Reformando a saia da minha nora que tesão...

Um conto erótico de wandeco
Categoria: Heterossexual
Data: 14/12/2010 09:48:10
Nota 9.50

Noutro dia minha norinha querida pediu-me para fazer uma reforma em uma saia sua, pois estava um pouco comprida e larga tambem.Disse-lhe que quando abrisse a máquina eu faria, pois se já estava tudo medido, não h averia problemas, mas como ela queria a saia, prara uma festa que iria na proxima semana, começou ligar para saber se eu já havia feito, até que fiquei com o saco meio cheio e fiz o serviço, como estava marcado. Ela então em seu horário de almoço, veio até em casa para experimentar. ---Olá sogrinho, finalmente ficou pronta?---Ficou, precisa experimentar, pois fiz naquelas marcações. Ela então entrou no quarto e veio vestida com a bendita saia.Não ficou nada bom, ficou muito curta e muito justa que nem fechava o ziper. Pedi que subisse na cadeira, para a gente marcar tudo novamente. Ela subiu na cadeira, e já de cara me deliciei vendo seu fundilho.---Olha só aparece até a calcinha...---Jura, o sr tá vendo a minha calcinha---Eu tô, quer que eu diga a côr? É branca dom detalhes em lilás...---Nossa mas ficou tão curta assim...---Tem que desmanchar essa bainha e fazer outra, mas primeiro temos que desmontar inteira para ajustar dos lados.. .Minha nora é uma daquelas delicias que todo coroa sonha em pegar, delicadinha, corpinho mignon, cabelos médios nomeio das costas, bumbum lindo, coxas firmes, peitinhos, ah que peitinhos, boca carnuda olhos azuis, enfim uma coisa linda. Adoro quando ela vem em casa e toma banho e meio relaxada que é larga sua calcinha usada sem lavar no banheiro e acabo ´por descobri-la, toda meladinha, aquele cheirinho delicioso, e as vezes penduradas no varal, calcinhas minusculas, de renda, fio dental, de todas as cores. ---Bem temos que descosturar, acho que é melhor ficar ai no seu corpo assim já descosturo, já marco, voce tira dai então refaço o serviço, ---Mas ai eu vou ficar pelada e o sr, olhando tudo...---E o que é que tem, olhar não tira pedaço, e só vou olhar como um profissional, larga mão de frescura, afinal sou seu sogro. Comecei descosturar a saia, logo estava de fora sua coxa e já começando aparecer a calcinha, meus olhos, esbugalhados não prestava atenção na costura e sim em seu corpinho delicioso recendendo calor e seu odor caracteristico de sexo, que cheirinho bom que saia da sua xana. depois foi o outro lado, enfim havia conseguido o meu intento , Ela estava praticamente semi nua na minha frente. Eu estava com um short de malha e sem cueca, pois ela com sua pressa não me dixou me recompor. Estava impossivel esconder a minha ereção, coloquei uma camisa e ela percebeu,---Nossa com um calor desses voce de camisa sogrinho?Ela continuava em pé sobre a cadeira, comecei alfinetar a saia para depois tira-la e costurar, quando terminei...---Vai lá e tira , para eu costurar, mas tira com cuidado para não desmarcar senão vai ter que desfazer tudo de novo se estiver errado.E ela com seu jeitinho manso,...---Ai, tira pra mim sogrinho, tenho medo de desmarcar, sair alguma coisa do lugar e depois voce brigar comigo...---Tá mas e ai?---O que é que tem, vai só ver a calcinha, e voce já viu mesmo, e tem mais não vai ver nada demais...Nossa eu estava diante de uma situação inusitada e o tesão muito grande, minha rôla pendurada totalmente dura, já molhava o short, o circo armado literalmente, com cuidado, abri o ziper e comecei tirar a saia para que não a machcasse com os alfinetes, ela de frente para mim, sua xana na altura da minha cara, fui tirando e vendo surgir sua vulva volumosa, a calcinha delineva a marca de sua rachinha pois ali estava enfiada, e até dava pra ver que estava meladinha, pois a marca da umidade se demonstrava. Terminei de retirar, escorregando a saia pelas suas pernas, e quando ela levantou o pé para que eu tirasse pude perceber que ela estava totalmente enxarcada, lá embaixo, onde molha mais. ---Hummmm, cheirinho bom, perfumadinha...---Tem que ser né...---Claro, é tudo de bom...Pediu-me para desce-la da cadeira, peguei-a pela cintura e a fiz descer , deslizando-a pelo meu corpo, fazendo-a sentir a rigidez do meu membro loucamente ereto.Ela afastou-se e ficou sem jeito...mas não fez alarde, sentei à máquina para costurar e ela ficou ali ao meu lado em pé, novamente sua xana na minha cara...---Dá pra voce tirar essa coisinha gorda da minha cara, ela fica me olhando eu fico desconcentrado...----Gorda!?????---Maneira de dizer...---Estou incomodando sogrinho?Eu colocoa bermuda...---Não, não, pode ficar assim, esta muito bom, e bonita tambem...Posso perguntar?---Pode...---Ela é peladinha?---Que pergunta!!!---tá bom, custa responder?---É ela é peladinha...---É que nunca vi uma peladinha ao vivo, só em filmes e fotos...Ela sentou-se no sofá eu levantei para tomar um café para mostrar-lhe o meu estado, os meus 22cm em estado de riste, balançandopara todos os lados, ---Sabe porque eu perguntei, é porque ele tambem é peladinho...Ai que legal...tambem nunca vi um peladinho, desculpa, um peladão...---Que tla a gente trocar...eu te mostro quer ver...?---Ai, sogrinho, não pode ´e pecado.---Pecado é passar vontade...Paraei em sua frente esfriando o café, e conforme balançava o copo, o bitelo tambem balançava...---Tá bom, então deixa eu ver...---Abaixa o short ai...Ela pegou pelo elático do short e abaixou com cuidado, e viu surgir meu pinto, vermelho, cabeça toda pra fora não tenho fimose, e todo raspadinho, ...---Ai que bonitinho, não tem a pelinha, fica senpre pra fora assim?---Fica...---Bonito mesmo, e grandão, é tudo grandão, olha só o tamanho desse saco, chiiii, ele tá chorando...---É de felicidade...e ela tambem não esta?já vi a sua calcinha toda meladinha...---Posso pegar nele?---Pode fazer o que voce quizer...---Posso???? Ela pegou o meu pau com ambas as mãos, a ainda sobrou pau para mais uma mão...---Nooooosa, é grande mesmo, olha eu estou aqui fazendo isso, mas é pra ficar só entre nós, mais ninguem pode saber hein...---Acha que sou louco de contar isso pra alguem...---É quente ele, sabe o que parece...aqueles sorvetão de Itú.---Então que tal?---Dá vontade mesmo, mas...vamos terminar a saia que daqui a pouco eu tenho que ir embora, estou no horário do almoço...Eu não podia espanta-la, e resolvi concordar, já tinha ganhado uma pegadinha e das boas, estava explodindo de tesão. mas tive que terminar a bendita saia. E as laterais ficaram prontas, coloquei-a sobre a cadeira e vesti sua saia, agora olhando sua buceta mais de perto, ficou bom o ajuste, quando tirei-a, e sua xana ficou me olhando, dei um cheirinho , passando o nariz em sua rachinha---Hum que cherinho bom...---Ai, sogrinho, não faz isso não...---Ela tá meladona, deixa eu limpar ela?---Como assim???---Assim ó....E comecei lambe-la por cima da calcinha, e com jeitinho fui arregaçando o elástico e logo estava com suas carnes todas na boca, e ela se contorcendom que coisa maravilhosa, aquela buceta acridoce, carnuda grêlo avantajadom muito saborosa memso, ela segurava aminha cabeça---Não para, ....agora não....continua....issssooo....assssimmmmm....vai sogrinho.....que gostos.....não, não, naão....não para ,,,,, isssssooooo, ta muito bom,....morde....issssssooooooo, ....vai continua....eu.....vou.....gozaaarrrrrrrr....ai....ai.....aieu parecia um contorcionista, devido as posições que tive que assumir para agradar-lhe. Ela gozou e ficou toda molinha, desci-a da cadeira e coloquei-a em pé na minha frente, ela sentou n sofá e eu fui até ela....---Ai sogrinho... voce judiou hein...Terminei de costurar a sua saia e ela foi trabalhar, ficamos uns tempos sem nos vermos, até que ela inventou uma novidade...que contarei outro dia....melhor que essa primeira....


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive wandeco a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/01/2011 16:54:40
muito bom seu conto,eita norinha legal,queria ser o sogro dela tbm
15/12/2010 02:41:02
Muito bom seu conto... mas dificil de acreditar q tenha uma nora tao safada rsrs
14/12/2010 13:48:35
a norinha deve existir..mas seria dificil ela deixar acontecer isso com o sogro,,rsrs mas valeu a imaginação..afinal sonhar nao custa nada,,
14/12/2010 11:16:49
Isto é q é uma baita imaginação.
14/12/2010 10:24:29
Com tanta tesão acabou mode sem geito, no melhor. Vai ter de contar mais.


contos eroticos esposa no cine pornoContos quando virei uma travesti gostosacontis eroticos brincando de pique de escondercontos eiroticos leilapornSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaenfiando a cabecuda por baixo do vestidobunduda agachando para pegar objetos do chãoconto erotico comimda com meu sobrinho caculacasa dos contos eroticos adoro levar ferrosabem alguma fasenda pra cuidacontos eroticos. de velhas q fuderam com rapaz novo.comendo a irma xvideo a prostei ca minha irma o surfista loiro me comeu contoxvideo garoto trazado com agplėsica porno fondenoporno contosminha mulher eo estranho carrocontos eroticos meu pai contratou uma empregada domestica teavestis e nao sabiaporno gay medico aroba com gosadas no pasiemteconto erotico gay vagejada capnão sei Teixeirinha gostosa arrombadamulheres gostosa fazendo borquete padrasto fazia sexo com as entiadas elas disiso que estava doendocio eirmao gemeo transandoe gozando na bocaqueria ver vídeo de sexo com lindas coroas chorando e gritando no pau do negão dos peitão e bundão ela g****** junto com negão e o negão g****** junto com ela no pau ela g****** nos corre na gala chorando e gritando de dorconto comi minha patroa na igrejafilhaviu o pai pelado e virou a bunda pra ele comerSedexxvideocontos eroticos cheguei casa escorrendo porra cornostitio carinhoso com a sobrinha safadinhaconto erótico tirei a virgindade da minha filha ela dormindo/perfil/182713punhetando para cunhadinha verxvideosninfeta blinando vovôcontos eiroticos leilapornpicudo gosa n cu d casada e tira bostasexo taboo com toda a família contos ineditos mães e filhos online contos de incesto contoseroticos maninho nao faz vai doemenina nvh fidendo cm doisBaxara pano 11anus xnxxmtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1como virei travesti contoVrvidiospornovedios sexo na cozinha novos conhadas pau grandes novosCasadoscontos.com Lins55negao fudendo engenheiro na obraNovinho virgem+ descabaçado sem camisinha+sem lubrificação+contos gaysas trvetis du rabo grande asmulhe rabao orporno minha mulher me tranformou bividio pulheta negaomotoqueiro gay passivo contoxxnxvideos com o avô no banheirocarolzinha santos e suas amigas trepano no churrascoContos zoofilia postados em abril d 2017traição xxvidioconto gay vozão do cuzãoxxvideo vizinha veio estende roupamunher midino o pou do negauxvideo mulatasnoratem lebica olaine 2017 pra comigo outra mulher por celularbaixar video bicha fala ai bicha disgracadacontoerotico eu namorada mae e tiocontos eroticos de negra crente do piraícontos eroticos adoro um negao e uso soh fio dentalcontos anais + caminhoneiro enrabador da jeba grandefilme porno basileiro acunha ridaContos eroticos bofinho machinhovideo de homemmorde vaginaxvideo entiada gozando e perdendo a vidadexisvideo.pragas.do.cu.de.casadascontos eiroticos leilapornpornô doido mulher ligando o marido na quarentenacontos eróticos treinador dominador come viado na academiamulher de soltinho se matutando pornocontos eróticos meninas de 25 anos transando com sua calcinha preta com lacinho vermelhosou marinheira contos eroticoscontos erotico,meu genro me enrrabou dormindoxxx homem gozanndo na vajinada mulherchupou a buceta da india ate ela gozardelicia virgen deixa eesfregar so cabecinha da rola na bucetinha e ejacula dentro