voltando a olhar para mim – eu não tenho muitas provas pra te dar, provas físicas. Mas tenho duas que eu acho que você vai gostar... A primeira, é isso aqui – ele caminhou até onde havia deixado a sua mochila. Pegou a mesma, abriu e tirou de dentro um caderno – acho que eu deixei grande parte do meu sentimento reprimido dentro desse caderno – falou, me entregando em seguida.

Eu abri, e logo vi que era um caderno de desenho... E me surpreendi com o que vi ali. Eu já havia visto aquele caderno nas aulas, mas nunca tive a curiosidade de procurar realmente o que ele queria dizer. E quando vi que ele estava cheio de desenhos de mim, me arrepiei.

-Eu passava diversos minutos das aulas, quando você não notava, desenhando você... Diversas vezes já fui pra aquele laboratório de química que você adora, só pra te desenhar... Eu não sei, sempre te achei muito bonito... Queria te levar comigo para os lugares de alguma forma. E a forma que encontrei foi esse caderno – via diversos dizeres escritos, como “Ele é tão bonito...”, “Que amigo lindo que eu tenho”... Meu rosto corou ao ver tudo aquilo – tenho outra prova também – falou ele, se aproximando de mim... Ele se aproximou, se aproximou, de forma repentina, me deixando atônito, e nervoso. Olhou nos meus olhos. Pegou minha mão, ergueu... E colou no seu peito... – está sentindo ? É o meu coração batendo... Ele só bate assim, quando eu estou perto de você

Continua

E ai ??? Gostaram ??? Comentem e votem por favor.

VALTERSÓ: Que bom que está gostando

Karol: Vou postando kkkk Só não posto com mais frequência porquê me falta tempo

Nada Contra: <3

Martines: E agora ?

SafadinhoGostosoo: Eric gosta do Ryan... Ele nunca ficaria com Samuel

P.G: E agora ?

Rogean: Que bom que está gostando <3

Ru/Ruanito: E agora ?

Beijos


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive gustavinho132 a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/03/2017 03:32:33
Tenso
13/03/2017 00:50:55
Gostei!!!. Ansioso por mas aqui bjao ate mas
13/03/2017 00:14:17
DECLARAÇÃO DE AMOR LINDA. MAS... POR Q SERÁ Q VC TEM DÚVIDAS? SE VC TEM DÚVIDAS SINAL Q O PARCEIRO DEU MOTIVOS PRA ISSO?
12/03/2017 23:42:54
Amando!!
P.G
12/03/2017 23:03:55
Finalmente, que casal mais fofo, amo de paixão. 😍
12/03/2017 22:14:40
Caraca... Sem palavras!
12/03/2017 20:21:49
Amando o conto maravilhoso :)
12/03/2017 19:45:16
bom

Online porn video at mobile phone


amigo dormiu camping esposagozei dentro da minha gerinhaconto erotico comendo o cu de minha mulher com neutroxscat contosconto erotico gay macho dominador gosta de maltratar viadocontos porno gratis estupro sadomasoquismo submissãomarido segura as mao da esposa para o amante enfiar o braço na nuceta dela enquanto ela grita de dorConto erotico esconde esconde dei a ppkcontos erotico,meu genro me enrrabou dormindobrincando de lutinha com amigo conto gayPenis flacido castrar contosevangelicas encochadas nos transportes publicos contos e videoscontos eiroticos leilaporn menino pelado conto gaycontos tia marta mete no rabomulhe da buceta grade fudeno com cavalo zoofilia rs com cao grandaoputinha. estigou o priminhocontos eiroticos leilapornConto erotico tenho padaria e dei pro menino lipesonhador casa dos contos gayPorno gratis xvideos esporou nas nadegas da esposa dormindoxvideo.con novinha tabareuspank femdom dominadora contosrelato quenquinha velha menina vigen metno udedo nabusetaNando Mota-Casa Dos Contos Eroticos| zdorovsreda.ruContos erticos de gang bang gang bang com os pauzudos no ponto do onibuscontos de sexo depilando a sograver vídeo pornô da irmã novinha de 18 aninhos entubando com outro irmãocontos eiroticos leilaporncasada putaxvidiosdesenhos pornô caipiras no vídeo nnxx e comadre da o c****** para o vizinhoPornos traição consendida 2018sr mauro adora fude um rabinho do novinho contos eroticosvideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiaconto erotico papai relou o pau em mim e eu gosteicamisolacontosContos de irmao gozando dentro da buceta da irmaxvideo mulher negra de decote arumando cada//mostrando os peitoxxvideoirma dormi na cama do irmaoporno coeicontos eiroticos leilapornevangelicas na zoofilia com cachorroputa segurando a pica do taxista cariocavih a madrasta de shortinho e n aguentei pornovídeos de arretando do Duquexvideo espoza nao aguentou ver cazal fudendoVoltei para casa toda arregaçada e cheia de porraacho que minha namorada gozou pq agente tava fazebdo sexo e a perna dela tava tremendoxvideo da tia com medo a som brinha gozado na boca delawww.pornoDoidomamae dormindo com buceta a perta e filho que comelawww.brincandodaquilo.com vídeos pornoconto erotico huntergirls71Novinho dotado fudeu a bucetinha da mocinha e arrancou as pregas do cursinho delafeira zendo fudida em xvedeosporno loira quadriu grade americana pornocontos eiroticos leilapornvideos de tfio lesbico forcarao as meninas novas a chuparem seus cusEu e minha mãe no ônibus de excursão-contos-incesto-filho e mãe-incesto no onibusContos eroticos de sexo com genroesfregou e gosou na xeca da amiga uhhhVer bubuta chinesa novinhasrabuda que foi tirar satisfação fodeu com vizinhoTema VampiroCasa Dos Contos Eroticos zdorovsreda.rucontos gay Mandou eu esperar vestido de putinhaGinecologista marido esposo conto ertico Video de porno com teste de fuga lidade com tia rabo grandeporno brasilero ela queria fujir de tanta fodanao cnseguioanne carolzinha fofinha gostoza trepano muitocomendo a mamae por engano em contos contos eiroticos leilapornpornor doido homem batendo poleta no banheiroTio brinquinho trazando com sobrinho,negao xnxxcontos eroticos patroa enjoada pedreiro taradoamigo superdorado enraba esposa gravida contofotos de jeba descomunal duracontos de sexo transando com camareiracontos eiroticos leilapornxvideos alisando buceta ida erosaelas so gosta de da o cu de bruçose pra pau grandeincesto padrasto bolinando enteada de sete anos no banheirocontos de mae vadia viciada na rola do filhocontos de sexo depilada na praiaesperma na virgem xxividios contos eu e minha esposa demos carona a dois homem e meterao a pica nela..velhas festejando c negros cacetudosnegão comendo patroa superei tudo e fazendo ela gozarcontos pornôs mulheres lindas e muito gostosas que seus maridos liberaram para seus amigos que tem um pau bem grandenovinha parece um anjodando o cu fotos