Meu amigo me amava X

Um conto erótico de Multiplosex
Categoria: Homossexual
Data: 12/04/2010 22:30:22
Nota 10.00
Assuntos: Homossexual, Gay

Meu Amigo me Amava – Parte X

Qdo o Pedro me pergunta se eu o amo 1/3 do que ele me ama. Na boa sorri e disse. “Maluco vc é doido, doente só pode”. Ele pega no meu braço forte, exigindo uma resposta, eu dou uma puxada brusca e me solto. Desço do carro e vou direto pro escritório. Ele sagazmente dá u tempinho e tbm desce. Sento direto na minha mesa, com aquela “carinha” animada de segunda. Depois vem ele, com a testa franzida e olhando pra mim. Vem até minha mesa e me dá bom dia, como se não tivesse me visto, e se senta. Eu olho pra cara dele com vontade de dá um fora, ele se senta e sorri. Como falei, ele tem uma capacidade de tirar as pessoas do sério, que as vezes é impressionante. Ele adora me irritar, e sabe me tirar do sério, não sei como, mais ele sabe.

Chega a tarde, as segundas não tenho aula, são horários de AEP, ou seja, o nome que dão pra horário vago na facul, e no curso de administração isso é ainda mais freqüente, muitos horários sem aula, mais como estava no último período, aproveitava pra ir pra facul as vezes conversar com a orientadora da monografia, tinha que fazer uma e apresentar, quem ainda não cursou uma faculdade eu já advirto: monografia é a treva, rsrs, literalmente. Vou pro banheiro tomar um banho, me visto e vou pro ponto pegar o buzão, não sei como mais qdo vou chegando ao ponto, vejo o carro do Pedro estacionado na rua, novamente a cena da manha se repete, ele abre a porta. “Leke, na boa, tu ta querendo me dá um cansaço neh. Mais já vou te adiantando, vc vai ter que rebolar muito. E vc rebolando desce ser excitante pacas, perco a linha”. Eu não achei graça nenhuma na palhaçada. “Para com isso Pedro, pow... de ficar sempre armando uma, de ficar seguindo meus passos. Putzz..../” Liga o carro e nem me dá confiança. Eu já vou falando... aliás, falo mesmo, ainda mais qdo sei que não tenho o controle da situação. “Olha aqui Pedro, hj eu tenho que ir na faculdade, minha orientadora vai me ajudar, estou todo enrrolado”. Ele começa a cantarolá aquelas musiquinhas de criança que irrita “lálálá.. não estou ouvindo nada.” Porra o sangue esquenta, cara um homem de 26 anos, 1,84, casado, sabia ser irritante, ser infantil, não deixando de ser engraçado. Me levou na faculdade, me deixou no portão e disse “Olha, 1 hora, é o tempo que vou levar pra ir em casa e voltar, daqui a 1 hora estarei aqui, se vc não estiver vou até a sua sala, coordenação. Vou vir te buscar, blz.Dá um beijo aqui no seu namorido vai”. Eu desço do carro mandando ele se fuder, ele começa a dar aquela gargalhada com vontade que até então não havia visto ainda. Dentes lindos, boca linda, pow ele sorrindo é show. Uma verdadeira criança grande. Entro na faculdade, a orientadora me manda refazer da introdução ao final do primeiro tópico, saio bufando e desço. Fico um pouco no pátio conversando com os amigos, faltando dez minutos pra completar o prazo já estou na rua em frente ao portão e ele chega, sorrindo, abrindo a porta, se achando o dono do pedaço. Mais não seria louco de querer a prova dos nove com o Pedro, ele com certeza cumpriria o que prometeu, iria me procurar, fazer cena no meio de geral, só pra me ver roxo de raiva. O Pedro não tem nda de gay, nda mesmo, assim como o Jhonny, na verdade nem eu. Bom... ele me leva pro estacionamento do supermercado e ficamos lah, detalhe, o carro dele tem insulfilm por isso ficava tranqüilo. Ele para, me olha. Faz aquele silencio. E depois começa “ Pow leke, não vai reclamar, me xingar, me bater... nda. Vai ficar quietinho agora?” Eu não falo nda. Ele se solta do cinto, e vem em minha direção, eu faço força mais ele pega minha cabeça e me imobiliza, me beija, enfia a língua na minha boca, me abraça, desce a cadeira do carro, fazendo como cama e ficamos lah. Nos beijando, ele mete a mão pela minha calça jens, percebe que já estou excitado, sorri. E volta a me beijar, nos beijamos muito... muito mesmo. Ele tira a camisa, vejo aquele corpo moreno, magro, mais não era magro, tinha carne, aquele peitoral definido, td lisinho até a barriga, ele sobe em cima de mim, me imobiliza por completo, não tenho outra alternativa a não ser obedecer. Ele adora ter o controle. Vai me beijando, tirando minha camisa, desce minhas calças, num carinho, numa meiguice que me deixava louco. O carro começa a encher de vapor, estávamos os dois já começando a ficar suados, pingando, nem lembramos de ligar o ar do carro. Ele vai descendo, chega até meu pau, arregaça a cabeça, ahh... tenho muita pele no pênis, então mesmo duro a pele cobre um pouco a cabeça, ele adorava puxar, olhava, sorria, e começou a me mamar, mamava muito. Ia nos meus ovos, subia, depois ele deita na poltrona do lado, caio de boca naquele mamilo gostoso, dou umas mordidas ele geme baixinho, se contorce, desço até aquela rola reta, grossa, não era enorme, tinha uns 20 cm, quase do mesmo tamanho da minha, limpa, rosada, dei boa chupadas dele trincar os dentes, dessa nossa segunda transa pude perceber que ele sentia forte tesão em determinados locais do corpo. No mamilo, no pênis, e principalmente no anus. Depois eu subo e continuo a beija-lo na boca, os beijos dele são muito bons. Ficamos um minutos abraçados e depois nos vestimos, não falamos nda durante todo esse momento, só nos curtimos, matamos a vontade um do outro. Foi nossa segunda “transa” digamos assim sem gozar, sem penetração. Porém, mesmo assim era prazeroso, satisfatório. Ele liga o carro e pega a estrada. Ficamos em silencio, até que pergunto a ele “Pedro, me responde uma coisa, antes de casar vc já sei lah... sentia atração por caras? Ou começou depois do seu casamento?” Ele franze a testa e me pergunta “por que esse papo brabo agora leke?” Eu não amoleço e pergunto novamente “É cara... vc entendeu, me diz vc antes de casar já curtia caras, já sentia atração por homens. Vc transou primeiro com homem ou com mulher?”. Ele para o carro bruscamente no acostamento e me olha, meio que com raiva, o interessante era que tipo qdo ele estava alegre os olhos deles eram aqueles castanhos claros lindo, show de boba, mais qdo ficava puto, putzzz ficavam meio turvos, escuros, dava até susto. O Pedro é muito expressivo, daquelas pessoas que dizem td pela expressão facial, mais com o comentário do Jhonny fiquei curioso, queria saber. Ele com o carro parado fala “Breno, quem ta colocando essas paradas na sua cabeça?” Eu respondo. “Pow, ninguém ta colocando nda na minha cabeça não leke, quero saber, me diz pow. Antes de vc casar com a Luciana e tal,tu já tinha tido algum rolo com homens, ou começou depois de casado, curiosidade só isso. Ele respira fundo e começa. “Cara, sei lah pow. Bom... sim, antes de casar com a Lú eu já havia transado com homens, ou melhor. Transei com alguns lekes. Mais nda demais normal”. Eu vou logo atropelando, primeira vez que conseguir tirar alguma informação pessoal, algum segredo do Pedro, me animo e coloco ele na parede. “Então vc casou já curtindo caras. Pedro vc casou com a Luciana por amor ou com medo do preconceito?. Na cara de constrangimento dele.

Continua....

GALERA CASO QUEIRAM ENTRAR EM CONTATO SÓ ME ENVIAR UM E-MAIL. FORTE ABÇO.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Sexyboy a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
07/09/2011 00:12:49
MUITO BOM!!!!!!!!!!!!!! MARAVILHOOOOOSO!!!!!
30/07/2010 20:42:29
Caraca...mto legal...parabénscontinue publicando!!!!
04/05/2010 22:47:35
me add no kut />


disvirtuando a bucetaconto erotico menininhas curiosaao entrar no quarto me deparo ela gozando muito sexo porno brasil spvideo porno menina beino vinha sedoi strupada fosacontos cornos fio terra pintinhoxnxvidio minha mae chupo meu pau com camisinha .comMeninos batendo bogueti contos eróticos com cachorroNovinha de deseseta anos gosandovídeo Black negro pirocundosconto erotico viadinho de calcinha sozinho é ebusadoContos estorei a buceta da crentinha da igreja cozei dentro dela e acabei engravidando eladei pro entregador contosx vidios comedo a ludinha ate gozar na cara delamae vagabunda 360 grausnovınha sendo comıda por um negao jumentopono. amugo. come. vabuda. da. namorada. do. amigo. xora. pau. olhacoroa chorando no pau do negaosacolinha da bundonaConto erotico com penis pequenocontos eróticos sinhozinho comendo negrascontos eróticos da esposa anda na casa de quatro como cadelacontos erotico minha sobrinha suadinhacontos gay dei o cu para pagar aluguelconto com onze anos eu trepei com meu tio foi muito gostoso mais doeuPapai coxudo do caralhovai nacasa do amigo e ve airma doamigo sex na salacorno gostando de ver sua mulher ser arrombada por outro pirocudoporno mulheres q bota sainhas curtinha para pega onibus lotado sopara ser fufidaconto erótico lesbicos botando a irmã inocente pra chuparmulher derramando enfiando um copo de cachaça na bucetaContos de papai e mamae sempre examina minha xotacontos mulher carente e judiadaconto priminho gostoso humm excitantex novinhas semostrano p irmaoposicao papai mamae ponodoidocontos eroticos encurraladominha vizinha me flagrou batendo punheta cheirando os sapato dela podolatria contos eroticosabaixar filme pornô a mulher deitada no buraco da parede pé na barriga e quatro homens transando com elacontos eroticos de corno manso no pagode com negrosnovinha toda manhosinha sem querer ozadia mas n aguento e foi po quartocomi a pmbeceta melecada fazeno barulinho fudenome assustei quando vi o pau do negao mas mesmo assim dei meu cu hdzoofila como faze teu. cachorro te lambe sem t machucarzoofilia teencontos eroticos...meu filho ricardinho comeu minha buceta inxadamagrınha nosexoPresente para espoza negao pauzudoestrupando enpregada amarada na camaContos eroticos vim meu pai e mãe fasendo amorcontos eróticos meninas de 22 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhostabareu xvideosmetessao pai e filhanovinha dando para o garagistaconto incentivado da o cuzinho de calcinhabelmiro xvideosContos eroticos a neta da vizinhamulher goza varias vesis com outra mulher efiandu a mao na busetacontos eroticos mamãe submissa, dominada pela filha novinhamotorista da madame contos eróticostornando o conto eroticocreampie significadocontos eroticos.dei uma mini saia pra minha esposa crente e virei corno dos amigosContos eróticos da minha noraO doce nas suas veias (Capitulo 4)-CASA DOS CONTOS EROTICOS-XXX.comconto erotico gay conto gay real romance historia -youtube -site:youtube.comde bruços sinto a cabeca entrando com forca no meu cuzinhocontos eroticos de evangelicas metendoTeste de felisidade aparesendo opinto e a pererecaaPUNHETAS COM CARALHOS GROSSOS E LARGOS X VIDEOnovinhohs gostososcontos eroticos malv comendo as interesseiracontos erotico dei o meu cu a forca pro pedreiro caralhudofotos comedo novinha de fanginho asado cu sexocao gigante fica emgatado na buceta da nefinha que gene de tesaogostosa.foi.faser.xixi e.tarado.atacolcomtos.eroticos minha mulher na.praiaWWW PRONO AFUSSAPeu fudenosexo brutal adulterio irmao fundendo irma de 12 aninhosxvideos novinha com carreirinha de pelos na barrigadei o cu e gosteicontos eroticos dei para um vizinho de iptingacoroa faz minete numa cona esporradabaixar vídeo mulher batendo siririca gozando cobra grande na boca porracontos eroticos lesbicos eu casada e a empregadanegona dizendo no cu naonovinha de vestidinho curto se deliciando provocante you tubebaixar clip 16 .com porno mulher mini saia no metro mete a mao na calcinha delacontos eroticos peguei a maninha novinha loirinha dormindo de bruço fiz anal com alasondei meu pai no banho contos eróticos gayVai vai no cu conto incesto