Limpeza da Piscina

Um conto erótico de Ricardo Martins
Categoria: Homossexual
Data: 05/08/2007 17:57:34
Nota 9.00
Assuntos: Homossexual, Gay

Tudo começou quando meu patrão me avisou que vinha um pessoal limpar o sitio e a piscina, que talvez eles ficassem por aqui uns dois ou três dias e que eu não me preocupasse com a compra do material que ele já tinha acertado com o capataz da obra e ele pegaria tudo na loja que possuía. Que eu arrumasse o galpão e depois visse o que precisava ser feito no sitio e explicasse ao capataz. Tudo bem arrumei o galpão onde se guardaria o material e os peões poderiam usar para dormir ou até dormir no varandão da casa pois estava muito calor, no dia seguinte logo cedo chegaram os rapazes perguntei quem era o capataz eles me informaram que ele mesmo nunca vinha que em seu lugar vinha o filho o que era a mesma coisa pois todos sabiam o que fazer, que ele só relacionava o material e ia buscar, daqui a pouco ouvi uma moto e sai para ver o rapaz vinha chegando, fui atende-lo e fiquei surpreso pois era um menino de uns 15, 16 anos, se apresentou a mim, bom dia eu sou Leandrinho filho do dono da loja e vim para ver o material que vai precisar e o tipo de serviço que cada um vai fazer, expliquei a ele todo serviço, ele chamou os peões e designou para cada um suas tarefas, se dirigindo com mais dois rapazes para a piscina, entrei em casa e fui arrumar meu quarto que ainda não tinha feito, após uns vinte minutos fui para a cosinha, que tem uma janela que dá para a piscina e o que vi me deixou curioso, um dos rapazes estava passando a mão na bunda de Leandrinho que ria mandando-o parar mas não se afastando nem tentando o afastar, o outro chegou tirou o pau para fora mandando o menino o segurar, coisa que ele não hesitou em fazer pegou no pau do cara e começou a punheta-lo enquanto o outro enfiou a mão dentro do short de Leandrinho procurando seu cusinho, se afastaram saindo de minha vista, sai pelos fundos dando a volta ficando por traz de uns caramanchões pude observar sem ser visto o que acontecia, Leandrinho chupava um enquanto punhetava o outro que desabotoava suas calças tentando retira-la, em poucos minutos estavam os três nus, Leandrinho era beijado por um deles na boca enquanto o outro chupava seu pau, ainda sendo chupado, Leandrinho se ajeitou e o outro rapaz começou a penetra-lo ele gemia não sei se de satisfação ou de dor, eu fiquei de pau duro e comecei a me masturbar, os rapazes estavam neste divertimento já a uns trinta minutos, quando um dos rapazes deitou-se no chão para que Leandrinho se sentasse em sua pica enquanto chupava o outro, deitado o rapaz pode ver meus pés por debaixo do caramanchão, e anunciou que eu estava olhando, Leandrinho falou que se foda que o velho esteja olhando não parem deixa ele se divertir, meu pau arriou na hora e sai para dentro de casa, passado uns vinte minutos começou a me dar uma dor no saco pois eu havia ficado excitado e não tinha gozado, fui para o banheiro e voltei a me masturbar, de repente a porta se abre e Leandrinho me pega de pau na mão, como eu não acreditava que algum deles fosse entrar na casa não me preocupei de fechar a porta, e ai tio gostou do que viu e veio se masturbar, deixa que eu termino para o Sr.assim dizendo foi pegando meu pau, eu tentando sair e ele insistindo deixa tio, deixa eu dar uma chupada neste pau bonito eu nunca dei para um coroa e tenho a maior vontade, eu já não me negava com a mesma veemência já estava aceitando a idéia ele se arriou engolindo todo meu pau, o garoto sabia chupar um pau, uma boca quente aveludada, não demorou muito eu anunciei que ia gozar que se ele não parasse eu ia encher sua boca de porra, fez com os dedos o sinal de positivo para mim gozar em sua boca e aumentou os movimentos fazendo com que eu desse uma tremenda gozada e engolindo toda a porra não deixando nada cair no chão, sorrindo levantou-se me falando que pau gostoso tio não liga eu não falo para ninguém sei que é chato para o sr, ta comendo garoto, né, mas qualquer dia eu quero esse pau no meu cu, agora deixa eu trabalhar que a diversão por hoje já acabou, e eu vim aqui para perguntar se o sr se incomoda de eu trazer minha mãe para fazer o almoço e a janta do pessoal aqui. Pois lá em casa esta com problemas de reforma e a cosinha não esta funcionando, querendo me ver livre do rapaz que me causava um certo constrangimento concordei saindo de perto dele, ele sorrindo saiu de casa indo cuidar dos seus afazeres, tomei um banho pensando um garoto novinho e tão viado e até que sua chupada tinha sido boa, um pouco mais tarde eu estava vendo como estavam se saindo na limpeza quando ele chegou com sua mãe, observei que era uma mulher bonita, com uns trinta e cinco anos vestia um short mostrando umas bonitas pernas e uma blusinha amarrada na cintura realçando um bonito par de seios, Leandrinho ao me apresentar falou pronto mãe aqui esta meu futuro padastro, não falei que era um coroa bonito ele vai te mostrar a cosinha deixa eu pegar as coisas, ela se dirigindo a mim falou o sr desculpe meu filho mas ele tem mania de me arrumar marido depois que eu me separei de seu pai, alias me separei não fui deixada por ele. meu nome é Isaura ao seu dispor, - Ricardo tenho uma grande satisfação em lhe conhece-la, ele disse que a Sra é uma ótima cozinheira falei mentindo. Entramos e eu fui lhe mostrar a cosinha e conversamos um pouco coisas triviais nos apresentando e sai pensando até que não seria mal ser padastro de Leandrinho, fui ligar a bomba para encher a caixa que já deveria estar vazia, quando estava chegando na casa de bomba escutei um sussurro e devagar fui me aproximando e escutando -porra da só uma chupadinha, eu gozo rapidinho, seu irmão chupa, porque que você não quer chupar, não segurar e tocar eu faço chupar não vou não, ta então toca, vai toca gostoso faz eu gozar, fiquei de lado só escutando pois não tinha como ver, vai toca mais rápido, chega o rosto perto, dá uma lambidela por favor, toca que eu vou gozar deixa eu passar a mão na tua bunda, assim deixa, eu ainda vou comer esse cusinho, deixa eu comer deixa, não outro dia você me machucou, então chupa, -não, chupar eu não chupo,- então vira deixa eu brincar no cusinho, mas não bota só na portinha,- eu vou devagarzinho se doer você fala que eu paro, vira, arreia um pouquinho pra frente assim isto assim, mexe um pouquinho, -para, você disse que não ia botar, para, - segura um pouquinho só a cabecinha, eu já estava ficando de pau duro só de escutar, devagar eu entrei na casa de bombas e tentei ver quem estava atrás, pude vê-los um jovem e um outro um pouco mais velho, que tentava penetra-lo, eram dois belos rapazes, o mais velho se arriou e meteu a língua no cu do mais joven que pelo jeito adorou a linguada, passou bastante saliva no pau e se ajeitando meteu de vez, o mais jovem tentou sair mas foi seguro com força e não pode evitar o grito, - ai porra sai, ta me machucando, -agora só quando eu gozar, o mais velho bombava agora com vontade, meu pau endureceu novamente, enquanto eles metiam comecei a punhetar, o mais jovem resolveu a colaborar e começou a se remexer mandando, - vai goza, porra senão eu não guento, -goza, gozaram eu gozei molhando todo chão, porra pelo jeito o dia ia ser longo. Sai e fingi que vinha chegando, tossi para eles notarem, quando os vejo sair de traz da casa. Os cumprimentei o que vocês estavam fazendo ai atrás, falei fingindo não saber, -há nos viemos mijar, e ai atrás, tem banheiro no quintal só se vieram mijar um no cu do outro brinquei com a verdade, saíram e eu fui ligar a bomba, após o almoço estava descansando na rede, Leandrinho chega posso falar com o Sr. – depende do assunto, não o sr vai gostar, o que achou da minha mãe, ela não é bonita, é respondi uma bonita mulher, olha ela vai dormir aqui o Sr. toma isto aqui e mete o peru nela, falou me entregando um comprimido azul, -mas o que é isto, -eu já falei para ela que o Sr. gostou dela e ela topou pois a muito tempo não mete, e ela sabe que o Sr. é um homem de respeito, - e o que é este comprimido, é viagra o sr. não conhece – eu não já escutei falar mais nunca tinha visto não faz mal, - não, o Sr tem problema de saúde, o Sr. toma mais ou menos uma hora antes e pega ela de jeito ela vai estar esperando ta tudo certo, depois quando o Sr quiser eu trago ela e deixo aqui para passar a noite com o sr.mas não esqueça que eu também quero este pau no meu cu. continua


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive cravador a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
07/08/2007 15:57:03
Este é bom, mas não deixem de ler deste autor- Marc Fauvel - li hoje - são sensacionais o 1º, Esta bém ...mas só a cabecinha foi publicado na pag 3 de maio/2005(dia 21), o 2º e não sei qual o melhor esá no mesmo mês, na pagina 5, com o nome Peãozinho valente. Ambos são sensacionais, estupendos mesmo, muíssimo bem escritos.
07/08/2007 07:22:15
Bom conto. Bem escrito. Nao sou de comer cu de viado, mas esse conto me deu tesao.


porno conhada nao aquenta atentacao e trai o marido negra na senzalaxxxvídeos pornô contos eróticos - diário de uma louca fudendo a tia VIDIOPOMO DI PAULISTA Bc contos/cunhadasafadacontos eroticos.meu avo me abusouConto gay com coroauma mulher transando com cavalo a outra olhando e focou com votade de entra debaixo e ela ficou com medo da peroca do cavalocdzinha virei empregadinha de um senhoreu confesso. padrinho de casamento vai em casa dorme e come a minha esposa a buceta é dele nas núpciasXVídeos priquito bem bonito eu sou um Marciano eu quero vercontos eroticos sete anoslambendo bunda baile carnavalrapaz passa oleo no cu grande da loira empura a bica ate gozar"descabacando a priminha"mulher a mos tado a buceta de fiu dentauvideos porno fodendo mae emprensadaconto erotico do andarilho com o gay/texto/201412203Descabacei a buceta da minha prima no hotel conto erotico de primo e prima cabaço no hotelConto erotico encochada incestbucetas.cf/bruninha69contos minha mae me criou como putaa nora de São Paulo dentro da buceta fazendo zuadaporno madastra fodendo enteados ninfetosContos eroticos gays dilaurentis casa dos contosFilme de porno sobrinho cumendo a suacontos comi miha tia enguanto dormiaconto comi uma eguamulher brasileira puta safada vadia xingando querendo rolagozanu gostozo na bucita da irma dominu xvidesnovinha baiana macumbeiro dando só o cu filme pornômeu cachorro lambe minha caucinha nas minnha coxaso vizinho safado do 205 conto gayconto erotico pingando um gel no rabo da maecontos eroticos inquilino quarto dos fundos.xvidio fagar a gostosa na praiaporno pego 2 mulher e comeu a buceta uma nao ageto e goza muitoconto erotico menino manhosocontos eiroticos leilaporngostosas com traseiro largo de biquinesPornodoido arrebatdascontos bebeu demaispirucas gozanobatendo o que tá faltando musculoso gostosão fortão pintam grandãocontos eroticos alex mauconpodolatria xvídiocomi a puta do meu tio a forca contoflaguri minha irma pelada e transei com ela you tubefudendo a mae dormndogays nus muscle espartanos pelus xvideosxisvedeo asalto loja ponopadrasto enteada falei de sexo brasileirodei pro entregador contosvídeo de novinha dançando sem calcinha e o Paysandu filmeconti erotico de corno narrado por mulher yotubaquilo foi rasgando meu cuzinho contos eroticosbotei gozei tirei gozei soquei gozeibuceta da linguonadurmiu com a prima e bateu uma ciririca nela fasend ela goza muitofodendocom sobrinhosgostosasbonitinha de 18anos quadril grande e largo bunda durinha comeu.xxxquero ver comendo aquele perly do desenhos Power Rangers nx vídeos pornôwww.contos eróticos eu curiava minha mae.comcontos eiroticos leilapornestrupado a umazinha novinha a forcavideo de prono doido com loiiraasloiras gostosas com abuçeta bigodinhoxvideos mulher acoda e pega marido caindo na intiadamagrinha na dupla penetração vaginal com dois ficam pretosxx video madrata ponheteira na madrugadacontos eiroticos leilapornConto gay - "fodido por um tritão"Contos eróticos sobre marido militar e sua esposa na lua de meltem lebica olaine 2017 pra comigo outra mulher por celularconto erotico peguei no flagra meu pai comendo meu maridoporno novinhas dando uma escapolidinhagueixa mujonavelhopintudocontosxvideocasadas safadas andando de motosobrinha fudeno