Fazendo a namorada se exibir pro seu pai - Parte Final

Um conto erótico de Abohsnonam
Categoria: Heterossexual
Data: 08/06/2021 23:43:32

Depois o pai da Mi saiu da piscina, encostei nela:

- Safada… você tava peladinha na frente do seu pai.

- Acho que ele nem viu – falou ela soltando uma risadinha.

- Queria que ele tivesse visto? – continuei eu

- Hm…não sei. Acho que não por ser meu pai, né? Mas por me exibir…

- Você ficou com tesão?

- Nossa, muito… - falou ela suspirando

- É? Peladinha, sem nada na piscina, com seu pai logo ali?

- Me come aqui na piscina. Agora!

Encostei ela na parede da piscina, peguei ela no colo, ela fechou as pernas em volta do meu quadril e começamos a transar bem gostoso.

- Ai…me come, vai – gemia ela baixinho

- Gostosa! E se seu pai tivesse na piscina agora?

Ela começou a gemer mais alto.

- Eu ia… chamar ele...pra ele me ver assim, pelada. Dando pra você!

Ela me puxou pra escada, ficou fora da piscina de 4 e me chamou

- Vem… - falou ela, for a da piscina, ao ar livre, nua.

Qualquer um que saísse da casa daria de frente com ela de 4.

No último degrau, peguei na cintura dela, e comecei a enfiar meu pau naquela bucetinha toda molhada.

- Venham jantar – um grito de dentro da casa acaba com a nossa festa.

A Mi se levantou, colocou o soutien e a calcinha. Eu coloquei o shorts e entramos.

Ela foi tomar banho e eu também, cada um no seu banheiro.

Nos sentamos à mesa como se nada tivesse acontecido. A mãe da Mi saiu do quarto com uma pequena mala e se juntou a nós na mesa.

- Minha mãe ligou agora no final da tarde. Preciso ir agora à noite pra lá. Ela tem uma consulta amanhã cedo e preciso ir com ela. – falou a mãe da Mi.

- A vó está bem – perguntou a Mi.

- Sim. É só uns exames do endócrino. Parece que os hormônios estão um pouco desregulados.

- Mas, você já está saindo? – perguntou o pai da mi.

_ Sim. Se eu sair agora, até umas 9h, 10h estou lá. Tranquilo. Vocês podem ficar e aproveitar o resto da semana.

- Tem certeza que não quer que voltemos com você – perguntou o pai da Mi.

- Não precisa mesmo. Estarei bem. Aviso quando chegar.

Jantamos, nos despedimos da mãe da Mi e voltamos para a mesa e continuamos conversando e bebendo.

Começamos a fazer caipirinha e outros drinks e o pai da Mi foi no armário pegar outra garrafa. Quando ele esticou o braço pra alcançar a garrafa na parte de cima do armário:

- Ai!.. – gritou ele.

- O que foi, pai?

- Nada…meu braço. Hoje eu caí do cavalo e machuquei meu braço e minhas costas.

- E por que não contou?

- Porque não foi nada. Só está doendo um pouco.

- Deita no sofá, pai. Vou dar uma olhada.

O pai dela se deita e ela começa a examinar…

- Hm… tá inchado mesmo. No ombro e perto da escápula. Tem mais algum lugar que machucou? Fala agora… Você tem uma filha fisioterapeuta. Tem que aproveitar.

- A coxa direita também… - fala ele.

- Então tira a camiseta e sobe o shorts, preciso ver. Amor, pega aquele creme de massagem muscular na minha bolsa, por favor.

Peguei e entreguei pra ela.

- Ok. Esse gel é feito à base de raízes de ervas e outros compostos. É bem forte, então vai arder um pouco, pai. Ok? Levante bem o shorts, por que se ele encostar no tecido do seu shorts, mancha.

- Ok, entendi – disse o pai dela se levantando, tirando a camiseta e subindo as pernas do shorts.

Eu me sento na poltrona e só observo.

- Deita de barriga pra baixo, pai.

Ele se deita e ela começa a massagear as costas dele e o ombro…

- Vou buscar o colchonete. Senão vai manchar todo o sofá – fala a Mi.

Em cima do colchão ela manda ele virar de frente e começa a massagear a coxa dele.

Eu percebo que a Mi tá encostando no corpo do seu pai.

- Amor… você tá encostando a roupa no seu pai. Tá manchando tudo seu shorts e camiseta… - eu aviso.

Ela olha pra baixo:

- Nossa…é mesmo. Aff! Que merda. Tá manchando mesmo.

1 minuto de silêncio na sala…

- Vou ter que tirar essa blusa e esse shorts… - Fala a Mi.

- Acho que não precisa, Mi – tenta o pai dela para manter ela com roupa.

- Não dá, pai. Já tá manchando tudo…

Realmente estava manchando a parte de baixo da camiseta e quase todo o shorts.

A Mi então se levanta ao lado do colchão, e tira a camiseta.

Eu não acreditava no que via. Era o soutien que ela comprou pra usar comigo. Ele era meio transparente e era um tesão nos seios branquinhos e durinhos dela.

O pai dela deu uma olhada de canto de olho.

Achei realmente que ela fosse ficar assim. Mas não…

Ela se vira pra mim, deixando sua bunda inteira exposta e virada pro seu pai (acho que foi de propósito):

- Amor, posso tirar os shorts também, né?

Olhei fixo pra ela, mas sem dizer nada, apenas uma cara de “você quem sabe”.

- É meu pai, né?… não tem problema – fala ela colocando os dedos nos dois lados do elástico dos shorts e abaixando até o joelho.

Eu não podia ver, mas podia ter certeza que o pai dela tinha uma visão perfeita da bunda dela, de baixo para cima.

Ela então se vira de volta pra ele, se ajoelha no chão e continua a massagem.

- Pai, melhor o senhor também tirar o shorts ao invés de só levantar. Tá manchando tudo mesmo…

Antes que ela terminasse de falar:

- Não, Mi… melhor não. Deixa assim mesmo.

- Deixa de besteira, pai. Qual o problema? Eu tirei. Melhor o senhor tirar também. Não vai querer estragar um shorts, vai? – falou ela sabendo que o pai é pão duro.

Ele faz um sinal com a cabeça e ela puxa os shorts dele pra baixo.

- Pronto…agora sim. Vamos continuar - fala ela.

Ela continua massageando as costas do pai dela.

- Agora vira de frente, pai. Falta seu ombro na parta da frente e sua coxa.

Agora o pai dela estava deitado de barriga pra cima, só de cueca, e ela só de calcinha e soutien fazendo massagem no ombro dele.

Enquanto a massagem rolava, todos dávamos umas pausas para tomar um gole de caipirinha e cerveja.

15 minutos depois ela vai descendo e começa a massagear as coxas dele.

- É pai…o músculo está inchado mesmo. Parece que você estirou.

- É…está doendo um pouco.

- Vou sentar na sua perna pra ter mais firmeza.

Ela se senta sobre o seu joelho e começa a fazer massagem nas coxas dele.

Não demorou muito e o pau do pai dela começou a dar sinais de vida. A cueca não era apertada, era meio de tiozão, mas dava pra ver claramente o pau apertando a cueca.

A massagem continuava. O pai dela de olho fechado, aparentando se controlar para não ficar de pau duro. O que era em vão…

- Pai, não tá dando…estamos nos sujando inteiros! Olha minha calcinha e meu soutien.

O pai dela já nem reclamava mais.

Ela então se levanta solta o soutien e de novo se vira de costas pro pai dela e tira sua calcinha.

- Mi, o que vc tá fazendo? Isso já é demais…

- Ué, pai. Qual o problema?

- Você tá pelada na minha frente, estamos bebendo…- ele falava, mas ao mesmo tempo olhava disfarçadamente sua bucetinha e seus peitos.

- Além disso, o Andre está aqui – continuou ele.

- Os dois já me viram assim. Tanto ele quanto você e não tem nada demais. Fica quieto aí antes que você se machuque mais.

Nisso ela puxa a cueca dela pelas pernas, deixando saltar o pau dele.

- Isso não tá certo – ele fala.

Ela então se senta nas coxas dele e continua a massagem, agora no seu peito.

Ela começa a massagear cada vez mais pra cima e eu vejo que o pau do pai dela vai ficando cada vez mais perto da buceta dela.

Vejo que ela olha pro lado pra mim, dá um sorrisinho.

Nisso vejo a buceta dela passando pelo pau do pai dela e então ela volta fazendo a ponta do pau dele cutucar a entrada da buceta dela.

- Filha… calma. Vocês têm camisinha?

- Não precisa, pai. É só você gozar fora.

Nisso ela senta empurra seu quadril pra trás de novo, fazendo o pau dele entrar por inteiro na buceta dela.

- Aiii, pai… - solta um gemido ela.

Só consegui escutar ele gemendo baixo.

Eu já batendo uma vendo a cena.

- Ai, que delicia… me come, pai! Fode gostoso.

Vejo perfeito o pau do pai dela entrando fundo nela.

Eu me aproximo e começo a passar a mão na bunda dela.

- Ai amor…tá muito gostoso.

Eles nem pensam em mudar de posição, só continuam transando sem parar.

Mais algumas estocadas e eu vejo ele segurar a Mi e soltar um urro meio alto…

- Ai, amor…to sentindo ele gozar dentro de mim.

Ele empurra mais umas 5 vezes nela gozando.

Ela então dá um beijo no seu pai! E o pau dele desliza devagar da buceta dela, revelando o tanto de gozo que saía da buceta dela.

ME DEIXEM MENSAGENS e ME ENVIEM E-MAILs.

Obrigado.


Este conto recebeu 23 estrelas.
Incentive Abohsnonam a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/06/2021 14:07:43
Adoro incesto, quem quiser conversar de maneira respeitosa, em preconceitos e julgamentos para falar sobre e outros temas, é só chamar no e-mail
09/06/2021 17:48:22
Ótimo!
09/06/2021 17:04:28
Muito bom , melei a cueca , agora vc tem que fuder a mãe dela ... Manda fotos pra mim orlando ... Nota 10
09/06/2021 16:47:30
Delícia, queria eu ter uma namorada assim. Você tem que aproveitar mais dessa situação, por exemplo, chupando a bucetinha dela gozada, é uma delícia.
09/06/2021 11:33:33
Muito bom, depois manda fotos dela!
09/06/2021 08:25:50
Olá! Minhas fotos e vídeos de nudez aqui: />
09/06/2021 06:57:29
Adorei muito bom nota mil Maravilha parabéns

Listas em que este conto está presente



contos eiroticos leilapornvideo gratuito meu vizinho foi me ensinar matematica e fez sirirca em.mimcontos erotico,meu genro me enrrabou dormindocontos eroticos amamentaçãoporno. foder a irmãzinha rabugenta a força. brasilmlher batendo poeta para mim èmulher gostosaconto erotico a irmandade da anacondaContos comendo a buceta da luana casadacontos eiroticos leilaporndominando um casalUm Anjo Em Minha Vida 25.2(Final)- Casa Dos Contosvarios enchendo abuceta de poraxestupro esposa contos eroticoscomjj ninha irma todinha pornoContos sobre beijos e podolatriasexo brutatio tarado comendo sobrinha a forçatia dando pro subrinho xx vedeoscoloquei o dedão n cuzinho d minha netinha contos eroticosNovinha cabaço tranzando socom paisexo desleal com meninas na xotaContos eroticos a neta da vizinhamulher nega corpo de violao bunda grande pingelo muito grande trazando com travetis negro pica de jumentocorno chupadordago do r**** gostosa de short curtocontos eróticos filho downfrango a mulher assistindo vídeo pornô na televisão com o cunhadovideo estrupo brasileiro caseiro fala palavrao gorda peitao patroaminha esposa amamentando o vizinho pornôpornodoido mulher mais velha fica adimirada com o tamanho da pica do negaovedeo de dois homem mostro fazendo sexo com mulher que judia bate fodedonegao metendo em colatinaver videos de travestis dotadas acariciando o penis dentro da roupamundobicha.historia de matuto brasileiro8Contos eróticos fudendo a loirinha magrinhaele colocou o cachorro pra me lamber contocobtoseroticos uma pequena apostanegao rascando roupa de mulheres brancas page 1 xxxxxhistorias eroticas com saúnas masculinas/texto/201308483contos meu sogrocontos eróticos primeira vezxvidio novinha não agetohetessexualforcada a foder com roluda pelo marido contoNovinha de deseseta anos gosandovideos porno fodendo mae emprensadaBc contos/cunhadasafadacontos/vi minha tia no puteirovidios de sexiso ulher con tocudoX vidio comi merda do pau do amigo ke comeu minha namorada xvideo gey batendo pulheta.hugo mansinhomarido se assusta vendo a quantidade de porra que sua esposa derrama no pau do outro carairmaos fodendo enquanto a irma dormi seu irmao n resizte e como a busetinha da irma e a sua irma amando a rola do irmaocontos de tia dengosa que deitou no meu colosexporno so com as mulher corpudona e apertadinha bota chorachapeleta grossa e neguinhas swxcontos eroticos: sendo encoxada gostoso no onibus de mini-saia sem calcinhavideos pornos mulher que fala brasileiro dando o cú e gritando fode minhas pregas até estorardois gatoto tarado xvidiopriminha brincano de boneca e levo pintoccu porno dddd mudo cu menininhavideos porno de so de traveco dotadu de sao pauloxoxa poletatransei com minha mãecontos erotico,meu genro me enrrabou dormindowww.loirinhas e negao sadico de pau grande contosvideo porno atentano a namorada corno escondidoContos gays flagrei paizão coroa dando o cu ao coroa negro de jumento.personal dotado botando a loira pra chupar na academia ela ver o volume do shorte e da vontade de mamar o piruzaocontos de sexomarido bebadoconto erótico sogra analhomen tirando cabaço da novinhs fazendo escandalorelatos casadoscontos american talexvidiovadia deu o cu dos paume dominou e me coneu gostoso. contos eroticos gayContos eroticos de sexo com genrocomendo a tia no chevette xvideocontos eiroticos leilapornconto aerotico fiquei apaixonada pelo delegado negão e dei para elexvidio com familia sapêca