Duas encoxadas com gozadas numa mesma manhã

Hoje acordei bem cedo porque tinha cliente no meu consultório fixo, tenho atendimento as 8hs mas como vi que estava chovendo e teria que ir de metro e ônibus resolvi acordar bem cedo, 5 horas eu já estava terminando de tomar banho. Coloquei uma saia branca longa, uma blusinha de alça rosa, uma jaqueta por cima e calcei um scarpin pra deixar meu bumbum enorme bem pra cima. Sai de casa de cabelo molhado ainda, subi a rua de casa e cheguei no ponto de ônibus, ainda estava escuro e lá estava uma senhorinha e um cara meio estranho que me comeu com os olhos. Adoro provocar e então me apoiei no ferro do ponto de ônibus deixando minha bunda dividida, ele que estava do meu lado foi mais pra trás com certeza pra olhar minha bunda gulosa. Uma hora virei pra reclamar da demora do ônibus e vi que ele estava com a mão sobre o pau, eu virei com os olhos já na linha da cintura dele, vi a cena, subi meus olhos, olhei em seu rosto com cara de desaprovação e voltei a olhar pra frente e na sequencia apertei ainda mais minha bunda contra o ferro.

Minha bunda estava tão dividida e ela é tão grande que o mastro do ponto de ônibus praticamente sumia no meio dela, mas dai a chuva apertou, tive que desatolar minha bunda do mastro, fui para mais dentro do ponto, foram chegando pessoas e mais pessoas, o ponto foi enchendo e as pessoas se espremendo e nada do ônibus chegar. Começou um vento e a chuva começou a vir de lado e a cada rajada de vento as pessoas se aproximavam mais, fui ficando espremida e quando me dei conta senti que estava colado no tarado que olhava minha bunda, prensei ele contra o luminoso do ponto e a cada rajada eu mexia gostoso. Nisso minha calcinha foi entrando dentro da bunda e seu pau por dentro da calça quase rasgando, começou a esfregar no meu cuzinho, o ponto estava tão cheio que ninguém conseguia perceber, vez ou outra eu olhava de pra tras com cara de brava, nojo, e o safado continuava com o pau bem duro e eu ficando cada vez mais molhada.

Já era 5 e 40 e nada do ônibus, o ponto ainda mais cheio e a chuva bem forte, não dava pra se mexer, aproveitei então e fiz algo delicioso, coloquei minha mão pra trás e achei a coxa dele, empurrei um pouco sua perna e ele se afastou nisso minha mão subiu até seu zíper e baixei, enfiei dois dedos entre o buraco do zíper tentando sentir a cueca e tira-la, ele entendeu o recado, voltei com a mão pra frente, senti ele se mexer atrás e finalmente percebi que seu pau estava de fora, coloquei uma mão de cada lado da minha bunda e abri na sequência fui com tudo pra tras, a cabeça do seu pau estava acertando entre minha bucetinha molhada e meu cuzinho faminto, dai levemente comecei a mexer, procurando um encaixe. Nesse vai e vem a cabeça do pau já começava a encontrar meu buraquinho traseiro, e com as mexidas a calcinha foi ficando de lado, até que senti a cabeça do pau dele entrar ali, com saia e tudo, me rasgando e eu sem pode me mexer gemer, nem nada, a cabeça grossa estava me arrombando ali no meio de dezenas de pessoas que nada viam, a chuva engrossava, agora eu começava a rebolar bem devagar tentando fazer com que entrasse mais um pouco, eu continuava olhando feio para ele, safado, dai então senti algo muito quente em mim, o safado tava gozando na minha bunda, dentro do meu cuzinho, sujando minha saia de porra quente e grossa, apertei ele ainda mais, senti seu pau amolecer e dai vi que ele se ajeitou guardando o pau. Agora eu estava escorrendo de tesão na frente e melada de porra na parte de trás da saia, sorte que eu tinha roupa reserva pra usar quando chegasse na clínica. Nem bem ele tirou o pau amolecido e o ônibus chegou, foi aquele inferno para entrar e eu percebi que minha saia estava molhada e isso a deixava transparente, e quem quisesse ver minha minúscula calcinha lilás não teria esforço.

Entrei no ônibus, pra variar muitos homens olhando minha bunda que já é grande, arrebitada com o salto e ainda transparente de chuva, percebi que alguns mexiam no pau enquanto me olhavam, só tinha eu de mulher nova, o resto senhoras de idade. Desci no Sacomã e fui pro metro, no caminho muitas mexidas, e quando desci na plataforma dei uma percorrida pra ver se tinha mais algum encoxador disponível, vários com cara de tarado mas percebi que um me seguia, dai parei, ele parou próximo a mim, me olhando com cara de tarado, eu olhei com desaprovação. Entramos no vagão e já fui para um canto me apoiar (aquele metro antigo que dei uma portinha de motorista) fiquei ali, dai ele veio pediu licença e ficou atrás de mim. O metro foi enchendo e na outra estação já estava completamente lotado com pessoas não conseguindo mais embarcar, todo mundo se apertando e pra variar problemas no metro faziam com que ele ficava parado mais tempo entre as estações (alias que eu adoro ser encoxada amo esses atrasos do metrô), o safado atrás de mim era tão puto que teve a cara de pau de colocar a mão nas minha cintura e me puxar de leve pra tras, puto! Estava de calça de moletom e senti um pauzão duro e grosso me querendo, olhei feio pra ele, e ajeitei meu bumbum, abrindo pra deixar encaixar, ele sussurrou algo no meu ouvido mas nem dei bola, o metro tornou a andar e ele me encoxando com força e o mais incrível é que ninguém percebe, quando o trem voltou a andar fui pra tras com tudo e de novo senti algo entrando em mim, Estação Santos-Imigrantes, mas gente entrando e o safado forçava o pau pra entrar, tava me machucando afinal tava de moletom, e eu sentia que entrava calça, calcinha, saia, tudo no meu cu e eu sem pode me mexer, falar nada, Chacara Klabim, e ele continuando e até que chegamos na Ana Rosa, todo mundo desceu, ele saiu de tras de mim e saiu com pressa, eu passei a mão na minha bunda e senti, levei outra gozada.

Coloquei a bolsa mais pra trás pra disfarçar, fiz a baldeação pra Santa Cruz e fui para a clínica, ainda não tinha ninguém e deu tempo de trocar de roupa, tive que colocar uma legging branca (pq o trabalho exige) só que minha calcinha estava sem condições de uso, toda gozada. Iria ter que passar o dia sem ela. Duas encoxadas com gozada na manhã, espero que tenha mais hoje no final do dia.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive cavala.prica a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
27/12/2018 10:43:38
me chama no email
26/12/2018 08:51:46
Nós que somos bundudas sofremos muito com isso nao é!? rs leia os meus relatos publicados também. (apelido no site: belladona)
uem
16/03/2017 20:42:14
que muito te encoxa bem gostoso dar uma boa gozada no seu lindo rabo
14/11/2016 12:03:01
adorei seu conto pego todo dia a linha verde se quiser
12/02/2016 17:50:24
Sua bunda deve ser incrivelmente grande e linda, me manda umas fotos dela. Vou procurar você em todos os metrôs até achar e poder te encochar:
09/02/2016 03:11:29
Eu adoraria ver o tamanho do seu bumbum vc pode me mandar fotos ps: adorei seu conto fiquei com muito tesão
18/07/2013 10:59:21
Esqueci ate do meu email
18/07/2013 10:58:21
Oi eu adoro ler seus contos eles me deixam com muito tezao mas em tds vc mensiona sua bunda grande vc poderia manda fotos suas para meu email nao aguento mais ficar imaginando.
18/12/2012 19:10:11
Meu nome é Rubia, adorei seu conto. Tenho um conto publicado aqui. "A procura de um amante". Também tenho um blog só com fotos eróticas e muitas coisas relacionadas a sexo. (rubiaebeto.comunidades.net) Um beijão pra você.
17/12/2012 21:17:09
Delicia delicia delicia. Uma tentacao em corpo de mulher, adorei. Bjos
17/12/2012 18:53:54
Ótimo conto, tenho uma fantasia enorme em gozar encochando uma gostosa assim, mas fico meio receoso, gozei lendo seu conto. Parabéns.
17/12/2012 15:55:31
Que delic aminha gata, quero encontrar voce no ponto do onibus minha tesuda. Quer ler meu conto??//kupivbg.ru/hotpornpics/texto/
17/12/2012 14:28:20
esse conto não tem nada de fantasioso, pois já gozei numa bundinha gostosa no metrô. sua narrativa está deliciosa, muito bem desenvolvida. 10.


/texto/2017021096fudeno a gorda bebaassitir vidio de porno os mecanicos me arrobaramsinto desejo em dar o cu pro meu filho confessoContos eroticos Doce nanda www.putariabrazilrira de pai espiando filha mai nova no banhohomens peru gigantes pocando bucetas cuxvideo pauzudo comendo mae e filha juntasconto erotico despedida solteiraconto erótico Dulce safadanegao com pau de 070cm pondo na loira cavalalevei minha esposa num glory hole conto realdesenho zeque estouecasadoscontos.com advogada viciosaconto erotico minha filha se acidendo eu tive da banha nelaContos pornos-fodi a mendigatarado nuonibu.conto eroticos de perigosporno gay pai malhado e i filhocoma meu cucontos eiroticos leilapornwww.contos deixei titio chupar minha bucetinha na minha infânciavideos porno a namorada trail ele e ele estrupou ela com forcaccontos eróticos incesto fudendo novinha virgem inocente faveladarelatos casadoscontos cornos e traiçaoespoza traindo marido c primo delaConto erótico minhas amigas da escolafotos comedo novinha de fanginho asado cu sexonovirha gozanosexo tesao caricia exitante gemido passadas de maos nos seiso na bucetaconto erotico viadinho vestiu calcinha na casa abandonadacalça legui caladinha na casada xvideopirocas enormes pornodoido garganta profunda imensas que fazem um estragobussetas cuspindo porraXVídeos não tinha dinheiro para pagar o aluguel dela você pagou na horaporno incesto mae fica louca por pau enorme do filho equer porra na bocavidos pra abaca irmao pegou a irmanovia.de supreza.e gozou dento da.bucetona delabrasileira novinha do rabao com calcinha de redinha batendo punheta pro rapais ela geme muito na ohro qui ele ta gozandoxvideos indigestos estrupadasconto gay Jorge O afilhado do meu pai do pinto grossocontos eroticos travesticonto gay aprendendo a passar a marcha com o coroacasa dos contos gayxv lindona ponheta imauSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhasexo com mulheres q penden para de da o cu pois ta doendocontos eroticos patrao e a domestica novinhacontos minha esposa agazalhou um pal enorme no rabocontos erotico,meu genro me enrrabou dormindoconto erotico n puque esconde comi o cu da menina.que se escondeu comigoMiguel e Vinicius:Entre o céu e o infernoMeu irmao quis gozar nos meus pezinhos contosvidio d sobrinha mostrando metade d polpinhas p tio n fazendanovinha sentada ensima do cassete abrindo a bucetinha com os dedosgosada no trem lotadoeu perguntei pro meu pai como era fazer sexo de frango assado meu pai disse pra mim filha vamos pro meu quarto eu vou fuder sua buceta de frango assado conto eróticocontos eróticos de zoofilia da autora ketmarina da autora ketmarinacunhado gosando na dunda sem tirar o chortes xvideoswww contoeroticocontos vi meu pai arrombando o cu da minha maecontos eroticos papai abusava de mimconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhovídeo de mulher pelada nua vídeo mulher pelada mostrando o pinto também amor quer vir aqui também é muito periquita Minha louca vida de mulher pelada nuasexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaocontos eroticos d noiva putinha d tio coroa pirocudo e primo noivo corninho mansoflagra de coroa transando de bruço em praia de nudismoquando beijo meu marido umagino que e uma bucetaxisvido pai aliza as pernas da filhaxvidoe.cm baianas crentis traindo o maridoconto viadinho descaradopai esfrega a ponba n clitoris d filha e faz goxarcontos eiroticos leilapornpornodoidosenhoranudevistseu, minha namorada, minha namorada e meu tiomenina nvh fidendo cm doiscorno brasileiro vendo sua esposa sendo emrrada pelo um picudoconto erotico de neto vai morar com a vovó e mete nelaLancinho pornô das Panteras enteadamulher goza líquido cremoso pela bucetacasa precizando de cazeiroler contos eroticos de padres reaiswww.loirinhas e negao sadico de pau grande contoscontos erotico,meu genro me enrrabou dormindoeu e minha mãe e minha irmã moramos sozinhos eu conversando com a minha mãe eu disse pra ela que eu ia tirar a virgindade da buceta da minha irmã minha mãe disse pra mim filho se você tirar a virgindade da buceta da sua irmã ninguém pode saber disso a noite eu entrei no quarto da minha irmã eu deitei na sua cama do seu lado eu dei um beijo na boca dela eu disse pra ela eu vou tirar sua virgindade da sua buceta eu disse pra ela que minha mãe já sabia que eu ia tirar sua virgindade da sua buceta minha irmã tirou seu babydool eu chupei seu peito eu disse pra ela sua buceta virgem raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta virgem ela gozo na minha boca eu disse pra ela chupar meu pau ela chupou meu pau eu fui metendo meu pau na sua buceta virgem que sangro eu comecei a fuder sua buceta ela gozo conto eróticoxnxx bundas etanguinhasconto anal gordinha tanajuraconto erticos e eu os moleqes tocamos varias punhetspca groca cabecuda gozando dentro video pornoconto de menina que gosta no cu e na buceta na boca tambem uuuinão sou nada guardar minha branquinha novinhafilho comendo a mãe dormindo depois de dar boa noite cinderela para elavideos de porno com mulheres se vingando do marido transando com outro em wwwxvideo.comcontos eroticos banheiro