Chacara da Tia

Um conto erótico de Negro prudentino
Categoria: Heterossexual
Data: 01/04/2013 10:42:34

Quinta feira por volta das, 16 horas recebo o telefonema de minha namorada, dizendo que os parentes irão se reunir para o feriado de pascoa na chácara de uma tia dela, e que parentes de outras cidades viriam, disse tambem que nao precisariamos ficar todos os dias lá, que poderiamos ir no primeiro dia para que eu conhecesse alguns parentes de longe e que poderiamos voltar e domir em casa mesmo, achei a ideia interessante e aceitei o convite, ja que nao precisaria dormir por lá, poderiamos dormir eu e ela sozinhos em minha casa ou na casa dela.

Na quinta feira mesmo, sai do serviço e fui para casa dela, a mae dela ja estava com tudo pronto fomos em dois carros a chacara nao era tao longe assim, mas iriamos jantar por lá e ficar na espectativa de conhecer alguns parentes, chegamos na chacara por volta das 18:40, a tia proprietaria da chacara estava arrumando e ajeitando algumas coisas, no local haviam tres casas e duas delas ficavam fechada na maioria do tempo portante muito poeira e algumas bangunças no local, ela estava ajeitando a casa mais longe junto com outras pessoas, quando chegamos nos pediu para irmos abrir a proxima casa para tomar um ar e ver ser estava precisando de uma passada de vassoura e um pano molhado no chão.

Estavamos todos ajudando na limpeza e eu não pensava em sacanagem naquele momento apenas queria terminar a limpeza e comer alguma coisa, assim que a Tia, que irei chamar aqui de Gilda, terminou o que estava fazendo na casa abaixo, veio até a casa em que estavamos, ao me ver ela sorriu e me deu um beijo no rosto e ficou pendurada em meu pescoço, passando os dedos levemente em minhas costas, ai sim, pensei sacanagem.

A noite foi se achegando, os parentes mais proximos chegando a conversa ficando animada, alguns homens jogando baralho mulheres falando e falando sem parar e eu por ali vendo tv esperando a hora de ir embora. Gilda veio se sentar proximo de onde eu estava e começou a perguntar sobre minha vida, o que fazia onde trabalhava, quantos anos tinha bem curiosa logo foi me falando de sua vida tambem, dos filhos tres, mas todos morando longe ja formados embora ela fosse mais velha que minha sogra, aparentava ser muito, mas muito mais nova mesmo, contou sobre seu marido que quase nao fica em casa, viaja muito para ver seu gado em fazendas do mato grosso, que ela fica de qinze a vinte dias sozinhas em casa, começei pensar em sacanagem novamente, e que ela estava esperando por ela que havia ido a fazendo no inicio da semana, mas prometeu voltar para o feriado, e os filhos tambem que iriam passar o feriado em familia.

O tempo passou ja era quase meia noite, muitos parentes chegaram outros não, as crianças ja estava dormindo eu tambem com sono, resolvi pegar o carro e voltar pra casa, prometendo voltar no dia seguinte antes do almoço, minha sogra nao aprovou a idéia minha namorada aceitou na boa mas o mal ado irmao dela veio junto um moleque de onze anos de idade e muito curioso. No caminho de volta fui investigando sobre Gilda, tirando algumas informaçoes e fui sabendo que o marido tinha outra familia no matro grosso que todos sabiam, mas ela nao queria aceitar isso, que os fihos nao ficavam em casa porque nao aceitavam a traiçao do pai e que ela vivia nessa fantasia de um casamento perfeito.

Na sexta feira, chegamos na chacara por volta das dez da manha, muitos ainda dormiam, alguns foram dormir muito de madrugada, Gilda e algumas pessoas estavam a preparando o almoço e ficamos na cozinha de papo com eles, ela perguntou se gostavamos de algumas frutas e que poderiamos ir colhe las em um pomar, ela mesmo pegou uma sacola plastica e disse que iria conosco, eu me coloquei a segui la, minha namorada ficou disse que nao iria. Agora começa a sacanagem.

Ela estava com um short muito pequeno, mostrando as pernas deliciosas, uma blusa de malha fria sutien aparecendo, descemos um morro com ela sempre a minha frente, até chegarmos em uma cerca, onde precisariamos ultrapassa-la para nao andarmos mais alguns metros, eu passei pela cerca primeiro e segurei alguns arames e pisei em outros abrindo um espasso no meio para ela passar, ao passar ela me disse assim _ Não vai ficar olhando para meus peitos em grandão! e caiu na risada, mas eu olhei sim, aureola pretas e seios bicudos, sim fiquei de pau duro e com certza ela notou, porqu epassou com o rosto bem pertinho de meu pau. Andamos mais alguns metros e chegamos no meio de um pomar laranjas acerolas, jabuticabeiras, mangas e até barreiras de uvas, abacaxis, eram muitas as frutas.Ela queria saber que fruto eu queria, disse a ela que queria o fruto proibido, ela disse para mim, que se era proibido eu nao poderia te-lo, e rimos colhemos algumas coisas e estavamos voltando, mas segurei em sua mao e puxei para mim, dei um beijo em sua boca ela nao demonstrou reaçao negativa, foi do jeito que queria, a encostei em um tronco de uma mangueira beixava e usava minhas maos, em seu corpo apertando seus seios sentindo aquela pele macia, fui tirando sua camiseta deixando ela de sutien e descendo seu shorts, sua bucetinha paracia o shubaka, nao se depilava imagino que a alguns anos mas isso nao importa, quando baixei meu shorts e deixei meu pau encostar na sua bucetinha, senti seu corpo amolecer, a mulher devia estar a anos sem uma bem dada, segurei ela pelas pernas, a supendo no ar , deixando sua buceta na altura de meu pau e fui entrando dentro dela, que ja estava toda molhada toda liza, estavamos ali em pé no meio do pomar metendo com as frutas, a mulher beijava muito bem, se mexia muito bem, e logo foi tomando a iniciativa em outras coisas, desceu de meus braços e foi se colocando de costas, para eu entrar na buceta mas por tras tentei entra no cú, mas ela na deixou, mas sei que em breve eu como aquele cú. com as maos ela desceu meu pau pra buceta, disse que naquela posiçao ela gozaria muito, mas nao precisamos de dois minutos metendo que senti ela toda molhada, melada escorrendo toda liza, mas sentia as paredes de sua vagina mas depois de um tempo gozei dentro dela.

Nos arrumamos, na volta paramos em uma das casas que ainda estava fazia ela se lavou jogou agua no rosto nas pernas e nas maos, usou papel higienica para limpar a shubaka, ela me disse que aproxima seria em um colchão para eu ter paciencia porque tempo teriamos aos montes ja que o marido ficava de quinze a vinte dias fora de casa.

Durante o final de semana nao tivemos mais contato sexual apenas contato visual transei com minha namorada apenas uma vez nesse fim de semana, mas com muita vontade de estar com Gilda.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive negroprudentinoII a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
20/01/2019 14:28:37
Bom.


Mulheres escandalosa fudeno mete qque vou. Goja no xvideioler conto erotico de padre reaisLukinhas contos eróticos gayssexo entre.lutadores perdeu auta da ocuzinho pro vencedor ver pornoincesto no onibusxvideofudendo com toco da camaxvideo dechei meu socro abusar demiVideo de duas mulheres tomando banho de biquini e se chupando e gritando de prazerhomens de porrete duro Xvideosx videos porno tranquei novinha no quarto e estrupei ela aforasabaixar video Enteada safadinha bem cadela transando com seu padrasto sem vergonha. Bem putinha ela foi ate o quarto do padrasto e la pegou ele dormindo, tirando a cueca delecontos eroticos minha cunhada nao era nada do que eu imaginava.Amo beijar os pezinhos dela principalmente usando rasteirinhas contosfotos porno de munheres cazadas traindo o marido em contos eroticosbundudasconto eroticoporno pagando dívida com a mulher e a mae5 contoSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaxvideosdificil pra vc lukaporno corno paga dois homens de pau Grosso pra esyrupar sua mulher na frentedeleFace de Luciano com a b***** arreganhada com consoloruıva dando o cuhomem enfica pica mulher treme dorevangelicas na zoofilia com cachorrowww.xvideos.negrao de 40 ctm de pau comendo uma viagembaixar video Foi socorrida e agradece com Foda pornôme fizeram de vaca no ordenhador contos eroticosContos eróticos de traindo o noivo no capô do carrogosou nuonibupriminha seduz com brinadeiras ate dar o cuanais bruto elas tenta corre io pau entra masirma gemeas ciumes por isso se chupam em videos pornocontos eroticos mulher com peito cheio de leiterabudas de calca legue agaxadasx videos mamae recebe visitas sem calcinhaxvideos shantageou a irmã,gostosaloirinha de 18 anos com a b***** raspadinha grelo arrepiadocolica o pinto na buceta com saiairmao pega irma novinha xvideosfamilia sacanadois hetero trazas tiro pica pra gozarminha mulher me arrombou com um pau de borrachaconto erotico meu tio comeu minha mulher elaprovocoumãe da minha mulher me mostranndo o pentelho me provocandomao do guri na minha jebagostaria de ver no XVídeos mãe dando conselho para o filho de camisola mas sem calcinha no quarto dando conselho dando bronca no filho conto porno paixao escandalosaConto erótico eu era menina e era virgim e meu primo me pegou a forca e depois eu gostei.esperei meu tio viajar para comer o cuzinho da minha tia gostosonacontos eroticos com o marido no cinemazoolofila so fudendo o cu da vadia 696contos eróticos entregador de lanche gostosa taradavideo porno de picudo gozando na buceta de obeza e deixando a porra escorereu não sabia que o amigo solteiro tinha um pauzao do meu marido eu queria fuder com ele eu marquei um encontro com ele eu fui me encontrar com ele eu entrei dentro do seu carro eu disse pra ele me levar pro motel ele me levou pro motel eu e ele dentro do quarto eu dei um abraço nele eu dei um beijo na boca dele eu tirei minha roupa eu deitei na cama ele chupou meu peito ele disse pra mim sua buceta raspadinha e linda ele começou a chupar minha buceta eu gozei na boca dele eu peguei no seu pau eu disse pra ele você tem um pauzao maior e mais grosso que o pau do meu marido eu chupei seu pau ele começou a fuder minha buceta eu gemia no seu pauzao ele fundendo minha buceta eu gozei eu disse pra ele fode meu cu bem devagar conto eróticoperseguindo brasileiras casadas para lhe foder o cu eroticobuceta da novinha tufadinha bucetao deitado de ladov******** da escadinha na b***** para o padrasto pai e ele goza dentro da b******** delanezinho novinho de pau durinho xvideoscontos eróticos mulher transando com negãomeu amigo tirando o atraso com a minha esposa contobaixar video de fode da muher maraviharFilme de porno garoto batendo puhenta/texto/201212880baixar xvideo minha mae me pegou na punhenta e me deumeu padrasto me comeuConto comadre dá cu pra ganhaconto erotico esposa traida se vinga e da seu cu virgem pra dotadowwwxxvideo filhinha muito tempo sem gozaro chulé da minha amiga contos eroticosnovilhos e velho gay atrasando XVídeos novinhas bicos poupadoputaria brasileira posicao frango assado pra salvar no celulara aula terminou iih eu fiquei na sala na siririca no xvideovideos de incestos com viuvas bem gostosas e carentes doidas pra gozaremporno tia se destraiu e sobrinha ninfeta chupou o seu maridoporn diario de leticiaflagrei minha cunhada xoxotudachupando buceta mijadalesbianismo entre evangelicas pornodoido