Eu, mãe, ex-evangélica, não resisti e me vendi para transar com dois homens e uma mulher.

Um conto erótico de Mel
Categoria: Heterossexual
Data: 01/02/2014 01:03:27
Última revisão: 05/02/2014 13:16:06

Oi meus queridinhos, estou adorando, cada vez mais, escrever meus contos para vocês. Nossa... Vocês não acreditam como fiquei após aquela história em que liberei meu lindo cuzinho para um desconhecido, fiquei completamente esfolada, tive algumas dificuldades nos dias seguintes, fiquei toda dolorida, só o fato de por um fio dental e encostar lá, eu já ficava ardida. Para minha recuperação, fiquei aproximadamente uma semana sem sexo, sem masturbação, sem nada, pois eu fui, literalmente, esfolada na minha última transa.

Bom, como de costume, para que todos me conheçam melhor, sem ter lido os outros contos, mas recomendo que vocês leiam, meu nome é Mel, tenho 37 aninhos, sou ruiva natural, pele bem branquinha, tenho 1,76 m, 56 kg, olhos verdes, 83 cm de busto e uma bunda bem malhada, bem redondinha. Sempre pratiquei muitos esportes devido a minha profissão (já fui modelo de passarela, e hoje trabalho a administração de carreiras das modelos). Na época desse conto, eu ainda tinha 34 anos.

Como vocês devem imaginar nos últimos meses eu estava viciada em sexo, loucamente viciada, somando ao fato de eu ter ficado uma semana sem nada, rsrsrsrs, imaginem... Bom, eu estava toda me preparando para o fim de semana, Nat iria passar o fim de semana na casa de uma amiga, portanto, ficaríamos apenas eu e meu filho Paulo em casa. Eu estava louca para liberar tudo para ele, fazer tudo o que ele quisesse, o fim de semana inteiro. Mas, para minha grande infelicidade, chegou a sexta-feira e então Paulo chegou até mim e disse:

- Mãe, uns amigos meus me convidaram para descer à praia neste fim de semana, tudo bem¿

Bom, claro que respondi que não tinha problema, não ia segurar meu lindinho em casa, portanto, deixei ele ir.

Fiquei um pouco chateada, mas não bastou minutos após sua saída e minha cabeça começou a virar novamente, minha bucetinha estava começando a formigar novamente. Como ainda fazia pouco tempo que eu tinha largado o evangelismo, eu não podia dar bobeira e sair pegando qualquer um novamente, era muito arriscado e minha casa poderia cair. Juro que tentei de tudo, entrei em salas de bate-papo, dei em cima de homens, mas como de costume para estes sites, eles não levaram a sério, só queriam a famosa “Cam”.

E então, lá se foi minha sexta à noite e, nada. Passei o dia todo no sábado pensando em sexo, eu queria dar, eu precisava dar, alguém tinha que tirar aquele fogo de mim, alguém tinha que me foder, eu queria um macho, precisava disso.

Logo chegou a noite, e eu não tinha plano nenhum, cheguei em casa e comecei a assistir uns vídeos pornográficos, meu tesão começou a subir a mil, minha xaninha estava escorrendo “mel”zinho, sozinha. Então me veio uma ideia em mente, uma loucura, pra variar, mas pensei, por que não¿

Esta ideia, que tenho até vergonha de contar, era me vestir que nem vadia, e sair nas caminhas nas ruas centrais, se me confundissem com uma prostituta, ótimo, eu iria ser uma.

Então lá fui eu, caprichei na maquiagem, coloquei meu vestidinho mais safado, bem curtinho e com um tecido que me marcava toda, para vocês terem uma ideia, se eu apertasse ele contra minha xaninha, dava pra ver até a marca do grelinho, detalhe, não coloquei sutiã, muito menos calcinha, era só aquele vestidinho safado. Então vesti botas altas, com um salto fino e altíssimo e fui, peguei meu carro, parei em um local próximo ao centro e sai caminhando.

Para minha enorme alegria, não deu nem tempo de eu sair do carro e já começaram a mexer comigo, andei mais alguns minutinhos, dispensei os mais feinhos, para eles eu dizia que estava indo para uma festa e que não era prostituta, até que um carro encostou, era um veículo bem humilde e simples. Mas quando parou olhei e um homem, de verdade, lindo, me chamou. Fui até a janela e me surpreendi, eram dois homens e uma mulher, então o rapaz que dirigia perguntou:

- Qual o valor do programa¿

Respondi: - R$ 300 a completa¿

O rapaz olhou para os amigos, fizeram alguns sinais com a cabeça, e então ele olhou pra mim e disse:

- Você é incrivelmente linda, por que está se prostituindo aqui na rua¿

Eu fiquei meio que sem graça, será que ele queria me dar uma lição de moral¿ Eu louca de tesão... Então logo em seguida ele disse:

- Nós temos pouco mais que 300, se formos fazer, não vai sobrar para o motel, mas você é incrivelmente linda, não vamos deixar passar essa, se importa em fazer no carro, em um lugar mais tranquilo¿

Na hora pensei, como iremos fazer isso, eles estão em 3, como vamos fazer isso em um carro. Mas olhei os 3, e realmente, eles eram muito lindo, eu não queria deixar essa oportunidade passar, sem contar que poderia ser minha primeira relação sexual com uma mulher. Então respondi,

- Sem problemas.

Entrei no carro e confesso para vocês, eu estava morrendo de medo, o que podia acontecer, mas ao mesmo tento, isso me dava ainda mais tesão, e era um tesão diferente, muito mais intenso, pois a ansiedade também estava a mil.

Eles aparentavam estar um pouco bêbados, mas levemente, e aparentavam pouca idade também, talvez todos em tornos de uns 19 ou 20 anos. Rodamos um pouco e encontramos um lugar mais escuro e isolado, para o carro e então um deles olhou para mim e disse:

- Qual sua idade¿ 23, 25¿ Você é muito linda, não acredito na sorte que tivemos.

Eu sorri e disse:

- Vocês ainda não viram nada, se vc se impressionou apenas em me ver, imagina o que será quando terminarmos. O que vão querer¿

Então os dois homens responderam, a garota só me olhava: - Queremos completo, e para nós 3.

Eu disse: ok.

Fui totalmente sem jeito e desajustada para cima do rapaz que estava no banco da frente e então comecei a beijá-lo, ele logo veio com a mão em meus peitos, ele tinha uma pegada forte, firme. Olhei de canto e vi que o casal no banco de trás estavam num amasso a mil já. Então o homem me puxou em seu colo e na hora, senti a pica dele encostando na minha bundinha, eu sorri e disse:

- Vocês estão animadinhos hein¿ Estão mesmo com vontade.-

Ele respondeu: - Não esperávamos uma mulher como você.

Eu estava delirando, aqueles elogios estavam me deixando ainda mais louca. Então comecei a rebolar em seu colo, nisso vi que o outro homem estava abaixando os bancos. O espaço era razoavelmente curto, aquilo ia ser difícil, mas eu estava louca de tesão, com espaço ou sem ele, eu ia dar gostoso naquela noite.

Então vi que o outro homem já estava abaixando as calças, assim que seu pau pulou pra fora, saí do colo que estava, e voei de boca nele, fiquei com minha bunda empinadinha, meu cuzinho logo ficou a mostra, e eu ainda estava sem calcinha, deixei os outros dois, o homem e a mulher, loucos. Mas me concentrei em chupar, afinal, adoro isso, e aquele pau ela lindo, tinha um tamanho comum, mas era grosso e cabeçudo, comecei a afundar minha garganta nele, engolia a cabeça, sentia ela lá dentro da minha garganta, e enquanto isso, com o que sobrava de língua, eu lambia as bolas. Que delícia, o rapaz começou a delirar, chupei com muita vontade, pegava o pau dele e batia na minha cara, fazia cara de vadia, passava a linguinha bem suave, desde as bolas até a cabeça. De repente, senti algo úmido na porta do meu cuzinho, levei um sustinho, e então olhei para trás e tomei um baita susto, pois, não era o que eu imagina, eu estava pensando que o outro homem estava com a cabeça do pau na minha portinha, mas não, era a moça que estava com ele, e ela estava dando linguadinhas maravilhosas no meu cuzinho. Só digo uma coisa a vocês, aquilo me levou nas nuvens, que coisa maravilhosa, e ela não apenas lambia a minha portinha, mas também tocava uma siririca para mim, e forçava sua língua para dentro do meu cuzinho, aquilo era simplesmente MARAVILHOSO.

Confesso que com 10 minutos de preliminares eu já estava quase pra gozar. Então me desviei para que isso não acontecesse tão cedo, tirei meu vestidinho lentamente, peguei uma camisinha coloquei em minha boca e parti para colocar no pau daquele rapaz lindo, sem usar minhas mãos, não foi difícil, mesmo eu tendo feito isso pouquíssimas vezes. Olhei para o casal no banco do motorista e eles já estavam trepando, a mulher estava cavalgando nele, com muito tesão, que putinha que ela era, um loirinha linda, de olhos azuis, ela aparentava ter as mesmas medidas que eu, mas aparentava ser um pouco mais magrinha, que linda putinha loira ela era, fiquei louca de tesão ao ver aquilo, então virei meu corpo, fiquei de costas para o rapaz que eu estava, e sentei naquela piroca, bem lentamente, senti a cabeça entrar, hummmmmm que delícia, fui descendo, bem suave, que tesão. Então comecei a cavalgar, em minha mente vinham alguns pensamentos como, como pode, eu, a poucos meses eu era evangélica, cafona, boba, nem pensava em sexo, como posso estar fazendo isso agora¿¿ Então, olhei novamente para os dois da frente e não aguentei, puxei aquela loirinha pelos cabelos e comecei a beijá-la, que delícia, sentar em uma pica gostosa, ser fodida na minha bucetinha e estar beijando aquela linda garota. Os dois rapazes ficaram loucos... Também, imaginem.

Eu passava minha língua, lentamente pela dela, dava mordidinhas leves naqueles lábios deliciosos, e sentava na pica daquele homem. Subia e descia, subia e descia, até que ele me pegou pela cintura e começou a me forçar, aumentou a intensidade, começou a me foder como uma puta merece ser fodida, com pegada, eu estava adorando aquilo, ele me estapeava na bunda, então comecei a sentir algo, olhei para trás e vi que ele estava colocando seu dedo indicador no meu cuzinho rosinha, colocou o dedo inteiro lá dentro, e continuava a me bombar com força. Deixei ele fazer isso por um tempinho e então saí de cima dele, eu queria um pouco daquele outro homem também.

A garota caiu de boca no homem que eu estava e então ela disse, nossa, que gosto maravilhoso que sua xaninha deixou aqui, ela sabia exatamente as palavras que me deixavam ainda mais louca, afinal, quem era aquela mulher, e por que ela me deixava com tanto tesão¿ Então fiquei de 4, o outro homem logo meteu a vara na minha bucetinha e eu, lógico, estava louca para isso, retribui o favor que aquela loirinha linda tinha feito para mim antes, comecei a linguar a porta daquele cuzinho lindo, depiladinho igual ao meu, perfeito, era maravilhoso lamber aquela bundinha, eu passava milha língua lentamente, fazia movimentos circulares com minha língua naquele cuzinho, ela demais, lambia a bucetinha por trás e subia para o cuzinho, eu chegava a babar de tanto tesão.

Então o homem que estava atrás de mim me pegou pelos cabelos, e começou a me socar com força, me assustei, mas logo me acostumei, ele começou a me foder que nem louco, com muita força, eu comecei a gemer muito alto, então ele colocou a mão em minha boca e começou a socar ainda mais forte. Nossa, como eu estava sento tratada que nem cadela, ele estava acabando com minha bocetinha, estava me esfolando. Então disse a ele:

- Calma garoto, vc ainda nem fodeu meu rabinho, vai desperdiçar toda a sua força ai¿¿

Não deu tempo nem de eu terminar de falar e ele socou com tudo no meu cuzinho, que dor senti, o safado nem pra passar um cuspe. Ele então continuou, mas agora, com o pau no meu rabinho. Me puxava pelos cabelos, me socava com vontade, batia na minha bunda, me pegava pela cintura, socava, socava, socava, socava, hummmm que delícia, socava até as bolas em mim, do jeitinho que eu gosto, fundo, lá dentro, com força, eu sou cadela, sou vadia, é assim que eu gosto.

- Fode filha da puta, me fode, me faz sua cadela, me fode, isso safado, fode com força, arregaça essa vagabunda...

Uma delícia, então tive uma ideia.

Pedi para a garota se deitar no banco traseiro, pedi que os dois fossem para os bancos da frente, pedi para ela abrir suas pernas e caí de boca naquela bucetinha loira e suculenta e disse:

- Vocês ai atrás, façam o que quiserem.

Então arrebitei minha bundinha, não sei como eles conseguiram, mas quando percebi, um deles estava deitado todo torto em um dos bancas e entre as minhas pernas e o outro estava atrás de mim, não deu nem tempo de eu me dedicar àquela linda xaninha loira, então senti um pau entrando minha bocetinha, e pouco tempo depois, um entrando no meu cuzinho. Que DELICÍA, que momento MARAVILHOSO, nunca tinha sido comida por dois ao mesmo tempo, e eles fodiam com vontade, que delícia era aquilo, era gostoso demais, eu estava delirando de tesão, por alguns momentos eu perdia a noção de realidade, aquilo era muito bom, aquele pau no meu cu, outo na minha xana e ainda por cima, eu estava chupando uma garota muito linda. Então esfiei suavemente meu dedo do meio no cuzinho daquela vadiazinha, hummmm, que delícia, que cuzinho apertadinho, acho que ela virgem lá. Não demorou nada e aquela cadelinha gozou na minha boca, que gosto delicioso, ela me pegou pelos cabelos e apertou meu rosto contra aquela bucetinha linda, aquele grelinho rosado, me deliciei com aquele caldinho, docinho. Não deu muito tempo e a loirinha safada disse, rapazes, quero que gozem na minha boquinha, na hora fiquei surpresa, eu queria aquelas picas gozando em mim, rsrsrsrs, eles continuaram socando em mim, me puxavam pelos meus cabelinhos ruivos, que delícia aqueles paus, não demorou muito eu comecei a gozar, alucinadamente, durou muito tempo, virei meus olhos, esguichei porra naquele pau, que gostoso, minhas pernas tremiam, eu tremia inteira, que delícia, logo em seguida eles saíram de mim, tiraram sua camisinhas, foram pra cima da safadinha e encheram a boca dela de porra, melaram a cara dela inteira e, antes que ela pensasse em engolir, parti para beijar ela, hummmm, aquela porra quentinha em sua boca, e ela não foi egoísta, dividiu comigo, engoli minha parte e continuei beijando ela, até ela engolir tudinho, lambi o pouco que sobrou em seu rosto, hummmmm que delícia, aquilo tudo foi maravilhoso demais, eu estava louca, fora de si, mas estava adorando.

Nos recompomos, nos vestimos e eles me levaram até o ponto onde me pegaram, não me importei muito com os homens, mas peguei o contato daquela loirinha maravilhosa, eu precisava daquela safadinha, aquela putinha, ela me levou a loucura.. Tempos depois, tive várias relações com ela, relações constantes, algumas irei relatar por aqui, mas não muitas, pois ficara repetitivo.

Então voltei para meu carro e fui para minha casa, me arrependi um pouco do que fiz naquele momento, pois era arriscado demais, perigoso, e claro, eu ainda sentia muita culpa por essas coisas que fazia.

Esse foi meu segundo conto meus lindinhos, espero que tenham gostado, pois estou gostando de escrever, está me ajudando muito, me abrir para outras pessoas, estou perdendo a culpa e peso na consciência. Em breve contarei mais histórias da minha vida, pois após essas que já relatei fiquei ainda mais viciada em sexo, não perdia uma oportunidade de transar. Com isso, muitas histórias surgiram.

(e-mail apenas, não adiciono skype nem msn)

Beijinhos meu amores.

Mel.


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive Melzinha de ctba a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
27/09/2019 15:43:47
amiga continua esse conto seria maravilhoso você tem jeito pra coisa obrigado bjao
20/08/2019 21:20:08
Amei legal continua
05/06/2015 23:48:13
Que delicia de conto, bati uma bem gostoso, endo e imaginando essa historia...bjs
22/03/2014 22:14:30
K delicia d conto...
04/03/2014 19:15:29
Q delicia.. whats
02/02/2014 10:11:36
Parabens gata. Conto delicoso. Estou me acabando numa punheta aqui em sua homenagem. Adoro uma putaria assim como vc... beijos
01/02/2014 14:20:10
Muito gostoso, bem escrito me deixou com tesão, pobre da minha mulher agora. kkkkk
dmm
01/02/2014 13:35:39
Que puta vadia você é.
01/02/2014 12:11:14
Mto bom seus contos. Nota 10...tbm sou de ctba...será que podemos trocar emails? Bjs (leia meu conto tbm)
01/02/2014 11:39:16
Nossa , que delicia , queria muito pegar na bucetinha e no cuzinho.....
01/02/2014 10:43:22
vc me deixou de pau duro aqui, batendo uma como a MUIIIIITO tempo não fazia.... vc é de onde???? responda no meu email.... ou
01/02/2014 04:55:06
Gostoso demais... Estoy TESO!!! Sou negro.


sexo entre mae e filhoporno no cinema cine operaivania gemendoporque quando o homem vê uma mulher sexi ou raboda ou quando meti uma roupa curta o seu penis levantãopornodoido desmantelando o cu da laira na cozinhaNoivinhas bucetinhas comesando nascer pelinhosmundobichanovinho na praiaconto erótico aprendendo a dirigirforsas penis duros domina cu de homemx videos de sogra pega batendo punheda e da o cuirma dormondo com o.pau do irmao na bova pornodoidopornodoidoforçando a transarenfregando o pau duro na bunda dentro do onibus cheioensinando menino a nadar conto eroticocontosexo mulher e homem laranhando(sexo)contos tio vc e dotadao aiaiai fotos pornosiricutico na ganha ganha também XVídeoscontos Julia gordamae punhetando filho quietinho no sofacontoseroticos m vadia mamae nao solbe o que fazer quando viu e quis chupaCOROA japonesa FOI PARADA NA RUA E ACEITOU FUDERconto gay contei pra ele que queria dar pra eledois hetero trazas tiro pica pra gozarcontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgexvideo conto corninhoconto crossdresserenrabando cunhada e sobrinha contocontos eroticos maduras negras peludasCona e cu relatosflagrei a empregada se masturbandox videosporno pai entrega a filhinha virgem para o agiotalesbica fode a outra com dildo entroduzido na buceta e sentada na cadeirasvirei mulher vara do meu papaixvideo porno esposa americana traino o marido americano ela traino dano o cucontos eroticos casal e amigaesposavadiacontosquero ver o filmes pornos o irmao convecendo a sua irma para foder com ele beijando muito ela ate que ela fica cheia de tesaofudendo no maranaoCazal tranzando em pé vídeo contos porno scat lesbicoXvideos cunhada deita com cunhado dormino fica sarrano nelea infidelidade da irmã resolve dar a buceta ao irmão mais novoxnxxx.com irma casada trato irmao manovocheirando o cuzinho do afeminada bebado.aproveitandocontos eróticos com padrevidos pea a.baca irmao meteu a pica na irmanovia e gozo dento da bucetona delacontos erotico coroacasado comendo onovinhohomem fudendendo a vizinha e de repente sua mulher chegarxvideo mete comsolo 30cen nu cumulhe lavado abuçetaconto erotico de minha titia rabuda nua do rabao la em casa de sainha curtaapaixonado por dois brutamontes da faculdade 12fotos da neguinha voluptuosa peladacontos eroticos sete anosAs Panteras pornô padrasto fode enteadqeposicao papai mamae ponodoidosolandoa bucetinha virgem da gatinha cm o picasogra gostosa de cabelos crespos fudendo com amigo do genrobaixa lourinha cafungada com o negaovideo porno novinhas sendo lanbusada pelos velinhos que o pau nao sobe maisxvideo corno esposa pegavo afosaquando voltei entrei no quarto da minha irmazinha e vi ela se mastubando dei uma bronca nela contos de incestobaixar video Enteada safadinha bem cadela transando com seu padrasto sem vergonha. Bem putinha ela foi ate o quarto do padrasto e la pegou ele dormindo, tirando a cueca delenao resiste as investidas do meu genro contoabaxa vidio porno de tio ifiano a mão na buseta da supria para baixar nu selula brasileiro mais safadia gostosa e meter meu na sua bocafiumeporno minisaia encoxadamullle endurecendo unha pica para tranzavídeos de pornô os tios do p********* e grosso tirando a virgindade das Sobrinhas quando mete o pau ela se caga todinha e se mijaxxxxvidio carinhas de anjosxxvidos taty vaqeira sexohistorias eroticas com saúnas masculinas