No escurinho do cinema engolindo porra

Um conto erótico de Sergay24
Categoria: Homossexual
Data: 01/09/2016 00:28:01
Nota 9.00

O ambiente familiar, normalmente, não é favorável a um desenvolvimento psicológico saudável, principalmente no que tange à afetividade e o desenvolvimento sexual.

Normalmente quando a mãe é superprotetora e o pai é submisso, a mãe é passiva, o pai austero, dominador e agressivo, também ausente afetivamente, foi nesse quadro familiar que cresci.

Tive sim experiência homosexual, bem cedo, na pré-adolescência, primeiro a curiosidade, depois atração, sedução, masturbação, sexo oral e por fim a consumação da atração por alguém do mesmo sexo.

A grande confusão é que tentam incultar em nossa cabeça quando na infância que meninos tem que ficar com meninas...meninos gostam da cor azul...meninas rosa...temos que assumir abertamente essa condição ou suprimir os desejos da carne.

Desde muito pequeno me sentia diferente de meus coleguinhas na escola, não era culpa minha a mudança hormonal em meu franzino corpo e meus desejos ocultos, agia quase como uma menina, nesse aspecto percebia os olhares de alguns homens adultos, na maioria anciões, porém a inocência de minha idade não me fazia pensar nada pelo lado errado da coisa.

Na escola sofria bullying, me chamavam de mariquinha...mariquinha, minha bunda era cheinha e eles alisavam ela com a mão e riam da minha cara, sofria muito pois eles se distanciavam de mim.

As coisas começaram a mudar quando no intervalo do recreio conheci o Paulão, ele também vivia isolado dos outros, tinha 18 anos e estudava o último ano do colegial, nos tornamos bons amigos, me confidenciou que entendia o que eu estava passando, pois com ele foi do mesmo jeito, mas com o tempo conseguiu enfrentar a situação, estava sempre comigo me orientando a sair do armário.

_E dai Guto, você já chupou um pau???

_Não!!!

_E o cu, já deu???

_Ainda não aconteceu!!!

_Tá a fim...eu posso te ajudar se quiser!!!

_Não sei não...como que vai ser???

_É o seguinte...tem um cine pornô lá na zona do meretricio, você vai ter um montão de pau para chupar!!!

_Mas como que eu vou entrar, não tenho idade!!!

_Isso você deixa comigo...consegue cinquentão que conheço o porteiro do cinema!!!

Aquela semana foi tomada pelo mêdo e ansiedade, finalmente na sexta feira a tarde, no trajeto meu amigo me orientava como deveria proceder.

_Primeiro succione a cabeça antes de começar a chupar e mamar...use a mão para punhetar ou massagear o saco...e o mais importante, engole toda a porra quando explodir na sua boca!!!

Entreguei os R$-50,00 para ele, que logo voltou com o porteiro que abriu uma porta lateral onde descemos uma longa escadaria saindo na parte dos fundos do cinema, estava quase vazio, Paulão viu na parte lateral superior um senhor de uma certa idade, esse seria o meu iniciante.

Minhas pernas tremeram quando as luzes se apagaram, para ser sincero estava apavorado, era a primeira vez que ficaria diante de um pau, esperei meus olhos se acostumarem com a escuridão e devagar me aproximei sentando a seu lado, fiquei imóvel, petrificado de mêdo, com receio de ir adiante, meu coração disparou quando ouvi o ruido do ziper, se ajeitou na poltrona descendo a calça até as coxas, pegou minha mão e levou até ele, senti seus pentelhos na ponta de meus dedos, não o enxergava mas pelo tato conclui que era muito grande e grosso, muito duro, agarrei com força acariciando, conhecendo suas dimensões, desejando-o, me aproximei com timidez e passei a lingua em sua cabeça, estava úmida, ele segurou em meu cabelo e empurrou meu rosto...

_Abre a boca e chupa viadinho safado!!!

Estava tão nervoso em recebe-lo na minha boca que ele deve ter sentido meus dentes roça-lo, estava enorme, minha lingua se movia por todos os lados, sentia ele entrando e saindo, acariciava meus cabelos e empurrava mais e mais para dentro, ouvia seus gemidos, sinal de que estava gostando.

Lambia seu pau de cima abaixo e logo com a boca aberta deixava a ponta cabeçuda afundar até quase a garganta, apertava entre meus lábios sentindo ele entrando cm. a cm., era impossivel pelo tamanho meter todo na boca cada vez mais rápido, sua respiração ficou acelerada, seu corpo começou a se agitar...<<<vou gozar...vou gozar>>> gemendo forte me advertindo...o momento tão esperado havia chegado, naquele instante pensei que seria terrivel, porém quando a porra começou a brotar só pensei no prazer de engolir.

Ele empurrava minha cabeça, queria gozar em minha garganta, um liquido quente começou a encher minha boca, não conseguia respirar, era impossivel tirar a boca, estava dominado e o que mais desejava era engolir aquele divino leite.

Alguns segundos depois a pressão de sua mão em minha nuca se afloxou, então pude tirar seu pau de minha boca para respirar um pouco, engolir sua porra e voltar a chupar, foi como um vulcão em erupção...sai dali e procurei pelo banheiro, lavei o rosto e ouvi que em uma das baias um rapaz gemendo dando o cu para outro cara...sai do cinema e esperei o Paulão...enquanto regressavamos para casa, eu não parava de falar como foi bom minha primeira experiência, estava fascinado com a quantidade e o sabor da porra que lotou minha boca, Paulão então me disse que em breve passariamos para a próxima etapa...minha bundinha virgem...


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Sergay24 a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
18/11/2016 11:47:29
Gostoso
02/09/2016 04:40:35
Pronto ja chupou um pau...agora sai do armário de vez...da esse cuzinho virgem pra um cara bem picudo!!!


passando protetor solar na teenzinha meti no cuzinho gratisporno empurrou de uma vez que ela pinotoucontos esposacontos eiroticos leilapornContos de cornocontos eroticos sexo oraltitia safada gozando esquirt contospornodoidocalçinhassurra de chinelo contoscontos eiroticos leilapornCaso narração em zofilia quem alguma mulher qui transou com cachorros grandes me narra como foi ?sexo os homems enfiam a pingola deles dentro da mulher e vai soca soca e vai socando video que da pra abripunhetando amigoas encoxada só coroâs videosporno com coroa nafajinazoofilia.gratis/videos/pansexual-com-cavalo-gozando-na-buceta-e-cu-de-mulhercontos eroticos nao aguentei e transei com a minha cadeladois negao cacetudo arroba a porta e amarra o cara e trepa na mulher dele na frenteConto de maes leno asistino conto de incesto + o filhoevangélico emcoxado em ônibus contosEróticospornô.comcontos eróticos publicadoscontos segurança comeu meu cudei minha bubuta contosxchamster novinha da o cu ejacula pela bucetanegao nao guenta e entra no quato. dais finha dormindoxvidio izaque comendo novinhaConto erotico velhinho engravida mulher casadacalça boiando na buceta da morena gostosa rola grossaConto erótico humilhada na escola pelas amigasContos eroticos gaysinho sendo enrabado pelos dois irmaos mais velho ao mesmo tempovidios porno galeginhas vertido molehistorias eroticas perdi minha virgindade anal e vaginalamiga foi estudar e terminou deixando chupalaprimos se pegando e com mãoboba pornodoido.comvideos de novimha perdendo a virgidade e chorando e perdindo pro namorando para q nao estar a guentando maiscontos de sexo depilando a sogramae lavano vasilha e estrupada po filhoContos eroticos madrinha liberalnovinha gostozinha de bejo com novinhogostosa.traindo.o.marido.emcostado.no.muro.nox.videosxisvidio amadores de auguen metendo a forçaContos eroticos pai dotado na praiaquero conto erotico de irma e irmao que transa e a ima caga na boca do irmao ele come a medacasa dos contos ultimosbranqinha se esbarra na pica xvsolas gozadascomo tirar a virgindade com irmão irmão de verdade para te lembrar agora tanta saudadecontos eiroticos leilapornMoreena Fudendo A Mil So Na Bucetacorno covarde chorao contos eroticoscontos comi um viado sumissocontos eroticos 32cmmorena gostosa fica nervosa porque queria meter mas so tirou a ropa seu parceiro gozou entao ela tocou uma ciririca e gozo na cara deleincesto gay papai me fez de putinhavendo a filhinha cagando contosvídeo de sexo pornô garganta hipertrofiada engolindo monstro hiper dotadoeu quero o homem e a mulher fazendo sexo e daí o homem coloca guspe e daí daí vídeocontos eroticos banheirotirando toda a roupa e causinha fiu dentau vidioschupando buseta labefo pasda mso bocscontos eroticos com fotos madrinhas coroas com novinhos roludosesposa do tio de leg contospadrasto enteada falei de sexo brasileiroX videos o papai chupano nus peito da filha bricano de mae e filhoAS CARIOCAS PORNO VIOLENTO 2009contos eiroticos leilapornhomem pede pro negao foder ele feito mulherzinha,mundobixagorda xorando no pirueu quero ver só as novinha bem gostosinha de shortinho curtinho mostrando a polpa da bunda viajando no ônibus e os novinho passando a mãopornodoidocoroa deitad na cama so de calcihaConto erotico comi minha irma no banhocontos o chefe comedor da empresanorinha ve o pau do sogro duro e faz sexo com elelipesonhador casa dos contos gayler contos eroticos menageirmalouca pra perdero cabaco pro irmarcontos eroticos meu amigo daniel comeu minha mulherx vde porno rebolando de calca no pinto duro oroporno comendo cu de homêm de bùnda grandecontos erotico,meu genro me enrrabou dormindovidio de pesouas transandox videos minha esposa maluquinha com um pauzudo na ninha frentecontos eroticos malv comendo as interesseiracuzao areganhado p cavaloquero ver novınha que sao empregada fudendoxvideoszoofilia tadinhabelmiro caseiro caralhudoCONTOS EROTICOS DE ZELADOR PIROCUDO COM MORADORA DO CONDOMINIOxvldeos com novlnhasistoria da netinha qui o banhava lavando su cucontos de incesto mãe pede a filho que depois a Cona e o greloliberei minha esposa pro cara estourarvidro porno loirinha estava no quarto quando escuta algo na sala e quando vai ver flaga seu padrasto careca se mesturbando to cagando nessa pica gozandomostrei de proposito a calcinha que vestia. conto gayporno brasileiro cunhada vai na chacara com cunhado acaba trazzado com ele