Comendo minha cunhada lésbica

Um conto erótico de RodRoraima
Categoria: Heterossexual
Data: 21/07/2021 18:40:48
Assuntos: Heterossexual, Sexo

Esse é meu primeiro conto, espero que gostem dessa experiência incrível que aconteceu comigo há uns 3 anos atrás, que até hoje mexe demais com meus pensamentos!

Bom, me chamo Rodrigo (nome fictício) sou natural de Boa-Vista Roraima. Tenho 28 anos, 1,78. Branco, 90kgs. Costumo despertar a atenção das mulheres, não pelo fato de beleza mas pelo fato de ser sempre educado, sério e safado na hora que tem que ser.

Tenho uma irmã chamada Raquel, 31 anos, linda, bastante feminina, morena, 1,70, siliconada, bunda grande, barriga chapada e rosto lindo, chama atenção por onde passa de homens e de mulheres. Ela é um tipo de mulher que vive o momento, adora balada, é bem dependente, lésbica assumida pra família, mas sei que antes ela era bem safada quando se tratava de sexo com homens, hoje ela tá nessa vibe de mulheres!

Ela tinha uma namorada chamada Rebeca, uma garota de 29 anos, com aqueles estilos de lésbica meio feminina. Linda, peitões, rosto bonito, bunda grande, branquinha. Um verdadeiro pedaço de mal caminho. Ela me despertava muito tesão, sempre fui um cara muito safado, com a libido sempre as alturas, sempre com vontade de comer o mundo, seja tia, mulher de amigo, casadas, coroas, garotas solteiras, sempre fui muito tarado em relação a sexo.

Sempre respeitei muito minha irmã, ela sempre foi muito parceira comigo, então tentava falar o mínimo possível com a Rebeca, sempre fui um cara de poucas palavras quando via ela pessoalmente (mas no fundo tinha um desejo incontrolável por ela, uma vontade de fodela, aquele desejo proibido de fazer algo errado sempre me despertava quando ela estava por perto)

O tempo foi se passando, vi que elas eram tipo porra loucas, brigavam, se relacionavam com outras pessoas, sempre batia conversas das duas no meu ouvido, pelo fato da nossa cidade ser pequena, aqui todo mundo se conhecia, então ficávamos sabendo de muitas coisas que acontecia, as conversas chegavam até a família, e isso fez que eu me aproximasse mais de Rebeca com o pensamento de que minha irmã não se importasse muito com ela, que fosse só aquele namoro/sexo. Resolvi então começar a agir, consegui o número do whats dela no celular da minha mãe, que ela o possuía pra sempre falar com minha irmã quando elas estivessem juntas.

Anotei o número no meu celular, tinha uma tática infalível que usara sempre que possível pra começar uma conversa com uma pessoa do nada. Liguei para ela por chamada de vídeo e recusei, assim chegava a notificação no seu celular. (Isso já colou muito rs).

Ela me respondeu: me ligou cunhado?

Eu: foi sem querer cunhada, apertei aqui sem querer!

Ela: sem problemas viu? Fica tranquilo hahaha.

E foi aí que começamos uma conversa, a primeira conversa verdadeira entre a gente foi nesse dia. Sempre só a cumprimentei! Falamos de tudo nesse dia, foi aí que perguntei como andava o relacionamento com minha irmã, ela respondeu que tava indo, brigavam muito mas sempre no final era só amor. Aí do nada ela perguntou: E você cunhado, como anda tua vida amorasa? Vi que você de vez em quando trás umas meninas diferentes aqui pra sua casa, faz sucesso com a mulherada hein?! Inclusive a última era um avião (não vai contar pra sua irmã kkkkkkkk)

Eu ri e brinquei: eita, já quer pegar a gata do cunhado é? Se manque haha ela riu e falou: Ruim não seria mas estou brincando com você hahaha.

Meus pensamentos começaram a aflorar foi então que falei: Tu acredita que meu maior fetiche é vê duas mulheres se pegando na minha frente? Deve ser lindo vê mulheres se comendo, nunca tive essa experiência, ela então começou a da corda pra nossa conversa. Ela: sério cunhado? Eu piro em comer mulher e ser comida tbm, mulheres sabem fazer o negócio bem feito. aí fui me soltando mais, perguntei como ela transava com minha irmã, se minha irmã chupava ela gostoso, se usavam aqueles brinquedos eróticos (consolo etc)

Ela foi me respondendo tudo, e eu já excitadíssimo do outro lado do celular. Foi aí que falei, que era louco também pra comer uma lésbica, ela: serio? Qualquer dia vou resolver esse teu problema então, vou te apresentar uma amiga que fica com homens também mas é segredo nosso viu? Não conta pra ninguém essa nossa conversa. Falei que podia deixar que ia ser nosso segredo. A conversa acabou aí, isso era numa quinta feira.

No sábado sai pra tomar umas com meus amigos, cheguei cerca de 00:40 em casa. Nesse dia minha irmã tinha saído com umas amigas, elas tinha discutido, sabia que ela estava só, abri o WhatsApp e vi que a Rebeca estava on-line aquela hora e resolvi mandar um: Vai dormir menina haha.

Ela me responde: dormir é para os fracos cunhados, eu quero é beber!

Respondi: eita, tá assim é? Tá onde?

Quando penso que não ela me liga.

Oi cunhado, tá fazendo o que? Tô bebendo quer beber comigo não? Tô aqui no shell me pega aqui vamos fazer algo!

Respondi só bora, vou me arrumar aqui e vou te buscar, em 15minutos chego aí.

Cheguei lá no posto ela estava lá com uma amiga e um amigo gay. Eles nem viram quem era porque não me conheciam e meu carro tinha insulfilme, ela entrou no carro e fomos beber, bebemos dentro do carro mesmo, parávamos em uma conveniência, comprávamos bebidas e andávamos de carro pela cidade ouvindo música e conversando.

Fui tocando no assunto de sexo, lembrando da conversa passada, que era louco pra vê duas mulheres se pegando, ela foi se soltando, falando que tava louca pra transar naquele dia, que minha irmã tinha deixado ela na mão! E que estava quase fazendo uma besteira com a amiga dela que estava na conveniência, isso foi me deixando excitado e ela percebeu o volume que já fazia no short, aí ela falou: nossa cunhado tem alguém que tá com vontade aqui também hein? Eu falei: não tô aguentando Rebeca, tô louco pra te comer, ela respondeu: então hoje é teu dia de sorte, aproveita que estou bebada e com vontade transar!

Começamos a se amassar dentro do carro, beijos quentes, ela começou a pegar na minha pica por cima da bermuda, eu comecei a amassar ela bem gostoso, ela usava uma blusa preta tomara que caia e um short jeans branco. Consegui botar o dedo na buceta dela sem ao menos tirar uma parte da roupa e estava encharcada! Fiquei alucinado quando senti aquela buceta molhada e falei: vamos pra um motel aqui próximo, ela topou na hora!

Chegando no motel deitei ela na cama a deixando só de calcinha, comecei a beijar sua boca, seu pescoço, fui descendo pros seios, que putaaaaa peitos, era grandes, brancos e com os bicos rosas, dei uma chupada neles, mordiscava eles e ela endoidando querendo mais. Fui descendo pra sua beijando ela, até chegar na altura da sua virilha, quando cheguei na sua virilha comecei a cheirar, a beijar a morder por cima da calcinha, a calcinha nessa altura já estava úmida, toda babada, foi aí então que puxei com os dois dedos para o lado a calcinha e tive a visão mais linda que pude vê! Aquela buceta toda babada, era um bucetão lindo, grande, rosa e melado. Cai de boca nele, chupava ela, mordida seu clitoris esfregava a cara , as vezes desliva minha língua até seu cuzinho e ela urraava de prazer. Me chamando de putooooo de filha putaaaa mandando eu chupar aquela buceta, até que ela squirtou na minha cara, molhando toda minha cara e toda a cama. Eu fiquei louco com aquela mulher.

Sem deixar ela se recompor, arreganhei aquela buceta, e posicionei minha pica na entrada dela, sem camisinha mesmo naquela altura não queria nem saber de camisinha, queria senti-la queria sentir seu calor pele com pele, comecei a esfregar a cabeçona da minha pica que digna de passagem é uma pica grande, nunca nenhuma mulher reclamou 21cm grossa, cheia de veias e com a cabeça rosa. Comecei a pincelar no seu clítoris, colocava a cabeça e tirava, ela implorava pra que eu a comesse e queria castiga-la queria judia-la o máximo que eu pudesse, foi então que depois de alguns minutos nessa safadeza eu penetrei de uma vez só. Ela gritou de prazer, comecei a bombar ela na posição de frango assado, ela gritava, chorava, xingava, eu a enforcava, dava tapas na sua cara, falava pra ela que a partir daquele dia eu ia comer ela sempre, e ela falava que sempre que desse ia me dá gostoso. Ficamos nessa posição por alguns minutos, depois coloquei ela de 4. E comecei a comer bem rapido e bem forte foi então que ela squirtou pela segunda vez, dessa vez na minha pica! Eu enlouqueci, não demorou muito pra eu anunciar minha gozada, mas pedi pra que ela se posicionasse na minha frente pra que ela pudesse sentir todo aquele tesao acumulado que sentia por ela, gozei na sua boca, ela tomou tudo! Caímos desfalecidos na cama, nos recompormos e fomos tomar um banho juntos, com muito beijos na boca e chupadas gostosas de baixo do chuveiro! Logo em seguida nos arrumamos e fomos pra casa, ela me pediu sigilo naquilo, falei que seria nosso segredinho! Esse foi o primeiro de muitos, depois vou contar a segunda vez que comi ela com todos na minha casa! Até mais, desculpem o erros de português, e pras mulheres da minha cidade que queiram me conhecer, mandem seu e-mail que será um prazer trocar uma ideia e quem sabe, sairmos pra beber um dia! Haha


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive Rod1 a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Boa!!! Escreva mais!

0 0


mtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1xvideos divaga nao vo ti regassaconto erotico esposa verdade ou consequenciaxxx minha tia quer transar eu amostrei meu pau e ela disse que nao ia aquentareptar casa dos contosconto erotico gay currado numa cilada contos eroticos esposa mamando no cinemapornopirno mai efilhonovinha com pouco pentelho contoscontos eiroticos leilaporncom bumbum mais bate com bumbum mais burro tem as loira morena branquinha e a ruiva a loira morena branquinha e a ruiva bate com a bunda pula pulamulhe com ceceta ano fazeno sexoxvideo so tesuda zaradaMulher a ser enrrabada pelo marido de castigo com grande caralhoengolimos rebolando de fio dentalnovınha fudeno a prımeıra vezapostei minha mae com amigos ela adorou virou vadia bem putacunhadinha bem linda e muito gostosa coxas grocas e bumbum saliente contos eroticosContos comendo a buceta da luana casadaxvideos estrupo a adigogada em2 marmangosconto erotico rafa2014Contos picantes eroticos peguei minha mãe fazendo safadesa cm meu vizinho pisudo minha tia viu meu pau eretogang bang no onibus contoscontos eroticos teencontos eiroticos leilaporncontos de cú de solteironafilho chupando a mae com gemecaoxvideu gomendo sogra gotihasvideos porno mulher aguentando dois paus de quase50 centimetrocontoerotico com mulher casada e negroNovinha negra tentol fugir do sexo anal contos eiroticos leilapornVamp19- Casa Dos Contosconto mae manda filinho fuder irmazinha pequenapinto ennorme n cu d geymoleque enchem praia nudismosexo na sala fria comendo ela depois de tirar o fio dental boa fodacheirou minha calcinha e me fodeu , contosmulheres gostosas fazendo garganta profunda com penis muito grandes e enfindo todo na sua guela e ele vai e gozaentregei uma pizza e mepagou com boquetevidio d sobrinha mostrando metade d polpinhas p tio n fazendamulher evangélica sendo comida a força por 2negros super bem dotadodaniloprsvideo deputariacontos eroticos maduras peludahomens cacetudos de saojosedoscamposnovinha gozougostozocontoserotecos minha mulher com bunda cheia de porraconto pai filho mijocomtos papai me fez a pita do analmorena de 58kg dando a bucetamulheres trepsndo e gemendo mpitonegam estorado as bucetas da novinhas vidios pornoporno buseta sogra amarra jero na cama e caga na boca dele sexo caseirominha cunhada gostosaescreve palavra enrabardofazendo a filha chorar de dor sexo anal tv insentonovinha esgassada casada xvidiocontos eiroticos leilapornNuas mamar maeputas#tio ruttraveco falano vougosa na punhetaLiliane trepando com seu cunhadoVer garotos com 16 cm de picaPinto do filho contos eroticoscontos eroticos aluguelConto erótic com dogpiranhona sentando no casetao dotadoconto chifradeiraO dia que eu e meu marido envertemos os papéis pornoxvideos coroas com tesao pedindo alguém pra chupar sua xota gemendo aiiiiiiii vouuuuu gozarrrrreu e minha irmã e minha mãe moramos sozinhos eu tenho 22 anos de idade minha irmã linda e gostosa ela tem 18 anos de idade eu tirei a virgindade da buceta e a virgindade do cu dela eu tava a noite fundendo minha irmã no meu quarto minha mãe ela entrou dentro do quarto ela me viu eu fundendo minha irmã minha mãe ela tirou sua roupa minha mãe disse pra mim pra eu fuder elas duas juntas conto eróticoContos ai meu cu na infanciaDescabacei a buceta da minha prima no hotel conto erotico de primo e prima cabaço no hotelEGUA FUDENDO COM HOMEM GOZANDO E ABRINDO A BUCETA E RINXANDOentrequei minha vigidade pri maridi da minha tia contofotos de profesor japonesa tamno abucetano motel eu não tava acreditando que eu tava fundendo a buceta virgem da minha cunhada solteira coroa conto eróticocontos eroticos de meninos no orfanatocontos eroticos comi a diarista gordavideo. pono mulheres guichado porra de tezaomulher dano a buceta e irmao olhando pela fechaduracontoseroticos m vadia mamae nao solbe o que fazer quando viulevei minha esposa num glory hole conto realcontos eróticos minha mãe me fez perder a virgindadecontos minha cunhafa de 12 anos chupo meu pintocontos meu filho estrupo,meu cu finju dormisou neto mas tenho muito tesão na minha avó vontade de f****"felipe e guilherme- amor em londres"so vidio maquinasexicarolzinha santos gordinha gostozinha trepano com colega de trabalhoconto erotico marcelo come a Elane na casa dele delicia