Era pra ser romântico

Um conto erótico de Lunara
Categoria: Heterossexual
Data: 08/07/2021 17:37:39
Última revisão: 21/07/2021 18:44:36

Meu nome é Lunara, morena 1,65,seios fartos e bumbum redondinho... Esse é o primeiro conto aq, vou contar sobre eu e o Júnior. Claro, alto, sarado e romântico

Eu me encontrei com ele na rua de casa, estava de vestido e calcinha vermelha,entrei no carro e paramos na casa de um amigo dele, esse amigo veio cumprimentou nós dois e aí percebemos que o carro tinha esquentado muito, ele foi lá abriu o capô e deixou esfriar o amigo dele foi pegar agua...

Enquanto o amigo se afastou júnior começou acariciar meu rosto a me beijar, falei q queria logo sair dali. Ele disse q tomariamos uma cerveja antes eu estava louca de tesão, queria sair logo e ir pra um motel.

Quando o amigo dele voltou eles se sentaram eu virei de frente e coloquei os pés no colo dele fiquei disfarçadamente passando os pés por sobre o pau dele, as vezes abria um pouco as pernas e ela via minha calcinha, o amigo não percebia nada, levantou e foi buscar outro litrão.

Júnior me disse que estava vendo minha calcinha q eu n fizesse aquilo, de pronto enfiei a mão por debaixo do vestido arranquei a calcinha e disse - agora não tem mais calcinha p vc ver... O amigo dele vinha em nossa direção ele rapidinho colocou a peça no bolso.

Bebemos a cerveja e quando já iriam buscar outra o Júnior usou a desculpa q estava dirigindo e que teria que ir nos despedimos do amigo e fomos virar o carro... Levantei meu vestido de forma que quase mostrasse toda minha buceta q a essas alturas do campeonato já estava muito molhada, falei p ele se concentrar no trânsito enquanto eu colocava o pau dele pra fora da bermuda duro feito uma tora, me abaixei e comecei a mamar colocando ele todo na boca estava pingando de tesão, ele preferiu parar o carro e ali durante uns dez minutos me deliciei com aquela cacete grosso e grande enterrado na minha boca até a garganta... Depois saímos de onde estávamos parados e seguimos pra o motel mas o tesão era tanto que continuei punhetando aquele safado, não teve jeito caí de boca novamente, as vezes me engasgava mas chupava e lambia como quem implorasse pra que fosse comida por aquele pau.

Chegamos na garagem do motel ele apertou o botão de fechar o portão e parou na minha frente eu ainda estava no banco do carona ele virou e disse - hj vamos fazer um amor gostoso... Olhei bem pra ele e respondi - não, hj vc vai me fuder como se fosse uma puta.

Em seguida chupei seu pau mais um pouco ainda sentada no banco do carona o aproveitando de pé na minha frente comecei a acariciar minha buceta que já melava meu vestido de tanta vontade, foi então que ele né puxou pra fora, beijou minha boca, me colocou de costas pra ele escorada no carro agarrou meus peitos beijando minha nuca e me disse

- é putaria que vc quer, então hoje vai ser minha vagabunda .

Dito isso se ajeitou rapidinho atrás e meteu a vara com toda força possível em minha buceta, pousou as mãos em meus ombros e estocou com força fazendo meu corpo estremecer outra vez, comecei a gemer timidamente, afinal era uma garagem, ele disse com voz abafada que só sairia dali depois de ouvir o gemido no tom que ele queria depois me deu um tapa da na bunda seguido da promessa de me arrebentar incluindo meu rabo.

Gemi alto e ele foi diminuindo me chamou pra subir as escadas, no segundo degrau me colocou de quatro e deu uma chupada na minha buceta enfiando dois dedos, mandou que eu subisse a escada com seus dedos cravados em minha buceta, no meio das escadas ele colocou o terceiro dedo e foi fazendo um delicioso movimento que minha buceta chegava se contrair em sua mão.

Dentro do quarto pedi que ele esperasse um minuto para que eu pudesse ir ao banheiro, qndo voltei ele estava pelado de pau duraço mexendo na televisão, não resisti chupei ele pra deixar bem molhado, sentei naquele cacete e fui cavalgando só com a cabecinha enfiada na buceta enquanto ele me olhava com aquela cara de safado, de repente sem avisar soltei todo peso do corpo, o pau entrou com tanta força que gemi feito uma cadela, continuei cerca de dez minutos cavalgando com aquele kct duro metido na buceta, até que gozei a ponto de escorrer... Ele me colocou de quatro disse que ia fuder minha buceta mas pedi que ele comesse meu cu, ele colocou delicadamente a cabecinha e fui rebolando remexendo até q empurrei meu corpo pra trás, pedi pra ele mete e goza no meu rabo já que era isso que vc tanto queria...

Ele acelerou os movimentos e me encheu de porra, como eu havia pedido. Caímos na cama exaustos depois disso, recuperada as forças ainda mamei gostoso aquela vara até ter minha boca cheia de porra sem eu perder nenhuma gotinha...

Próximo conto falaremos sobre Paulo, o peão da fazenda do meu tio... E, me perdoem pelo tamanho do conto! 🤭

meu email caso queiram entrar em contato é


Este conto recebeu 23 estrelas.
Incentive Liah8964 a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Excelente 🤤🤭😍😍

0 0

Gostosa!

0 0

E safada!

1 0
558

Uma delicia de conto

0 0

Que bom que gostou... Estou me lembrando de outros fatos para contar pra vcs.

0 0

Delicia de conto manda fotos

0 0

Vou pensar se mando fotos kkkk... Pra falar bem a vdd, tudo que eu postar aqui é fato ocorrido.

0 0


bleizer duas mulata dando pro genro xnxxFiz sexo com meu profeasadorei picao do papai na minha bucetinhaconto erotico a irmandade da anacondacasai trajando no cuContos eroticos convenci minha amiga a tranzar e gozei dentroporno a coroa gostosa gemendo e usando fantasia bem radianteAnimando o namorado tristinho xvideosmtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1esesso de leite no cu www.putariabrasileiracontos eróticos de lésbicas de coleira e plug analFilha ta louquinha pra dar e sua mae nao quer deichar xv poenodesde novia goto d pauzao n m xoxotajogador de basquete fode o gay safado na arquibancada negao xnxxcontos eroticos banheiroconto erotico era da grossura de uma berinjelaporno doido chochotinasum homem virgem quando tranza sem penetrar continua vergem??xvidiocomendo cu da cachorra de intimaçãobuceta de evangelica arrombada na igrejafodeno de Cantromulher pensa que a amiga é mulher mas é um travesti com um pau bem groso e vai dormi com ela em casa e acaba temo um supresa e transa pornolesbicas fazendo prova de beijoprovocanteporbodoido ledbicaconto me tornei corno calcinha do macho negro delabuceta cheia de muxiba da sogracontos eróticos piscina/texto/201705176conto erotico com marido velho coroa grisalho contos eroticos.virei viadinho no consolo da titiafudendo esposa e a mae delacontogozou na esposarapas bunda linda dando cu de brusujovens escravas na ilhacontos eroticos mia mulher nao resitil o massagista dotadoConto porno palmadascontos eróticos de casaisXvideo.com Ruiva cavala de buceta e cu raspadinho fudendo com novinho picudo gozando dentrovidio porno novinha perdeno avigidadi pela primeira vescontosEroticos chorando no pau do cunhadowww.xvideos mulheres fodendo festejando a vitoria do Brasil videos mulher madura com vagina peluda cheia de espermamulher casada dzno a bucet para dois pedeirocontos flaguei o irmao do meu marido cheirando minha calcinha sujasenhora de idade pratica zoofiliavideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiaporno no cinema cine operaeu nunca eu tinha fundido a buceta mestruada da minha esposa a noite ela tava na cama comigo ela tava de calcinha eu disse pra ela eu quero fuder sua buceta ela disse pra mim que ela tava mestruada eu disse pra ela eu quero fuder sua buceta mestruada conto eróticohomens bobinho pinto fino viadobonequinhacontosfotos de bucetas do faisaoxvideo mete comsolo 30cen nu cuO vizinho safado do 205xexoleitinhoXvideos as filinhas lerinhaxvidios de magras novinhas nova firgen estrupadaler contos eroticos de padres reaiscorno que nao da mais no couro humilhado pela esposa vadia contos eroticosfilho fodendo a buceta a pertademeu vizinho me comeuvídeo de Juliana Paes toda nua umbiguinhovídeo de sexo brasileiro novinha gritando ai titio meu c****** pequeno tá doendo entre o funk do Pica devagarinhoSexozoofiloa cinquentona gritava não ia aguentarCacetes gossoscontos eróticos meu namorado me amarroue vendou e chamo os amigosleitinho do padrinho contos gayContos erotico nora novinha ouvindo a sogra chorando no picao do cunhsdovirgemcasadoscontosvídeo Baby Alive se arrumando para ir para a festa da neguinhawwwmae acordada com rola no cuencoxou a mae na camadotado roludo malvado comm novinha com bucetinha muito apertadaver sexso gay e emosloirinhos trepando de quinze anosconto erotico gay macho dominador gosta de maltratar viadoum conto erótico freguês meu filho dando o c******conto chupando uma rola fedidavideo porno de mulher dano a sua buceta desfarçada para o primo familia sacanarapasinho bebo de cair leva no cu apuso estruporabuda na garupa da moto o vesdidinho sobi e mostra a caucinhaxvideos de vigem chora descabasandover videos irmao sonabolu traza com irmanContos comi a buceta da minha nora mesmo ela estando menstruada