Na Rave

Um conto erótico de Conde Duarte
Categoria: Heterossexual
Data: 07/04/2007 15:51:01
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual

Eu sempre curti muito música eletrônica, desde Kraftweirk até Infected Mushroom, mas nunca tinha ido num rave de verdade, aquela onde se chega às 6 da tarde e se vai embora às 10 da manhã. E eu resolvi ir em uma que iria ter aqui no estado. Meio longinho, mas valeria a pena. Preparei-me, botei um tênis, uma calça leve e uma camiseta. Assim eu tinha liberdade pra dançar até o sol já estar alto. Fui de carro, uma hora e pouco de viagem, cheguei lá Era uma 7 e pouco da noite. O som já estava alto e as pessoas começavam a chegar. Imaginei que não encontraria ninguém de conhecido lá, mas encontrei dois amigos meus que tinham viajado pra lá acampar, e fiquei com eles um tempo lá e fomos pro meio da galera.

Dançamos até não poder mais, bebendo de tudo, desde vodka, passando por whisky, até os energéticos (até catuaba =D). Estávamos realmente loucões. Até que eu cansei, lá por 4 horas da manhã e fui prum canto me sentar, não é que eu vejo uma mina fazendo o maior boquete prum cara do meu lado, sem se importar nem um pouco com a minha presença. Quando eu olho pro outro lado, vejo dois casais fudendo escorados numa parede. Resolvi olhar para os lados e percebi que ali onde eu estava só tinham casais, fora alguns trios e quartetos... Ali realmente era uma orgia só. E, óbvio, aquilo me excitou.

Quando dei por mim, aquela cara do boquete do meu lado, se levantou e foi embora. E a garota olhou para mim (visivelmente drogada) e para meu pau estourando a calça de tão duro, chegou perto abriu o zíper e abocanhou meu pau.

Eu não estava acreditando, aquela garota nem falou comigo e já estava chupando meu pau, e que chupada! Chupava como uma profissional, tremidinhas com a língua, sobe e desce como fosse um picolé, lambendo meu saco. Começou a chupar vigorosamente e, com a ajuda da mão, a punhetar... Que sensação maravilhosa! Engolia ele inteiro, lambia só a cabeça, depois engolia tudo de novo... Assim, não demorou muito e avisei pra ela que se não parasse eu ia gozar, ela nem deu bola (de tão chapada...) e eu enchi sua boca de porra, ela engoliu tudinho e continuou mamando, ela não cansava (nem eu) e ficou mais uns 10 minutos mamando, até que eu estava novamente de pau duro, duríssimo.

Ela então se levantou, pois estava de joelhos, e pegou em sua bolsa um tubo de lubrificante e um pacote de camisinha (porque alguém levaria tudo isso para uma rave?!?!). Quando vi aquilo fiquei eletrizante de tanto tesão, pois confesso que adoro um rabinho. Ela se aproximou novamente, bem cambaleante, e me disse que era para arrebentar seu rabinho, em seguida, colocou uma camisinha com muito carinho no meu pau lubrificando-o bastante, e para o meu êxtase completo, posicionou-se de quatro para mim e me disse para fodê-la sem fazer barulho porque queria escutar o som.

Comecei a fudê-la então no ritmo da música (me lembro que estava tocando Cities of the Future). E ela ia balançando a cabeça e rebolando no ritmo eletrônico da batida dos DJs. Eu comecei a fudê-la com força, chegando a fazer barulho quando meu púbis batia naquela bundinha linda. E ela começou a perder o controle, a gemer e gritar coisas obcenas:

-Vai meu macho! Arromba tudo! Vai! Uhuuuuuuuuu! Essa música é do caralho! Continua metendo!

Eu estava abobado, ela estava realmente muito estranha. Não sabia se curtia a música ou se prestava atenção no pau que estava entrando na sua bunda. Mas eu não estava nem aí, fuder aquele cuzinho era muito bom mesmo. Aquela sensação de fuder ao ar livre escutando Infected Mushroom realmente era muito estranha, e gostosa.

Eu comecei a acelerar os movimentos, e ela definitivamente esqueceu da música e começou a gemer e rebolar com mais intensidade. E olhava de vez em quando para trás pedindo pra fuder com mais força que ela estava quase gozando. Até que ela explodiu, e começou a tremer intensamente, e eu aproveitei e estufei a camisinha com minha porra. Acho que nunca tinha gozado tanto.

Elça ficou um tempo parada de quatro ali no chão, eu me recompus, botei minha roupa e me afastei um pouco. Ela continuava ali, imóvel, as pessoas passavam e ficavam olhando. Até que chegou um outro cara, posicionou-se atrás dela, botou uma camisinha, e meteu fundo seu pau naquele cú que eu tinha acabado de traçar. Ficou bombando por uns 10 minutos e gozou. Depois também saiu mas ficou para do do meu lado, não acreditando naquilo, que nem eu...

Ela continuava ali, de quatro, com a calça arriada, uma blusinha branca que já estava um pouco suja de barro.Até que nós resolvemos ajudá-la, levantamos-na e a levamos prum banco. Ela estava muito mal. Deitou-se e dormiu. Olhamos um pro outro e pensamos: Vamos levá-la e fazer uma orgia!. Mas não foi o que aconteceu, pois uns amigos dela chegaram para resgatá-la e agradeceram por nós termos cuidado dela. Eles nem imaginam no quanto nós queríamos ajudá-la...

Agora, sempre que eu escuto aquela música, eu fico de pau duro.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Conde Duarte a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
27/07/2009 14:39:16
Nota 10 cara!!! muito bom mesm
13/04/2007 17:02:08
Muito foda...eu não sou muito chegado em rave, curto mais uma micareta, as coisas não são muito diferente não...essas piranhas são foda, é isso ai véio...mete a pica mesmo
08/04/2007 15:53:56
Essa "rave" tá é com cara de micareta....mas até que ta valendo.


empurrando opau bem devagar na bucetinha virgencontos eroticos gay o amigo do meu paividios porno de mulatas de labios carnudos pondo porra pelo narizcontos eróticos de padre testando a virgindade das irmãs XVídeos pornô mulher pulando em cima de um palco com segundo imediatamente ela desmaiairmão bem dotado tirando o c***** da sua Irmã Dulceconto erótico levando injeçãoo corno saia pela porta da e o amante entrava pela janela pornotio negro de 40cm de pau no cu da intiadaporn bumbuzão grandãodei a buceta pro borracheiro contos eroticosnovinha menor engolimocontos eroticosdei meu bucetao para um pauzudoempregada enfiando bolinha no cu da patroacontos eróticos mulher transando com negãoporno vidio Avo cumendo aneitaconto cumendo irmao de pau cabecudo irma. virgemContos Eróticos Abusada na escola na vam escolar e em casacontos herotico eu tem fichens por cu peidoCoroas louco por sexo tique roludodesenho zeque estouex vedeos dando o cu e tomando tapascomi o cuzinho do valentao a forca contosconto gay ele se revoltou e tomou todascontos eiroticos leilapornmulheres distraidas xvidiis.com.xvideo de estrupoisinuacao erotica pornoxxvideo corno não guenta ver a mulher cai na rola grandeConto erotico velho taradoconto erotico aposta futebol bucetapilha de vestido deu bobera com papai e a pica gozou na pomba porno inosentepapai me fudendo contos eroticoscasa dos contos eroticos meu marido trabalha eu meu filho rodulo me fodexvidegostocoroa pede paRa marido que quer rola de negao dotadoContos erôticos de garotas que foram abusadas no trêmNovinha cabaço tranzando socom paizoofilia descuidei meu cão engatou na minha filhacomtos eroticos comi mulher na frete da sograxvd kakaucexo arobandivideo de velho tarado depois de tomar unas azulzinhaspornô com magrinhas bem branquinhas e Dalvinhacdc igor seu idiotaXVídeosporno Malícia pareigostosa se masturbando com pinto de borracha solta p**** falsacontos eiroticos leilaporncontos eróticos papai.mimha bucetinha ta dodoicontos da cona esporradanovinha na praia de chorte transparentevídeo pornô feito no lixinho para Guarulhosrelatos íncestos tio e sobrinha dormindo nucorno frouxo contotateando y coletivo xvideocontos gay novinhoxvideo mulatasnoramulher casada d vicosa mg d calca apertada na bucetamulhe caimo mapica gotoza vodio bamcarelato lambuzei o corno e a putaconto erotico curradaMeu marido espera na sala enquanto sou arrombada na cama delecontos eróticos corno negro velhominha gerente carente safada restaurantexvideos caindo short do garoto no banho de balderoberta.vadia.do.parana.fudeno.de.bruco.videos arrancando a virgindade da novinha sem piedade que deu por dinheiroCona e cu relatoscontos eróticos flanelinha filme os seios e coxasC.EROTICO ONIBU LOTADOtrazei com minha vizinha d camizola na cozinha dela ponoCONTO EROTICO MAE BOA NOITE CINDERELA SEXO HIPNOSEconto porno perdi a virgindade com meu pai estrupador dotado passando pomadavideo de idosa abrindo video de gemido no meio do mercado "apaga isso"conto erotico huntergirls71sexo porno fui no meu ginecologista ao abri a perna ele me chupou todinha deliciacontos eiroticos leilapornconto comi a coroawww.com lesbicas pedindo pra a outra morde o pigelofez buraco na parede do banheiro para brexar as mulheres de casa e foi pego pornoxividio deitA de budA pracimavocê vai aguenta minha pica inteira vadiacomendo a gostosa xvidel 1ou 2minutos xvidelMulher gosando muco xvidioencanador pasado arola na mulher de vetidinho vermelhoeu, minha namorada, mae e tio contoeroticocontos eróticos com professorascontos eroticos mae e filho na praiaxxxvidio vidio mães pende pra lhe fuder ao.filhoscontos de sexo depilando a sograx video pornor vovo costureira casada g qostar d jovens