Uma noite alucinante-Sexo hardcore com meu ídolo

Um conto erótico de Rockstar Girl
Categoria: Heterossexual
Data: 28/10/2008 18:46:09

Bom, meu nome é Francesca, sou descendente de franceses(Meu pai é francês e minha mãe brasileira) e modéstia parte sou o que se pode chamar de 100% gata. Tenho altura mediana, cabelos pretos azulados, longos e lisos. Olhos azuis(De um azul diferente, quase turquesa) e meus dotes físicos em relação a corpo são invejáveis. Tenho a barriga saradíssima, o bumbum empinado e os seios de deixar qualquer um louco de tesão, modéstia parte sou uma gata garota sem nenhum defeito, mas vamos ao que interessa.

Sempre me diferenciei das famosas”Patricinhas” do colégio por ser totalmente adepta do Rock’n rol pesado. Como meus pais sempre tiveram muito dinheiro nunca perdi um show sequer de nenhum ídolo meu seja lá onde fosse aqui no Brasil(Moro em Cascavel, Paraná) ou em qualquer outra parte do mundo, porém o mais interessante é que nunca me vesti como essas roqueiras heavy metal que encontramos nos demais shows de rock, pelo contrário, usava até cores escuras, porém em tons sensuais e maquilagem leve, o que despertava olhares até mesmo dos meus ídolos do rock. Um dia estava em casa de bobeira e minha prima Wandinha, trouxe uns vídeos antigos para ficarmos assistindo(Eu amooooo Dvd de música antiga, rsrs) e foi quando assisti o DVD We are the world(Na época os EUA ajudava a África numa campanha contra a fome em 1985, mais ou menos por ai) Pirei em um cantor que eu vi e por sinal ele tbm era roqueiro, o Bruce Springsteen. Então eu disse:

-Prima, quem é esse Deus grego?? E ela me respondeu:

-O Bruce Springsteen, você nunca tinha visto??

-Não, nunca. Respondi sem tirar os olhos do DvD. –Nossa que homem, que voz,que boca sensual..Prima, to loucamente apaixonada.

A Wandinha sorriu e me respondeu:

-É , Fran. O tempo passa. Esse DvD é de 1985. Hoje ele esta com 57 anos, não sei se você vai acha-lo tudo isso nos dias de hoje.

-Não creio que um homem tão lindo desse tenha mudado muita coisa. Vou ver agora na Internet.

Fui lá e digitei o nome dele no Google, enquanto via as fotos só dizia: Perfeito!!!!!

A Wandinha olhou para mim e disse:

-Tenho duas notícias sobre ele, uma boa e outra ruim, qual vc quer primeiro?

Eu, sem sair da Internet disse-lhe: -A ruim primeira, vai. Bate logo! Então ela me disse:

-A ruim é que o Bruce é casado a mais de 18 anos com uma cantora americana chamada Patti Scialfa. Eu mais que depressa digitei o nome dela no Google para ver as fotos e respondi para minha prima: -É isso?? Agora vamos! Me diz qual é a boa.

-A boa é que ele vai fazer uma turnê no Brasil. Rio de Janeiro e São Paulo. –Disse Wandinha.

Eu dei um pulo da cadeira e disse: -Não brinca! Quando?????

Ela me respondeu: -O mês que vem!!

-Mas lógico que eu vou! E vc vai comigo, Wandinha! No Rio eu fico na casa da da tia Isadora e em São Paulo a gente fica na casa da Maharet, minha melhor amiga que também curte rock, claro! Liguei para a Mah e contei-lhe tudo detalhadamente, ela disse que iria sim e que estava super feliz por eu ter me apaixonado pelo Bruce. Ela ainda me disse que o chamavam de The Boss, fiquei louca, alucinada. Tinha que ver este homem de perto. Meus pais já estavam acostumados com as minhas viagens. Ainda mais em se tratando de show de rock eu estava nos mais conhecidos, sempre! Nunca perdia um e minha coleção de fotos dava para ornamentar um museu. Marquei coma tia Isadora, para ir ao Rio primeiramente e ela não se fez de rogada(Embora minhas primas sejam umas patricinhas eu não me opus a ficar lá) Fomos eu e a Wandinha e no dia do show vesti o meu mais lindo vestido que eu comprei especialmente para essa ocasião. Um para o Rio e outro para São Paulo. O vestido era preto, curtíssimo e rodado, tipo radiosa e tinha um decote frontal perfeito. Usava botas pretas e cabelos soltos, como sempre realçando a beleza. Minha maquilagem estava escura, mas não muito forte, quando eu entrei no show todo mundo ficou olhando e no camarote em que ficamos só tinha gente bonita e importante. Altos artistas globais e a gente nem ai. Esse camarote ficava quase em frente ao show. Esperamos e quando ele entrou no palco me deu um frio no estômago. Minhas pernas ficaram bambas eu pensei que fosse desmaiar. Minha prima me olhava e dizia: -Menina, você esta hipnotizada é? Eu sorria e olhava novamente para ele. Não via nada e nem ninguém apenas o Bruce Springsteen. O show acabou e ele ficou advinha aonde? No mesmo camarote que eu, não acreditei! Quando ouvi um segurança dizendo que ele viria para o mesmo lugar que eu estava tive de me controlar. Então quando olhei mais uma vez o vi surgindo, todo de preto, com uma camiseta Baby look e uma calça Jeans escura, nossaaaaaaaaaa quase morri. A Wandinha mais que depressa foi correndo ao seu encontro pedir autógrafos, mas eu fiquei paralisada, não conseguia me mover. Tinha algumas pessoas ao redor dele mas eu logo me desanimei quando olhei mais uma vez e vi que a esposa dele estava ao seu lado. Nossa! Fiquei chateada e fui chamar a Wandinha para ir embora. Quando cheguei perto da Wandinha ele estava dando autógrafo a ela(Eu e ela falamos inglês fluente). Ele foi super educado, autografou o papel e perguntou a Wandinha: -Sua amiga fala inglês? Eu respondi no lugar dela: -Somos primas, e eu falo inglês, sim! Ele disse: -E ai? Gostaram do show? Olha, eu nem acreditei que ele estava me perguntando aquilo, então respondi com toda sinceridade: -Nossa, adorei! É uma pena que temos que ir embora. Wandinha nada entendeu e cochichou no meu ouvido: -Eu ouvi bem ou você quer ir embora logo agora que conseguimos um contato com o cara, o que foi? Surtou? Eu disse: -Não, não surtei não! Você não esta vendo que a mulher dele esta bem ai atrás dele?

-Eu vi sim! Mas a gente não veio até aqui pra desistir assim. Ainda mais agora que ele falou com a gente, conversou e tudo mais.

O Bruce percebeu que a gente estava incomodada com alguma coisa, mas apenas sorriu(É, para ele nós éramos apenas duas garotas. Eu com 21 e a Wandinha com 23, tínhamos idade de ser. suas filhas, assim ele deveria pensar) A mulher dele pela mesmo forma, tanto que nem se importou que nós conversávamos com seu marido e saiu de perto dele. Então eu logo mudei de idéia a respeito de ir embora e disse: -Pensei em ir embora, mas pensando melhor vou ficar. O Bruce disse: -Isso, fiquem! Eu também estou cansado, foram 10 horas de viagem, mas quero mais é curtir esse país maravilhoso e esse lugar esta ideal. Depois do show teve outras bandas que se apresentaram e no camarote em que estávamos estava rolando som techno com todos os tipos de bebidas possíveis. O Bruce estava dando autógrafos aos demais que se encontravam no camarote e eu muito nervosa por estar no mesmo lugar que ele comecei a beber. Eu e a Wandinha estávamos literalmente travadas já e eu me soltei geral. Dancei muito e as vezes via que ele olhava e dava risada. A mulher dele também ria muito(Por sinal que mulher sem sal, viu? Aff) de certo não ligava, devia pensar: É mais uma jovem roqueira na multidão. Eu dançava muito bem(Fiz Jazz 10 anos) e todos me olhavam, inclusive o Bruce, que tomava um Whyskie e ria-se muito. Quando vi que estava despertando a atenção geral resolvi parar. Estava muito suada e fui no bar pegar uma água e quando olhei para o lado o Bruce estava lá, sozinho e rindo muito ele me disse: -Garota, você dança bem a beça. Além de tudo é muito bonita. Como as brasileiras são lindas. Eu, como estava bêbada dei-lhe um sorriso(Antes que ele dissesse que eu lembrava a filha dele e tals tratei de ser bem sensual) e lhe disse: -Faz parte! Eu danço Jazz a dez anos e adoro dançar. A dança deixa a mulher sensual. Ele me olhou, colocou o whyskie sobre o balcão do bar e me disse: -Ainda mais quando ela já é bem sensual, como você. O efeito da bebida passou na hora e voltei a ter a sensação de desmaiar, de frio no estômago. Fiquei olhando para ele e ele pra mim e então eu perguntei: -Por que te chamam de The Boss? Ele sorriu e quando ia me responder a mulher dele apareceu. Aiiiiiiiiiiii que ódio! Ela nos viu conversando mas pareceu nem ligar(Devia me achar uma menina pq eu tinha 21 anos mas com cara de 18) e ainda me elogiou: -Você dança muito bem, parabéns! Eu dei um sorrisinho sem graça e disse-lhe: -Obrigada! Ela então olhou para o Bruce e disse: -Vamos meu bem! Estou morta de cansada, preciso descansar. Ele concordou e seguiram para o hotel. Fique péssima em saber que ele passaria a noite com ela e não comigo, mas tudo bem. Fiquei feliz em ter apenas falado com ele e segui para casa também.

Esperei os mais longos dias de minha vida e finalmente chegou o show do Bruce em São Paulo. Fui para a casa da Maharet(Ela é louca por Bon Jovi) contei a ela tudo que houvera no Rio e ela ficou radiante. Nos arrumamos e partimos, mas antes deixa eu ressaltar como era a minha roupa, dessa vez caprichei mais ainda. Coloquei uma calça jeans com uma bota preta e um top escrito, Rock’n rol forever. O top era preto com letras pratas estilo a escrita da coca-cola, lindo, da Osmose(Eu só uso roupa de marca). Usava uma pochete, tbm preta, estilo de garotas que curtem trance, parecendo cartucheira. Meus cabelos soltos e a maquilagem suave dessa vez, eu mesma olhava para o espelho contemplando a minha própria beleza, realmente arrasadora. Minhas, prima e amiga, também acharam perfeita(As meninas também estavam lindas) e a Mah fez um comentário que me deixou louca: -Nossa, é hoje que você vai fazer o Boss endoidar heim?

-Nem pra ser verdade! O Pior é que aquela mocréia da mulher dele não desgruda dele um minuto sequer. –Respondi chateada. As meninas sorriram e disseram: Que nada, você é rainha! E seguimos para o show. Quando eu entrei o estádio parou. Alguns mais ousados tentaram me agarrar mas eu saia de fininho e finalmente chegamos ao camarote(Também só ficava nos camarotes. Além de ter acesso diretamente ao Bruce o atendimento era Vip, classe A). Assisti ao show e vi o Bruce entrar impecável. Calça preta e uma camisa dos EUA de botão, uma faixa na cabeça escrite I Love USA and Brazil. Lindoooooooo eu pirei na dele mais uma vez até o final do show e quando acabou ele novamente veio para o camarote. Eu e a Maharet lembramos do episódio do Rio de janeiro e caímos na gargalhada juntamente com a Wandinha. Dessa vez eu nem me animei porque a Patti estava grudada nele literalmente de mãos dadas, então eu fui para o bar beber e claro, dançar muito! Ficamos no bar tomando todas e tinha um bastão prateado perto do bar tipo um pole dance então eu olhei para as meninas e fiz assim: Já pensou eu e o Bruce num motel? Eu ia dançar assim pra ele e as meninas riam-se, riam-se muito e eu também. De repente fiz um passo mais ousados no suposto”Pole Dance” e disse: -E ai, meninas...será que ele ia gostar? Eu ia dizer assim: -Come for me, my sweet, run to my arms. Quando acabei de falar isso vi que as meninas ficaram sérias e olharam para trás. A Maharet ria e baixava a cabeça. Como eu estava de costas virei bruscamente e quando olhei o Bruce estava atrás de mim e perguntava: -Nossa. E quem seria esse felizardo, heim? Eu tomei um susto tão grande que cai do “Pole Dance” e me estatalei no chão, meu Deus que vergonha! E justamente quem me socorreu? O Bruce, Claro. Ele se abaixou e me ergueu naqueles braços forte, fui nas nuvens e voltei. E logo sentei-me ao bar juntamente com as meninas e ele sentou-se junto a nós e me disse: -Estou honrado! Três lindas beldades brasileiras em meu show, ainda por cima jovens..Sinto-me realmente honrado. Dizendo isso ele pegou um Whyskie e sentou-se junto a mim. As meninas vendo aquilo trataram de sair depressa e a Maharet cochichou em português no meu ouvido para que ele não entendesse: -Aproveita, amiga! Eu e a Wandinha vamos sair de fininho e grudar na Patti para que ela não atrapalhe. Caso ela venha pra cá a gente corre na frente. Eu cai na risada e o Bruce também, mesmo sem entender do que se tratava. Então as meninas saíram e ele me perguntou: Eu ainda não sei seu nome. Qual o seu nome? E eu respondi: -Francesca.

-É Francês, certo??

-Sim. Meu pai é francês e minha mãe brasileira. –Respondi

-Uma mistura perfeita. Não foi a toa que geraram uma filha tão linda e com um corpo perfeito, com todo respeito. Quando ouvi aquilo perdi todo o resto de pudor que ainda me restava e pensei comigo, é agora ou nunca! Tomei um grande gole da minha Vodka e me aproximando dele disse-lhe: -Não precisa ter respeito não. Aliás, você quer saber o que penso de você? E ele com a cara mais sensual do mundo me respondeu: -Adoraria.

-Bem, como diriam as mulheres brasileiras, você é o verdadeiro lindo, tesão, bonito e gostosão. Ele deu uma gargalhada e me perguntou: -Como é que você sabe que eu sou gostoso se você nunca provou? Eu olhei para ele bem sensual e disse: -Nunca provei, mas tenha certeza de que adoraria provar. Ele me olhou sério e ficou atordoado com o comentário. Então ele chegou perto de mim e disse: -Se você adoraria, imagina eu! Acho que me sentiria um garoto de dezoito anos. Eu cheguei bem perto dele, quase beijando-lhe a boca e disse: -E uma pena! Ele ficou imóvel. De repente olhei para o lado e vi a Wandinha e a Maharet correndo e sentando-se pertinho da gente e a Maharet disse: -Já vem a Patti, disfarça! Eu dei uma risada, confesso, mas também fiquei frustrada, nossa estava quase lá. Quando a “Sem sal” da mulher dele chegou, olhou para a gente e disse: Olha, querido! A dançarina do Rio de Janeiro(aiiiiii que raivaaaa) me deu vontade de dizer: É, a dançarina que ta doida pra comer seu marido, vadia! E ela então continuou: -Ficamos felizes por ter tantos fãs.. A Maharet olhou para mim e disse em português: Até parece que somos fãs dela, coitada! Como rimos todos ela também riu e ficou ali com o Bruce. Eu e as meninas saímos, eu contei as meninas o que aconteceu e a Wandinha disse: -Fran, é agora ou nunca! Você tem que dar um jeito de pelo menos um beijo caliente nele dar. Eu e a Maharet ficamos de olho na Patti esse tempo todo ela não sonha o que esta acontecendo então você tem que pagar pra ver. Nem que seja no banheiro do camarote. Eu pensei comigo, é isso ai. O Banheiro!!!! Saímos e nos juntamos novamente ao Bruce e a Patti que dessa vez estava conversando com os integrantes da banda e sentamos próximo a eles. O Bruce levantou e seguiu para o banheiro(Bebendo do jeito que ele estava eu saberia que mais cedo ou mais tarde ele acabaria indo ao banheiro) o camarote estava parcialmente escuro, e o trance comendo solto..então fui como quem não quer nada e quando olhei para o lado ele estava e disse: -Gata franco-brasileira, precisa também ir ao banheiro? Eu disse: -Preciso, mas preciso de outra coisa também. Ele disse: -Garota, não me provoca! Eu ri e disse: -Tô louca para uma reação. E ele: -Ah é? Então você duvida, não é mocinha? Quando chegamos a porta do banheiro tinha um corredor que dividia o banheiro masculino do feminino e ele ia entrar no feminino, então eu disse; -Não! Banheiro masculino! Os homens são mais discretos que as mulheres. Não tinha ninguém no banheiro, então eu o desafiei: -E agora, Boss? Aliás. Você não me respondeu porque te chamam assim, quero ver a sua reação. Ele me agarrou com fúria e me beijou ardentemente passando as mãos pelo meu corpo. Nossa, pensei que eu fosse desfalecer, sentia aquele mesmo frio no estômago, minhas pernas tremiam e ele me agarrava com toda a fúria que um homem poderia ter. Eu ouvi um barulho e abri os olhos, vi que estava entrando alguém no banheiro, então corri com ele para a parte reservada e fechei a porta. Ele me beijava no pescoço e me empurrou de encontro a parede, fazia barulho e acho que os caras lá fora desconfiavam de alguma coisa eu ria à beça e ele também. Então ele levantou meu top e ficou admirando meus seios: -Nossa, que loucura de gatinha! Você é toda perfeitinha! Eu delirei, ele disse: Deixa o Boss chupar essa maravilha de peitinhos, deixa? Eu disse: -Claro,que deixo! Chupa sim! Ele então passou a língua e depois começou a chupar meus seios todinhos..Mordia e eu gemia baixinho, enquanto com a mão tentava abrir o zíper de sua calça e pegar no seu pau. Tinha que deixar nele a impressão de que eu era uma mulher inexperiente e ao mesmo tempo super sensual. Ele me ajudou e abriu a calça e quando eu vi o pau dele saltando, nossa! Era enormeeeeeeeeeeeeeeeeeeee! Quase tive um desmaio espontâneo só de ver e então eu sem pensar duas vezes agarrei aquele pau maravilhoso e gigante. Ele foi descendo, beijou minha barriguinha(Tem um piercing nela e ele ficou contemplando) –Nunca vi uma barriguinha gostosa que nem essa, Que mulher, que garota! Meu Deus! To no paraíso..e riu sensualmente! Então ele abaixou minha calça e quando viu minha calcinha(Linda, preta toda de rendinha) quase teve um treco. –Nossa garota, o que você quer? Me enlouquecer? Ta conseguindo heim! Então ele começou a beijar minha vagina por cima da calcinha e eu delirando, abaixou minha calça até o joelho, a calcinha também e começou a me lamber. Confesso que foi a gozada mais rápida que eu dei em toda a minha vida, devido ao prazer que eu estava sentindo. Se ele não me segurasse eu teria caído em cima dele e a essa altura eu nem me lembrava mais que estava em um banheiro de um camarote e gemia alto e sensualmente, o Bruce era louco. Olhava apenas para mim e ria sensualmente, parecia também nem se importar com o fato de estar prestes a trepar com uma ninfeta em um banheiro de uma festa em que sua mulher estava. Tinha pessoas no banheiro e com certeza deviam estar ouvindo tudo, mas nós nem ligávamos. Eu inebriada pelo prazer e ele deslumbrado com a minha performance. Estávamos, ambos envolvidos com o prazer que emanava de nossos corpos. Então, depois que eu gozei foi a minha vez de retribuir-lhe o prazer. Abaixei e comecei a chupar-lhe o pau deliciosamente. Nossa, nunca vou esquecer daquela cena. O Bruce gemia com aquela voz rouca e sensual e dizia: -Minha nossa, como você chupa bem! Minha gata, chupa seu macho, chupa! Não, pára, eu não acredito, mas é verdade, eu vou gozar! Pára senão eu vou gozar. Eu não pude deixar de olhar par aquela carinha sensual que ele fazia e me lembrei do clip We are the world, estava exatamente igual, eu chupava o pau dele e olhava para ele que estava de olhos fechados e murmurando palavras excitantes, tipo: -Puta que pariu! Que maravilha, garota você é de outro planeta! Inexperiência dotada de sensualidade, que mulher! Que boca maravilhosa. Eu eu só parei quando ele me levantou bruscamente pelos braços e disse: -Pára! Senão eu vou gozar! Olhei para ele, rimos fazendo sinal de silêncio e nos beijamos loucamente. Ele me virou e disse: -Você quer sentir meu pau todinho dentro de você sua putinha, quer? Eu disse: O que você esta esperando? Mete logo toda. É tudo que eu mais quero. Ele puxou meus cabelos levemente e disse no meu ouvido: -Você é gostosa demais e quem vai te comer todinha sou eu. Então eu abaixei um pouco, ficando meio inclinada e ele segurou o pau e começou a enfiar lentamente. Quando ele estava começando a me penetrar ouvimos uma voz de homem batendo na porta: -Bruce, Bruce..abre a porta! Eu pulei longe e ele também suspendendo a calça rapidamente.Quando o Bruce abriu a porta era o Nils, guitarrista da banda. Ele disse: -Cara, não quero te atrapalhar, mas é que a Patti esta que nem louca atrás de você e eu tive que inventar uma mentira. Disse que você tinha bebido demais e estava passando mal aqui no banheiro. Na hora em que eu ouvi isso dei uma risada que o Nils até então não tinha me visto, mas eu não agüentei e caímos na gargalhada os três. Então o Nils continuou: -Olha, ela esta aqui querendo entrar, na porta do banheiro. Mas eu disse que só tem homem. Então o plano é o seguinte: Você sai comigo, fingindo que esta passando mal e a garota tem que ficar escondida aqui até eu entrar novamente e sair com ela disfarçadamente. O Bruce deu uma risada e disse ao companheiro: -Não sei o que seria de mim sem você, meu amigo! A verdade é que eu estava mesmo passando mal, mas não de bebida. O Nils riu e desculpou-se mais uma vez. Então o Bruce me beijou na frente do Nils e me disse: -Olha minha diva, eu quero continuar o que começamos então veja bem. Eu estou hospedado no Reinassance São Paulo hotel, você sabe aonde fica? Eu disse: -Sei sim! Meus pais já ficaram lá diversas vezes.

-Então pronto! Estou lá n 5º andar suíte 508. O Nils esta ao lado na suíte 509. vc interfona para o quarto do Nils que eu vou dar um jeito, eu tenho que ter você, quero lhe ver e lhe sentir por inteira. Sai dali radiante e fui encontrar com as meninas que ficaram de boca aberta sem acreditar que eu havia sumido da festa com o Boss e eu então comecei a lhes contar detalhadamente tudo que aconteceu. A Wandinha ficou louca e a Mah mais ainda por saber que ele era amigo do seu ídolo de infância, o Bon Jovi. Quando estávamos saindo viu o Bruce sentado no sofá de cabeça baixa(Fingindo estar passando mal, o Nils em pé ao seu lado disfarçando o sorriso e a Patti sentada junto a ele) Eu me aproximei e perguntei com a maior cara de santa puta deslavada: -Ele ta legal? Ela disse, sim..Ele apenas bebeu demais, já estamos indo embora e ele levantou a vista disfarçadamente e piscou pra mim. Tive de sair imediatamente dali pois as meninas não paravam de dar risada e logo a Patti desconfiaria. Então fui pra casa da Mah e falamos desse episódio o dia inteiro. Como fomos dormir de madrugada acordamos super tarde, então eu fui tomar um banho na maravilhosa piscina da casa da Mah e quando senti a água me molhando por inteira lembrei-me da noite passada e novamente senti um frio no estômago. Olhei para os lados e como vi que não havia ninguém(Os pais da Mah tinham viajado e as meninas ainda dormiam) eu comecei a me tocar, me masturbar lentamente pensando na cena da noite anterior, Meu Deus! Foi a maior loucura que eu fiz em toda a minha louca vida de festas e rock, ainda por cima com o Bruce Springsteen, uma história aparentemente impossível de alguém acreditar. Quando finalmente gozei, tomei um banho demorado e sai decidida a terminar o que comecei com o Bruce. A Mah ainda dormia e eu fui até lá com a Wandinha. Confesso que na hora fiquei um pouco nervosa e senti que aquilo me abalaria profundamente porque eu sempre iria querer mais e não teria como, afinal morávamos a Km’s de distancia e o pior, ele era casado! além de ser um ídolo do rock. Mas mesmo assim fui pagar para ver. Cheguei no hotel e a Wandinha pediu para interfonar para o quarto de Nils, porém infelizmente o recepcionista do hotel disse que eles partiram hoje cedo. Eu quase entontei, foi um balde de água fria pra mim. Porém o recepcionista disse: -Qual de vocês é a Francesca? Eu gelei, disse: -Eu, por que?

-Porque o Srº Bruce Springsteen mandou lhe entregar isso. E me entregou uma caixinha. Quando abri era uma correntinha de ouro 18kg com brilhantes linda linda e um bilhete escrito assim: -Deixo uma jóia preciosa para outra mais que preciosa, rara! Você além de linda é fenomenal, só Deus sabe o quanto lhe quis por inteira, porém houve um imprevisto e tive que partir hoje cedo. Como não virei ao Brasil por agora deixo meu endereço para você nos EUA, se algum dia for a New Jersey já sabe aonde me encontrar, acredito em casos e acasos e ainda mais no destino e com isso digo com toda certeza do mundo que o nosso encontro não foi por acaso. É algo inacabado que um dia teremos de finalizar! Beijos ardentes do seu mais novo fã, Bruce Springsteen. Eu chorava como uma criança ao ler tais palavras. Eu nem acreditava que ele fosse me olhar, ficar comigo quanto mais me valorizar tanto, me dar tanta importância a ponto de deixar uma jóia e uma justificativa. O recepcionista do hotel quando me viu chorando ficou curioso ainda mais porque ele viu a corrente que o Bruce me deixou. Sai dali com o coração partido e a Wandinha também, chorava junto a mim. Quando contei a Mah ela chorou ainda mais, porém me incentivou a ir ao encontro dele em New Jersey. Eu me empolguei na hora mas fiquei triste ao saber que lá seria muito difícil. Como eu iria até a casa dele com a mulher dele lá? seria praticamente impossível. Dai coloquei o plano B em ação. Fiquei esses dias em São Paulo junto com a Mah e com a Wandinha.

Pesquisando na Internet as turnês de Bruce Springsteen e E Street Band então descobri a mais incrível notícia que poderia receber. Eles se apresentariam na França. Justamente aonde meus avós paternos moravam, ou sejá, lá eu teria lugar para ficar, disponibilidade de procurá-lo(Conheço a França com a palma de minha mão, nasci e cresci lá) e ainda por cima carro para me locomover, já que meus avós raramente dirigiam. Porém faltava um detalhe, eu não era ninguém sozinha! Precisava de apoio, precisava de minhas melhores amigas ao meu lado então convidei a Mah e a Wandinha para seguir comigo. Foram os dias mais longos de minha vida. A mah aceitou na hora, seus pais eram bastante ricos e isso para ela era como viajar de Franca para Osasco porém a Wandinha não poderia pedir isso aos seus pais. Então fui lá convencê-los de que eu iria visitar meus avós na França e queria que minha amada prima fosse junto. Os pais dela ficaram meio desconfiados, mas como eram interesseiros de plantão deixaram-na ir sem problemas.

Chegou o tão esperado dia e fomos uma semana antes do show, Como Paris é lindo!!! A Wandinha ficou deslumbrada e dizia: -Prima, obrigada pelo presente! Nunca me esquecerei! e eu dizia: -Que nada prima, obrigada você por me fazer companhia e acompanhar minhas loucuras. A Maharet também estava adorando aquilo tudo. Olhava para a França e pensava que em alguns dias estaria gozando horrores naquela cidade maravilhosa se meu plano desse certo. Planejei tudo detalhe por detalhe, seria uma surpresa para o Bruce, ele não ia me ver! Dessa vez não ficaria no camarote, como sempre ficava e sim no meio da multidão, mas a Maharet ficaria no camarote. pensei em deixar a Wandinha, mas a Wandinha é muito tímida e certamente ficaria com vergonha, já a Maharet nesses assuntos era como eu. Atirada e despudorada, sem falar que o inglês da Maharet era tão perfeito quando o meu, a Wandinha entendia perfeitamente inglês mas falava razoavelmente bem. Chegou então o tão sonhado dia do show do meu ídolo mais que gostoso e eu estava lá. Linda, radiante como sempre. Dessa vez fui com um shortinho jeans e uma camisa da banda escrito E Street Band & Bruce Springsteen. De botas longas e pretas que realçavam ainda mais minhas pernas e de cabelos ligeiramente presos por uma presilha. Entrei no meio do povo mesmo e de onde eu estava eu o via, porém ele não me via. Ficamos eu e a Wandinha lá, tomando todas e dançando muito até o final do show. Quando o show acabou eu sabia que ele iria pra o camarote como de costume(Nossa, meu arrependimento foi não ter dado um gravador a Maharet e uma câmera só pelo que ela me narrou. A cara dele ao Vê-la e logo ele perguntando por mim: -A Francesca, onde ela esta?)realmente inacreditável. A Mah disse a ele calmamente que eu estava ali e veio correndo me chamar, quando ela veio em minha direção sorridente ao extremo eu já sabia que as notícias eram boas, porém não tão boas quanto eu imaginei. A Maharet chegou correndo e disse: -Fran você precisa vir comigo agora, imediatamente. Eu disse: -Ele perguntou por mim?

-Melhor do que isso. Além de perguntar por você e pedir pra eu vir te buscar aqui a Patti Scialfa não esta ai, ela simplesmente não veio. Eu quase desmaiei ao ouvir tal coisa e perguntei: Como é que é??

-Isso mesmo- Continuou a Mah-Ela esta lá em New Jersey bem guardadinha, cuidando dos filhos e ele aqui sozinho. Ela não pode vir porque teve um pequeno problema familiar então uma cantora substituta esta no lugar dela. Eu tive que parar e respirar fundo para não desmaiar e a Wandinha então me disse: -O que vc esta esperando para ir até lá? Vamos nessa, prima, o homem é todo seu.

Eu fui para o camarote com o coração aos pulos, mas não tinha a pulseira e o segurança não queria me deixar entrar, então fui socorrida sabe por quem? O Bruce em pessoa, meu Boss foi lá e disse que eu estava com ele. Meu Deus quanto honra. Eu estava com ele, viu? Subi as escadas com as meninas e ao entrar ele nos chamou para juntar-se a ele no bar e lá fomos nós. Quando ele viu mais claramente a roupa que eu estava usando quase não se conteve e me agarrava ali mesmo, porém estava cheio de pessoas da banda e repórteres, seria um prato cheio para a imprensa. Então tratamos de nos comportar. O prazer do reencontro foi recíproco e pelo fato de a Patti não estar lá ele estava mais solto. Começamos a beber no balcão do bar, ele reparou que eu estava usando a correntinha que ele me deu e me perguntou se eu gostei eu lhe disse: -Nossa, foi uma cena de cinema! Eu chorei tanto quando li o bilhete que você me deu e o recepcionista do hotel ficou morto de curiosidade, ele sorriu mas com uma certa magia no olhar, foi demais. O Nils engrenou um papo com a Wandinha e eu já imaginei a cena. Ficamos ali curtindo o som Techno que tocava e o clima de sedução pairava no ar. O Bruce sentou-se mais perto e passou a mão na minha perna levemente. Então cochichou no meu ouvido lascivamente: -Tô doido pra te levar daqui para o hotel e acabar o que começamos a um mês atrás. Eu suspirava e mal conseguia dar a resposta envolta de tanto prazer que aquelas palavras me proporcionavam, então passei a mão discretamente na sua coxa e disse: -Eu também! Não vejo a hora, embora eu quisesse demorar para que o tempo não passasse tão depressa.

Ele me olhou e disse: - Você além de linda e sexy é encantadora, sinto que vou ter problemas. Eu não entendi e perguntei: - Problemas? Em relação ao que? ele suspirou e disse:

-Porque mesmo tendo as minhas aventuras fora do casamento nenhuma foi como essa. Você é sensual demais, envolvente...Acho que eu estou me apaixonando. Aquilo foi como um choque elétrico em alta voltagem em minha alma. Eu disfarcei e voltei a curtir a festa com ele e com as meninas. De repente começou a tocar a música Island in the sun do Weezer e algumas pessoas começaram a dançar. Ele perguntou se eu daria a honra de dançar com ele e eu nem acreditei, fui, claro. As Maharet olhava extasiada e acenava positivamente. A Wandinha e o Nils estavam aos beijos eu não resisti e ri muito. Então segui para a pista de dança do camarote. Estava parcialmente escuro e no meio dessa dança ele começava a passar a mão em mim instintivamente. E também aproveitava o momento para me fazer algumas perguntas: -Você esta hospedada em algum hotel?

-Não, estou na casa de meus avós, eles moram aqui na França.

-Ah, é verdade! Você havia me dito que seus pais são franceses, mas não sabia que seus avós moravam aqui.

-Pois é. Eles moram. Por isso uni o útil ao agradável. Vim te ver e rever meus avós, sem falar na cidade..Nossa a França é única.

-Concordo -Continuou ele. -Você além de linda, sexy e encantadora também é bastante inteligente. Tudo de bom. Eu já estou tendo problemas agora, nesse momento. A propósito fiquei sem entender, mas quando encostei nele e senti seu pau Duro como ferro e ele me apertando de encontro a si resolvi provocar e perguntei sensualmente em seu ouvido: -O que você vai fazer comigo no hotel? Ele riu-se e disse: -Pergunte o que eu não vou fazer! Vou lhe dar uma noite surreal, uma noite alucinante. Você despertou em mim o tesão que nenhuma mulher nesse mundo despertou, esta vendo? só de encostar em você fico assim, completamente descontrolado esse fascínio sexual lhe confesso que nem a minha mulher exerce sobre mim. Fiquei nas nuvens ao ouvir tal coisa e concordei com ele que já estava na hora de ir para o hotel. Como eu tinha ido de carro para o show ele seguiu com os demais participantes da banda(A Wandinha, foi com eles agarrada no Nils,rsrs) eu e a Maharet seguimos para o hotel. Como ela não poderia voltar sem mim para a casa de meus avós, sugeri que ela se hospedasse no hotel e dormisse lá(Já que ela não ficou com ninguém) até o dia seguinte ela concordou numa boa e seguimos para lá com o som do meu carro no último volume. Eu mal acreditava no que estava prestes a me acontecer, no que me aguardava naquele hotel e quando olhei para o banco de trás vi meu biquini lá que no dia anterior para uma sessão de bronzeamento artificial. Então peguei, coloquei na bolsa e parti para o hotel. Eles estavam hospedados no Intercontinental Le Grand, um dos melhores hotéis de Paris e lá fomos nós. A Wandinha e o Nils entraram e foram direto para o quarto. Eu entrei no hotel junto com o Bruce e lhe disse: -Ainda não! Antes de ir para o quarto quero tomar banho de piscina. Já são duas da madrugada e provavelmente não tem ninguém a essa hora na piscina do hotel, certo? Ele sorriu e me disse:

-Você é louca! Mais louca do que eu imaginava e seguimos então para piscina do hotel. Ele já tinha pegado a chave do quarto 306 nunca me esquecerei do número e seguimos para a piscina. Eu vesti meu biquini e ele ficou sentando me esperando, quando surgiu ele assobiou -Fiu fiu..Você é verdadeira gata molhada. Sai como uma miragem da cascata de água e comecei a tirar sua roupa. Ele ficou apenas de cueca e entrou na piscina de águas aquecidas juntamente comigo. Nossa, foi a maior loucura. Ele me agarrava, me beijava e me apertava de encontro a si. Quando estávamos no auge de nossa paixão ardente tele me disse: -Dessa vez nada vai me impedir de meter em você. Então me virou bruscamente dentro da água, afastou meu biquini e meteu em mim com tudo. Na segunda estocada eu gozei alucinadamente dentro da piscina do hotel e ele tapava minha boca para que eu não gritasse e acordasse o hotel inteiro, ele também gozou, foi demais! Porém uma luz se acendeu na janela do hotel e resolvemos ir para o quarto, foi ai que a onça literalmente bebeu água.

Entramos ainda molhados no quarto e ele foi me agarrando com toda a força, arrancou meu biquini e me deixou completamente nua. Então ele se afastou um pouco e disse: -Quero te ver assim, do jeito que você veio ao mundo. E ficou me contemplando com um olhar apaixonante. Depois ele se aproximou novamente. Eu estava imóvel. ele passou por mim, ficou por detrás, puxou meu cabelo delicadamente levantando meu pescoço e beijou minha nuca. Eu me arrepiava toda a cada beijo que ele dava e com a outra mão alisava todo meu corpo. Pegava em meus seios e na minha barriga, descia a mão e pegou na minha vagina completamente encharcado de tanto tesão e começou a me masturbar lentamente. Gozei duas vezes seguidas e senti o volume do pau dele atrás de mim. Então ele me puxou bruscamente, beijando a minha boca e me disse: -Eu quero te comer todinha! E vai ser agora. Quero enfiar toda em você, quero te ver gemer de prazer, vamos minha cadela, vamos pra cama que o Boss aqui ta mandando. Você não perguntou porque meu apelido era Boss? pois então! Hoje serei teu boss aqui, tudo bem? Eu apenas balancei a cabeça positivamente, nem conseguia falar de tanto desejo por aquele homem. Então ele me pegou, me jogou na cama, abriu minhas pernas e começou a me chupar alucinadamente por várias horas, perdi as contas de quantas vezes gozei, então foi a minha vez de retribuir. Pedi que ele ficasse em pé e eu fiquei de joelhos no chão, resolvi entrar na brincadeira e lhe disse: -Vem meu, Boss..Deixa sua putinha lhe chupar, você deixa? Ele: -Só se for agora, me chupa! Eu cai de boca naquele pau enorme e gostoso, o impressionante é que mesmo apesar da idade ele estava em plena forma física e sexual. Eu chupava seu pau todinho e vez por outra lambia o seu saco, isso lhe deixava louco e eu continuei quando ele me avisou que iria gozar e gozou. Na minha boca! Fomos tomar um banho juntos e ele me fez gozar mais uma vez enfiando os dedos em minha vagina, eu ia cair e ele me segurou dizendo: -É isso ai! Garota 100% adrenalina, é assim que eu gosto. Voltamos para cama e para o prazer quando ele me pediu que vestisse a roupa novamente levei um susto. Ele disse: -Aqui não tem Pole Dance mas eu quero que você faça um streap pra mim bem gostoso. Eu liguei o som e pra minha sorte estava tocando Never Tears Us Apart do INXS uma música própria para o streap mesmo. Fiz um streap bem sensual e deixei ele mais doido ainda, segurando o pau, então deitei no carpete do chão e vim rastejando como uma cobra para ele e novamente chupei seu pau delicioso. Ele me pegou no colo com toda força, me deu um beijo apaixonado e me colocou de quatro na cama. Me lambeu toda, eu fui nas nuvens e voltei. Ele chupava minha vagina e meu ânus alternadamente e em seguida ele segurou o pau e meteu toda em mim me fazendo cair na cama. Ele me puxou e continuou metendo e eu gemendo e gritando feito uma louca(Acho que muita gente acordou naquele hotel) gozamos e caímos lado a lado, exaustos. Mas não parou por ai. Deitamos para recuperar nossas forças, conversamos coisas amenas e eu comecei a beijar seu pescoço vorazmente deixando-o de pau duro. Ele olhou e disse: -Viu o que você fez? Agora vou ter que lhe comer de novo. Menina, menina! você me mata! Eu não tenho mais idade pra isso..Então eu lhe disse: -Ah é? Pois eu vou lhe provar que você tem e é agora. Fiz ele sentar na beira da cama e sentei no seu colo, cavalgando feito louca em cima do seu pau. Esse homem endoidou. Me chamava de puta, vadia, ladra de coração, gostosa do caralho eu quero isso todo dia, toda hora. Quer ser minha amante oficial? Aliás..eu largo minha mulher pra ficar com você. Agora promete que você vai fuder assim todo dia, promete! Eu ria sensualmente e não saia de cima daquele gostoso. Depois de mais de três horas fudendo sem parar ele tentou me meter por trás. Eu me fiz de rogada mas diante daquela voz rouca em meu ouvido: -Deixa, vai! Eu vou devagarzinho, prometo! Eu não soube dizer não e ele carinhosamente me comeu por trás. Senti uma forte dor mas depois fui tomada pelo prazer e logo relaxei. Fizemos loucuras aquela noite. Ele me amarrou, me vendou, me deu tapas na bunda e trepamos como loucos até 10hs da manhã do dia seguinte. Depois tomamos café a sós(Já que os demais integrantes da banda não sabiam que ele estava comigo exceto o Nils que ficou com a Wandinha) e fomos mais uma vez para a piscina recuperar as energias. O Bruce estava de olheiras literalmente visíveis e eu estava um caco, quebrada, porém hiper feliz. Na piscina tinha algumas poucas pessoas e mesmo assim ele me beijou calientemente e seu pau ficou duro novamente. Nos encostamos em um cantinho e trepamos ali mesmo dentro da água com demais pessoas ali que embora estivessem ao nosso redor nada percebiam. Foi demais, estar sendo penetrada e disfarçando para que ninguém visse o que estava realmente acontecendo ali. Depois saimos e voltamos para o quarto. Claro neh? trepamos mais uma vez rasgado e quando íamos saindo a Maharet bateu a porta e descemos todos juntos. Eu, ela e o Bruce. Na recepção ficamos conversando e a Mah perguntou a ele sobre o Bon Jovi e disse-lhe sobre sua paixão. Ele disse que quando o Bon Jovi soubesse do que rolou com ele certamente iria amar(Eles são melhores amigos) E a Maharet ficou toda feliz. Ficamos ali e eu tive de ir embora, pois os demais integrantes da banda não poderiam me ver com ele já que eram todos amigos da Patti. A Wandinha desceu com o Nils e ficamos por ali até eu me despedi dele. Ele me chamou para um canto e me disse: -Não quero que fique ´só em uma noite, quero você! Eu sei que sou casado e estou lhe fazendo uma proposta indecente mas eu quero ter você! Vou te dar meu telefone, promete que me liga quando vier a New Jersey? Eu disse: -Prometo! E foi o que aconteceu! Me tornei amante oficial dele e a Wandinha do Nils. Sempre vou a New Jersey ou ele ao Brasil me ver. E sempre ficamos e trepamos horrores. Cada dia inovamos mais a nossa vida sexual e a Maharet com o Bon Jovi? Ah! Essa fica para a próxima, ficará na curiosidade libidinosa do leitor! Beijos a todos.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Ti_gata a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
21/11/2008 19:47:45
Meu Deus.. eu tbm quero !!! adorei seu conto..
28/10/2008 18:31:44
Adorei. Me adiciona?
28/10/2008 17:46:57
Fran esse conto foi demais..Aff me imagino no seu lugar tudo de bom...rsrsrsrsrs


minha mulher me comeuqueria ver vídeo do Nx novinha trepando muito com seus cunhadospornô de Salvador Fernanda raspando a b***** pela primeira vezxvideos loira cabelereira tesuda de mini saia cortando meu cabelo pau durocontos eiroticos leilapornbrasileiras f****** gostosa r***** toda queimadinha de biquíni com grelo g****** na b*****porque tem mulheres que sentem prazer ao ser.penetrada com o.dedo no anuspauzudo fode bucetamenorcontos eroticos meu empregado de piça ggamulher dem que a bria perna.para dar abuseta para o omem cando faz.comamoruma jovem de dizoite anos pode perde o cabaço da buceta so colocando a cabecinho de um penis por duas tentativa contox porno velho fedeno nefinha novinha amadoracontoerotico namorada e mae putas do tio jorgecunhada marota molhadacomendo a sobrinha de 13 aninho conto eroticosXVídeos m*********** a b***** a esfihasnovinhas avatajadassogra ver o pau genrro nao recisti pornodoidoxvideos com pomba gira brasileiros encorporadasconto erótico scatJá mudaram videos tufos com negoescontos eroticos malv comendo as interesseiraquero ver a morena sexo gostosa batendo p****** com pau do homem roxinho e g****** pela b*****traveco fode menina nôvínhaxxvideo enviando abraço na buceta novinha chupando a b***** da amiga no Badooxvideos novinho aguento penis de 24cm do irmao gemeo gayAssiti pono meu pai mim comer e meu irmao tb eróticocontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeerika12 conto erotico ver faveladas perdeno a vigidadesContos eroticos entre padre e noviçacontos roselene casada safada 2019Meninos batendo bogueti Minha cunhadinha viu o tamanho do meu pau e quis experimentarcontos erotico meu filho me bateu e botou moralcontos eroticos cnn estupropornô perguntando se a esposa aguenta duas rolascasada santinho e seu corninhofui pago pra dar o cu pela primeira vez hetero , sexo gay amadorcontos eiroticos leilapornmadrasta chorando muoto na rolacontos sexo gay homens velhosconto erotico onibus lotadoSou tarado por beijar pezinhos com rasteirinhassexo pozicao mamaeve papi pornodoidodotado esculachou o cu da sogra velhinhacantorarozana peladaxvideo novinha gravou seu padrasto querendo fudelacazro goozando juntosxsvidio meniana e menino de menor traçadoxvideo filhover mae dormindo sofa fica pau duro coloca na boca delamínha avô chupou minha xotacunhadinha dando de shortinho bem curtinho São Paulo com a cunhada Patrícia de mim gostosinhotrabuco contos gaynegao arregaca cu de vadia contosminha esposa dando o cuso fotos de gueis novihos dotadoscontos gays tio e sobrinhover travestis novinhas dotadas comendo cu de oltro travestixv lindona ponheta imaucontos eiroticos leilapornxvideosdificil pra vc lukaxnx esporei na cona da negrinha diaristaXVídeos aponta apostei com meu irmãoPorno sexo gemido de prazer de esfomeadas com pauzao gostosoVidio de virgi assanhada pra da a paguinhamae fodermo com o filhomamae nao suporta rola do amante na bucetacomendo a mulher mais gostooooosaaa do mundo!!!Voltei arrombada e cheia de porra mostrei para o cornocrente safada contosnegão com a rola da grossura de uma cerveja enfiando todinho no c* da mulata ela chora muito de dor pede para pararkero ver minha esposa dando a buceta cabeluda lurdes para o patraoconto erotico estuprada no terreno baldiovideos d sexo tia provocando sobrinho até ele ñ aguentar e meter firme nela até gozar dentro da buceta delaEncoxada no transporte público contos erótico