♕ Vizinho Novo Gostoso: Part III

Um conto erótico de Helius
Categoria: Homossexual
Data: 12/09/2012 09:14:51
Última revisão: 12/09/2012 22:43:20

Primeiro queria dedicar esse conto ao meu bebê, o Leãozinho lindo. Que gosto tanto, e obrigado por ele ter aceitado eu permanecer aqui de boa. Te gosto muito <3

_________________

- Cara, se eu pedisse pra você guardar segredo, você guardaria? Sei que isso é estranho, e que eu mal o conheço, mas você me passou uma confiança tão boa, que decidi arriscar.

- Claro. – respondi com um tom de gentileza. E enquanto esperava ansioso por seu segredo.

- É... que sou Gay e aquele cara que você viu esta manhã é meu namorado. – respondeu meio que engasgado, e um tom de alguém que estava nervoso. Enquanto eu estava parado em choque e sem atitude durante aquela situação e foi ai que eu tentei respondê-lo, só que não consegui, pois meio que havia sumido minha fala, e eu estava completamente mudo, e o choque fez com que eu ficasse gesticulando coisas sem sentido e nexo algum.

Depois de algum tempo, enquanto eu estava me recuperando daquela revelação, consegui dizer que estava tudo bem, e eu entendia a situação dele. E foi ai que eu percebi que Renan estava meio que aos meus pés, ‘implorando’ pra que eu não revelasse seu segredo a ninguém, senti meio que uma pena dele, pois não precisava fazer aquele drama todo, e pedi que levantasse pra que pudéssemos conversar a respeito daquilo, só que notei que estávamos chegando à farmácia, e logo apontei a direção da mesma, e ele em gestos rápidos limpou suas lágrimas, que até eu mesmo não havia notado que ele tinha chorado e tal. Então, foi ai que ele entrou na farmácia, e eu o fiquei esperando fora dela, e ouvi meio que ele pedindo alguns materiais de higiene pessoal ao atendente, e perguntando onde ficavam tais coisas, e tudo isso demorou por volta de uns 10 minutos, devido a farmácia que estava com uma clientela cheia. Aguardei ansiosamente por sua volta, mal sabia ele que eu também curtia a mesma fruta.

Alguns minutos depois, Renan sai da farmácia e vem em direção a mim. E sua aparência estava bem melhor, só que dava pra perceber que ele havia chorado, e isso poderia até causar problemas ou questionários aos motivos que o levaram a fazer tal ação. E eu sempre penso em como sair-se diante dessas situações, e foi que eu decidi propor a ele de irmos ao parquinho que ficava ali próximo, e nesse horário era certo de está ‘deserto’ pois o relógio marcava 17h50min e não haveria se quer uma criança brincando nesse horário, então fomos pra lá. Após passarmos o caminho quase todo sem falar nada, decidi pergunta-lhe como estava:

- Tá tudo bem com você?

- Estou bem melhor. – respondeu com um sorriso amarelo no rosto.

- Sorri, e disse que tinha ficado preocupado com a situação, e que não esperava isso dele, pois o mesmo não era daqueles caras que eu poderia imaginar ser gay, e também julgar ou rotular as pessoas não era meu forte, por isso que eu preferia conhecer às pessoas primeiro antes de concluir qualquer coisa.

Quando me dei de conta já tínhamos chegado ao parquinho, e fui em direção aos bancos que havia de baixo de uma árvore bem alta com flores diversas, na qual só desabrochavam pela noite, e a vista que tínhamos era maravilhosa para um ‘primeiro encontro’. E resolvi sentar, e ele logo atrás de mim, sentou-se ao meu lado, e começamos a conversar sobre sexualidade, descobertas, primeiro beijo gay, se ele já havia tido experiência com mulheres, entre outras coisas. E cada vez mais eu ficava surpreso com suas respostas, e fui notando que o clima meio que estava tudo bem, e que até mesmo tínhamos esquecido um pouco do que havia acontecido. Percebi que fazia horas que estávamos ali, precisávamos ir, e quando menos o espero me puxa pela camisa, e eu fico sem reação. E fico entre olhares, e ele foi aproximando aos poucos da sua boca a minha, percebi que ele queria me beijar, e fui me saindo aos poucos, pois eu sabia que ele era comprometido, e isso seria feio, então tive que dizê-lo que não podíamos fazer aquilo, devido ele ser comprometido. E perguntou-me:

- Você não quer beijar?

- Não é que eu não queira, e porque você é comprometido, e isso pegaria mal. - respondi

- Mas, ele nem saberá. E isso seria um segredo nosso, pois eu gostei tanto de você. E sem contar que estou louco por um beijo seu, mas já que não quer, eu entendo. – respondeu com um tom dramático

- Então vamos embora? –perguntei

- Vamos! – respondeu com certa velocidade.

Então fomos à volta seria bem mais rápido, pois eu conhecia um atalho, e se pegássemos chegaríamos rápido em casa. Mal eu saberia que teria pessoas nos esperando nele. E caminhando o mais rápido que podíamos, e jogamos muita conversa fora o caminho todo, e mais duvidas foram tiradas. Distraímos-nos tanto que nem tínhamos percebido que havíamos chegado. Sentir alguém colocando os braços entre minha garganta e com uma arma na mão, e logo fazendo um pedido:

- Passa o celular? – pediu um cara com estatura alta, moreno, e com os cabelos não identificáveis.

- Não tenho celular moço. – respondeu Renan com a voz meio trêmula.

- E o que é isso ai na tua mão? - perguntou novamente insistindo em querer saber o que Renan estava segurando.

- Ah, isso aqui é uns matérias pra higiene pessoal. – respondeu Renan. E em seguida pediu pra que o cara soltasse-me, pois não tínhamos nada. Só que o cara apertou mais dessa vez, e sentir que eu não conseguia respirar. Foi ai que eu vi Renan colocando a mão no bolso e tirando algo, quando vejo que era seu celular, fico observando a reação do mesmo, pois sabia que ele iria tentar algo, pois o mesmo havia-me contado que praticou alguns tipos de luta como: Capoeira, Muay Thai, Jiu-Jitsu entre outras. Então o mesmo se aproximou do ladrão e entregou o celular, e enquanto o ladrão foi tirando as mãos de mim, e indo pegar o celular satisfeito, foi ai que ele se deu mal, pois Renan deu um tipo de chute que derrubou sua arma longe, em seguida deu-lhe outro golpe, deixando o cara fraco e sem reação, depois guardou novamente seu celular, então aproveitamos a situação e corremos, pois se não sobraria pra nós. Segurei sua mão, e corremos o mais rápido que podíamos. Após três ruas dalí, o abracei e pedi obrigado e disse:

- Obrigado, meu super herói. Graças a você estou vivo. – sorri

- De nada Pedro. Só fiz o que qualquer pessoa faria. – respondeu-me

O abracei e senti que nossas respirações pararam, e ficamos nos olhando por um bom tempo, passei minhas mãos sobre suas costas, e ele passou as dele contra a minha, massageando-me bem delicadamente, e eu fiquei surpreso, pois não sabia que ele era tão fofo, carinhoso, etc. Sai-me dele, e o chamei pra ir embora, pois já era tarde e todos deveriam estarem preocupados. Então fomos e apressamos os passos a uma certa velocidade, e logo chegamos. Logo, cada um se separou e foi direto pra sua casa. Eu aproveitei e fui tomar um banho claro, pois depois dessa adrenalina de hoje, só o que me restaria seria uma boa noite de sono. Minutos seguintes, já estava de banho tomado, fazendo minha última refeição até ir pra cama dormir. Depois de enrolar muito pela cozinha, fui pra cama. Só que antes do sono pegar, comecei a relembrar de como tinha sido meu dia, e lembrei-me de cada coisa que havia passado hoje. Adormeci fácil depois de tantas lembranças boas e algumas ruins, claro.

Acordei no mesmo horário de sempre, que seria as 09h00, e fui me ajeitar pra faculdade, pois hoje eu veria o meu Rafa. Então, corri pro banheiro, e tomei outro banho, e fiz minhas necessidades como de costume. Em seguida preparei um lanchinho saudável que seria frutas e mais barrinhas de cereais. E fui pra Faculdade, ao abrir a porta, não havia visto meu vizinho, talvez ele tivesse ido caminhar ou fazer alguma coisa, então só restou pegar o caminho de ida pra mesma. Depois de percorrer as devida quatro quadras, cheguei ao meu destino, no qual encontrei Rafa com seu grupinho, então fui comprar uma garrafinha de água na lanchonete que ficava dentro da Faculdade, e ao caminho sinto que alguém me seguia, quando olho pra trás pra saber quem era, vi que era o meu Rafael lindo, me puxando pra dentro do laboratório de Química que estava aberto...

_________________

PRÓXIMO CAPÍTULO:

Rafael e Pedro ficam novamente, e dessa vez eles conseguem ir mais fundo na relação, e Pedro é surpreendido com uma surpresa...

Renan decide convidar Pedro pra sua primeira balada em Fortaleza, e Pedro aceita seu convite...

Ansiosos os alunos da Faculdade dão as boas vindas calorosas ao novo aluno, que por sinal será objeto de desejos, inclusive pra ‘alguns alunos’...

_________________

Galera, mais uma parte do meu conto. E obrigado por lerem as anteriores, sou grato por terem acreditado que isso daria certo. Muito obrigado, e espero que tenham paciência devido às demoras. E não se esqueçam de opinar + votar tá? Até a próxima, beijo.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Helius a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/09/2012 09:11:49
Muito bom!
13/09/2012 04:03:27
to amando oh conto visse esta bom de mais =)
12/09/2012 17:37:07
Quero Rafael com o Pedro. Gostando do conto. Continua. Abraços. Boa Tarde.
12/09/2012 15:18:49
wow bom demais... Cada conto seu você se supera!
12/09/2012 13:28:28
Noosssa muitooo bommm to amando...kkk axo qui se eu fosse homem concerteza seria gay acho muito lindo !!!parabens continue please..
12/09/2012 13:25:15
Cada capitulo vc me surpreende ta ficando cada vez melhor. To adorando. Abraço! Aguardando muito ancioso o proximo capitulo ve se ñ demora ta!
12/09/2012 13:16:39
12/09/2012 13:16:37
D+++++
12/09/2012 12:20:39
Mto bom
12/09/2012 10:14:19
12/09/2012 10:14:16
Comecei a ler hoje e odorei cada capítulo. D+ nota 10
12/09/2012 10:14:11
mtu bom…
12/09/2012 10:14:04
Aguardando o próximo até lá...


bati punheta num desconhecido no onibus contosdona de academia fudendeContos eróticos. Espiei minha esposa fedendo escondido com o dotadox videos porno tranquei novinha no quarto e estrupei ela aforasacontos eroticos como eu virei puta de um velhonovinha dodosexoanalquero ver o filme porno o irmao cariciando a irma para foder ela pela primeira vez beijando muita ela@nubianinfa.comcontos eróticos putinha dando o xiri e o cú primeira veztvbucetanovinhocontos eroticos crente e o mendigoetiadas novilhas tasano com padrasto velho ponodoidoflagrei a novinha fudendo no mato e chantagiei contoscontos eróticos gay meu irmão e o seu buracojulioepatriciaver videos de marido tanpano os olhos da esposa e levando outro homem para fodelacontos eroticos casadinha inexperiente seduzidanovinha magrinha mija na pica grandenovinha dando a buceta e depois o cú ao motorista da pirua que levava ela pra escolairma cassulinha dando mole xvideono colo do padrinhosr mauro adora fude um rabinho do novinho contos eroticosmeu pai guebrou o meu cabaçoEnganxou a rola nabuceta xxiporque os atores de porno ficam mais tempo enrijecidosvideo de homens pintudo que gostam de lutar e ficam ecitado se de relar em outro macho gratisXvideo mobile Filha tem buceta piluprimeira gozada na bocamenina Com shot bem Curto Moh gostoApegando minha primaConto erotico negao pauzao e garotinhaContos encoxei a pastoraContos eroticos gravida evangelicamultidão contos eroticoscontos eroticos vestido seda coxada buscapitao de troa fode no onibos enfrente das outras pornodoidsitoriha de dezeio de sexovarioscontoeroticocontos eiroticos leilapornhistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulhercontos eroticos sessentona do quadril largo e bunda enormebuceta com seboporno de mae servindo comida para seu filinhoeu quero assisti um fi LP me porno c duais lesbica etreis travestiMeninha conta como foi violada.contosflagrei minha tia dormindo de sorte largo pornocasadoscontos tio gilson seminarista xxvidios.com portuguesbrasileirasvídeo porno com uma negona de bunda grande recebendo três puconas no raboCANTOS EROTICOS DE ZELADOR PIROCUDO COM MORADORA DO CONDOMINIOrelato erotico evangelica casada carente da buceta peluda greludafilme porno brasileiro pai mostra para filha seu pau monstro e ela se assustaxvideo mete comsolo 30cen nu cugaranhão paquerou a minha mulher e levou para o motel vídeo pornô cornosxvidio mulhe casada. dexa marido dentro priquito brasileroquero ver vídeo de novinha mostrando a b***** patinho que rola patinho de rola b*****pornoirado com irma so de shartinho tocando teclado e acabo fudendo elapornodoido calcinha fio dental sozinha na camaxxxvnwwwConto erotico mães filhas tias vós e irmãsxxvideos negras gostossimas fui foder com o cara do pau enormi e min lasqei xvideos xxxxbroderagem conto heroticos de peludos na mao amigaGostosa arreganhada de calcinha yotubemamae safadinha toma banho co filho nua na intenetcontos meu vo massageava minha bucetinharubiaebeto quase mulherprimos flagrados fofemdo no porao da familhaContos zoofilia postados em abril d 2017conto erótico lesbicos botando a irmã inocente pra chuparcontos gay romance real padrasto e enteadoconto erotico gay vovo deu leite pro netinho