Descoberta pelo amigo do primo acabei virando mulherzinha 4

Um conto erótico de Cd Mariana
Categoria: Crossdresser
Data: 17/11/2020 22:00:08

Com um friozinho na barriga, abri o guarda roupas da minha prima e fui me decidindo no que eu iria vestir. Não fazia a menor ideia de quem estaria nessa festa, se eu conheceria alguém ali, e quantas pessoas viriam. Só sei que eu queria estar o mais putinha possível, meu pensamento era só em rola. Queria se possível dar muito nessa noite e liberar a mulher que existia dentro de mim.

Tirei aquela calcinha sem graça que eu estava vestindo e fui revirando a gaveta a procura de uma bem safada. Já nem me importava em deixar as roupas exatamente como estavam, meu primo iria contar tudo pra Beatriz e ela mesmo iria me ver usando as suas roupas então tanto faz. Peguei uma calcinha fio dental roxinha com branca cheia de rendas e coloquei sentindo aquele tecido me rasgando o cuzinho. Coloquei o sutiã do conjunto e fui logo procurando o que iria usar naquele noite.

Escolhi uma saia bem curtinha, suspeitava que minha prima nem usava mais essa peça, pois nunca havia visto ela usando. Estava no fundo do armario, era branquinha e jeans, deixava minhas pernas todas a mostra e apertava a minha bundinha. Bem de safada mesmo. Pra finalizar o look peguei uma cropped ciganinha rosa que deixava as tiras do sutiã aparecendo, alem de deixar minha barriguinha e ombros a mostra.

Me olhei no espelho e me achei a maior das putinhas. Aquelas roupas deixavam praticamente todo o meu corpo a mostra, e a calcinha marcava bem a saia. Meu corpinho franzino e branquinho combinava demais com aquelas peças, eu ser baixinho tambem me ajudava a dar um aspecto ainda mais feminino. Coloquei um lacinho no cabelo, um sapatinho baixo da minha prima e sai assim do quarto indo em direçao ao quintal, onde a musica alta já embalava o ambiente, notei que algumas pessoas já haviam chegado. Além do meu primo e do Márcio eu não conhecia ninguém ali, fiquei com um pouco de vergonha e me sentei num canto. Uma menina logo se aproximou de mim, elogiando a minha roupa e perguntando quem eu era.

Nesse momento meu primo interveio falando que eu era a Mariana a prima travesti dele. A menina deu uma risadinha e me cumprimentou dando um beijinho se apresentando como Clauda para mim. Ficamos ali sentadas conversando amenidades, quando chegaram alguns rapazes, todos bonitos e bem fortes. Claudia se levantou e foi cumprimentando eles beijando as bochechas, meio que seguindo ela tambem fui cumprimentando aqueles machos com beijinhos, me aproveitando que eles passavam suas fortes mãos na minha cinturinha.

Meu primo sempre fazia questão de me apresentar como Mariana a sua priminha travesti, muitos deles ficaram surpresos ao ouvirem que eu havia nascido homem. Sempre me achei meio feminino mesmo, mas não achava que com roupas femininas e um pouco de maquiagem eu conseguiria facilmente me passar por uma fêmea. O tempo ia passando e mais pessoas iam chegando na festa, acabei ficando na rodinha das mulheres, e o papo de sacanagem entre elas rolava solto. Todas falando para qual cara da festa queriam dar e coisas assim, elas ate me perguntavam em quem eu tinha interesse, se eu já tinha dado o cuzinho e coisas assim.

Eram bem desinibidas e não se importavam nem um pouco de eu ser um rapaz. Sentia os olhos do Marcio sempre em mim durante a festa, fiquei pensando se ele queria repetir a dose. Uma delas até falou que queria me ver dando o cuzinho pois sempre teve curiosidade em ver um viadinho dando bem gostoso e se entregando pra um macho.

Fiquei meio constrangido com aquilo tudo e sem falar nada fui me levantando pra ir no banheiro, as meninas acabaram me incentivando a beber e nessa altura já estava meio tontinha. Fui caminhando lentamente pro banheiro sentindo a bebida já dominando o meu corpo. Entrei no banheiro e me lavei um pouco, tentando me recompor.

Ouvi a porta do banheiro se abrindo e ali dentro um macho já foi abaixando as calças e sacando um enorme penis pra mijar. Ele me olhou com um sorriso sacana no rosto e falou

- Quer dar uma mamadinha, Marina? Não te conhecia mas te achei bem gostosinha

Fiquei olhando aquele pau, ainda maior que o de Márcio, mordendo os labios.

- Vem – disse ele me puxando a mão e me colocando de joelhos na frente dele.

Seu pau ia ficando duro na minha frente. Peguei com as minhas mãozinhas e comecei a tocar uma punhetinha de leve, mal conseguindo fechar a minha mão naquele enorme pau. Ele gemia recebendo minha punheta e foi logo colocando suas mãos na minha cabeça e enfiando com força aquele mastro na minha goela. Eu já estava começando a pegar o jeito do boquete e não engasguei, chupava aquela pica com vigor, fazendo aquele macho urrar de prazer. Depois de uns cinco minutos notei aquela rola pulsando na minha boca e já sabia o que vinha por ai, ele me chamava de vadinha, putinha e gostosa enquanto inundava minha boca totalmente com seu esperma, que não desperdicei nem um pouco, engoli tudinho.

Ele me deu um tapinha no rosto, fechou o ziper da sua calça e saiu do banheiro. Me deixando ali de joelhos, totalmente excitada com o que tinha acabado de acontecer. Engoli bem a porra, retoquei um pouco da maquiagem e fui de volta para o jardim, onde a putaria já rolava solta. As mulheres todas estavam sem blusa, só de sutiã, e algumas só de calcinha, outras ainda mantinham as roupas de baixo dançavam ali no centro, com os machos todos gritando varias putarias pra elas. Elas deciam até o chão rebolando aquelas rabas de uma forma bem provocante, atiçando os machos.

- Chegou a putinha que faltava.

Ouvi algum deles berrando na minha direçao. Era visivel que todo mundo estava bebado

Senti um puxão no meu braço e logo eu estava la no centro junto com as outras mulheres, elas me incentivava pra me soltar, dançar e me mostrar praqueles machos. Comecei meio envergonhada mas em pouco tempo fui entrando no clima, motivada pelos machos que berravam indecencias pra gente. Em pouco tempo senti alguém abaixando a minha saia, me deixano só de calcinha fio dental ali. Fiquei com um pouco de vergonha nessa hora e logo tiraram a minha blusa.

Um dos machos me puxou até ele me dando um beijo forte e me agarrando nos braços. Via de canto de olho que a mesma cena acontecia com as outras mulheres, os machos iam puxando e fazendo elas sentarem em seus colos e a sacanagem começava. Como tinham mais homens que mulheres ali cada uma tinha que dar conta de uns 3, que chegavam junto passando seus caralhos nas nossas bocas, e mãos;

Eu estava sentada no colo de um macho ao mesmo tempo que recebia um caralho na boca. Engolia aquela rola com prazer tentando colocar toda pra dentro da minha boca. O de baixo me fazia cavalgar em sua rola, ainda de calcinha. Me virou com força de quatro e arrebentou a minha calcinha, me deixando peladinha, apenas de sutiã. Nesse momento já ouvia varias mulheres gemendo e recebendo rola. Uma estava bem do meu lado e conseguia ver nitidamente a sua expressao de prazer enquanto tomava a rola do meu primo na sua bucetinha.

O macho que estava em mim pegou os meus braços e segurou com força por trás de mim e socou de uma vez sua piroca no meu cu, não deu nem tempo de me preparar, já foi bombando nem ligando pros meus protestos de dor. Gemia descontroladamente recebendo aquela vara dentro de mim. Agora de quatro conseguia ver bem o ambiente. Via diversas mulheres recebendo rola na boca, na bucetinha e no cu nas mais variadas posições, estava uma loucura. A musica alta embalava as metidas dos machos e abafava os gemidos das mulheres. Aquela que disse que sempre quis ver um viadinho levando rola se aproximou de mim e me olhando nos olhos foi enfiando seu dedos na minha boca. Não demorou muito pra um macho chegar junto nela e a colocar de quatro na minha frente, e socar sua rola nela. Nos beijavamos ambos recebendo rolas dentro de nós

Gozei muito sem nem tocar no meu pau em diversas posiçoes e pra diversos machos diferentes, apenas o meu primo não havia me comido naquela noite de resto todos tinham provado do meu rabo. O ponto alto da noite foi todos terem parado e me colocaram pra transar com uma das gostosas da festa. Ela arregaçou bem as suas pernas na minha frente e falou pra eu bombar nela. Meio sem saber o que fazer cheguei perto e fui enfiando meu pauzinho nela, quando entrou totalmente ela passou a se movimentar me falando pra pegar na cintura dela e a comer. Tentei fazer isso mas desempenhava de forma desengoçada, logo ouvia as pessoas falando ‘essa ai não nasceu pra comer buceta mesmo’ ‘olha o jeito que ela tá comendo a gostosa da Mari’ dentre risadas e humilhaçoes acabei broxando o que fez todo mundo se divertir da cena.

Meu primo chegou por trás de mim e me dando um tapão forte na bunda passou a enfiar seu pau com vigor dentro de mim, meu pauzinho logo deu sinal de vida e ficamos nesse tremzinho. Não aguentei muito tempo e gozei com intensidade na bucetinha dela. Meu primo abaixou minha cabeça em direçao à vagina e me fez beber todo o meu próprio leitinho. Nesse momento a sacanagem voltou ao normal e todas as mulheres voltaram a receber rola, me tirando do centro das atenções

Nem havia visto mas a minha prima estava na festa também, chegando perto de mim me falou que estava orgulhosa e que no fundo sempre soube que eu era uma putinha e que sabia que logo logo eu iria me revelar.

A festa foi noite a dentro e diversas loucuras acabaram rolando.

Ao longo da vida continuei participando de orgias organizadas pelo meu primo, cada vez mais feminina já que passei a tomar hormônios femininos. Nunca mais fui a mesma depois disso tudo, adotando completamente a identidade feminina. Acabei me casando com Márcio e hoje moramos num sitio, não participamos mais dessas orgias e hoje sou puta de um homem só. Sou dona de casa, caseira e do tipo que faz tudo para agradar o meu homem.

Meu primo diz que ainda organiza essas festinhas e volta e meia acaba nos convidando pra participar, mas acho que nossos tempos disso já ficaram para trás. Vivo uma vida feliz ao lado do homem que me descobriu e tirou a minha virgindade e não poderia estar mais feliz e realizada.


Este conto recebeu 15 estrelas.
Incentive Cd Mariana a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
18/11/2020 16:24:35
Que delícia. És maravilhosa demais. Gozei loucamente. Leia as minhas aventuras. Eis meu e-mail: Beijos imensos.
18/11/2020 08:08:16
Kidelicias e que inveja de vc , queria estar no seu lugar , meu sonho 🌈😍🌈. Pra ficar perfeito (se fosse eu) ia amar ser comida e arrombada por 🌈 Travestis dotadas 🌈 e ganhar muito leitinho dentro do cuzinho nessa orgia , mas tá bom D+ , humm
18/11/2020 01:43:01
Amei Mas poderia ter prolongado mais a parte da orgia tipo dp etc.
18/11/2020 00:03:23
Ameii! Ainda mais com essa pitada de romance...Parabéns!!


contos eroticos , isso geme putinhacontos eiroticos leilaporngranfina brasileira sequestrada e fode e gozagostoso chupar meu amigo na chuvacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeme excito.no onibusdepiladora brasileira nao aguentou ver a pica dura/perfil/198098coroa peituda de buceta peluda fidendo depois da festaboafoda.comfarofacontos eroticos Sentando no colo do papai de fio dental ain papai quero da pra vcconto coneu o cachorro a força xvideopinto jumentomulher cachorro cavalo buceta borbulhandoComtos de sexo escomdidoparovira xvidoesxnxxx filha comi o ermao zinho em Portugalxvideocasadas safadas andando de motofilmes de diabo comendo ninfetas da belosexovídeos pornô certinho não quero nenhum errando dando errado por favor obrigadacasadas liberaisfoďe cm gravidaSou mulher casada meu compadre me fodeuxisvido sobria dormi cowww.negao metie na velha porno.comfilme porno minha sogra me enxeu o saco ate eu come elacontos de sexo depilando a sograXvideos branquelas larga inxiridaporno de professora na forretacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos gay de conxinha com o idolomeu amigo tirando o atraso com a minha esposa contodominadora scat merda bostaxvido molhe faz morido trasa com ela e a amegrao cu da coroa foi istorada porque bebeu de maiscontos eiroticos leilapornContos pornos-fodi a mendigadoce nanda contos eroticosmamaezinha como vc é taradavídeo de sexo brasileiro padrasto inventa que tá a Baby enteada Leva ele para o quarto chega lá e chupa a buceta dela e goza no cucoletane de cobtos eroticos de travesti bem dotado ativosiricutico na ganha ganha também XVídeosdois negros de 40cm de pau no rabo da intiada e sublinhaAliviando os funcionarios contos eróticosbelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhaXVIDEO-IMAGEMSbelo sexo dormindo de conchinha com a titiacontos como tirei a virgindadecontos eroticos de traição no escurinhoconto mulher sede a chantagem de garoto tranzarconto erótico com sete anos levei uma gostosa chupa que me arrepie toda e gosei todacontos casada encoxada no ônibus/perfil/132259x video mulher amarra o penis do marido com negocio transparente e da pro negaovideo porno cansei de ser cornosexo conto meninas novas com cunhado safado me comendo brutamente.video cazeiro novinha levando pica do painho em baixo da cobertavideo que a menina deu sinifero para boneca dormirmulheres que não aguentaram dar para negão em cirurgiavideo de colegial sedo encoxada por baixo da saia com penis pra fora entremeio as pernas e varginameninas novinhas galeguinha indo até o chão de calcinha fio-dentalcomedo o cu viadinno novinh a premeira ves a ter sagracontos eroticos a crente do grupo de senhoraspau.em.bumda.nulher.anatadaminhina gosanoesposinha puta veste roupas curtasprica cavalaler conto erotico de padre reaisxvidios travestis na punhetas novingaspeituda ri ao ver pinto mole do cara mais aproveita quando ta duraopresidiarios na felisidade um putapunheta da amigachorando na anaconda do negão(Contos eróticos)gozou na depilaçãoporque as vezes ela ta enchutinha e as vezes toda meladacontos eroticos fui xingada e humilhada e violentada por velhos taradosxvideo.amiga chupa.a buceta da a migalha dormindocontos me hospedei no hotel e rasgaram meu cuencoxando a cega contos eroticoso cara tava comendo minha mulher ru cheguei ele tirou da buceta dela e enfiou na minha bocaxvideo ensinando boiarContos eroticos lavadeira loca no filho pauzudo da patroacontos eróticos comendoXVídeos Marianinha homens tomando banhoxxvideos.com anal bastianamãe põe cinto de castidade no filho irmã ri porno doidoMas que dor horrível conto pornoConto erotico garotao gay tio e irmaoA garota acaba de colocar o vibrador e chega a irmã caçula na hora errada e faz ela ter seu momento de prazer contido e calado xvideosContos coloquei um shortinho d menina e acabei estupradopulomuitoem.cima.de.mim.pornogostosa de micro maiozinho no XVídeoscontos de negro roludo e novinha