No fretado da faculdade – Parte 3

Um conto erótico de 50ãoRala&Rola
Categoria: Homossexual
Data: 25/06/2020 00:29:29
Nota 10.00

Nos próximos dois dias não tive oportunidade de pegar o Nico, minhas aulas estavam pesadas e eu não podia ir até o ônibus. Na quinta-feira, enquanto eu, encostado na mureta, esperava Nico chegar com o ônibus para entrarmos, o vigia apareceu e ficou ao meu lado, como quem não quer nada até que falou baixinho:

- Não está mais visitando o motorista durante o intervalo, algum problema?

- Estou sem tempo, ele entende...

- Vai deixando seu coroa sem manutenção que ele te troca...

- Eu me garanto, companheiro. E quem disse que não estou comparecendo? – Ele ficou meio sem graça, e completou:

- Desculpe, estou te provocando. Ele disse que eu só participo se você estiver junto...

- E é isso mesmo! – Falei para ele com voz firme. Aquele galinheiro já tem um galo!

- Eu sei, não se preocupe, só quero participar da brincadeira. – Eu relaxei e falei:

- Amanhã já é sexta-feira, vamos fazer uma brincadeira no sábado à tarde.

- Opa! Boa ideia. Contem comigo.

“O cara está animado. Só não entendi ainda o que ele gosta, mas vou descobrir em breve.”, pensei. Nisto o ônibus chegou e eu, como sempre fui um dos primeiros a entrar. Nico me deu um sorriso e eu me sentei no assento oposto ao seu, deste assento eu conseguia observar o coroa de lado, suas pernas grossas, a barriga protuberante, a mala entre suas pernas e a bunda deliciosa que eu adorava penetrar. Quando ficamos sozinhos, eu falei para ele:

- Não aguento mais um dia sem você, Nico! Te quero ainda hoje! – Ele me olhou e falou:

- Vem comigo até a garagem!

- E o Laércio? Acho que ele já está desconfiado.

- Eu te deixo na entrada da garagem, guardo ônibus e vamos no meu carro para algum lugar. Não se preocupe, deixe por conta do “seu Tonico”! – E deu uma piscadela.

Foi do jeito que ele planejou, como eu desci do ônibus na entrada da garagem, não havia do que desconfiarem. Mas assim que o ônibus avançou garagem adentro, apareceu o Laércio com aquela cara de safado e foi logo perguntado:

- Fazendo companhia ao titio novamente, garoto?

- Titio? O senhor não acha que eu já estou velho demais para chamar parente de “titio”? Isto é coisa de maricas, seu Laércio! – O homem se ofendeu e falou?

- E tem algum maricas aqui, rapaz?

- Acho que não, pois se tiver eu passo a vara agora... Porque é disto que maricas gosta!

- Ah! Então o rapaz é bom de passar a vara, hein?

- Sou sim, e minha vara é das boas, grossa, comprida e dura! Mas creio que esta conversa não lhe interessa, até porque eu não estou precisando passar a vara em ninguém... Minha namorada me satisfaz plenamente (menti).

Parece que aquilo deixou o homem mais interessado ainda em mim. Ficou me olhando por alguns segundos e falou:

- Mas você já passou a vara em homem?

- Quando moleque eu comia o dono do mercadinho perto de casa, mas faz tempo que não experimento. Por quê? Está interessado, seu Laércio?

- Não sei, talvez. Porque você não me convence.

- Se eu preciso te convencer é porque não sabe se quer, e eu não vou perder meu tempo. Além do mais eu não quero arrumar confusão no trabalho do meu tio. – Parece que, quanto mais rude eu respondia, mais ele gostava. Ele então olhou para mim com um olhar submisso e falou:

- Ele não vai saber, ninguém vai saber, passa aqui às 18:00 horas que resolvemos isto.

- Às seis da tarde vou para a faculdade, me dá seu telefone que te aviso quando tiver uma tarde livre. Espero que goste de chupar pois vou querer isto antes de te comer.

- Sim, eu gosto. Você não vai se arrepender. – Meu tio chegou e não gostou de nos ver conversando. Ele cumprimentou o Laércio e me chamou para pegar o carro. Laércio, atrevidamente, falou para o motorista:

- Não prefere que ele espere aqui? É mais seguro...

- Não precisa, eu consigo defende-lo sempre que for preciso. – E saiu, eu o segui.

No caminho, ele finalmente falou:

- O que ele queria?

- Não se preocupe, Nico. Já te falei que eu quero você. Mas acho que aconteceu algo que te pode ser útil no futuro. – Ele deu com os ombros e terminou a conversa com uma frase:

- Espero que saiba o que está fazendo...

Entramos no carro, ele ainda estava um pouco irritado mas eu comecei a acariciar seu mamilo direito e ele se acalmou. Me levou até um hotelzinho perto dali, me pediu para esperar no carro, voltou com uma chave e guardou o carro no estacionamento. Então fomos para o quarto.

Chegando no quarto, ele me deu um beijo gostoso e começou a se esfregar em mim. Eu lhe dei um empurrão que o jogou em cima da cama, então pulei em cima dele. Não via a hora de devorá-lo. Comecei a mordiscar sua orelha enquanto esfregava meu pau duro sobre suas calças. Aos poucos fui abrindo sua camisa e mordiscando seus mamilos, o homem gemia sem parar, então ele se virou de costas e eu pude terminar de tirar sua camisa, passei então a beijar suas costas enquanto ele tirava a calça e erguia sua bunda lascivamente. Peguei suas nádegas e passei a apertá-las enquanto colocava a ponta do meu dedo na sua portinha. Era tudo o que ele queria, virou seu rosto para mim em busca de um beijo que lhe ofereci imediatamente.

Desci até sua bunda e coloquei minha língua para atuar, deixei Nico com muito tesão e ele implorou:

- Vem, meu garoto, vem para dentro de mim. Me faz gemer! – Não perdi tempo, coloquei uma camisinha, passei um pouco de gel e entrei no meu coroa gostoso. Ele gemeu e gemeu, enquanto eu o penetrava lentamente. Num movimento gostoso: eu entrava bem fundo até sentir minhas bolas em sua bunda, depois tirava lentamente e colocava de novo.

Meu tesão foi aumentando e o coloquei de quatro para socar, agora com força, e tirar meu prazer, ele continua gemendo e falando: mais, mais, como é bom, como é bom. Nisto eu não aguentei e gozei num urro de prazer. Ele gemia e dizia que queria mais, eu então o ergui sobre meu corpo, ainda encaixado em seu traseiro e o masturbei até ele gozar.

Caímos na cama, exaustos e satisfeitos. Ficamos ali descansando e trocando carinhos. Então, falei:

- Vamos convidar o vigia da faculdade para este sábado, o que acha?

- Acho ótimo! Pode deixar que eu organizo tudo.

- Muito bom! Deixo por sua conta. – E ele complementou:

- Agora vou te levar para casa pois já devem estar preocupados com você.

Então nos lavamos, nos vestimos e partindo para nosso descanso. Quando chegamos em frente à minha casa, ele falou:

- Espero que o sábado chegue logo. – Eu ri e respondi:

- Calma, coroa, você tem mais fôlego que eu.

- E tenho mesmo! – Respondeu rindo e partiu.


Este conto recebeu 9 estrelas.
Incentive 50ao Rala & Rola a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/06/2020 17:07:56
😋

Online porn video at mobile phone


xvideo as novnhia da buceta carnuda contos erotico crente submissapornocontoincestosnegao roludo emfio tudo ela assustobaixar vídeo mulher batendo siririca gozando cobra grande na boca porrabuceta virgens sangue. nnnnovinha parece um anjodando o cu fotoscorninho presentiado o amigo do pau grosso xnxxe já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadoracom minha prima no apagao xvideos minutosnissei rabudas vidiorapido doisdesde novia goto d pauzao n m xoxotasogro aproveita saidinha de filho e come a noraporno gey contos eroticos ferias c priminho novinhoQuero da minha buceta para o Adilsonabaicha zpputa adora trepar squirteu quero um vídeo acaba transando com a mulher postergando ela na cama dormindo a força e ela gritando ele comendo elacontos hetero experimentar chupar pau Contos eroticos entre padre e noviçaAjudante de pedreiro dando a bunda grandeLove Boy-CASA DOS CONTOS EROTICOS |zdorovsreda.rugostosa mae encurralando o namorado da sua filha no pornodoidomtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1xvideo vih foto da buceta da minha e comi elaContos eroticos senti minha buceta rasgarvidios pono sohentecontos eroticos sessentona do quadril largo e bunda enormewww.xvideoleitinho/tioCont erot a costureiracontos eroticos vi minha esposa ser estuprada e gosteiConto flagante lesbico Viuvacontos eróticos gay meu irmão e o seu buracoconto bdsm usadaconto "duas virgens" enteadacomo fazer um sexo anal sem dor e sem sujar e a posição idealporno bofou e ficou agaradoPrimeiro leitinho contosnovinha nao aguento negao junento se contorseu de dorxvideos gostosa dançando dodo pressaominha mae deu cu meu amago xvidioshomem goando muito na buca do viado mundo bichafiquei bem v******** batendo p****** bem gostosa cantando Caladinhacontos com empregada domésticapornodoido mae gostosa no hotel e aquela fudidinhaFui inciada pelo amigo do meu pai contos eroticosler relatos d velhos d pau gigantes q arrombaram asmulheresas panteras filmes porno a cordano minha intiadaflagrei minha cunhada xoxotudagretchen mua chopano 2007contos eróticos um velho me estrupouContos padrasto fode filha novinha enchentenegão pegando as baixinhas danadinha e g******entregei uma pizza e mepagou com boqueteContos comi a bucetinha virje da neta da pastora da minha igreja ela chorava muito eu meti sem doxividio vo come o cu dela dormindocontos etoticos de cunhada que cria irmao do esposoguei de saia fudenove novınha fudendonomatocontos eróticos com marido bêbado e desconcentração bem dotadomau encostei a penis no cuzin dela ela ja se gozou todacontos eiroticos leilapornxvideos mae tramca a mao na pia e filho c aproveitahomem nu vi fugindo de cachorro dentro de um quartos com uma mulher so com a vaginas do cu de fora aí eles fazem sexoxvidios casada en apurocontos eroticos sete anosconto fudendo ocu da maninhaxxvidio.com.vilinhacontoseroticos minha mae traiu meu pai e eu tambem cominegona carvao trepando pornodoidocontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeMenina nova de causinha tolada na buçeta xsvidiovirgens fudeno com o pai saindo sangue e esperneando saindo sangueContos mendiga pornoconto erotico triangulo amorosominha esposa me surpreendeuContos eróticos de traindo o noivo no capô do carropiroca no chorteconto a buceta da novinha virou a festa da molecadaxividio jamantaXVídeos amador caseiros n******** gordinhas loucurinhae ele bate o que Assumimos a bunda da irmã