Voltando da praia de ônibus

Um conto erótico de Fabi
Categoria: Heterossexual
Data: 02/11/2010 16:56:18
Nota 8.33

Eu sou a Fabi, tenho 22 anos, sou carioca, morena clara. Tenho seios naturais médios, bumbum médio, mas bem redondinho e empinado, e um corpo bem bronzeado. Eu sou do Rio mas moro um pouco longe da praia, por isso costumo ir mais nos fins de semana. Num sábado quente fui convidada por uma amiga a ir com ela e o namorado. Eles iriam de carro. Eu aceitei, porque assim não teria que encarar mais de uma hora dentro de um ônibus até a praia. Como estaríamos de carro, eu quis ser mais prática e já saí de uma vez com o biquíni, para não ter que levar outras roupas. Não levei nem canga, nem toalha, nem uma blusa sequer. Saí com um biquíni branco, fio dental, do jeito que eu gosto. Chegamos à praia, e poucos minutos depois minha amiga recebeu um telefonema de alguém pedindo que ela voltasse para casa urgentemente. Ela disse que teríamos que ir embora naquele momento. Mas eu não queria deixar a praia com aquele dia maravilhoso. Pedi pra ela me emprestar algum dinheiro pra eu poder pagar a passagem do ônibus na hora de ir embora, e pra comprar água e alguma coisa pra comer na praia. Ela me emprestou, e foi embora; o namorado dela a levou. Depois de um tempo me toquei de uma coisa: não tinha levado nada para a praia, estava só com aquele biquíni branco, minúsculo, que deixava boa parte dos meus seios e da minha bunda de fora. Eu não tinha dinheiro pra comprar algo pra vestir, e não tinha celular pra ligar pra alguém, e a hora de ir embora estava chegando; eu já tinha passado o dia todo na praia. Mas quando estava chegando a hora do ônibus passar, eu tomei mais coragem e fui em direção ao ponto, que ficava em outra rua. Acho que as cervejas que eu tomei me deram coragem, mas confesso que senti uma coisa diferente e gostosa andando pela rua com aquele biquininho minúsculo. Os homens paravam pra me olhar, me comendo com os olhos. Bom, o ônibus chegou, eu entrei e fiquei surpresa; ele estava "dividido" apesar de lotado: as mulheres estavam do meio pra frente e a maioria dos homens estavam lá atrás. Como era a parte menos apertada, tive que ir lá pra trás. Todo mundo me olhava; achei que fosse mais comum pessoas de roupa de praia nessa linha. O ônibus lotava mais a cada ponto, e eu estava em pé lá na parte de trás; quando entrou um cara negro, bem alto e forte, e ficou bem atrás de mim. A partir daí, a cada parada ou curva ele pressionava o pau na minha bunda. Ele estava de bermuda, e dava pra sentir o pau dele cada vez mais duro, e era enorme. Eu tentava me afastar, mas ele ia me apertando cada vez mais, me deixando com a buceta na cara de um outro homem que estava sentado, e não tirava os olhos de mim. Eu pensei em sair dali, mas comecei a gostar daquilo; e comecei a rebolar no pau dele de tão excitada. O biquíni estava enterrado na minha buceta, que já estava toda molhada. Percebendo minha reação, o cara que estava sentado puxou o lacinho do meu biquíni; eu tentei segurar, mas ele puxou com força, me deixando com a buceta de fora no meio daquele tanto de homens, todos me olhando com desejo. Senti que o cara negro tirou o pau pra fora da bermuda e começou a relar primeiro nas minhas nádegas, depois foi passando pelo meu rego até encontrar minha xota, e assim começou a esfregar a tora no meu clitóris. Ele ficou naquele movimento por um tempo suficiente para eu gozar; e que gozo!!!

Depois disso, o que eu mais queria é que ele metesse na minha buceta; e foi isso o que fez: atolou o pauzão de uma vez na minha buceta, e metia em movimentos rápidos; eu rebolava de tão gostoso que estava; enquanto outros homens passavam a mão em mim. Alguns tocavam punheta, outros apenas admiravam. Ele tirou o pau da minha buceta depois que gozei de novo, e enterrou com tudo no meu cuzinho. Quanto mais eu gritava de dor, mas rápido ele metia, me chamando de vadia; mas com o tempo fui me acostumando e gostando. Depois, ele pediu pra eu me abaixar e soltou um jato de gala na minha boca, e claro que eu engoli tudinho; adoro uma gala quentinha. Achei que tinha acabado, mas quando me levantei, vi um cara no banco da última fileira sentado com as calças abaixadas. Ele era branco e magro, mas com um pau grande. Ele me chamou: "Senta aqui, amor"; eu estava como uma cadela no cio, fui lá e sentei no colo, de frente pra ele. Ele encaixou o pau na minha xota, e veio outro, que eu nem vi direito, por trás, atolando o cacete no meu cu. Sempre tive fantasia por penetração dupla. Os dois metiam forte, me fazendo gritar alto. Esses fizeram questão de deixarem suas galas dentro de mim; um encheu minha xota e o outro no meu cuzinho. Vi que o cara do lado também estava com o pau de fora e comecei a chupar; eu já estava meio louca. Mas o pior(ou melhor) estava por vir: me colocaram de quatro nos bancos e começaram a meter em mim, um de cada vez. Ficou nisso um bom tempo, até que o ônibus chegou ao ponto final, um ponto depois onde eu deveria descer. Eu desci e não estava nem aguentando andar, estava toda arrebentada, cheia de gala pelo corpo todo, e pior: sem a parte de baixo do meu biquíni. Voltei a entrar no ônibus para procurar, mas não estava lá; algum deles tinha pegado. Andei alguns quarteirões literalmente com uma mão na frente e outra atrás, só com a parte de cima do biquíni. Que vergonha, tinham muitas pessoas na rua. Só não foi pior porque já estava escuro, umas 6:30 da noite, mas mesmo assim várias pessoas viram. Pelo caminho, com dificuldade pra andar, fui lembrando da aventura de momentos antes, e senti aquele "calor" de novo. Parece que até perdi um pouco da vergonha, e tirei as mãos da frente da buceta e da bunda. Cheguei em casa e disse que tinha sido assaltada, e felizmente todos acreditaram, porque certamente meu nome já estava correndo pela rua. No mais, eu tomei um banho e desabei na cama; dormi igual uma pedra; mas depois ainda sentia tudo meio dolorido.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Fabi22 a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/12/2012 10:17:18
muito bacana seu conto. adorei mesmo. depois dá uma lida no meu e comenta lá valeu? //kupivbg.ru/hotpornpics/texto/
29/10/2012 09:38:26
Uma versão completa de um dos contos mais bombados de tdos os sites. Muito bom!
14/07/2011 18:12:29
muito interessante seu conto....bjoss
20/05/2011 13:06:49
Com um cara igual eu, vc teria um parceiro e tanto prá te ajudar nessas fantasias e, picas eram o que não lhe faltariam sempre que quisesse...rs... uma delas claro, seria minha, pois adoraria ter uma esposa puta como vc aqui em Belo Horizonte/MG...
05/01/2011 02:42:13
o sonho da minha vida é ter alguem como vc como esposa. sempre procurei alguem como vc para dar meu amor e carinho e ter de volta muitos chifres e uma esposinha arrombada chegando em casa toda melada. me adicione no msn, quero muito conhecer vc. meu msn sou solteiro pq minhas namoradas naum aceitaram me trair como gosto ateh hoj, 1,92m moreno claro 105 kilos malhados por alguns anos e uso cavanhaque, perfeito perfil de corno safado que te ajudará a escolher suas saínhas pra sair para me trair, aguardo vc no msn. beijos
08/11/2010 03:20:12
Levemente fantasioso mas, temos que considerar as fantasias primeiramente, acredito que deve ser a sua então nota 8 gostosa. Me add no msn
03/11/2010 21:20:02
é muita mentira para um conto só. seja mais criativo garotão. nota 01
03/11/2010 18:27:36
Achei teu relato um tanto quanto fantasioso, porém, muito excitante!!!! Nota 10!!! Também sou do Rio e adoro UMA SACANAGEM BEM GOSTOSA!!!
02/11/2010 17:30:09
Ao mesmo tempo que me excitei, não pude deixar de achar graça no que você contava, eu estava imaginando em que linha de ônibus isso poderia ter acontecido, talvez, na linha do Jacaré/Olaria/Méier, fiquei super curiosa, mas valeu pelo conto, nota dez, beijinhos....

Online porn video at mobile phone


contoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeconto sexo cheirando tenis do molequeZoofilia franco e belinhacontos eiroticos leilapornconto como virei travestifudendo a mae dormndocontoerotico.com irmã entrou por engessadasou puta e amo porra dentro da minha buceta conto eroticoConto erotico era tao apertadaxisvido filha bricano co paicontos eróticos cuzinho da mendigaxvideos.com titiapedindo para eu fuder o cu delapirulito do titio contos inocenteContos o doidinho chupou minha bct cm sebinhowww.xvideos meninas com fartura de carne da buceta e rabo gostosoxvideo braguihasContos de sexo anal coloquei so a cabecinhaconto genroporno mirou na buceta e acentou o cuvidio de novinha bricano de saia curta com a molecadacontos eiroticos leilapornConto erotico bunda calçaporno família favelainsesto com vovozinhas no porbodoidosexos de negues arregaçando xoxotasprica cavalaassistir filme de porno patroa pega o empregado cheirando a causinha delavídeo de Kid Bengala transando com mulher brigona XVídeoscontos de iniciaçao de uma casadaviuvinha ñ resistiu de tesao e deu a buceta pro amigovídeos pornô mulher gostosa da bundona cabelo do cacete bem grande CheirozinhoVoltei para casa toda arregaçada e cheia de porraContos eróticos transando com o genro e a diaristaflaguei cheirando minha calçinhacunhada sonhado pegando no pal do cunhadobranquinha com bucetao de eguaContos eróticos esposa e Sogracontos eroticos entre irmas e irmaos de montes claros mgcontos de uma depravadaestuprei amenina e rasquei cu zinho delafilme pornô de pais brasileiros transando com as suas filhinhas dopados com soníferoxvideo dificil pra vc lukapono. amugo. come. vabuda. da. namorada. do. amigo. xora. pau. olhaviva o padrastro e a entiada xivideo10cinquentona encarou 30 cm de pikaconto erotico moradorconto erotico gay com pedreiro velho coroa grisalho peludocontomorenaboabucetadefiumetendo com enteada nova E que gosto de uma quentinhaVideo ideas inclives que pode faser para fingi,que.ta comemdoavelhinha mas em gra çada de zendo que era so cu no seu vestido dela kkeu, minha namorada, minha namorada e meu tioxvideos menina se mastorbando com giz de ceraxvideos pretinha arriando o shorte na ruacontos eiroticos leilaporncasada Seduzi o garoto do pau grande contos eroticosvideo porno com muito beijo na boca de tirar o folego muita chupada na buceta fazendo gozar na lingua de tanto prazer puchao de cabelo sexo com pegada forte e brutaquero filme pornô de mulher de 20 anos transando kuduro 75xvideo flaga novinha magrinha e pega em varias posucaoConto erotico pagou com a bundavideo esposa chama amante roludo pra acalmalaxvideo vih foto da buceta da minha e comi elavirei putinha dos meus amigoCONTOS EROTICOS COM FOTOS MEU TIO NUDE PAU DUROvideo gay galeguinho botando viado pra mama fingindo dormirpornopaumostro"meu adorável sogrão"videos de sexo Dono de imóvel comendo o cu da inquilinaApaixonado pelo pitboy conto gay part 18