Dando o rabinho pro cunhado

Um conto erótico de Ninfetinha
Categoria: Heterossexual
Data: 07/01/2013 12:01:03
Nota 9.88
Assuntos: Heterossexual

Quanto vale um rabinho apertado? Eu tinha treze aninhos quando descobri seu valor. O namorado da minha irmã vivia me secando, é claro que eu jogava meu charme afinal que menina não acha divertido chamar atenção de um cara mais velho?

Para deixar o Bê maluco não era preciso tanto, bastava a gente marcar uma praia e pronto ele ficava doido só de ver meu biquine enfiadinho na bundinha bronzeada. A boba da minha irmã não percebia, achava que o pau duro dele era por causa dela...tadinha.

Era perto do Natal e meu cunhadinho comprara um lindo biquine para me presentear, na troca de presentes durante o abraço ele cochichou que queria me ver naquele pedacinho de pano,só eu e ele. _ Ainda vou te ver nesse pedacinho de pano só pra mim! Eu ri meio sem graça mas adorando a situação.

Foi o que não demorou a acontecer, minha irmã fora proibida de pegar sol por 15 dias e Bê se prontificou a me levar na praia . Fomos a uma praia mais deserta, longe da galera, lá ele quase infartou ao me ver naquele presentinho safado. _ Hum você ficou ainda mais gostosa cunhadinha!

Nem é preciso dizer que na agua pude sentir o volume da sunga. Voltamos pra areia onde ele insistivamente resolveu lambrecar minha bundinha de óleo...a mão leve explorava cada cm e logico afastou a tirinha que cobria o cuzinho e resolveu acaricia-lo. _ Desculpa mas não consigo resistir...ele é tão quentinho, apertadinho ... A sensação era gostosa e por isso deixei.

A praia era bem deserta, prato cheio para que na agua ele puxasse o lacinho da calcinha e me deixasse sem ela, não preciso dizer que o resto saiu também...eu estava nuazinha na água e ele alucinado com minhas curvas adolescentes. _ Bê você ta ficando doido é, e se alguém nos vê? Não demorou muito para se livrar da sunga e ficamos ali nos esfregando, ele sabia que apesar de ser safadinha eu era virgem. _ doido não, alucinado cunhadinha, doido pra fazer uma besteira. Aproveitando a praia totalmente deserta saímos da agua tal como viemos ao mundo já na areia recolocamos as roupas e fomos para o carro. No caminho de volta a casa, Bê acariciava minha bucetinha enquanto dirigia, _ Cunhada tou louco de tesão por você... não tem como continuar dirigindo assim... .Paramos num local deserto e começamos a nos beijar, Bê tinha 25 anos estava quase se formando em direito, a boca dele parecia me engolir, finalmente ele abocanhou meus peitinhos que cabiam naquela boca quente. O pau dele já estava pra fora e escorria uma gosminha de tesão. Com o banco abaixado ficamos ali peladinhos nos esfregando o calor era imenso. Eu já não aguentava mais de tesão minha bucetinha piscava louca pra dar. _ Não para Bê eu também tou querendo..Bê pronto a me comer desistiu, não podia fazer aquilo com a cunhadinha caçula...nos vestimos contra vontade e voltamos para casa sem trocar uma palavra. À noite mal nos falávamos até minha irmã quis saber o motivo eu sonsa disse que ele havia me dado um caldo na agua. Eu não durmira naquela noite pensando em Bê. Na manhã seguinte fui cedo para a praia , não demorou muito para ele chegar. Eu mal olhava pra cara dele. Eu já havia saído quando um carro parou era ele mandando eu entrar, entrei contrariada e ele arrancou com o carro. _ você tá de sacanagem comigo é? Quer me comer e para na entrada? _desculpa gata mas não podia continuar, não ontem... Fomos para a casa dele, todos estavam viajando. No quarto Bê me jogou na cama arrancando minha roupa. _ Você quer o que? Que eu te coma porra? Você é uma menina, eu queria , mas não posso. Bê me beijava alucinado... _ E se seu pai descobre? Cara sou namorado da sua irmã...e tirando a roupa deitou-se sobre mim. _ Droga eu não vou resistir, sua bunda é maravilhosa... eu gosto dela mas você me deixa doido... Eu podia sentir a cabeça forçando minha buceta molhadinha que gritava por aquele pau... _desculpa minha linda eu não posso, você é uma menininha, eu não vou ficar com você eu só tou com tesão, quero te comer só isso... _ então me come droga! _Não posso ser o primeiro, não com você, eu queria sim tirar esse cabaço mas não dá... ficamos ali deitados mudos. _ Eu não consigo resistir a essa sua bunda,esse cuzinho rosado,piscando...acho que vou fazer uma besteira com você... eu sabia o que ele queria dizer, era o cu ou nada. Dei um sorriso safado e empinei a bundinha. _amorzinho vai doer, prometo ser bonzinho...você é linda sabia, quente, gostosa...enquanto me elogiava lambia meu cu e cuspia abrindo caminho com os dedos para meter aquela tora morena. _ quanto será que vale um cuzinho desses, rosado, apertado, lisinho, quentinho... e logo uma dor me fez soltar um grito ele metera aquela jeba de uma vez só,arrebentara minhas pregas eu chorava enquanto ele forçava ainda mais aquela tora dentro de mim. Não foi fácil acostumar não senti prazer só dor. Estava imundada de esperma quente e grosso. Bê me acariciava,me beijava...ficamos ali agarradinhos. _ esse rabinho é só meu , não quero outro marmanjo se aproveitando dessa delicia... _ você já tem o da maninha... _ quem disse? Amo sua irmã mas nunca desejei aquele rabo,não como desejo o seu. Tirei o cabacinho dele, não quero malandro nenhum te comendo pelos cantos. Quem sabe um dia te coma de verdade e tiro seu selinho...

Durante quase dois anos eu e Bê transamos. Meu rabo havia se acostumado com aquele pau e eu sentia muito tesão com ele. Finalmente ele comera o rabo da minha irmã mas embora ele nunca houvesse tocado no assunto eu sabia que era o meu que lhe dava prazer. A bucetinha? Vou da-la no fim do mês será meu presente de casamento para o Bê.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Pimenta Nativa a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/03/2013 10:45:41
muito bom me add no msn
01/03/2013 19:07:01
Um tesão. Eu comi o cuzinho de uma priminha mais nova, mas ela casou cabacinho.
dmm
07/01/2013 13:13:04
Que putinha, nos conte quando der a bucetinha
07/01/2013 12:37:16
muito bom :) Por favor visite meus contos
07/01/2013 12:26:32
que tesão mina...
07/01/2013 12:18:05
adorei. por favor também leia o meu conto //kupivbg.ru/hotpornpics/texto/

Online porn video at mobile phone


contos eiroticos leilapornContos: Mulher casada adora da o cu para o marido, mais antes faz lavagem no intestino.costos eroticos madrasta come cu de enteado com pintomeu marido chorou quando viu o cracudo me arrombando contos eroticoscontos eiroticos leilapornsogra gg chama cheiro para sexo anal pedro da filhaXVídeos padrasto força menina chupa lhe ofendidox videos.asediante a nobinha virgemmulher correu de dentro do motel escrito com a mão na barriga com negão machucou o útero delamulherres nua guiquando na pika do paicontos safados coroas casadas com filhas transan com genros dotados mais vistosconto erotico onibus lotadoxisvido mai filho ei portugeisomeu conhado me estrupoumulher dano cuzinho de fildental a toladosogro dotado fragou nora com outro troxe ela pra casa e fudeu elaconto erotico menage masculinomulher a mos tado a buceta de fiu dentaumenino cumedo sua tiamae dormi no colo do filhoxvidioxvideo chapeuzinho Vermelha no bosquemulher mostrando as butetas cabeludasmeninas virgens engatada varias vezes com caes na zoo contos eroticosmulher dando a buceta para pinto de 30cent fotocrente encoxadacontos eroticos tentou dar a bundinhaxvideu gomendo sogra gotihasloira.bunduda.vestido.coladofazendo.amorprovoquei tanto meu motorista e fudedespedida de solteiras com/mulheres casadas q se entregarao a putariaconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancoxvideos cheguei em casa com a buceta melada de porra e falei pro corninholavano a becetaXVídeos gay com truculênciatirei a camisinha e enchi a buceta da mulher.do meu amigoxsvideo de porno itiada fudeno com padrastomulher dandobe falando vai que ta gostoso xvideosmiga ssafaada chupo minha bucetacontos de nora da vizinhacasada e crente contoscontos de zoofilia gototinha e seu dogBuchetas mijona aperta fotolésbica escorada na escada de perna aberta a outra por baixo chupando a bucetax video novos intiada virgem tarada pelo o padrastogigantao arrastando o magrinho gayBuceta de porca ou cadela qual mas apertadanovinhas as srnas apertas cachorroCharlene muito gostosa fode com negão dotadofis vovo me arronbarmulher cachorro cavalo buceta borbulhandoporno brasilero ela queria fujir de tanta fodanao cnseguiocontos eroticos malv comendo as interesseiracontos eroticos polaco enrabadoContos eróticos emfiaram o braço na minha bucetonaalgumas imagens da de um homem chupando o priquito da mulher nem bem ainda mais colocava a piroca dentro do filho da mulher e ainda mais a mãe brigava com elecontos eiroticos leilapornFilme de xvideo alisando e enpurrandmagria vingens novia q sederam mal napica xvideos.comconto erotico virei passivoela rebola fortr o cu n rolafilmes porno de diarista espiando patrao batendo punheta brasileira maior de idadebem novinhas e rolaças xxvideoscu gostosocontoconto erotico nora carenti fudendo cm sogro pirocudocontos eróticos treinador dominador come viado na academiawwwxvideo brasileira na tora xingandolangonha conto heteroNeide gozandoxvideocaralho potente cock fodendo buceta.comtia/gostosa/pegou seu sobrinho po.comhetero novinho e trepo gostosoporno mae e filha transformadas em puta contonovnha ganhando varada no niversario de 18 anos jorrando porracontos eroticos praia nudismo irma maePorno dua menina fraga menino puhetavideo encinandOo pula de cabeça nu riuvídeo pornô caseiro mulher voltado foi traído e dá o troco e ele transa camisinha se faz para colocar no coloca em quando vê tudo e ela deixa como comer essa p*** para o c**** vem sem camisinhacontos eiroticos leilapornWww flagrou a esposa sendo arrombada buceta peluda buraco grande e arrombada .conto realBroxe de tirar folego xvidiosEroticoscontos.com /casadas 25cm duplmulhe deziti da cu