VIRANDO HOMEM 2 - A HONRA DA FAMÍLIA

Um conto erótico de PATER FAMILIAS
Categoria: Homossexual
Data: 22/10/2017 15:49:02

CAPÍTULO II – A HONRA DA FAMÍLIA

Rubens:

Altair chegou por volta das nove da noite. Eu ainda estava ali na sala, pensando no que fazer. Tinha que contar para a Flávia tudo aquilo, mas não sabia como.

– “Oi Pai! To todo quebrado! O Geraldo botou pra arrombar hoje”Falou Altair, referindo-se ao instrutor da academia de Muay-Thay enquanto se seguia para o banheiro.

Olhei fixamente para ele. Altair era alto para a idade, tinha puxado a minha estrutura física e a pele morena da mãe. Os músculos estavam se formando depois de um ano de treino de luta. Olhos firmes, o cabelo herdado da ascendência africana, cortado na máquina um, penugem já se formando no peito e um rosto quadrado que se não era especialmente bonito, fazia uma boa presença. Não ia mal na escola e ocupava quase todo seu tempo no treino de Muay-Thay e correndo atrás das namoradinhas.

Salvo uma briga ou outra – normal para a idade - nunca tinha me dado problemas, porém era um rapaz vaidoso, preocupado demais em se exibir para os amigos, o que me deixava preocupado.

Fazia um certo tempo que eu tinha percebido que precisava ter uma conversa mais séria com ele, mas fui adiando. Porém essa safadeza que ele tinha aprontado me mostrou que já havia passado da hora e eu não iria admitir um filho meu fazendo aquelas coisas.

– “Volte aqui! Precisamos ter uma conversa”.

Ele ia se sentando na minha frente, mas eu não deixei.

– “Fique em pé! Você sabe que o Henrique chegou em casa ontem chorando e todo machucado?”Ele me olhou assustado e eu continuei“Parece que alguém espalhou na escola que ele tinha chupado o pau de outro garoto e três marmanjos resolveram dar uma lição nele”Dei uma pequena pausa e continuei“Você sabia que bateram nele?”

Altair me olhou chocado, balançando a cabeça em negativa.

– “E você sabe quem foi o veado safado que andou espalhando essa história?” – Dessa vez ele não negou, apenas abaixou a cabeça, me dando a certeza de que realmente foi ele.

– “Por que você inventou essa história?”

– “Eh, eh, eu...”. – Altair gaguejou, mas não me respondeu.

– “DESEMBUCHA! Faz de conta que você é homem!” – Gritei, pois já havia perdido a paciência.

– “Eu não inventei, ele me chupou! Mas só ele que chupou, eu não fiz nele”Falou Altair de cabeça baixa, sem me olhar no olhos.

Respirei fundo, fingindo uma calma que eu não tinha e falei suavemente:“Ah, tah.... e como foi isso?”

– “Domingo de noite eu estava com o pessoal do Muay-Thay na pracinha e vi que ele ficava olhando pra mim. O Túlio até comentou que achava que ele estava olhando para o meio das minhas pernas.”

– “E?” – Estimulei-o a continuar.

– “Quando a turma foi embora ele continuou por ali e eu quis ver qual era a dele. Fiz sinal pra ele e fui para aquele terreno vazio do Seu Antonio e ele foi atrás”Continuei em silêncio e ele prosseguiu:

– “Daí eu arriei o meu calção e ele se abaixou e fez. Quando ele terminou eu fui embora”.

– “Hummm.... E você gozou?” - Perguntei, ainda com a voz suave.

– “Sim. Mas eu não sou viado não Pai. Eu sou homem. Nem encostei nele, juro, quando acabou eu fui embora e só”.

Fiquei ainda mais irritado quando percebi que a maior preocupação dele era continuar se mostrando o macho da história.

– “Deixa eu ver se eu entendi: você sequer encostou a mão nele. Ele é que fez você gozar e quando você acabou você foi embora” - Altair assentiu e eu continuei - “Então ele não gozou com você?” - Altair novamente negou com a cabeça.

– “E o que você falou pra ele quando terminou?” - Perguntei ainda com calma, usando os últimos resquícios da minha paciência.

– “Não falei nada. Só me virei e fui embora?”

Naquele momento eu visualizei a cena do Riquinho ajoelhado no meio do mato, assustado enquanto aquele cavalo vestido se virava e saia deixando ele sozinho e humilhado. A minha paciência acabou. Me levantei e acertei um tapa bem no meio da cara do Altair.

– “VAGABUNDO!!! Eu achei que tinha criado um homem, mas o que eu estou vendo aqui é um frouxo!”. Meu filho me olhou ainda mais assustado, passando a mao sobre a face que havia levado o tapa.

– “Você acha que isso é atitude de homem?” - respirei e continuei - “Ele te fez gozar e o que você fez? Nem foi capaz de agradecer! Pelo contrario, saiu por aí dizendo que tinha feito o viadinho te chupar”.

– “Mas, m...” - Altair tentou falar - mas não deixei.

– “CALA A BOCA, QUE QUEM FALA AQUI AGORA SOU EU!” - e continuei.

– “Uma pessoa se ajoelhou na tua frente, fez carinho até você gozar e a única atitude do machão foi sair por aí humilhando ele? Você acha que porque ele chupou um pau você é melhor do que ele?”

– “Pois fique sabendo que ele é muito mais homem do que você, porque no mínimo ele fez você gozar, coisa que você não foi capaz nem de tentar” – Altair continuava de cabeça baixa.

– “E uma mulher? Você já fez uma mulher gozar?”

Altair, envergonhado, negou com a cabeça e eu continuei – “É, realmente um grande macho! Se você continuar assim o teu futuro vai ser brilhante. Quando se casar, e isso se conseguir se casar, vai ser corno, porque a mulher vai procurar fora de casa alguém que a satisfaça, porque o marido é um otario que goza, vira pro lado e dorme!”

- “E isso se não tiver que se virar com prostituta, não é? Porque daí não vai nem precisar se preocupar se elas gozam ou não.”

Altair continuava parado, com a cabeça baixa, mas eu consegui ver as lágrimas escorrendo. Me deu pena, mas prossegui. Eu tinha sido negligente com a educação dele e essa era a chance de pelo menos tentar consertar.

- “Agora sente aí e fique quieto no canto enquanto eu chamo os seus irmãos. Eu vou resolver algumas coisas com eles e você não ouse abrir a boca, porque é conversa de homem e você não tem que se meter”.

**********************

Voltei para a sala com Carlos e Marcelo que se sentaram no sofá. Altair continuava sentado na poltrona do canto, em silêncio.

- “Filhos, já sabem o que aconteceu, então eu vou direto ao assunto.

- “Sim senhor” - responderam ao mesmo tempo.

- “Com o seu irmão eu me resolvo. Não quero confusão entre vocês e se eu sonhar que vocês tocaram nesse assunto com ele ou fizeram algum comentário, vocês vão se entender comigo, certo?” - os gêmeos assentiram e eu continuei - “A nossa família leva a dignidade muito a sério. O Henrique é amigo de vocês, um garoto bom, filho de duas pessoas para quem nós devemos muitos favores e que não merece o que está passando. O que o seu irmão fez manchou a nossa honra e vocês é que vão ter que consertá-la”.

- “Certo Pai, e o que é que nós temos que fazer?” - Carlos perguntou e eu expliquei o que queria deles. Mandei-os dormir, juntamente com Altair e me preparei para a próxima peleja: explicar para a Flávia tudo que tinha acontecido ..... ela ia ficar arrasada.

**************************************

(continua – capítulos novos aos domingos)


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive VTS a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
VTS
23/10/2017 21:37:20
Valter, vamos ver o que vai acontecer Valter, vamos ver o que vai acontecer. Espero você aqui na semana que vem!
22/10/2017 23:04:43
MUITO BOM. UM PAI COERENTE. DE FATO ME PARECEU QUE A PREOCUPAÇÃODE ALTAIR ERA COMER (COISA DE MACHO), O UTRO SIM ERA O VIADINHO. LAMENTÁVEL ESSE PENSAMENTO. CRESCE ALTAIR. SE RIQUINHO É AY, VC FOI OU É TÃO GAY QUANTO ELE. VEREMOS A REAÇÃO DA MÃE DE ALTAIR. ME PARECE UMA BOA EDUCAÇÃO QUE ESSE PAI DÁ AOS FILHOS. PENA QUE NEM TODOS OS FILHOS CONSEGUEM ATINGIR O QUE LHES É ENSINADO.
22/10/2017 22:41:03
Hum... Dentro do esperado por mim: mãos firmes em uma escrita digna de aplausos sinceros. Pena ser só aos domingos. Tente (só um palpite-pedido) escrever capítulos maiores, então.
22/10/2017 20:55:41
Eu pensei q era outro clichê, mas tá supreendente.
VTS
22/10/2017 20:51:57
Nayarah: Obrigado pelos comentarios. Volto a postar no próximo final de semana. Espero te ver aqui novamente!
22/10/2017 17:33:39
Muito bom anciosa para ver o que vai acontecer.....


SEXO CONTOS EROTICOS CUNHADINHA E CUNHADINHA.mulher tarada morando sozinha#contos eroticos noveanosporne com malheipopa.da.bundagozavideo porno comeno cu da filinha novinhaxxx com a minha tia e fiz ela se mija.e caquaporno olhei peguei chupeipeguei a novinha magrinha porquê ela insistiucontos gays andrecontos eroticos estupro de novinho gays com os colegas da escolasites porno contos eroticos de incesto mae ver o pau duro do filho fica com tesao com a buceta toda meladaneto com ttezao comendo a avo no quartocontos eroticos priminhacontos mae gostosa peituda de baby dollcomtos comi minha professoracoroa eela aguentou tudo 23"atolado no meu cuzinho"mulher toma susto com rola bucetas molouacarisiei a boceta da minha filhatrepando bem gostoso com a ginecologista mulhercontostranquei o quarto comi minha irmã 1minuto xvideosconto erotico gay viado submisso vira femea do negaoconto erotico fudendo fudendo uma velha feia e fedida/texto/201704806contos porno olhando o bucetao da sografazendo empregada gozarxvideo novinha. ser fundeu.irmaoler contos eroticos de padres reaismeu avô estorou meu cabacinhoencochadas na multidaohomem tarado esfodo bucetacontos eroticos de vadias loiras safadas tiveram o cuzao guloso dilacerado por duas picas grandessogra fazendo sexo selvagem com o gel da pica cabeçudacontos eroticos pequenacontos eroticos de coroas fazendeiras dando pro empregado com o maridoTesuda de chorto socado durmindover vidio padrasto da pica muito loga comendo a itiada virger o pau entrou de veis ela desmaiouporno gay pai malhado e i filhoencanador instalando o cano da pia em casa a dona dormindo ele olhando a dona batendo p******conto eroticos esposa era certinhapassando protetor solar na teenzinha meti no cuzinho gratisbrasileira escurinha cintura fina xvideosó de calcinha mostrando a coxa rebolando é denotandoencoxada na rabuda d xorti com o pau pa forahistoria porno gay paguei um boquete pro anivesariantearrumei um macho bem r***** pra f**** o c****** do meu marido contos gayporno cazeiro com novinhs do zp so cu pretoimem roludodovidio porno bate popa vol casadapprno doido no escurunho debaixo do lençolRasguei a buceta da mendiga com a mao contosflagrei a novinha fudendo no mato e chantagiei contosvideos de sexo brasileiro olha o tamanho dessas meninas ainda nem naceu pelo na bucetinha metendo com pauzudo cben10 estupando a gwanconto erótico casada vai escondida na festa de solteira e metepiroca no chortecontos eroticos revista privatefilhinha provocando o pai e mostrando a piriquitinha só de calcinhaconto erotico negao com mais de 25 centimetro de pica arromba o cuzinho da engenheira de obra novinhavideos de cornos que aguarda ansioso sua esposa voltar pra casa escorrendo porra de outro toda melada na bucetacontos eiroticos leilapornmeu amigo me comeu e me fez a mulherzinha delechat zoofiliapaso um gel e finco no cu pornodoidocontos erótico menininha dama de honrar xxvideo dando uma passadinha no quarto da minha irmã novinhacontoseroticos/comadre rabudawww.xvideos emprevisto pra fodercontos eróticos submissãoPage coletanea de video coroas masturbando gozando escorrendo melzinho gala/texto/200803523mamae saiu titia pediu pra passar bronzeador e acabou em anal xnxxMenina pedendo cabaçoxxvideochat zoofiliapiranhona sentando no casetao dotadolevantei a blusa dela e chupeimae escorega nopal xvideocunhada gostosa arretando o cunhadomeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosvídeo de sexo amador brasileiro de Osasco Eloisa oliveira dando o cu para doismeu sogro e minha mulher sair pra rua e eu fudicom minha sogra gostosaque kikada cunhadinha pornocontos de sexo no carro metiii mais vaiconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhomarido esposa procuran outros casais para faser cuinguecontos eroticos você gosta de cu entao descabaça logo incesto