Meu Padrasto - A Penetração

Um conto erótico de Nan
Categoria: Heterossexual
Data: 18/12/2016 02:43:28

Passaram alguns meses depois da primeira vez em que toquei no pinto de César. Se eu não tivesse me afogado durante o boquete, aquela teria sido a nossa primeira transa com penetração e tudo mais, mas ele, além de gostoso e bom de cama, é um cara muito gentil e não quis seguir. Por mim, aquela seria a primeira de muitas transas entre eu e ele, mas não foi e durante esses meses nós não tivemos muitos momentos como aquele. Minha mãe havia tirado férias para organizar a festa de casamento, sim eles ainda iriam se casar. Ele viajou para entregar os convites à sua família e eu fiquei em minha rotina adolescente, sem transas e brincadeiras com César.

Certa tarde, eu estava sentada na sala assistindo um filme e César chegou falando ao telefone com um amigo. Pelo que entendi, estavam combinando a despedida de solteiro de César. No mesmo momento tive uma ideia que iria marcar a vida dele e a minha. Esperei ele ir tomar banho e entrei silenciosamente no seu quarto, peguei seu celular e mandei uma mensagem para o amigo dele confirmando a data e o horário. O cara respondeu na hora, e eu estava certa, era a sua despedida de solteiro.

Foram duas semanas de ansiedade e preocupação com meu plano, pedi ajuda e dicas para Jéssica. Combinei com ela uma história de que eu iria dormir na casa dela naquela noite, ela iria ligar para minha casa,pedindo permissão para a minha mãe e eu iria pedir para César me levar até a casa dela. A história perfeita, tudo esquematizado. Jéssica ligou, minha mãe pediu para César me levar, pois a casa dela ficaria no caminho da festa. Ele aceitou com gosto e eu explodi de alegria.

Naquele dia, tomei um banho demorado, brincando com a água em meu clitóris. Coloquei um vestido preto justinho e curto, soltei meu cabelo e passei batom vermelho. Quando desci, ele estava me esperando na soleira da escada. Foi muito engraçado ver o desejo tomar o corpo de César e ele ter que calar, pois minha mãe estava no escritório. Quando fiquei de frente para ele, seus braços me envolveram e seus lábios se entreabriram para exalar um sopro leve em meu pescoço. Estremecida afastei-me dele e segui em direção a porta.

No carro, ficamos em silêncio durante alguns segundos antes de arrancarmos. Ele me encarando com uma cara de safado e desejoso por meu corpo, eu com cara de mal entendida , me fazendo de difícil. Assim que saímos do condomínio ele colocou sua mão direita sobre a minha coxa.

- Você está espetacular! Isso tudo é para a sua amiga? - Sua mão massageando suavemente minha coxa desnuda.

Respirei e respondi

- Na verdade, é para você. Eu sei que você tinha despedida de solteiro, mas eu duvido que você vai preferir umas strippers que só vão dançar para você à mim. Eu estou disposta a tudo com você essa noite. - Peguei sua mão e o guiei até minha virilha.

Ele ficou chocado, mas seguiu massageando minha coxa e minha virilha. Encostou o carro e olhou para mim sorrindo e sacudindo a cabeça em negação.

- Você não sabe brincar né! - Colocou o seu rosto entre as mãos e respirou fundo. - Natália, você tem certeza que quer isso? Porque isso é muito sério, eu estou morrendo de tesão por ti. Porém, se isso for algo juvenil, que tu vai se arrep...

- Eu não vou me arrepender! É isso que quero, quero teu corpo colado ao meu, quero sentir o teu pinto dentro de mim, quero gemer e te chamar de meu. Hoje e sempre que quiser. - Coloquei minha mão sobre a calça dele e massageei seu pau, que já estava ficando duro. E o encarei com a minha melhor cara de safada.

- Você quer que seja aqui, no carro? - Ele perguntou, ao passar a mão em meu cabelo.

- Isso sinceramente não importa. Sendo com você, eu faço até no chão. - Não acreditei nas palavras que estavam saindo de minha boca e muito menos nas minhas ações. Confesso, eu havia bebido uma taça de vinho.

Ao ouvir isso, César desceu do carro e entrou no banco de trás e eu fiz o mesmo. Dessa vez eu tomei a iniciativa, coloquei minha mão em sua calça e abri o zíper. Ele passava a mão nas minhas costas, descia até minha bunda e subia até minha nuca. Subi meu vestido e sentei em seu colo. Olhei em seus olhos e coloquei minhas mão envolta de seu pescoço, ele logo me beijou enlouquecidamente e então pegamos o ritmo. Comecei a rebolar em seu colo, roçando minha virilha em sua rola.

- Você é muito gostosa. Que isso garota?! Deixa tua mãe no chinelo ! - Disse ele, colocando as duas mãos sob meus braços para abrir meu vestido.

Eu gargalhei, enquanto tirava a cueca dele. Seu pau saltou ereto e eu não me segurei, comecei a bater uma para ele. Ele tirou meu vestido e fiquei completamente nua sentada em seu colo, batendo uma punheta para ele. César caiu de boca em meus seios e aquela sensação de surpresa e prazer me estremeceu, senti meu corpo tremer levemente. Ele começou a gemer e dizer que estava prestes a gozar, aumentei a pressão e a velocidade de meus movimentos em sua rola até que ele gritou. Na verdade ele urrou e gemeu, eu continuei e ele me beijou.

- Ahhhh, nossa! Uhm, eu quero que você goze assim também! Vamos gozar juntinhos vamos. -

César me fez descer de seu colo, pediu que eu ficasse de quatro com meus braços apoiados no banco e meus joelhos no chão. Obedeci. Ele gargalhou ao ver minha buceta escancarada e pingando.

- Vai César, me fode! Hoje eu sou puta! Me come gostosinho!

Primeiro ele encostou a cabeça e roçou em meu grelho, foi uma sensação maravilhosa. Aos poucos ele foi pressionando, pressionando, pressionando até que todo o seu pau entro. Doeu muito, mas a sensação de prazer misturada com dor foi uma das melhores que já senti na vida.

- Você está apertadinha! Tu ainda era virgem?! - Perguntou ele, sem para com o movimento de vai e vem.

Eu não respondi, estava envolta naquele momento. César ficou só indo e voltando com a sua rola, ele estava preocupado em me machucar. De repente eu comecei a tremer muito e ele começou a socar mais forte, enrolou meu cabelo entre seus dedos e puxou meu cabelo. Eu gritei. Senti o prazer se materializar em mim: primeiro tremi como vara verde, depois me senti feliz e satisfeita como nunca e então meu rosto ficou quente e eu não consegui controlar minha voz. Gemia baixinho e ele socando rápido e forte sem parar até que gritei.

- AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH

Ele voltou a fazer os movimentos de vai e vem, passou a mão em minhas costas e segurou minha bunda. Seus dedos pressionando minha carne, me segurei no estofamento e pedi que ele voltasse a socar com força. Ele atendeu e agora, deitando-se sobre mim, puxou meu cabelo, beijou meu pescoço e minha boca e então socou. Dessa vez foi tão fundo, eu apenas gemi. César socou muitas vezes dessa maneira, então ele começou a tremer, gemer e derrepente e inesperadamente ele tirou sua rola da minha bunda e enfiou com força na minha bunda.

Aquela dor não veio acompanhada de prazer, foi uma dor aguda que me fez chorar. Ele caiu sobre mim, suas mãos acariciando meus ombros, o corpo quente e suado sobre o meu , amenizou a dor de sentir a sua bunda arrombada. Ao ver que eu estava chorando, ele beijou minha nuca e passou a mão na minha cabeça.

- O que houve? - Sua voz ofegante

- Você não avisou que ia comer minha bunda, eu não estava preparada. - Falei também ofegante e triste.

- Ain, Nany. Desculpa, quer que eu tire da sua bunda? Quer tomar um banho e ir para a casa? Podemos parar.

- Quero, vamos para um motel e lá eu durmo e talvez nós continuamos. - Falei sem pensar

- Você é menor, vai ter que se agachar para passar na portaria.

- Tudo bem.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Nanny69 a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
19/02/2017 03:27:58
Muito bom parabens
19/12/2016 15:48:58
Que delicia de conto por favor continue nota 10
18/12/2016 13:13:11
hum! deu vontade de meter gostoso na sua buceta me add
18/12/2016 09:10:37
Que tesão Nany, o cara de sorte esse Cezar...


contos eróticos sogra pediu pra ver minha rolanovos relatos eróticos de corno minha esposa com o plug analflagrei mamae com irmaovideos roludos imagem nitidaconto erotico menino gay boquetenovia fudeno com escadlocontos eroticos nao aguentei e transei com a minha cadelafuderporcompletoporno. filia. eu. visua. bucetonhaQuero trsnsar com o Adinlson meu padrastoporno vai fechar a janela fica prezarConto erotico gemidos da vizinha perfil hemoraesadoro ver minha esposa transando com meu filhonovinhas lindas brincadeira incestoa de ciriricacenasexocom visinhaconto porno saiu sanguecontos eiroticos leilapornmamilos grande emfiando na bucetaXVídeos dando em espera e gostosa queimadinha tirando a roupaquero ozap de um sugado de bucetapaguei para tranzar com a noivinha evangelica contosconto erotico com o senhor ditaoestrasalhei a buceta da minha filhaconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancoSearch gosano na buceta da irma na piadomestrica vendi meu cu virgem para meu patrao contos eroticoscontos fui fer apartamento o porteiro me comeuminha esposa pediu para dar a buceta para outro homemQuero da minha buceta para o AdilsonCorno contosinto desejo em dar o cu pro meu filho confessovelhas coroas gostosas sentadinhas no colo sendo enrabadasbaixar XVídeos mulher policial é pegada a força e desmaia na rola grossa do negãoimcesto com meu papai que pica enormepapaiperereca da ebteada contoscomendo o cu da tianinfomaníaca viciada em zoofiliaVamp19-(Capitulo-01)-CASA DOS COBTOS EROTICOSSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaengolimos rebolando de fio dentalconto eroticos viuvas taradasxnxx porno gey contos eroticos novinho pegando priminho no riachonovinha engole pau do paulaoNegrão.estrupando sobrinhavirgem a forca sem.os pai ver atras de casaBuçta dacarlanovinha aser estuprada com padrasto aser desvirginada enquanto dormeestupro esposa contos eroticosnovinha mandou ditado toma no cu e ae fudeu no estupro violentoconto erotico funk peladacontos eróticos com padrenovinho safadocastigando a irma conto eroticoVideo de duas mulheres tomando banho de biquini e se chupando e gritando de prazercervepono.comgozando dentro elas brigamcontos eroticos de tia bolinando sobrinha menor de idadeconto erótico de mega pauzudo tirando a virgindade da crentizinha novinhaenfiano anter o cotovelo no travestispacome o cu da filha e ela gritaquero ver uma b***** maior gostinho de mulher da bunda grande coxudasequencia de heteros cacetudos gozandovideocurto brasileiro de corno humilhadocontos da xana tia marta coroaconto fudendo o cu da Marilene mãe do Danielcazero favelada vaia apana ponocontos eróticos avóconto erótico sou menino mas adoro usar calcinha e ser menina do meu tio malvadoxvideos travestis passando batom e de tamancoeu sou viuvo eu tava sozinho em casa com meu genro eu chupei seu pau eu disse pra ele fuder meu cu virgem conto eróticocachorro gozando na novinhagxvideo as novnhia da buceta carnuda tetinhacontoscomendo bucetinhas das novimha tarafinhacontos erótico menininha na torcida contos nao resisti vi a buçeta da minha mae bebadaver video de sexo padrastocome o cu dela ate ela secagarlambe meu cuzinhocontos eróticos mulher endividadaporno sem casaminhasxvidio decotes da braquinhacontos de nora da vizinhaConto erotico: o playboy e o malandrocontos meu genro tesudomulheris malhaodo pornporno mãe. axô que. só geix v i d e o j ap o n e s alevantei o vestido dela no beco e plantei rola x videoconto comi a tia coroa peidorreirafilmes.pornos.debaixo.dessa.cueca.esconde.um.pirocao.sogra peituda, esposa de resguardo ( contos ).contoerotico eu namorada mae e tiocomendo a sobrinha de 13 aninho conto eroticosmeu bundao esta seduzindo meu filho filmemae beba fas fiho chupa putariabrasileiracastiel de supernatural fazendo sexo porno doidobaixar cintura para trás mexe a cintura brava agora dá uma rodadinha mexe o bumbumcontos eiroticos leilapornconto homem levando a primeira vez a sua mulher pro protibulo pra se fodidaXsvideos timida depilando o super dotadocontos eróticos veridicos