Primeira aventura no banheiro

Um conto erótico de Zeus
Categoria: Homossexual
Data: 04/04/2017 14:41:03

Tudo começou a duas semanas, estava almoçando em um shopping próximo ao meu trabalho, onde almoço todos os dias. Por não ter tido tempo de ir ao banheiro, acabei entrando as pressas no primeiro banheiro que vi pela frente. Era um pequeno, em um corredor próximo a uma saída secundária do shopping. Quando entrei notei que no mictório havia um cara e na pia outro lavando a mão. Entrei direto na cabine, como sempre faço, pois sou tímido e tenho vergonha de que possam ver meu pênis. Quando saí da cabine os mesmos dois homens ainda estavam lá, observei que o que estava no mictório massageava sua rola que estava em meia bomba, não pude deixar de olhar, tinha no mínimo uns 18cm, e o homem provavelmente 1,80m, careca e malhado. Reparei em seguida que o rapaz da pia, olhava a ação do outro pelo espelho, quase vidrado, massageando sua calça. De ímpeto fiquei enojado com aquilo e saí sem ao menos lavar as mãos, mal consegui almoçar, pois aquilo não saia da minha mente.

Os dias foram passando e tudo que permanecia em minha cabeça era aquela cena. Aos poucos o nojo que eu sentia foi se convertendo em excitação e curiosidade. Sempre que me lembrava daquilo, começava a imaginar o que os dois teriam feito em seguida, aquilo me excitava. Nunca havia pensado em algo do tipo, sempre fui totalmente hétero, jamais toquei em outro homem. Aquilo me atormentava o tempo todo. Até que comecei a voltar ao banheiro, sempre com o coração disparado, procurava outra oportunidade como aquela, mas parecia que nunca mais aconteceria. Passei então a ir lá todos os dias, tanto quando chegava, quanto na hora de voltar ao trabalho. Fiquei naquele ciclo vicioso, sempre atordoado e com o coração disparado.

Ao longo dessa semana, comecei já a desistir e passar por um processo de arrependimento, imaginando que aquilo não era normal de mim, que deveria parar de procurar tal coisa, ate que por fim, decidi que iria voltar lá, pela ultima vez. Quando cheguei, o banheiro estava vazio, me coloquei no ultimo mictório, e fiquei por um tempo urinando, até que um rapaz parou no mictório ao lado, era um moreno, com barba, ele abriu o zíper e começou a urinar, sua rola estava mole, e mesmo mole parecia grande. Não pude deter de olhar para ela, já sentia naquele momento meu coração batendo mais forte. O rapaz terminou de urinar, e então continuou parado, até que me dei conta de que ele havia notado que eu estava olhando. Mais que depressa fechei meu zíper, até que ouvi sua voz:

- Quer balançar pra mim?

Meu corpo gelou de cima em baixo, podia sentir todo meu sistema nervoso, em questão de segundos fiquei excitado e ereto. Não disse nada, só levei minha tremula mão até sua rola, senti minha mão se preenchendo, estava mole e macia. Sacudi, as ultimas gotas de urina voaram pelo ar. Sentia minha respiração a mil, não queria soltar aquele membro. Então foi ai que começou. Lentamente comecei a masturba-lo, sentia sua rola crescendo aos poucos na minha mão. Algumas pessoas circularam pelo banheiro, mas eu sinceramente mal podia notar. Continuei bombando aquele mastro que só crescia, sentia um tesão imenso, aquela rola marrom, firme e agora ereta, media sem dúvidas uns 18 ou 19cm. Ele ficou de frente pra mim enquanto eu continuava, agora mais intensamente, a punhetar aquela rola.

Mal me dei conta quando ele começou a me guiar pra dentro de uma das cabines. Meu sangue fervia, eu certamente estava pálido. Eu ainda segurava sua rola, quando me sentei no vaso e ele trancou a pequena porta de vidro. Mesmo sem nunca ter vivido aquilo, sabia exatamente o que fazer. Aproximei ela do meu rosto, conseguia sentir um cheiro delicioso de uma rola limpa e cheirosa. Abri os lábios e senti aquele volume quente preencher minha boca. Era delicioso, continuei lentamente, segurava firme e chupava com todo meu eu. Tirava da boca e lambia toda sua extensão. Ele olhava fixamente no meu rosto, comecei a mamar aquele caralho olhando para o rosto daquele macho desconhecido, que eu nem mesmo sabia o nome. Ele agora segurava minha cabeça e me dava as ordens. Coloquei a língua pra fora e ele com toda força empurrou aquele monstro pra dentro da minha garganta, senti tudo se expandir, pensei que fosse vomitar. Meus olhos lacrimejavam, mas eu aguentei firme, aqueles segundos pareciam uma eternidade. Quando finalmente ele retirou, e com isso uma baba espessa escorria da minha boca. Precisei de alguns minutos para me recompor, até que ele repetiu aquilo novamente.

Nossa brincadeira já se estendia por algum tempo, eu não queria parar, mas ele já não conseguia mais, toquei suas bolas e senti que estava duras, prontas para liberar todo o gozo que ele tinha pra mim. Eu temia aquilo, mas sabia que deveria terminar o que comecei. Como nos filmes, abri a boca e olhei para ele, enquanto ele batia uma punheta acelerada. Vi seus olhos fecharem e por fim aquele jato quente tomou conta de todo o meu rosto, mais que depressa coloquei-a novamente em minha boca, e senti o sabor salgado daquela porra de um estranho, mostrei pra ele e por fim engoli. Sentia ainda minha respiração, agora fadigada. Dei um ultimo beijo naquela delicia de rola. Ele a guardou e saiu, sem se preocupar com onde estava, deixando ainda a porta aberta. Me limpei com o papel higiênico. Levantei e sai, sentindo ainda o sabor da porra na minha boca. Agora estou em casa, ansioso para voltar lá amanha.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive zeusz a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/04/2017 20:11:48
Grupo SECRETO (seus amigos não podem ver) no face sobre o assunto do conto. É necessário APENAS confirmar com o login do face - />
06/04/2017 18:44:40
Muito bom
04/04/2017 23:54:01
Bom!
04/04/2017 16:06:39
Mas é uma fantasia legal,da pra alimentar a imaginação. Mas eu mesmo não tenho coragem
04/04/2017 15:23:16
Legal


xvideos entuziasmada com rolacontos eroticos gays macho dotado femea viadinhonovinha de sortinho curto mostrando boupa da bunda pro papai fodelaspadrasto enteada falei de sexo brasileirohomem fode a buceta dabesta i goza jemendox vídeos porno eu e minha mãe fomos tomar banho e fiquei esitadocasada traindo conto eroticoA patricinha que vira amante do traficante contosgay academiaconto a novinha com cinta penianaCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro autor eduardooi sou casada bati o carro do meu marido pra ele nao sabe levei na oficina mais nao tinha dinheiro contos eroticoscontos comi dona maria casadacontos eróticos minha esposa me traiu e gosteifoi pular carnaval com amigo levou esposa virou cornochantagiei a vizinha novinha a mamar contospersonal treiner encinando mulher fazer abdominal chupando pornomulhe de xotinho setada mostrando a beradinha da bucetacazal maduros mamado jutos uma picacontos de zoo gaysgordas lpucas de tesaocontoseroticos peidou na pica dura do padre sp gaysBUCETINHA QUENTINHA, protegendo com sua BUNDA MARAVILHOSAcontos eroticos capataz pau grosso que comia eu e minha mae e minha irma na senzalacasa dos contos zoofilia com viralatascovarde mundobichacontos de corno minha namorada virou puta de um traficantecontos eroticos fistingMulhe morena mostrando busetonha gostosa e um poquinho de cabeloporno mae Chaegando em casasexo anal magrinha moises pornodoidomulheres com shortinho curto rebolando no pau de fogueira de caçadorcontos eroticos maduras gosto de homens tarados e de piça gg Sobrenatural-Contos Eroticos zdorovsreda.rucontos eroticos de coroas fazendeiras dando pro empregado com o maridomorena de 58kg dando a bucetafotos+de++buceta+com++calcinhavirgem so di calsinhavídeo de sexo travestis brasileiros dano cu gritanocontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgefazendeira metendo com piao pretoTia de buceta raspada carenti fudendo no chãovelho safado come o ccu da mulher ela chora xe dorCompurtador vibrante xvideosMinha irma esfregando sua buceta rola do irmaoxvideoconto erotico casa da comadrecontos eiroticos leilapornXvideos so de novingas de 15 aninhos sendo estrupada pelo irmaocoroa novinha transando da put e da das tigresa da preguiça do pornô filme do Rio São Paulonovinhavídeosexoszofila/no?escurocoroa gosado pau do manoradi vedeo de sexoxvdio da mulher deixou o marido dormindo e foi da para outro ater gosa na picaconto erotico de incesto estorei as praga do cuzinho da minha maecomi uma egua dentro de casa contoContos eroticos fazenda da feminização pornodoido fodeu uma virgem com picagigantebumda grande fodendo caindo com perdas bambacontos eiroticos leilaporndeitei de conchinha com minha mae peitudaQuero ver uma mulher madura sendo descabaçada pela pomba grandeContos eróticos mãe amamentação contos eiroticos leilapornconto comi minha eguacombinamos chupando os peitos da mulher fazendo sexo ela gritar onlineincesto lendo no colo do papaixvideo br homem es turpa mular na casadelaxvideo comedu cu de coroasxvideo beijando a cuhnadaela se lanbuso com ese pau groso supwfudeno o cu da gordaXVídeos Kid Bengala o estuprador o arrombador de c*estoria.de sexo bem apimetado travesti bemdotado fudendo etero casadocervepono.comcontos sou um rainha do analsexo expkicito gratis exibindo cacetaocontos incesto mae gtsSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhadando pro supervisor contocontos eróticos sou casada mas trepo com meu tio meu sogro meu padrasto e meu pai legitimoconto eroticoesposa submissaconto gay ensinando cafucucasa dos contos com cadela xsvideo de porno casero itiada fudeno com padrasto armadocontos incesto lesbico mae enssina seu filhinho a bate punhetamulher buceta apertada chora fudendo ç negro dotadominha mulher dando o cuporn invasão curra na favela