Antes da web - Parte 2

Um conto erótico de MARCELO
Categoria: Heterossexual
Data: 18/11/2020 16:24:29
Última revisão: 18/11/2020 17:06:23

PARTE 2 - MARCELO

O Claudio estava estranho na hora do almoço, ele ficou assim de repente e eu não entendi nada. Mas não tinha como culpá-lo, desde que sua mãe morreu, ele teve que assumir a casa e ter seu pai sempre bebendo e acabando com o dinheiro não ajuda em nada.

Meu amigo esta sobrecarregado, eu ate tento ajudar, mas o filho da puta é tão cabeça dura. Quando a aula termina, eu volto para casa sozinho.

- Boa tarde filho, cadê o Claudio? - Minha mãe pergunta quando eu entro em casa.

Minha mãe trabalha como professora no turno da manhã de uma escola primaria perto de casa.

- Ele esta fazendo um trabalho pro senhor Lopes.

- Eu já falei para esse garoto que ele tem que estudar, que a gente cuida dele.

- Sabe como ele é. O Claudio nunca vai aceitar.

- Procura ele e manda vir jantar aqui, assim eu sei que ao menos ele vai jantar hoje.

- O pai vem hoje para casa?

- Não, vai dormir no sítio, mas prometeu que amanhã vem.

Meu pai trabalha no sítio da família, junto com meu tio, às vezes ele passa a noite lá, já que o trabalho sítio começa muito cedo.

Vou para meu quarto, deixo o computador ligando enquanto vou para o banheiro tirar o uniforme escolar.

Quando volto, meu computador já está ligado, entro na internet e rapidamente faço login nas minhas redes sociais.

Clara, minha namorada, estava online e a gente passa a tarde toda conversando. Não vejo a hora passar, mas lembro que tenho que procurar pelo Claudio.

Antes de desligar o computador, Clarinha me manda uma foto dela só de calcinha. Porra, que imagem, agora eu tinha que esperar o volume do meu short abaixar para sair do quarto.

Claudio passaria o dia trabalhando na casa do senhor Lopes, então me encaminho para lá. Eu toco a campainha e o filho dele atende.

- Oi, hum... Eu sou o Marcelo, o Claudio esta ai?

- Eu sei quem você é - Ele me olha de cima a abaixo, me avaliando - que sorte a minha, hoje tive não um, mas os dois gêmeos na minha casa.

- Gêmeos?

- Você não sabia? É assim que chamam vocês na escola, os gêmeos gostosos do 3º ano.

- Mas eu e o Claudio nem somos irmãos.

- Nós sabemos, mas vocês são tão parecidos, e ninguém liga se vocês são irmãos ou não, continuam sendo gostosos.

- Hum desculpa, eu esqueci o seu nome, mas não importa cara, eu não curto homens, foi mau. O Claudio esta ai?

O garoto me olhou com cara de decepcionado, mas negou com a cabeça.

- Meu pai o chamou na academia, ele ainda deve estar lá.

O senhor Lopes era dono da academia da cidade, então agradeço a informação e vou em direção a academia. Encontro Claudio lá.

- Marcelo, o que esta fazendo aqui?

- Minha mãe pediu para te buscar para jantar. O que você esta fazendo aqui?

- O senhor Lopes me chamou para trabalhar aqui com ele. Celo, eu tenho que ir para casa, nem sei se meu pai apareceu.

- Claro, você vai falar para dona Cida que não vai jantar com ela?

- Merda... Vamos logo então...

Dou uma risada enquanto saímos da academia. No jantar, ele nos conta sobre o emprego, o que parecia bom para minha mãe e deixou meu amigo mais tranquilo.

Depois de comer, vamos para meu quarto, ligo a TV e começamos a jogar videogame. Ficamos assim o resto da noite, convido Claudio para dormir na minha casa, mas ele quer ver o pai.

Depois que Claudio vai embora, eu resolvo ligar o computador e tinha varias mensagens enviadas da Clarinha, eu tinha ficado de voltar rápido para conversar com ela, o que não aconteceu.

Ela não estava online, mas tinha deixado outra foto dela. Dessa vez, ela estava completamente nua, a foto não mostrava seu rosto, mas eu não ligava, o que importa era ver aquela bucetinha gostosa.

Eu coloco minha mão dentro da cueca e pego meu cacete duro, começo a brincar com meu pau enquanto vejo as fotos de Clarinha.

Que garota gostosa, ver aquela buceta me fez lembrar das vezes que eu a provei, isso me fez gozar.

De manhã, escuto a voz de Claudio antes de sair do quarto. Quando vou para cozinha, ele esta sentado tomando café enquanto conversa com minha mãe.

- Partiu colégio? - ele pergunta.

- fazer o que né?! - Tomei meu café rápido, minha mãe avisou que estava indo dar sua aula e me lembrou de trancar a porta ao sair, ela deu um beijo na minha cabeça e fez o mesmo no meu amigo.

- Você sabe que ela gosta mais de mim né – Implicou meu amigo.

- Claro, ela tem três filhos, mas ela gosta mais de você, só nos seus sonhos. Vamos logo para aquele tormento – digo e então saímos

No portão do colégio encontramos nossa turma, Clara quando me vê vem ao meu encontro e me abraça, eu beijo sua boca.

- Dormiu bem?

- Depois daquilo que você me mandou, é claro.

- O que ela te mandou? - Claudio pergunta do meu lado, ele olha para nossa cara e sorrir - quer saber, deixa para lá, prefiro continuar na ignorância.

- Para de ser bobo, Claudinho.

Nos juntamos ao pessoal e ficamos conversando ate o sinal tocar e irmos para sala de aula. As primeiras aulas foram chatas e tediosas, mas antes do almoço teve educação física. A turma se dividiu entre a quadra de futsal e a de vôlei.

Eu estava a fim de jogar vôlei e Claudio veio junto, jogamos em times opostos, o que deixava o jogo mais competitivo, por conhecemos nossos jeitos de jogar.

Clarinha estava na arquibancada e grita toda vez que eu fazia um ponto, o que me fazia rir, Claudio aproveitava para me zoar e logo depois fazer seu ponto de contra-ataque.

Me concentrei então no jogo e nem vi a aula passar, quando o professor nos mandou para o chuveiro, não tinha mais ninguém na arquibancada.

Guardamos as coisas das aulas e fomos pro vestiário. A galera do futsal já estava terminando o banho, então ficamos esperando nossa vez, Claudio sentou ao meu lado.

- Vai lá para casa depois da aula?

- Vou, o trabalho na casa do Senhor Lopes acabou ontem.

- O garoto do primeiro ano que vai ficar triste

- que garoto? - Ele me olha - O Dário?

- Não sei o nome dele, o filho do senhor Lopes

- É o Dário, mas o que tem ele?

- Ontem quando eu fui atrás de você, ele deu em cima de mim descaradamente.

- Serio? - ele pergunta rindo.

- Não tem graça, você sabia que o pessoal do primeiro ano fala que nós somos gêmeos?

- Rapazes deixam para conversar depois, - Diz o professor entrando no vestiário - vão logo pro chuveiro que eu preciso trancar o vestiário.

Já tinha algumas cabines vazias, eu tiro meu short e pelado vou para uma delas. Claudio vai para cabine do meu lado e tomamos um banho rápido, depois colocamos nossos uniformes e vamos para o almoço. Como de costume, depois que comemos vamos procurar nosso pessoal.

- Oi gatinho – Clara vem me abraçando – ta cheiroso.

- Nem vi quando você saiu da quadra. – respondo e a beijo.

- Você estava tão concentrado – ela ri

Ficamos ali namorando ate o sinal tocar, procuro pelo Claudio para irmos para sala e ele esta conversando com o filho do senhor Lopes. Vou ate ele.

- A gente podia matar – escuto o garoto dizer.

- Matar o que? – eu pergunto me aproximando de Claudio, que tomou um susto quando falei.

- Oi Gêmeo... Eu estava falando de uns bichos que apareceu no quintal depois que o Claudinho cortou a grama.

- Claudinho? Bem... Você pode conversar depois com ele. Vamos Claudinho o sinal tocou.

Claudio me segue sem falar nada.

- Não vou com a cara desse moleque.

- Ele é legal, Celo, um pouco atirado, mas é legal.

- sei... Claudinho – respondo com deboche.

- Vai se foder.

- Ah, e pede para o seu amigo para parar de me chamar de gêmeo.

- Pode deixar, ate porque eu sou muito mais bonito que você, falar que somos gêmeos é um insulto para mim.

Dou um soco no braço dele e fomos para aula. Quando finalmente saímos do colégio, Clarinha se convida para ir para minha casa, então vamos os três.

CONTINUA...

Obs.: As partes 3 e 4 já estão disponiveis no wattpad - wattpad.com/user/Escritosc


Este conto recebeu 12 estrelas.
Incentive Escritos a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
19/11/2020 07:56:56
Tesao
18/11/2020 17:46:42
Ótimo!

Listas em que este conto está presente



conti erotico de corno narrado por mulher yotubwww.fotos.morena.mia.puta.dsainha..soquei.nabucetaconto coneu o cachorro a força conto erotico subnissa cunhadocontos eroticos inversãoporno com muito estrupo com muito pau no cu a força com muito sexo bruto.contos eróticos ninfetasexo sexo de pica dura palco do batom pica dura pornôconto erótico mamando seios com leite da amigacontos eróticos amigosquero ver novinha vigen porno americano xvideossadomasoquismo extremoConto porno prima perdeu no jogo teve que dar a bucetaerick dotadao acordou namoradopra fuderContos minha mulher me fez chupa o pau do amante delacontos eiroticos leilaporno moleque comedor contosnovinha deixando esperma escorer da boceta debrucocontos eroticos com tapas e palavroes e sexo agressivomulher marido chamaum cara dotadao para fudeelaescorregando n cu sem qerer e acabou entrando xvidiocontos eróticos de feminizaçao forçadamagrinha na dupla penetração vaginal com dois ficam pretoscontoerotico.com irmã entrou por engessadaxvidepelipadrasto cavalocontos eroticos carona gostosa com a filhinhaeu, minha namorada, minha namorada e meu tioVideo do zapmulher escovando dois dentecontos eroticos a crente do grupo de senhorasmagra dospeitaoscontos arronbaram meu cuzinho de menininha virgemContos erotico minha filhinha mim shopou no banhocastigando a irma conto eroticopiroquinhas durinhas contosPorno irmao pega irma sainha e puetameu sobrinho e eu no carro.ctospesecornosistoria da netinha qui o banhava lavando su cucontos eroticos , meu padastro sempre mim desejava , mim pegou a força , eu quero pornografia pornografia as meninas retada os cabelo achando tudo grandelesbica transando com a amiga ate ela vira o zoinhotopou na buceta qi ela bufouContos eroticos a neta da vizinhacomi minha amiga sem quererxortinhodedormirmulhe tomando banho no banheiro pelada motrando só a buceta regasadaprimeira vez que comi minha sogra novinha toda manhosinha sem querer ozadia mas n aguento e foi po quartoConto erotico fudendo a novinha antes dela virar freira ela nao aguentaxvideoAmiga Fica Olhando A Outra Fazendo Um Boquete E Acaba Dando Uma Mãozinha No Final assistir videos oline gratis mendigo chupando a buceta da mendigapornodoido dividio namorada com amigo do execitokelly tesudinha xvideos caseirominha esposa dormindo deixa sua buceta cabeluda avontadecontos eiroticos leilaporncontos eroticos gaysogroTia rita coroa gozandopornodoidosenhoracontos de sexo depilada na praiacorno xxx veibidor trasparenteLukinhas contos eróticos gaysxxxxxxxxxx peitinho da enteadaencostou a priminha no muro de sainha e meteu gostoso hdburaxada..na..coroa..bundudavideo porno novinhas sendo lanbusada pelos velinhos que o pau nao sobe maisGeoMatheus -Votos |zdorovsreda.ruXVídeos cara tapeando o coroa de motocontos de zoofila novinha gritando de dor na rola gigantescaconto erótico Inarabucetaaa grande na xiriricamaior pinto do mundo de grosso e grande rasgando cu da maconheiraXsvideos punheta na frente da curiosatabu em familia pai e filha se amando loucamente incesto panterasbeduíno conto gaycontos exitantes nora tarada passeando com sogro tesudoContos eroticos adoro os pes da minha mae