Verdades secretas capítulo seis

Um conto erótico de Mistério
Categoria: Gay
Data: 19/02/2021 19:50:43
Assuntos: amor , Sexo, Mistério, Tesão, Gay

Capítulo 6

Quanto mais Sônia negava maior era o ódio de Raúl. Para deixá-la sem palavras, Ivan mostrou-lhe as fotos no seu celular.

Sônia olhou para o filho espantada. Não imaginava que o seu maior inimigo havia saído das suas entrenhas.

_ Não é justo que você continue enganando o meu pai desse jeito sórdido!

_ Já basta de tanta hipocrisia! Vocês estão me fazendo diversas acusações, mas se esquecem que o Raúl me traiu durante anos com a minha própria irmã, além de outras vagabundas!

_ O papai é homem, é normal. Já as mulheres conseguem se controlar. Você não fez porque não quis. Não tem caráter.

_ Você está sendo machista, Ivan.

_ Uh, é! Não era isso que você queria que eu me tornasse, mamãe? Não foi para isso que apoiou o meu pai a fazer tudo que fez comigo?

_ Então, você fez tudo isso por vingança?

_ Não. Fiz porque não acho justo que você engane o meu pai quando ele está neste estado.

_ Já basta!_ Gritou Raúl com dificuldades._ Sorte sua que estou entrevado nesta maldita cadeira de rodas, senão eu teria te dado uma boa surra, que é o que vagabundas como você merecem. Quero que pegue as suas coisas e saia imediatamente da minha casa.

_ Você não pode fazer isso comigo.

_ Ou você vai sair por bem, ou eu vou ordenar que um dos seguranças te atire na rua como um saco de lixo.

Ivan desejava muito demonstrar a sua alegria com gargalhadas, mas decidiu manter a pose de bom filho preocupado com o pai doente.

Sônia se retirou do quarto sentindo -se injustiçada, pois suportou por anos a infidelidade conjugal do marido para não perder a vida luxuosa que levava, e, agora havia perdido tudo.

Ela não tinha uma família rica como a do marido. Antes de se casar com Raúl, era apenas uma estudante de moda, filha de pais advogados e ela sonhava em ascender de classe social.

Por ter se casado com um homem rico, nunca concluiu os estudos e ingressou no mercado de trabalho. Viu -se perdida, sem saber o que fazer e que rumo daria a sua vida.

Sônia ordenou que uma das empregadas fizesse as suas malas e levou consigo as pouca jóias que guardava em casa. Também ordenou a um dos seguranças que levasse as malas para o carro. Ela tinha a intenção de se hospedar em hotel de luxo e pagar as despesas com um dos seus cartões de crédito sem limites.

Antes de sair, Sônia foi até o seu antigo quarto e encontrou Raúl sendo atendido por um médico, o empresário tinha no rosto uma mascara que lhe dava oxigênio vindo do nebulizador. Ivan sentado numa poltrona em frente.

Ficou por alguns segundos observando o filho e percebeu que aquele homem não era mais o seu menino que partira para a Suíça anos atrás. Ela não o reconhecia mais.

_ O que você está fazendo aqui, piranha? Saia!_ Raúl se agitava e a sua situação de saúde se complicava ainda mais.

Ivan levantou-se da poltrona, pegou a mãe pelo braço e a levou para o corredor.

_ Já chega! Vá embora. Você quer matá-lo?

_ Eu não quero matar o seu pai, mas você quer. Mostrou as fotos a ele mesmo depois de eu dizer que o Raúl não poderia ter emoções. Você é cruel, Ivan! Com certeza quer ficar com o dinheiro do seu pai todo só para você. Mas, saiba que isso não vai acontecer. Eu fui casada com aquele traste por anos e tenho os meus direitos. O meu advogado vai procurá-los.

Sônia dizia apontando o dedo indicador para Ivan, que a olhava de uma forma inexpressiva. A socialite retirou-se. Ao vê a mãe descer as escadas, a expressão de Ivan se converteu em um sorriso de satisfação.

No dia seguinte, Ivan informou ao pai sobre o que a mãe havia dito em relação a recorrer os seus direitos.

_ Eu não vou deixar um centavo para aquela vagabunda. Ela quer gastar todo o meu dinheiro com os machos.

Durantes os dias, Ivan se comportou como um filho zeloso e dedicado a cuidar do pai enfermo. O que fez com que conquistasse a confiança do empresário.

Numa noite fria, Ivan alimentava o pai com sopa de legumes. Raúl pediu para que afastasse o prato e comunicou ao filho a sua decisão.

_ Eu não posso negar que sou um velho desgraçado e doente. Que cheguei ao ponto humilhante de precisar de outro homem para limpar a minha bunda. Pareço um marica.

Raúl dizia com tonalidade áspera. A expressão era raivosa.

Ivan se sentiu incomodado com o fato de mesmo doente, o pai humilhava os homossexuais. Na verdade, Raúl sentia raiva de saber que o sobrinho gay era jovem, belo e saudável, enquanto ele que julgava ter uma sexualidade superior, estava na fase terminal da sua vida.

_ Logo eu vou morrer. Mas não quero que a piranha da sua mãe herda um centavo meu. E muito menos a Luíza. Ela é muito apegada ao veado do irmão Gael, tenho certeza de que gastará o meu dinheiro com ele, e isso eu não vou admitir nem mesmo depois de morto.

Você é o único digno do meu dinheiro. Foi leal ao desmascarar a sua mãe. Mesmo sendo jovem e saudável perde o seu tempo cuidando de um velho inútil.

Além do mais, você por ser homem é o único competente para ficar à frente da empresa. A Luíza é sentimental demais, como todas as mulheres, e a empresa precisa ser dirigida por pulsos firmes.

Por isso, tomei a decisão de passar para o seu nome todos os meus bens. Farei isso em vida para que não aja testamento. E assim elas não terão direito a nada.

Eu já comuniquei à minha equipe jurídica. Em breve você será o proprietário de tudo. Só peço que cuide da sua irmã. Não dê fortunas a ela, mas a ampare depois da minha morte.

_ Não diga isso, pai. O senhor não vai morrer.

Ivan segurou a mão do pai e Raúl a arrancou com força.

_ Deixe dessas bobagens de sentimentalismos . Isso é coisa de veado. Eu tô doente! Agora saia daqui e leve essa porcaria de sopa.

Naquela noite, Ivan decidiu que não ficaria em casa. Foi ao motel mais luxuoso da cidade do Rio de Janeiro e pediu o champanhe mais caro.

Na banheira do motel, tomou um relaxante banho de espumas e sorria ouvindo músicas no celular.

Vestido com roupão azul, atendeu o interfone com a taça de champanhe na mão.

_ Ok. Mande subir.

Ao ouvir o barulho na porta, atendeu o convidado com um sorriso malicioso, mordendo o lábio inferior.

Puxou o belo rapaz pela cintura e o beijou.

O garoto de programa era um belíssimo rapaz moreno, de ombros largos e peitoral bem definido. Tinha os cabelos bem curtos e um sorriso alvo de dentes bem alinhados.

_ Espero que tenha gostado dos meus serviços de ter seduzido a sua mamãe. Não é para me gabar, mas ela gostou muito.

_ Sim. Você fez um serviço. Aqui está o restante do pagamento. Agora desapareça da vida dela.

Ivan o entregou um cheque no valor de trinta mil reais.

_ Foi um prazer fazer negócio contigo. Se precisar dos meus serviços é só chamar.

Ivan o olhou de cima para baixo e retirou o roupão.

_ Vou precisar sim. Ajoelhe -se me chupe.

O rapaz sorriu e obedeceu ao inusitado cliente.


Este conto recebeu 15 estrelas.
Incentive Mistério a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
20/02/2021 08:51:07
Oi! novo site gay (chat, cam), muitos homens. Junte-se a nós />
19/02/2021 22:35:15
Essa história se resume em: Eita! Hahahahahaha
19/02/2021 22:13:33
Amei
19/02/2021 22:13:19
Eita eita eita,a senhora e destruidora mesmo
19/02/2021 21:16:54
Arrasouuuuuuuuu Espero q mande esse velho para o sus e sozinho eu milhado na sarjeta!


xvideo gorda cheio de calombo aSocorro me apaixonei pelo meu filho sexo incesto videosacabei transando.com o namorado da minha filhaII casa dos contosdei meeu cu no canavial para um caxorroconto erotico pau grandevidei porno de nivinha cendi estrupada por negraocontos eiroticos leilapornmenina tem cuzinho virgem.tirado cabaço pelo policial.roludo na blitescontos eroticos eu minha prima e tiosVoltei para casa toda arregaçada e cheia de porrameu filho me faz de puta capitulo 8 e 9 relato eroticobebendo porra de cavalocontos danada sem calcinhatraisao na cozinha muile de camizoloComeno buceta lizinha com olhovideo. caseiro. de. sexo. mulher. covida. omarido. pra ir. na. casa. duma. amiga. muito. gostosa. ela. provoca. omarido. da. amiga. e. rola. sexo. com. os tres. gratisMinha filhinha me mostrou a pepequinha virjem xvideo xvideo transada com comisola lilaisa mulher e amante apertalas bolas pornoContos de casadas sendo estrupadas no morro baile funkcontos eróticos gay faculdadepopa.da.bundagozavideo de coroas com buceta bem enchutinha fudendovideo de coroas com buceta bem enchutinha fudendoxvideo deichado estranho cariciar esposa na praiacontos eiroticos leilapornyahoo relatos de no cu quem levou uma gozada dentro do cuquero vídeo XVídeos as magrinha galeguinha novinha de sainha afogada mostrando os lado da periquitaconto sexo gay maconheiroXvideos melequerauma foda com a professoracontos flaguei o irmao do meu marido cheirando minha calcinha sujacdzinha virei empregadinha de um senhorporno. axô. que. meu. irmão. não. gosta. de. mulhermulher bundona camsola curtinha trepand pornodoidocontos comi um viado sumissomolestando filhinha young pornofudendo com a sogra querida enquanto ela faz faxina porno doidoso conto erótico corno humilhado pela esposa peituda no casamento delesConto gay com coroafilme patroa lésbicas castigando empregad enfiando a mao na bucetacontos sadoXvidios carreteiro na bahianos na polhetvidio socro depila a buceta da nora no banheiroduvida o cavalo tem que gosa bem no fundo da buceeta da egua pra enprenha elawww.xvideos.com/negao rasgando a esposa do fornoGinecologista marido esposo conto ertico videou porno xconto erotico comendo. tia bebadacontos eiroticos leilapornconto zoofilia novinha e os cachorros Minas Geraisconto erotico esposa traida se vinga e da seu cu virgem pra dotadonegao.chama.loirinha.e.finca.a.mao.na.buceta.dela.que.grita.muito.contos eróticos abusadacontos de surubas inesperadas com esposavídeo caseiro esposa transando com boneco que tem o pênis da grossura de uma Coca com garrafa de coca-colanovinasxxxvídeo de 2 minutos novinhas gostosas galeguinha f****** gostoso e caminho de casacontos eiroticos leilaporncontos erotico trai meu noivo com o velhoconto erotico gay macho dominador gosta de maltratar viadodei o cu video para o time inteiro de futebolcontos eiroticos leilapornxxvideos novinha tem cabaco arebentado com choroxvideos filha sevigado da sua maecasa do contos eróticos casada gostosa magrinha com o vizinho coroa/tema/nem%20menstruada%20me%20acalmoContos eroticos esposa com pirralhosver video de porno brasileiro pedrero peludao suado comendo a patroua safadamlher batendo poeta para mim èmulher gostosaContos eroticos incestos/fudi o cu da minha filhinha de 5xvideo muilher surpresa nxvideo sexo u buracucontos minha esposa agazalhou um pal enorme no raboContos eróticos: se vingando do tiover x vedeo comendo cu a fosa das novenhasxvideol gay novinho favoritoprima gosta da minha pica ele pega e burta na bucerta dela videos para.baixar novinha dando pro cachorro ficou colado na bucetona delaxxxvideos sempre tive uma recaida por minha cunhadacontos eróticos gaúcha solteiracontos eróticos orgiasindo embora achei um viado e fui comer seu cuzinhoas cunhanda dodo pro cunhandovideos de sexo gay imperador sendo puta dos guardas do palacioconto erotico smartfitcontos Diretora de escola adora chupar a rola do vigiacarolzinha baixinha gostoza trepanovideo baixou a blusa e mamou nos seiospodolatria contos professora gustavoMeu marido viu meu cu todo arrombadoxvideos com mulheres vestidas de baby dollContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar os pes de primas novinhas/tema/come%C3%A7o%20de%20paix%C3%A3o/melhoresnovilhas rebelados no paucontos eróticos técnica de enfermagem pegando carona com colega